sábado, 16 de fevereiro de 2008

Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Clique na capa ou no link abaixo para baixar
Via Downloads Copyleft

O mundo das mulheres

Macumba Online

Já pensou em fazer trabalho pra alguém? Tem preguiça de ir a um terreiro? Gosta de serviços ao estilo delivery, tudo feito de casa mesmo? Seja qual for o motivo, se você deseja fazer um trabalho para alguém, este é o local. Clicando na imagem abaixo você pode encomendar diversos trabalhos e despachos que acompanham a tecnologia. Faça sua macumba sem sair de casa, seja pra você mesmo ou para o seu vizinho, sua sogra, seu gato, seu professor, em busca de dinheiro, amarração, trazer a pessoa amada, tudo o que você conseguiria num terreiro, na tela do seu computador. O melhor de tudo: É GRÁTIS. Tenha comodidade: não faça o trabalho, deixe que o façam por você! Macumba Online, para facilitar a sua vida.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Suzuki Burgman 650 Executive tem tecnologia de carro

Novidade interessante essa da Suzuki. Todo mundo já conhece a Burgman né? Parece uma jog mas tem um belo motor. Ao meu ver me parece um pouco estranha, aparenta não ter estabilidade para aguentar a potência que lhe é conferida, mas não posso falar nada pois nunca pilotei uma. E agora a Suzuki começa a comercializar no país a Burgman 650 Executive, que possui um sistema de transmissão utilizado apenas em alguns carros importados. A empresa foi a primeira a desenvolver essa tecnologia para uma motocicleta de série.

A transmissão SECVT (Transmissão Contínua Variável Eletronicamente Controlada Suzuki) oferece três modos distintos de funcionamento, dois automáticos (normal e power) e um manual. Esses modos podem ser selecionados utilizando botões localizados no punho esquerdo.

Em modo normal, a rotação do motor é diminuída, ajudando a economizar combustível. O modo Power faz com que a rotação aumente, resultando em uma resposta maior ao acelerador.

O motor refrigerado a água possui 638cm3, com a maior cilindrada de sua categoria. O Burgman 650 Executive também conta com o sistema Pair (injeção de ar na saída de escape), que reduz a emissão de gases poluentes à atmosfera.

A moto é equipada com três discos de freio (dois na dianteira e um na traseira) e sistema ABS, com sensores da velocidade de giro das rodas e que controla a pressão no circuito hidráulico, evitando qualquer bloqueio das mesmas.

A moto está disponível nas cores preta e prata e é comercializada pelas concessionárias Suzuki a R$ 52.235.
Transmissão da moto oferece três modos de funcionamento, dois automáticos e um manual
Envocadinha a motoca hein? Mas por R$ 50 mil, é osso duro de roer…
Fonte

Quero parar de fumar.

Tá pensando em parar de fumar e não sabe como começar? Clique na imagem abaixo, tire suas dúvidas, veja algumas dicas e tratamentos a respeito do tabagismo.

Folclore na Amazônia

Você pode saber o que são duendes, gnomos e fadas. Mas sabe quem são o Curupira, a Iara e a Matinta Pereira? O porta da Amazônia traz os mitos nativos que constituem o rico folclore brasileiro. Visite e tenha acesso ao vocabulário e às danças típicas da região.
Clique aqui ou na imagem abaixo e confira:

Arte com Aves - Imperdível!!!!!

Imagens engraçadas/curiosas - 15/02/2008

Adeus mamãe... Muito lindooo!!!!!!

(recebi por e-mail)

Espero que esta história chegue no seu coração, tanto como chegou no meu.

Um jovem estava fazendo compras no supermercado, quando notou que uma velhinha o seguia por todos os lados.
Se ele parava, ela parava e ficava olhando para ele. No fim, já no caixa, ela se atreveu a falar com ele, dizendo:
- "Espero que não o tenha feito se sentir incomodado; mas é que você se parece muito com meu filho que faleceu".
O jovem, com um nó na garganta, respondeu que estava bem, que não havía problema.
A velhinha lhe disse, quero lhe pedir algo incomum.
O jovem lhe respondeu, diga-me em que posso ajudá-la.
A velhinha falou que queria que ele lhe dissesse "Adeus Mamãe", quando eu me for do supermercado, isso me fará muito feliz!
O jovem bom sabendo que seria um gesto que encheria o coração e espírito da velhinha, aceitou.
Então, enquanto a velhinha passava pela caixa registradora se voltou sorrindo e agitando sua mão disse: "Adeus filho"!
Ele cheio de amor e ternura lhe respondeu efusivamente 'Adeus mamãe"
O homem contente e satisfeito pois com certeza havia dado um pouco de alegria a velhinha, continuou pagando suas compras.
"Sao R$ 554,00 lhe disse a moça do caixa".
"Cruz credo ... Por que tanto se só levo somente uma pizza congelada??"
E a moça do caixa lhe disse:
- "Sim, mas sua mamãe disse que você pagaria pelas compras dela também".
Moral da história:
- "Não confie em nenhuma velha que se aproxime de você em supermercado com sentimentalismo barato!

Antiguidades que fazem a diferença na decoração

Texto: Cristiane Britto/Foto: Jorge Henrique

Algumas pessoas consideram antiguidades, fora de moda, e nunca pensariam em tê-la nas suas casas. No entanto, esse tipo de peça pode dar um toque de sofisticação sem parecer intrusiva. Mas por que o mix de estilos fica sensacional em alguns ambientes e catastrófico em outros? O que fazer para que a mistura dê certo? O que escolher na hora de decorar? É normal que surjam duvidas no momento de decorar. Por isso os especialistas garantem que tal mistura cria um efeito muito interessante, desde que primeiro seja elegido um estilo principal e sobre ele, acrescente detalhes de outras linhas. Afinal, o equilíbrio entre o novo e o clássico é característica do trabalho dos profissionais da área de arquitetura e decoração.

Para os interessados em ousar e apostar nesta tendência, a arquiteta Martha Corrêa alerta: "Neste momento, entra sempre o bom senso, devemos cuidar para que não haja exageros".

A profissional acrescenta que os ambientes projetados pelos especialistas apresentam semelhanças na decoração, mas que os detalhes antigos fazem toda diferença. "Normalmente Há semelhança entre um "antes" e um "depois", estão normalmente condicionados às novidades e tendências. Mas o ambiente se torna capaz de marcar a diferença, quando os móveis e objetos de época estão incluídos nele".

As antiguidades podem fazer com que uma casa pareça imponente e sofisticada se souber o que fazer com ela. "Decorar com antiguidades dá classe ao resultado final", define Corrêa. As peças de época, apesar de serem caras, quando são misturadas com um mobiliário mais contemporâneo, segundo os especialistas, proporcionam bons resultados na decoração. Não é recomendável variar muito. O ideal é determinar uma fase da história e criar uma decoração diferente.

A antiguidade tem de receber destaque no cômodo da casa. os artigos de época devem funcionar como "coringas" dentro da residência, podendo ser utilizados como uma referência ou um diferencial dentro do contexto e do objetivo da decoração nos ambientes. Os móveis antigos podem ser para dormitórios, salas de jantar e estar, cozinha, acessórios decorativos, poltronas estilo Luiz XV e até peças da Segunda Guerra Mundial.

Móveis miúdos como cristaleiras, criado-mudos e mesinhas de telefone são os mais procurados. "A dramaticidade nos contrastes das cores ajuda a criar a atmosfera teatral e cosmopolita". Mesclar os estilos é um exercício de criação. "Na escolha das peças, temos que indicar ao cliente o tipo, a proporção, a cor, o material e o efeito que cada uma irá produzir. Um sofá moderno não briga com duas mesas laterais e uma poltrona neoclássicos. Todo mobiliário de design muito arrojado deve compor com peças de linhas mais discretas. Com isso, você evita a guerra entre estilos. Não se esqueça: equilíbrio entre os materiais é tão importante quanto harmonia entre as formas", explica.

Decoração clássica, numa mistura de móveis antigos e outros mais modernos, sublinha o estilo de pessoas, que se preocupam em manter o conforto familiar.

Antigo não significa velho

As peças antigas são valiosas e podem ser aproveitadas com versatilidade. As antiguidades podem incluir peças em perfeito estado, mas por vezes, as pessoas preferem algo que mostre a idade. O que torna qualquer coisa velha uma antigüidade? Por certo que não apenas a passagem do tempo mas também os sentimentos dão grande ajuda: a elegante secretária da avó pode guardar memórias inolvidáveis, mas não seduzem ninguém, a não ser os seus netos. Deve ser algo que possua um valor próprio e não exista nada onde esta característica se evidencie mais do que no caso de móveis antigo.

Mantido adequadamente, um móvel clássico pode, uma vez mais, cumprir a sua função original. Móveis e peças de família resistem ao passar dos anos, embora mudem de lugar. Os tecidos das poltronas e sofás são renovados com alguma freqüência, mantendo sempre o mesmo ambiente. Casa nova, mas com os mesmos móveis. É a típica decoração em que cada objeto tem uma história.

Preço

Os móveis usados se tornaram uma boa opção para quem deseja decorar a casa e gastar pouco. O grande atrativo dos móveis usados é o preço. Antes adquiridas somente por pessoas de baixo poder aquisitivo, estas mercadorias atualmente atraem a atenção de uma parcela da população que vê nesses produtos a chance de conceder um toque retrô-chique aos ambientes da residência.

"O ideal na decoração de um ambiente é colocar pouco mobiliário reutilizado, para que não ‘envelheça’ o espaço. Assim, existe a possibilidade de destaque perante o restante dos móveis. Coloque por exemplo, uma mesa usada com cadeiras modernas ou monte um bar moderno utilizando copos de prata usados. Tudo isso para não perder a modernidade e a jovialidade no ambiente", sugere.

No entanto, é indicado sempre avaliar se o móvel usado escolhido está em boas condições de utilização. Há casos de itens usados que são vendidos em estado de seminovos e com poucos meses de uso. Geralmente, as pessoas que colocam um mobiliário à venda, mudaram para uma casa, um apartamento de menor dimensão ou enfrentam dificuldades financeiras. Existem ainda aqueles que desejam decorar chácaras e escritórios e ter gastos mais reduzidos, vale muito a pena para quem visa a relação custo-benefício.

Em Sergipe

Já existem lojas em Sergipe com um portfólio de mobiliário usado para todos os cômodos da casa, tais como dormitórios, cozinhas, além de eletrodomésticos. Uma das mais tradicionais e preferidas pelos arquitetos é a D’epoca que tem, a design de interiores Sayonara Viana à frente. O cliente que for à loja pode inclusive contar com sugestões da profissional. O espaço dispõe de mobília, peças em porcelana, cristaleiras, prataria, quadros, bancos e até rádios da década de 20.

A D’epoca já existe no Estado há 15 anos, mas de acordo com Sayonara foi nos últimos anos que esse tipo de peça mereceu atenção especial. "Essa é um tendência que vem se fortalecendo há cinco anos". Apesar de ser considerado moderno e chique, este não é um estilo unânime. "Alguns profissionais não aceitam peças de antiguidade nos ambientes. Tenho um cliente que possui uma cristaleira maravilhosa e o arquiteto que ele sugeriu que ele abrisse mão dela", contou.

O mobiliário antigo tem a vantagem de ser feito em material de alta resistência. Uma mesa de jantar por exemplo na maioria das vezes são feitos de diversos tipos de madeira maciça, como embuia, cerejeira, tamborim ou jacarandá. Além da exclusividade das peças, outra vantagem em adquirir este tipo de móveis de "segunda mão" é a rapidez na entrega: em lojas de móveis usados, o comprador escolhe a peça e leva.

Apaixonada por antiguidades, Sayonara revela que as peças são versáteis. "Outro aspecto importante é o fato de que uma penteadeira pode se tornar um bar. Uma mesa pode se tornar um aparador, cadeiras de jantar se tornam suntuosas poltronas, e por aí vai. Tudo depende do bom gosto e da criatividade", exemplifica.

A profissional destaca que "uma característica marcante é o fato de que as peças contam histórias. Elas nos transmitem detalhes da década em que foram confeccionadas".
Fonte

Passarinho adapta canto à floresta para passar mensagens diferentes

Pula-pula-assoviador é baixinho, invocado e parte pra cima de quem invadir seu território.
Para saber quem está por perto ele usa uma série de 'códigos secretos'.

O pequeno pula-pula-assoviador (Foto: Divulgação/USP)

Não basta talento para um bom músico: é preciso saber usar muito bem as características do instrumento que tem à disposição e a acústica do local onde se apresenta. E o mesmo é verdade para um pequeno pássaro que vive na Mata Atlântica, segundo pesquisadores brasileiros e franceses, o pula-pula-assoviador (Basileuterus leucoblepharus).

Um típico exemplar de “baixinho invocado”, o inquieto passarinho é monogâmico e não hesita em partir pra cima de qualquer um que tenta invadir seu território. Tanta possessividade, no entanto, esbarra na vegetação fechada da mata, que impede o contato visual com possíveis competidores (e também com uma fêmea promissora). Resta ao pula-pula usar o canto e o ouvido para monitorar como anda a vida na vizinhança.

Ouça o canto do pula-pula-assoviador

Para fazer isso, o pássaro usa importantes artifícios. O primeiro é a acústica da floresta. Vivendo há séculos na região, o pula-pula assoviador aprendeu a se adaptar ao ambiente disponível para ter os melhores resultados na hora de transmitir sua mensagem. O segundo é uma série de “códigos” que indicam desde a espécie de quem está enviando o canto até a distância e as intenções do assoviador.

Liderados pelo professor da Universidade de Campinas (Unicamp) Jacques Villiard, os pesquisadores partiram para a Reserva Estadual de Morro Grande, no interior de São Paulo, para estudar o comportamento do bichinho. O objetivo era identificar qual o impacto da seleção natural nas canções da espécie.

A equipe descobriu que longe de ser apenas uma musiquinha bonitinha, o canto do pula-pula traz uma série de mensagens complexas. As duas principais são divididas em “públicas” e “particulares”.

A primeira parte da música, que é feita perfeitamente para não ir muito longe na floresta, é destinada apenas aos vizinhos próximos. O objetivo é descobrir quem está por ali, se são todos da mesma espécie, se há algum invasor se metendo onde não deve -– e também se há fêmeas dispostas por perto. A segunda metade da música, que se propaga por distâncias mais longínquas, serve para informar todo mundo que ele está por ali e que aquela área tem dono.

Segundo um dos pesquisadores envolvidos no trabalho, o biólogo Danilo Boscolo, da Universidade de São Paulo (USP), o comportamento do pássaro reflete a teoria da evolução, com os animais se adaptando às condições em que vivem. “O canto está perfeitamente ajustado para as características acústicas da floresta. Qualquer variação e a mensagem se perderia”, explicou ele ao G1.

A comunicação entre os indivíduos é essencial para a espécie, diz Boscolo. “Um canto feito do jeito errado não é reconhecido. O animal não reage”, afirma.

No estudo publicado na revista especializada “PloS One”, o grupo de cientistas lembra também que a Mata Atlântica é um dos biomas mais ameaçados do mundo e que protegê-la é essencial não apenas para a sobrevivência de espécies como o pula-pula-assoviador, mas também para a compreensão fenômenos biológicos como esse.
Fonte G1

Revista Isto é Gente - 18 de Fevereiro de 2008 - Edição n. 441

By Radis2004 (Obrigado)

A poesia visual de Rarindra Prakarsa

O fotógrafo Indonésio, nascido em Jakarta, diz que seu país é um dos melhores locais do mundo para qualquer amante da fotografia por causa da impressionante beleza das milhares de ilhas de lá. A bem da verdade Rarindra fotografaria bem em qualquer local do mundo independente do motivo e do local.

Uma imagem pode transmitir sensações pela luz, pela cor, pela textura, e pelo conteúdo que mostre, mas se essa imagem é melhorada com detalhes técnicos que nos dão uma sensação de profundidade, de terceira dimensão a coisa já muda para o plano da perfeição. Esta é a técnica utilizada por Rarindra Prakarsa que após fotografar, trabalha determinados elementos para dar maior dimensão a seus trabalhos. Acreditem ou não, o tímido Rarindra não se considera um fotógrafo profissional.

Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentação feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagenssão carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui).

Imagens engraçadas/curiosas - 14/02/2008


Via Knuttz/Ueba

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Tudo sobre hepatite

O site da médica Eloíza Quintela, especialista em doenças hepáticas e doenças do fígado, explica o que é, como se pega, quais as conseqüências e os sintomas da hepatite. Pelo site o internauta pode agendar um check-up com a doutoura. Além disso, no site é possível medir o Model for End-stage Liver Disease (MELD).

Site para quem gosta de animais.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Ganchos humanos

Ganchos humanos em uma versão atlética e clean. Feitos em resina, estes ganchos ou cabides, como achar melhor, parecem atletas de ginástica olímpica. Uma idéia interessante para quem gosta de coisas diferentes nas paredes.
Fonte

CURSO DE MATEMÁTICA APLICADA - AULA: CÁLCULO VETORIAL DE BOIOLAGEM

Imagens engraçadas/curiosas - 13/02/2008


Via Knuttz/Ueba

Revista Isto é - 13 de Fevereiro de 2008 - Edição n. 1997

Clique na capa para baixar
By Radis2004 (Obrigado)

Revista Isto é Dinheiro - Ed. n. 541 - 13 de Fevereiro de 2008

Clique na capa para baixar
By Radis2004 (Obrigado)

Revista Isto é Gente - 11 de Fevereiro de 2008 - Ed 440 - As musas no Carnaval 2008

Clique na Capa para baixar
By Radis2004 (Obrigado)

Homem que roubou cachaça de R$ 1,50 segue preso em Osasco

Imbróglio judicial impediu cumprimento de alvará de soltura nesta terça-feira (12).
Catador de papel tem pendência com a Justiça devido a outros dois processos.

O catador de papel acusado de tentar furtar uma garrafa de cachaça adoçada que custa R$ 1,50 segue preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Osasco, na Grande São Paulo, mesmo depois de a Justiça ter expedido nesta segunda-feira (11) um alvará de soltura.

Ele foi preso em julho de 2007 porque teria ingerido a bebida no interior de um supermercado na Avenida Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo. Pelo crime, foi condenado pelo juiz da 27ª vara criminal de São Paulo a oito meses e 16 dias de reclusão, além de oito dias-multa.

De acordo com a sentença proferida, “o réu já está preso há sete meses e tal tempo de prisão cautelar lhe confere direito à progressão para o regime aberto”. Com base nisso, o juiz expediu no mesmo dia o alvará de soltura.

O catador de papel, no entanto, tem outras duas pendências com a Justiça, depois de ter respondido a processos por duas tentativas de furto. Por estes crimes, ele foi condenado a cumprir penas em regime aberto, convertidas depois em multa e prestação de serviço.

  • Novo pedido

Ao saber da prisão pelo roubo da cachaça, o juiz da Vara de Execuções Penais de Osasco teria suspendido a pena de regime aberto e expedido, antes da sentença do juiz da 27ª Vara Criminal de São Paulo do último dia 8 de fevereiro, novo pedido de detenção para o catador de papel.

A justificativa para a nova sentença é a de que ele não iria poder cumprir o regime em aberto, que determina que o condenado compareça periodicamente em algum fórum pré-estabelecido para prestar contas de suas atividades.

O catador de papel, no entanto, já adquiriu, depois de sete meses preso, o direito de cumprir a pena pela terceira tentativa de furto em regime aberto. Desta forma, a Defensoria Pública do Estado vai tentar interceder junto ao juiz de Osasco para que este retome a pena em regime aberto para os dois processos anteriores, criando assim condições para que ele seja finalmente libertado. Tal decisão, no entanto, só deverá ser confirmada apenas nesta quarta-feira (13).

Antes da decisão, a Defensoria Pública chegou a pedir a liberdade provisória do catador, mas o juiz indeferiu o pedido por causa dos antecedentes do acusado. A defensora pública Mailane Santos alegou em defesa do catador de papel que ele nem chegou a sair do supermercado, já que foi preso por seguranças quando pedia a outros clientes que pagassem a bebida.


  • O caso

De acordo com informações presentes na sentença do juiz, o crime ocorreu pouco antes das 6h do dia 8 de julho de 2007. O homem tentou furtar do supermercado uma "garrafa de cachaça adoçada" de 490 ml. Ele confessou ter pego a bebida alcoólica e confirmou, ainda segundo a sentença, ter ingerido parte dela no interior da loja.
Fonte G1

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Colocando piercing nos olhos


Via STATIC

AVG Anti-Virus 8.0 Build 62a1257 - 50,2 MB

Clique na imagem para baixar.
Válido por 01 ano

Vídeo Alerta

Gostei do vídeo que me enviaram por email pra assistir. Diz respeito a combinação (errada) de CELULAR + CARRO. No vídeo aprende-se:

1. Não atender ligação no celular quando estiver dirigindo (pior ainda quando não se sabe onde esta o celular dentro do carro e vai procurá-lo entre o banco e a porta, nos pés, ao lado da marcha - veja o vídeo);
2. Não efetuar ligação (onde a pessoa tem que olhar os números no aparelho) e com isso perde-se a visão do que esta a frente no trânsito - veja o vídeo);
3. Não enviar mensagem (SMS) pelo celular pelo mesmo motivo acima. (veja o vídeo).


Para quem não consegue ver o vídeo acma, tem o link AQUI.

Agora se você tem moto e o celular toca, é só encostar e atender :)

Cingapura faz funeral para orangotango que era celebridade no país

Fãs de Ah Meng, fêmea que tinha cerca de 50 anos, fizeram fila perto de seu caixão.
Animal participou de mais de 30 filmes e vivia, desde 1971, em zôo cingapuriano.

O Zôo de Cingapura, no Sudeste Asiático, organizou um funeral para um de seus mais ilustres habitantes: a fêmea de orangotango Ah Meng, que morreu com cerca de 50 anos de idade. Ah Meng foi resgatada de uma família que a mantinha ilegalmente como bicho de estimação em 1971 e, desde então, vivia no zoológico. O animal participou de mais de 30 filmes e apareceu ao lado de celebridades. A causa da morte não foi divulgada.
Admiradores do animal se despedem durante funeral (Foto: Pablo Sanchez/Reuters)
A fêmea de orangotango pouco antes de sua morte (Foto: Zôo de Cingapura/Divulgação)
Fonte G1

PcWorld - Março 2008 (Inglês)

Imagens engraçadas/curiosas - 12/02/2008

Mensagem sublimar

por que homens não podem ser modelos

Mardito cachorro!!!!

Fiat vs Ferrari vs F1 - Qual carro ganha??

1 litro de silicone (para quem nunca viu)

Bolhas na água

Prédio Lindo.

Clique na imagem abaixo para conhecer essa maravilha

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Audi R8 Razor PPI 2008

Suzuki GSX-R 1000 - 2008


SuperBikeMagazine - Março 2008

Flotilha da Amazônia - FLOTAM

Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentação feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagens são carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui).

Imagens engraçadas/curiosas - 11/02/2008


Via Kunttz/Ueba

Adoçante pode engordar mais que açúcar, diz estudo

Sabor doce dos adoçantes prepara o corpo para ingestão de calorias, afirma estudo.

Um estudo realizado em ratos nos Estados Unidos sugere que a ingestão de sacarina - tipo de adoçante usado principalmente em refrigerantes dietéticos - pode provocar aumento de peso maior que a ingestão de açúcar.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Purdue, em Indiana, o sabor doce causado pelo consumo de sacarina estimula o sistema digestivo a se preparar para a ingestão de uma grande quantidade de calorias.

Se essas calorias não são ingeridas, eles afirmaram, o organismo fica desregulado e, como resultado, pede mais comida ou queima menos calorias, o que provocaria o aumento de peso.

O estudo, publicado na edição desta semana da revista científica Behavioral Neuroscience, gerou reações da indústria alimentícia, para quem a pesquisa "simplifica" as causas da obesidade.

Calorias

Para realizar o estudo, os cientistas acompanharam a alimentação de 17 ratos. Nove receberam iogurte adoçado com sacarina e oito com açúcar. Depois do iogurte, os animais receberam a dieta normal.

Após cinco semanas, os ratos que consumiram a sacarina ganharam 88 gramas, enquanto os que ingeriram glicose tiveram um aumento de peso de 72 gramas - uma diferença de mais de 20%.

Os ratos que tomaram o iogurte com a sacarina consumiram mais calorias e tiveram aumento de 5% na taxa de gordura do corpo, de acordo com o estudo.

"Os resultados claramente indicam que consumir alimentos adoçados com sacarina pode levar a um aumento de peso e da taxa de gordura maior do que o consumo de açúcares calóricos", diz o estudo.

Segundo Susan Swithers, uma das autoras da pesquisa, as experiências em laboratório indicam ainda que outros adoçantes artificiais, como o aspartame e o acessulfame K, que oferecem o gosto doce, podem ter o mesmo efeito da sacarina.

Críticas

O estudo gerou reações da indústria alimentícia. Em uma entrevista publicada na edição desta segunda-feira do jornal americano Los Angeles Times, Beth Hubrich, uma das representantes dos fabricantes de refrigerantes dietéticos nos EUA, rejeitou os resultados da pesquisa.

Segundo ela, "o estudo simplifica demais as causas da obesidade". Além disso, afirmou, "a descoberta nos animais pode não ser verdadeira quando testada nos humanos".

Um porta-voz da Fundação Britânica de Nutrição afirmou que os resultados são "interessantes", mas não provam que os adoçantes podem ser prejudiciais nas dietas dos humanos.

Para a organização, o tema ainda requer mais pesquisas.
Fonte G1

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Revista Época - Edição 508 - 11/02/2008

Clique na capa para baixar.