sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Playboy November 2007 - Inglês - Completa

Clique na capa para baixar.

Show de Aberrações

Voando baixo na África

Utilidade pública -- Revista VEJA -- Liberada

Assim como fez a Super Interessante, a revista mais imparcial do país, liberou as edições anteriores das revista pra vc ver de grátis no site... as edições integrais liberadas vão de 1997 até 2007!!! Ótimo pra quem perdeu aquela matéria bacana ou uma dica interessante. Só as 2 ultimas edições de banca estão fechadas para assinantes, o resto é liberado na boa. E ainda tem mais:
ARQUIVO VEJA -> Nessa sessão vc clica nas abas disponíveis: Brasil e sociedade, Política e economia, Ciência e tecnologia, Saúde e sexo... e então vc verá todas as edições de veja que na capa trataram do assunto.
Por exemplo, cliquei em Ciência e tecnologia e abriu nada mais nada menos q 60 edições q trouxeram na capa o tema Ciência e tecnologia (ia desde genética até ecologia e clima). SHOW DE BOLA!!
Nessa parte achei foderástico quando achei as reportagens de capa q falaram sobre bombas atômicas e energia nuclear.
EDIÇÕES ESPECIAIS -> Essa sessão traz as edições com os cadernos especiais das revista: veja mulher, vida digital, veja sáude, veja jovens e muitos outros.

O amor é lindo !!!!!!


Uma velhinha de 80 anos foi presa por estar roubando no supermercado. Quando foi levada à presença do Juiz, ele perguntou a ela: - O que a senhora roubou ?
E ela respondeu: - "Uma lata pequena de pessegos."
O Juiz perguntou o motivo dela ter roubado a lata pequena de pessegos e ela respondeu que estava com fome.
O Juiz então perguntou a velha senhora quantos pessegos tinha dentro da lata. Ela disse que tinha 6.
O Juiz proferiu a sentença: - "Eu vou prender a senhora por 6 dias."
Mas, antes que o Juiz pudese terminar,o velhinho, marido da velhinha, perguntou se poderia falar sobre o acontecido.
O Juiz disse que sim e perguntou o que ele queria dizer.
Aí, o marido da velhinha disse:
"Ela também roubou uma lata de ervilhas..."

Imagens engraçadas/curiosas - 19/10/2007

Revista Isto é Dinheiro - 17 de Outubro de 2007

Clique na capa para baixar.



http://rs230.rapidshare.com/files/63073753/IstoeDinheiro-17-10-2007.pdf

Revista Isto é - 17 de Outubro de 2007

Clique na capa para baixar.

Pássaro dança ao som dos Backstreet Boys e donos viram celebridades

Airbus entrega o primeiro A380 à Singapore Airlines (fotos e apresentação Power Point para um passeio virtual)

Motorista da Ferrari deve cumprir serviço comunitário

Condutor de carro importado agrediu cinegrafista com cabeçadas.
Ele bateu com a Ferrari em uma avenida da Zona Sul e se irritou com a imprensa.

O motorista de uma Ferrari 2007, que perdeu o controle do veículo e bateu nas defensas da Avenida Abraão de Moraes (Zona Sul da Capital), na madrugada de sexta-feira (19), foi autuado por lesão corporal por ter agredido um cinegrafista. Segundo a polícia, a pena deve ser revertida em prestação de serviços comunitários. O condutor do veículo, avaliado em R$ 1,3 milhão, teria ficado irritado com a cobertura da imprensa sobre o acidente.

A ocorrência foi registrada no 35º Distrito Policial do Jabaquara, Zona Sul da capital paulista. O delegado Rodrigo César de Oliveira contou na manhã desta sexta que o motorista se apresentou na delegacia somente após três horas do acidente para prestar depoimento. Para ele, a punição aplicada ao motorista deve ser a prestação de serviços à comunidade.

A Avenida Abraão de Moraes termina na Rodovia dos Imigrantes para quem sai da Capital em direção ao litoral. A Ferrari foi apreendida para perícia e liberada posteriormente para o pai do motorista, que é o proprietário do veículo.

Oliveira contou que o rapaz que conduzia o carro se irritou com a presença de jornalistas que faziam a reportagem sobre o caso e acabou agredindo um cinegrafista com cabeçadas. A vítima levou seis pontos na boca. O delegado não soube informar se o condutor da Ferrari estava embriagado.
Fonte G1

Air bag para motociclistas

Essa jaqueta Impact Jackets veio para tentar minimizar os danos causados por uma queda de moto, que normalmente acontece nas grandes cidades do Brasil e do mundo.


Foi inventada por japonêses, para proteger operários de quedas, porém o a mesma foi matéria do Baltimore Sun, por ter salvo a vida de um motociclista que estava a mais de 200Km/h. Agora está sendo vendida para o mesmo fim. Proteção dos motociclistas.

Veja o vídeo:

Via vaicomtudo

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Musas do Brasileirão 2007 - Vá lá e vote!!!!



LamboRGhini Embolabo Concept 2007



Imagens engraçadas/curiosas - 18/10/2007

Natal - Rio Grande do Norte - Brasil


Clique na imagem acima e veja umas fotos de Natal, uma cidade muito linda. Recebi essas fotos do meu primo Paulo Augusto que mora por lá e fica me mandando essas coisa para me matar de inveja.

Hipocondria sinaliza sério desconforto emocional

Mesmo remédios simples escondem graves ameaças, permaneça imune

Hipocondríaco é quem tem mania de remédios, certo? Errado. "O aspecto central da hipocondria não é a preocupação com sintomas ou remédios, mas o medo de estar sofrendo de uma doença grave" , explica o clínico-geral e especialista do Minha Vida, Alessandro Loiola. Esse medo é tão intenso, que persiste mesmo depois de uma rigorosa avaliação médica e chega a atrapalhar atividades cotidianas e o próprio relacionamento com outras pessoas.

"Meu pai mora no interior e, quando vem me visitar, a primeira coisa que faz é abrir o armário e conferir se todos os remédios estão ali. Caso note a falta de algum, ele sai imediatamente para comprar" , afirma o estudante Ricardo Góes, de São Paulo.

Por sorte, o pai dele é médico e conhece os perigos da ingestão indiscriminada de medicamentos. Mas nem todos os pacientes (hoje em dia, estima-se que 4% da população mundial sofra com os sintomas da hipocondria) têm noção dos riscos a que se submetem com a automedicação. Mesmo as fórmulas mais simples podem ser letais se consumidas sem critérios , alerta o doutor Alessandro.
Esmiuçando o problema
Mania de doença, e não de remédio, é a maneira mais simples de descrever esse distúrbio psíquico. É isso mesmo que você entendeu: a percepção alterada da realidade leva esses pacientes a acharem que precisam, urgentemente, de algum medicamento para sobreviver. A solução, portanto, passa por um acompanhamento psicológico ou psiquiátrico nas situações mais graves.

"O primeiro passo é criar um forte vínculo de confiança com o paciente, provando que ele pode acreditar quando você diz que está tudo bem" , explica o clínico. Mas nem todos os quadros acabam revertidos de forma tão simples. Muitos pacientes demandam tratamentos como a psicoterapia e a terapia cognitivo-comportamental, reconhecidas por serem eficazes em mais de 70% dos casos, além de antidepressivos (usados sob rigorosa orientação médica).

Isso porque não só o consumo isolado de algumas drogas é perigoso: algumas associações também chegam a ser letais. "Uma simples pílula, por exemplo, pode comprometer os efeitos do antidepressivo", cita Alessandro Loiola. E, pouca gente sabe, mas o próprio cigarro às vezes bloqueia a ação do anticoncepcional à base de hormônios .

Os campeões de alergias, no entanto, são bem mais comuns do que você imagina. Os analgésicos paracetamol e ácido acetilsalicílico; o antiinflamatório diclofenaco e o antibiótico amoxicilina lideram o ranking de queixas nos consultórios. Mas isso não acontece porque eles sejam de má qualidade. Uma coisa e outra não têm nada a ver, aliás.

"Pela lógica, os remédios usados com maior freqüência e com os quais os pacientes estão mais familiarizados acabam sendo os principais causadores de reações indesejáveis" , diagnostica o especialista do Minha Vida. Isso porque, na hora de se automedicar é exatamente a essas fórmulas que o paciente recorre.

Por mais inocente que pareça, o paracetamol (vendido livremente em qualquer farmácia) é hoje a principal causa de insuficiência hepática aguda e transplante de fígado nos Estados Unidos. Enquanto isso, o ácido acetilsalicílico pode causar síndromes graves na pele em pessoas alérgicas e precipitar crises de asma em quem já for suscetível à falta de ar, de acordo com o médico. Então, não custa reforçar: pare de tomar remédios por conta própria e evite ter de ingeri-los mais tarde, sob pressão.
Fonte Minha Vida

Simple design - Papéis de parede.

As 25 melhores fotos do telescópio Hubble

Revista PC World Magazine - Novembro 2007 - Inglês

Clique na capa para baixar.

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

China produz melancia quadrada com logos olímpicos

Cada uma das frutas vai custar cerca de R$ 11.
Fruta será vendida em mercados da China e Taiwan.
Melancias quadradas ganharam os logos dos Jogos Olímpicos de Pequim, que acontecerão em 2008, e também de Taiwan e da Coréia do Sul. A idéia foi da Associação da Agricultura da China (Foto: Nicky Loh/Reuters)

Cada melancia ‘olímpica’ vai custar US$ 6 (cerca de R$ 11). No total, foram produzidas, 50 mil frutas com os logos olímpicos e a bandeira chinesa (à direita). (Foto: Nicky Loh/Reuters)
Fonte G1

10 passos para perder peso

Os 10 passos do nutrólogo Edson Credidio, presidente da Sociedade Brasileira de Nutrologia, para quem quer perder peso:

1- Evitar dietas da moda, que menosprezam certos nutrientes e, na maioria dos casos, geram angústia e sensação de fracasso.

2- Priorizar a qualidade das refeições e comer mais no café da manhã e menos no jantar. Incluir lanches como iogurte e frutas entre as refeições principais.

3- Priorizar o básico: arroz, feijão, saladas coloridas, legumes, frutas, verduras e carnes grelhadas.

4- Comer pequenas porções de frutas secas como castanha do pará, nozes ou pistache, que contém gorduras benéficas.

5- Trocar doces por frutas.

6- Trocar queijos amarelos e leite integral por versões com menos gordura.

7- Priorizar a saúde e não o peso na balança. Emagrecer não deve ser um objetivo meramente estético.

8- Beber no mínimo 2 litros de água por dia.

9- Controlar as porções.

10- Incluir alimentos funcionais no cardápio, como alho, berinjela, cenoura, espinafre, limão, soja, salmão e uva.

Fonte: O Globo

Imagens engraçadas/curiosas - 17/10/2007

Dia Mundial da Alimentação

Mitos atrapalham quem quer perder peso

RIO - Você já adotou uma alimentação saudável, mas perder peso está difícil? A nutricionista Jocelem Salgado, pesquisadora da Universidade de São Paulo e autora do livro Alimentos inteligentes (Ed. Prestigio) e o nutrólogo Alexandre Mehreb esclarecem os mitos que muitas vezes impedem que o emagrecimento seja um sucesso.

Estou muito acima do peso. Só vou emagrecer se tomar remédios

Mito. Não adianta tomar medicamentos para perder peso se a pessoa não se comprometer com uma reeducação alimentar e evitar exercícios. "A perda de peso é, no geral, uma equação simples. É preciso gastar mais calorias do que se consome. Os remédios para emagrecer não são para todos e seus efeitos colaterais, como ansiedade, mudanças de humor e tremores, são muito perigosos", alerta a nutricionista Jocelem Salgado, que elaborou um teste para calcular o ideal e recomenda dietas saudáveis ( no site www.emagrecer.com.br ).
Meu metabolismo é lento, por isso não emagreço

Verdade, em termos. Há uma série de doenças - entre elas ovários policísticos, síndrome metabólica, transtornos da tireóide e até depressão - e medicamentos que afetam o funcionamento do metabolismo. Por isso, se você está controlando a dieta e se exercitando, mas a balança não mexe, o ideal é consultar um médico especializado no assunto. "Quem vive de dieta também pode ter o metabolismo lento justamente porque o organismo aciona seu mecanismo de defesa e começa a funcionar em modo econômico, ou seja, gasta menos calorias para poder funcionar", explica Alexandre Mehreb. Se esse é seu caso, o apoio de um nutricionista ou endocrinologista também é essencial.

Se virar vegetariano, vou emagrecer com facilidade

Mito. A carne é um alimento gorduroso, mas não adianta cortar um grupo alimentar para perder o excesso de peso. O que é pior, muitas pessoas que adotam uma dieta vegetariana acabam engordando, porque privilegiam queijos e carboidratos ricos em calorias. Para Jocelem Salgado, a melhor estratégia é comer com moderação e prestar atenção no tamanho das porções. "Mesmo os alimentos saudáveis engordam se não forem consumidos com moderação. Aspessoas devem usar o bom senso. Uma porção de abacate é ¼ da fruta, e não um inteiro. Já uma porção de carne, ou um bife, deve ser equivalente ao tamanho da palma da mão", ensina Jocelem.

A água não é tão necessária assim. Posso substituí-la por refrigerantes diet e sucos de fruta

Mito. Oito copos de água são fundamentais para manter o corpo hidratado. Perdemos cerca de 1,5 litro de água por dia através da perspiração e, desidratado, as funções corporais ficam mais lentas. Além disso, a água é essencial para o bom funcionamento do intestino. Alexandre Mehreb recomenda um copo de 200ml a cada hora. "Os refrigerantes diet ainda têm o agravante de conterem adoçantes artificiais, que exigem mais do pâncreas para serem sintetizados pelo corpo e ainda causam retenção de líquidos", explica Mehreb. Já os sucos de fruta geralmente são pobres em fibras e ricos em calorias.

Jejum emagrece

Mito. Depois de quatro horas sem comer, o organismo entra em um estado chamado de mini crise energética. Nestas crises, o corpo desencadeia reações para a pessoa parar de sentir fome e começa a poupar energia. Ou seja, o metabolismo fica lento. "O ideal é comer menos e de forma fracionada, geralmente de três em três horas, totalizando cinco ou seis refeições", diz Jocelem.

Se não fizer exercício no mínimo três vezes por semana, não vou emagrecer

Mito. "O que importa é aumentar o exercício físico espontâneo, ou seja, se movimentar mais no dia-a-dia. A quantidade de atividade física indicada para emagrecer vai depender de muitos fatores, como idade, estilo de vida e saúde. Não adianta a pessoa se forçar a fazer ginástica. Se movimentar é importante para acionar a queima de gordura, senão o corpo começa a queimar músculos", explica Jocelem. Alexandre Mehreb completa: "Os exercícios intensos não são indicados para quem está fazendo uma dieta muito restritiva. Nesses casos, o melhor é fazer atividades leves".
Fonte: O Globo

Jamais leve trabalho para casa

Um funcionário de uma agência funerária está trabalhando de noite, para examinar corpos antes de eles serem sepultados ou cremados. Examina um corpo, identificado como José Chagas, que está para ser cremado, e descobre que o defunto tem o maior bilau que ele já viu na vida.

Desculpe, Sr. Chagas - pensa o funcionário - mas não posso mandá-lo para o crematório com essa coisa enorme. Ela tem que ser conservada para a posteridade. Com um bisturi, remove o pênis do morto, guarda-o num frasco e vai para casa.

A primeira pessoa a quem ele mostra a monstruosidade é à sua mulher. Tenho algo inacreditável para te mostrar, querida. Nem vais acreditar! Mulher abre o frasco e, ao ver o conteúdo, grita estarrecida: Oh meu Deus, o Chagas morreu???!!!...

Moral da História: JAMAIS LEVE TRABALHO PRA CASA!

Pintura em Pedras

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Origami com toalha


Rebolando as cadeiras. Observe o cachorro.

Imagens engraçadas/curiosas - 16/10/2007

10 Conselhos para mim mesmo (para homens)

Cada um dos 10 itens da primeira lista (negativa) possui seu correspondente na segunda (positiva e comentada). As idéias aqui compartilhadas foram retiradas de anotações que fiz após o término de meu último namoro. Algumas delas (2, 4, 7 e 9) referem-se a instruções dadas por David Deida no livro The Way of the Superior Man, que li durante todo esse período. A sugestão de número 6 devo ao Lama Padma Samten, por responder carinhosamente uma pergunta que lhe fiz. Ainda que eu não goste do discurso auto-ajuda, reconheço que é a melhor forma de apresentar esse tipo de conteúdo e manter isso como um guia para mim mesmo (que ofereço agora aos meus amigos). Críticas e sugestões de novos itens são sempre bem-vindas!
Na forma negativa

1. Não leve sua mulher a sério, respeite-a exageradamente ou tenha medo dela.

2. Não aja com o objetivo exclusivo de agradar sua mulher.

3. Não deixe que ela seja o homem da relação.

4. Quando tudo der errado, não se feche.

5. Não pare de brincar, conduzir, trabalhar e jogar com as energias femininas.

6. Não aprisione sua mulher.

7. Desista de tentar mudar sua parceira ou de acabar com as confusões femininas.

8. Não perca tempo e não desperdice sua vida.

9. Não seja “bonzinho”, fraco ou tolerante demais.

10. Não se acomode.

Na forma positiva

1. Ignore o que ela fala, mas ouça o tom de sua voz.
Ignore as palavras que ela diz e preste total atenção às energias que emanam do corpo de sua mulher. Não cristalize nada, pois ela oscila e flutua de acordo com seus ânimos. Sendo assim, nunca tome decisões baseadas nos impulsos de sua parceira (já aconteceu de você realizar totalmente o desejo dela e ela depois ficar chateada por você não ter agido diferente?). Quando levamos as mulheres a sério, reagimos a essa aparência de solidez e ficamos impotentes, sem autenticidade masculina. Quando, pelo contrário, olhamos as mulheres como nuvens, sem acreditar em substancialidade alguma, avançamos sobre elas com nossa potência e liberdade de condução.

2. Aja a partir de sua profundidade e liberdade.
Seja guiado pelo melhor de seu ser, por sua consciência e inteligência. O que agrada sua mulher hoje talvez não seja o melhor para a relação, para você ou mesmo para ela no futuro. Se agir para agradá-la é muito provável que termine por decepcioná-la. O direcionamento e profundidade do casal é sua responsabilidade, assim como a energia e radiância da relação cabe a ela. Na dança de salão, por exemplo, é o cavalheiro que decide cada passo e o caminho do casal pelo salão, mas é a dama que rodopia e encanta a todos. Imagine se o cavalheiro fosse consultar a dama a cada passo… Portanto, apenas ofereça seu melhor e não espere resultados. Às vezes, porém, faça algo só para agradá-la!

3. Incorpore você a energia masculina na maioria dos momentos.
Hoje é muito comum vermos homens agindo de modo passivo, como pequenas mulheres. O que é charme nas mulheres fica horrível em corpos masculinos: homens indecisos, confusos, frágeis. A cada momento, sinta os anseios de sua mulher, capte os mínimos sinais femininos, antecipe-se e tome a decisão antes que ela possa virar o homem da relação. Conduza-a, oriente-a, assuma sua responsabilidade como homem.

4. Aprenda a sorrir quando tudo o força a se contrair.
“A man should lie with a hurting heart rather than a closed one”, ensina David Deida. Normalmente nos abrimos ao prazer e nos fechamos para a dor. Eis um grande equívoco. Quando tudo desabar e só restar uma incurável dor, sinta-a inteiramente, mantenha o peito aberto e a pele do avesso. Olhe fundo nos olhos de seu sofrimento, sem medo, sem esperança. O homem que se fecha para seu sofrimento se trava igualmente para a alegria, para o êxtase, para o amor e, principalmente, para a dor e sofrimento de suas parceiras.

5. Corteje-a, elogie-a, adore-a, celebre-a…
Nutra-a, abrace-a, seduza-a, invada-a, emudeça-a, penetre-a, provoque-a, belisque-a, persiga-a, agarre-a. Imagine cada mulher como um oceano infinito de manifestação que pode se tornar seu maior pesadelo ou a mais abundante fonte de felicidade e alegria. As energias estão todas ali, esperando por sua criatividade e habilidade artística.

6. Exiba sua parceira ao mundo como um tesouro sem dono.
Deixe que ela brilhe para muito além de seus olhos. Sempre que você a restringe e a esconde do mundo, você reduz a beleza que ela apresenta a você entre quatro paredes. Ela será mais e melhor com você somente se seus encantamentos forem lançados nas dez direções. Quanto mais exercer fascínio sobre todos, mais você terá de ser homem para conquistá-la de novo e de novo – e assim, mais ela será toda sua. Se a alma feminina parar de irradiar suas delicadezas ao mundo, ela naturalmente não mais as entregará para você. Treine liberdade e desapego. Saiba que cada mulher é inesgotável.

7. Interprete todas as confusões femininas como um teste para sua consciência.
Na verdade, TPM significa “Teste de Potência Masculina”. Cada indecisão, chatice, amolação, neurose (pelo lado negativo) e cada provocação, insinuação, sedução (pelo lado positivo) é apenas um teste para verificar nossa força e lucidez. Desde Eva, as mulheres se organizaram em uma conspiração para promover a iluminação completa dos homens! Para que atinjamos a liberdade suprema, elas usam mini-saias, saltos altos, calcinhas minúsculas. Para que sejamos sábios e compassivos, elas se especializaram em nos atrair com suas curvas e peles para depois nos irritar, chatear e complicar ao máximo nossas vidas. A cada 28 dias, lembre-se de agradecê-las.

8. Engaje-se em uma prática espiritual.
Treine sabedoria e compaixão, liberdade e amor, flexibilidade e humor. Se não cultivar tais qualidades e virtudes, sua vida passará em vão – inútil e estéril. Escolha uma e dedique-se às práticas contemplativas existentes em todas as tradições. Listo algumas: vipassana e zazen (Budismo); centering prayer e contemplação cristã (Cristianismo); jnana e raja yogas (Hinduísmo); sama e dhikr (Islamismo), kabbalah e hisbonenus (Judaísmo); qi gong e tai chi (Taoísmo); inipi e vision quest (Xamanismo). Se puder, pratique sob a orientação de um mestre qualificado.
9. Use seu lado maligno.
Trabalhe com suas energias negativas. Respire sua raiva em vez de empurrá-la para debaixo do tapete. Se ignorar seu lado obscuro, violento e diabólico, deixará de oferecer algo que toda mulher precisa. Nossa capacidade de matar ou de estuprar alguém não deve ser reprimida. As mulheres são atraídas por essa força destemida. Quando não a usamos, enfraquecemos e elas se distanciam. Toleramos provocações, aceitamos conduções erradas, sofremos, nos contraímos. Muitas vezes é preciso interromper as energias femininas, render completamente uma mulher, espancar negatividades, assassinar fixações com a força de nosso amor.

10. Surpreenda-a!
Quando você leva sua mulher a sério, acredita em suas palavras e solidifica seus ânimos passageiros, dificilmente consegue surpreendê-la. Depois de uma briga na noite passada, chegará em casa esperando uma reação fria já planejando um modo de tolerar as provocações de sua mulher. Isso é tudo o que ela não quer! As mulheres desejam homens corajosos o suficiente para confrontar qualquer complicação com liberdade e sorrisos, invadir suas TPMs com amor e flores, dissolver brigas insolúveis com calor e presença, penetrar suas inseguranças com lucidez e perfumes. A surpresa é a união insuperável entre acolhimento e ousadia, inteligência e coragem, visão e destemor.



E seguimos aprendendo com essas feiticeiras que nasceram para perturbar nossas mentes…

Mulheres, se aprovaram algum dos conselhos, enviem para seus homens. Maridos, namorados, casos, amigos, namorados das amigas que choram no seu ombro, pai, irmãos e, claro, para tirar um sarro e listar mais 10 motivos para o fim: ex-namorados!
Escrito por Gustavo Gitti / nao2nao1

Velho rebaixado

Mulheres com mais de 40 anos

Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentação feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagens são carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui).

Armadura para cachorro.

Não falta inventar mais nada. Clique na imagem prá ver.

300 dias de farra...Você agüenta?...

Imagens engraçadas/curiosas - 15/10/2007


Via Knuttz/Ueba

É hora de malhar os neurônios

Nosso cérebro começa a perder as células do sistema nervoso antes mesmo dos 30 anos. Mas pesquisas mostram que é possível retardar esse processo. E o melhor: jogando videogame

Da próxima vez que você der um presente para alguém acima de 60 anos, pense duas vezes. Opções tradicionais como roupas de dormir ou mesmo jogos de xadrez ou de damas estão perdendo espaço para os videogames. Isso mesmo: videogames. A novidade tem agradado cada vez mais gente nessa fase da vida, principalmente em países como Estados Unidos e Japão — lançadores de tendências. O melhor é que essa moda tem o aval da ciência. Institutos de pesquisa, a exemplo da Universidade do Texas (veja boxe), estão conduzindo estudos e concluindo que esses aparelhinhos ajudam a melhorar o humor, a concentração e até a coordenação motora.

Tudo porque propõem desafios que estimulam o raciocínio e exercitam o cérebro, afastando problemas comuns a partir dos 60 anos, como a perda da memória e até o mal de Alzheimer (doença caracterizada pela progressiva perda das funções intelectuais). Boa novidade também é que eles oferecem a chance de as pessoas interagirem, tirando- as do isolamento — queixa freqüente nessa idade. “De forma geral, são fáceis de jogar e ideais para desfrutar a companhia de outras pessoas”, explica o jornalista David Lemes, mestrando em desenvolvimento de games na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e editor do site http://www.blogger.com/www.gamereporter.org.

Os games preservam a memória na terceira idade
Até no Brasil existem centros de pesquisa desenvolvendo estudos na área. Um deles é o Instituto Paulista de Déficit de Atenção. Lá, eles utilizam um treinamento para ondas cerebrais, chamado de neurofeedback, quase uma “musculação para o cérebro”. Segundo a médica Cacilda Amorim, diretora da clínica e coordenadora do Grupo de Estudos em Biofeedback e Neuroterapia da Unidade de Medicina Comportamental da Unifesp, esses jogos são específicos para treinar e melhorar a atenção e o raciocínio. Enquanto joga, o paciente fica conectado por meio de um eletrodo fixado em seu couro cabeludo. A médica explica que, de um modo geral, o cérebro pulsa rapidamente quando executa atividades mais exigentes, como fazer cálculos mentais, ou quando precisa de muita concentração. “O terapeuta define os parâmetros de cada sessão (se mais ou menos difícil), dependendo do nível do usuário e da finalidade do seu treino”, diz a especialista.

LIBERADOS PARA MAIORES

Instituto estuda benefícios dos jogos para os maiores de 60 anos

Quem pensa que esse assunto não é coisa séria, deve prestar atenção no seguinte número: 13 milhões de dólares. Essa foi a quantia destinada a um estudo da Universidade do Texas para avaliar os benefícios dos games para o pessoal da terceira idade. Chamado Senéludens — associação entre os termos “ idade avançada” e “ lucidez” —, o projeto tem o objetivo de avaliar os processos de envelhecimento, mapeando-os e, a partir disso, desenvolver jogos que vão estimular a memória, mantendo habilidades do cérebro que tendem ao declínio conforme a idade avança. As pesquisas, envolvendo neurocientistas, engenheiros e especialistas em multimídia, entre outros, estão sendo coordenadas pelo professor Mihai Nadin, de 69 anos, que costuma destacar o caráter social desse estudo, uma vez que integra o idoso à sociedade por meio da tecnologia.

Vantagem tecnológica
Na verdade, os jogos que têm o objetivo de estimular as funções cognitivas cerebrais não são novidade. Bons exemplos disso são os de memória, forca, cartas, palavras cruzadas e xadrez — que são estratégicos por excelência. “Como o jogador precisa antecipar o movimento de seu adversário, tem que elaborar suas jogadas mentalmente”, explica Roger Tavares, professor de pós-graduação em games do Senac. A vantagem dos videogames sobre essas brincadeiras é que, conforme as fases vão passando, a dificuldade aumenta. Para quem não sabe, os games têm etapas que variam de um jogo mais fácil para o mais difícil. Esse desafio constante estimula o “bom funcionamento” dos neurônios, fortalecendo as conexões (a comunicação) entre eles.

Não é difícil entender. Os neurônios são células que estão ligadas umas às outras, sendo responsáveis por conduzir o impulso nervoso. Se não forem estimuladas, podem morrer, comprometendo a transmissão de informações para outros neurônios, músculos ou glândulas. “A idéia é usar para não perder”, explica a médica Cacilda Amorim.


É verdade que nem todo problema de memória é decorrente do envelhecimento ou de perda dessas células. Segundo a médica, fazer muitas coisas ao mesmo tempo, excesso de trabalho e estresse crônico prejudicam a atenção e, conseqüentemente, os processos de formação e recuperação da memória. É justamente aí que os games podem ajudar, à medida que relaxam, ao mesmo tempo que estimulam a superação individual.

De olho nesse filão, a indústria está encurtando a distância entre as clínicas que estudam esse tipo de jogo e a sala de estar das casas. Um exemplo? O Nintendo Wii, considerado o game do momento com seu console diferenciado (lembra um controle remoto), é muito mais fácil de ser usado. “Ele possui sensores que, até então, foram pouco explorados pela indústria desses jogos”, diz David Lemes.

Ao contrário do que acontece em outros países, no Brasil, boa parte dos idosos não está familiarizada com a tecnologia e tem até certa aversão a novidades. Por conta disso, a chegada do Nintendo Wii vai representar um grande avanço na tentativa de aproximá-los da tecnologia.

Brincadeira não tem idade
“Nasci em uma época em que se jogava cartas e gamão na porta de casa”, comenta o comerciante paulistano Francisco Paulo, de 68 anos. “Como não quero parar de trabalhar, estou me acostumando com o computador. Mas não sei se conseguiria jogar videogame”, afirma. Já Beto Andrade, 55 anos, pensa diferente. Vice-presidente de uma multinacional, afirma que recorre aos games pelo menos uma vez por semana. Ele não tinha conhecimento dos benefícios dos jogos eletrônicos. “No começo, era uma maneira de me aproximar do meu filho. Hoje, jogo quando tenho uma folga. O melhor de tudo é que vou poder brincar com os netos daqui a algum tempo”, conta. Para Roger Tavares, professor do Senac, essa versão da Nintendo é ideal para o pessoal da terceira idade porque, além de permitir até quatro jogadores, dispõe de jogos como o Maestro, para reger uma orquestra, e o Wii Sports, ideal para simular jogos de tênis e boliche, por exemplo.

O uso moderado estimula o cérebro e não vicia
Por conta desse e de outros apelos, virou mania nos Estados Unidos e até uma casa de repouso organiza um campeonato de boliche entre seus moradores, que competem com seus aparelhinhos. O neuropsicólogo Paulo Cunha, doutor em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP, só alerta para o tempo dedicado a esses jogos: em excesso, não importa a idade, vira vício.

GIRO PELO MERCADO

Entre as opções abaixo, escolha a que melhor se adapta ao seu gosto, sem prejudicar o bolso:

1. Brain Age – criado em 2003 pelo neurocientista Ryuta Kawashima, é portátil e possui exercícios de memorização, desenhos e aritmética, além de manter o registro do seu desempenho. Na versão moderna – Brain age: train your brain in minutes a day (em português, treine seu cérebro alguns minutos por dia), a proposta é determinar a idade mental da pessoa. Por R$ 800 (o aparelho e o jogo)



2. The Sims – jogo de computador em que o objetivo é montar uma família e administrar a casa. De R$ 100 a 130 (a versão mais moderna).

3. Mini Brain Trainer – o aparelho de bolso possui exercícios e quebra-cabeças para treinar a atenção e o raciocínio. Custa R$ 40.

4. Nintendo Wii – a versão Wii Sports reúne modalidades como tênis, boxe, boliche, baseball e golfe. Por R$ 2000.

5. Sudoku – jogo de raciocínio e lógica, em que o jogador precisa elaborar seqüências de números em um grande quadro. É possível jogá-lo em sites como http://sudoku.mundopt.com/.

Fonte: Revista Viva Saúde

O Que é um Churrasco? (Escrito por uma mulher)

O churrasco é a única coisa que um homem sabe cozinhar. Quando um homem se propõe a realizar um, a cadeia de acontecimentos é a seguinte:
01 - A mulher vai ao supermercado comprar o que é necessário.
02 - A mulher prepara a salada, arroz, farofa, vinagrete e a sobremesa.
03 - A mulher tempera a carne e a coloca numa bandeja com os talheres necessários, enquanto o homem está deitado próximo à churrasqueira, bebendo uma cerveja.
04 - O homem coloca a carne no fogo.
05 - A mulher vai para dentro de casa para preparar a mesa e verificar o cozimento dos legumes.
06 - A mulher diz ao marido que a carne está queimando.
07 - O homem tira a carne do fogo.
08 - A mulher arranja os pratos e os põe na mesa.
09 - Após a refeição, a mulher traz a sobremesa e lava a louça.
10 - O homem pergunta à mulher se ela apreciou não ter que cozinhar e diante do ar aborrecido da mulher, conclui que elas nunca estão satisfeitas.

DIREITO DE RESPOSTA (Escrito por um homem)

01 - Nenhum churrasqueiro, em sã consciência, iria pedir à mulher para fazer as compras para um churrasco, pois ela iria trazer cerveja Kaiser,um monte de bifes, asas de frango e uma peça de picanha de 4,8Kg que o açougueiro disse ser 'Ótima', pois não conseguiu empurrar para nenhumhomem.
02 - Salada, arroz, farofa, vinagrete e a sobremesa, ela prepara só para as mulheres comerem. Homem só come carne e toma cerveja.
03 - Bandeja com talheres? Só se for para elas. Homem que é homem come com as mãos.
04 - Colocar a carne no fogo??? Tá louca??? A carne tem que ir para a grelha ou para um espeto que, a propósito, tem que ser virado a toda hora.
05 - Legumes??? Como eu já disse, só as mulheres comem isso num churrasco.
06 - Carne queimando??? O homem só deixa a carne queimar quando a mulherada reclama: " Não gosto de carne sangrando "; " Isto está muito cru"; " tá viva?? " ... Após a décima vez que você oferece o mesmo pedaçoque estava ao ponto uma hora antes, elas acabam comendo a carne tão macia quanto o espeto e tão suculenta quanto um pedaço de carvão.
07 - Pratos? Só se for para elas mesmas!
08 - Sobremesa? Só se for mais uma Skol.
09 - Lavar louça? Só usei meus dedos!!! (e limpei na bermuda).
10 - Realmente, as mulheres nunca vão entender o que é um churrasco .