sexta-feira, 27 de junho de 2008

Índios - Boa Apresentação


Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentaão feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagens são carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui).

Retratos Urbanos

Imagens engraçadas/curiosas - 27/06/2008


Via Knuttz / Ueba

BMW Z9


PC & Cia - Edição 82 (06/2008)

Mini-geladeira portátil. - Porreta D+

Com capacidade para seis litros, ela consome apenas 33 watts e tem adaptadores para ser ligada no acendedor de cigarros do carro, tomadas convencionais, etc. Além de garantir excelente refrigeração, ela também pode aquecer alimentos e bebidas, com um simples toque de botão. Seu sistema é ecologicamente correto, sem uso de nenhum tipo de gás. Mede 38 cm de altura x 28 cm de largura e custa 25 libras.


Link

Em vez de revelação, tenha percepção

Algumas pessoas acham que de uma hora para outra vão encontrar a sua grande resposta. Passam a vida inteira esperando a revelação que responderá a todos os seus questionamentos, resolvendo as incertezas e mostrando o caminho ideal para o que anseiam.

De tanto acreditar na brilhante descoberta, não percebem que a todo momento recebem sinais que indicam as respostas procuradas. Barry Siskind determinou, no livro Voe como as Águias, Sete estratégias para viver mais confiante. Segundo o autor, uma das estratégias é definir as certezas.

Nesse ponto, ele explica que uma revelação não é um acontecimento. É um despertar. "Muitos de nós esperamos por um momento iluminado, no qual diremos: 'Ah! Achei!' Esse instante é uma ilusão. Não é uma virada, em que, de um lado, existe um vazio e, do outro, a resposta. "O que Barry está dizendo é que você não precisa esperar essa tal revelação, talvez nunca a tenha, mas deve ficar atento, pois a todo momento recebe sinais.

Se ouvir mais, observar melhor, prestar atenção a sua volta e questionar o que acontece, perceberá que há sempre algo indicando outros caminhos, soluções diferentes. Dê mais crédito também a sua voz interior. Pare de procurar lá fora as respostas que estão dentro de você. Quantas vezes você se pegou pensando: "Isso não é certo" ou "Não deveria fazer assim"? Mas fez e depois se arrependeu por não ouvir sua voz interior?

Ou seja, muitas vezes, você tem a informação, pois sabia que estava fazendo errado, mas simplesmente não a enxerga pelo que ela realmente é ou não dá o valor que ela merece. Quais sinais você está ignorando? Será que este texto não é um sinal para prestar mais atenção nos sinais que você recebe? Espero que ajude você a ter uma nova maneira de perceber o que acontece ao seu redor.
Motive-se!
Karen Jardzwski
Via Amigos do Freud

Dengue hemorrágica pode ter matado 57 pessoas em Sergipe

Texto: Moema Lopes/Foto: Maria Odília

O número de casos de dengue está reduzindo em Sergipe. A maior incidência da doença foi registrada no mês de abril, com uma taxa de 773,33. Em maio esse número já baixou para 245,64. Os dados do mês de junho ainda não foram fechados. Segundo as estatísticas do site da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no período de janeiro até o dia 16 de junho já foram notificados 25.396 casos de dengue no Estado. Desses, 10.624 foram confirmados.

Foram 126 com dengue hemorrágica, 464 apresentaram complicações da doença, e 33 chegaram a óbito. Mais 24 casos de morte por dengue estão sendo investigados no Estado, e seis casos já foram descartados. Já em Aracaju, nesse mesmo período, foram atendidas 50 pessoas com dengue do tipo hemorrágica e 200 com complicações da doença. O número de óbitos chegou a 13, mas pode ser maior porque mais sete casos estão sendo investigados. Mesmo com a redução dos casos, 17 municípios sergipanos, incluindo Aracaju, ainda se encontram na classificação de alto risco e 30 estão em médio risco.

Embora o número de casos esteja diminuindo, a SES alerta a população para redobrar os cuidados preventivos contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. Para evitar que o mosquito da dengue se instale em área residencial é importante tomar cuidados como: evitar o acúmulo de água em recipientes sem proteção; não acumular água em vasos de plantas; tampar bem caixas d´ água e outros reservatórios; manter a água da piscina sempre tratada; manter sempre limpo os quintais e terrenos baldios; não deixar pneus e garrafas, latas, ou outros objetos em locais que possam acumular água; evitar o cultivo de plantas que acumulem água, como as bromélias, espada de são Jorge, etc.
Fonte

PC & Cia - Edição 81 (04/2008)


Papagaios são primos de sabiás e gaviões, revela álbum de família das aves

Equipe internacional usou dados de DNA para traçar relações entre as espécies do grupo.
Colonização de vários ambientes acabou apagando traços morfológicos de parentesco.
Reinaldo José Lopes
Do G1, em São Paulo
Entre em contato


Com a ajuda de dados de DNA, uma equipe internacional de pesquisadores diz ter traçado o primeiro álbum de família confiável de todas as espécies vivas de aves, refletindo o parentesco evolutivo entre os penosos. O resultado é de deixar qualquer um de boca aberta: os primos mais próximos de papagaios e araras são os pássaros cantores (ou passeriformes), como os sábias, seguidos pelos falcões e gaviões; os diurnos e coloridos beija-flores têm a mesma origem que os noturnos e quase invisíveis curiangos; e uma série de outras esquisitices que decorrem da história evolutiva complicada desses seres alados.
Acredite ou não, a arara-vermelha (Ara macao) é prima próxima do... (Foto: Robert Luecking/Divulgação)
... cardeal e outros pássaros canoros, da ordem dos passeriformes (Foto: Stephanie Ware/Divulgação)

A pesquisa está na edição desta semana da revista especializada americana "Science", uma das mais conceituadas do mundo. Os autores do estudo encararam um pepino dos grandes, porque até hoje não havia acordo entre os cientistas sobre como classificar as milhares de espécies de aves. Só existiam duas certezas: os penosos mais primitivos seriam o grupo das emas e avestruzes e, classificados num outro grupo à parte, estariam as galinhas, patos e assemelhados. No resto das aves (cerca de 95% das espécies conhecidas), a bagunça reinava.

Boa parte da culpa é da maneira como o grupo evoluiu, explicou ao G1 a americana Rebecca Kimball, pesquisadora do Departamento de Zoologia da Universidade da Flórida em Gainesville. Tudo indica que houve um salto sem precedentes de diversificação nos primórdios da existência das aves. "Há quem considere que elas se diversificaram para ocupar uma grande quantidade de nichos ecológicos vazios no fim do Cretáceo [há 65 milhões de anos], quando os dinossauros se extinguiram", conta Kimball. "Por outro lado, alguns estudos genéticos apontam que essa diversificação se deu antes disso, então não dá para ter certeza."

Sinal apagado

De todo modo, o que está claro é que a diversificação rápida "apagou" o sinal de parentesco entre os vários grupos de aves -- como os váios padrões avianos foram surgindo com pouca diferença de tempo entre si, cria-se a ilusão de que todos estão à mesma distância um do outro. Ao mesmo tempo, desaparecem as formas que poderiam ser intermediárias entre um grupo e outro, com subconjuntos muito bem definidos de aves. "Todos os papagaios, araras e periquitos se parecem muito entre si e quase não se parecem com as demais aves", exemplifica a pesquisadora da Flórida.

Kimball e companhia puseram-se a desembaralhar esse rolo usando amostras de DNA de 171 espécies avianas, representando praticamente todas as famílias do grupo, além de dados genéticos de dois grupos de crocodilos, que servem de base de comparação. Os pesquisadores compararam 19 trechos diferentes de DNA em todas essas espécies, tomando o cuidado de misturar, na análise, regiões que mudam rápido e devagar, o que ajuda a dar uma visão geral das alterações genéticas nas aves ao longo de milhões de anos.
Os beija-flores, pequenos, fofos e diurnos, na verdade estão ao lado dos... (Foto: Natalie A. Wright/Divulgação)
... curiangos, bichos noturnos que ficam quase invisíveis perto da vegetação amarelada ou amarronzada (Foto: Sushma Reddy/Divulgação)

As surpresas foram variadas, a começar pelas citadas no começo desta reportagem. Para ser mais exato, o "grupo-irmão" de papagaios e assemelhados é a ordem dos passeriformes, envolvendo todos os passarinhos cantores, enquanto os falconídeos (falcões e gaviões) são o grupo-irmão dos dois combinados. Outro dado interessante envolve os urubus, normalmente considerados primos das aves de rapina, mas na verdade mais próximos de um grupo mais "genérico" de aves terrestres.

Estranhos no ninho

O dado mais surpreendente, no entanto, é que nada menos que 35% dos subgrupos de aves aceitos hoje pelos ornitólogos não correspondem a relações evolutivas reais, pelo menos a julgar pelo DNA. Na prática, isso quer dizer que os cientistas estão classificando maçãs com bananas, o que, obviamente, não é uma boa.

A confusão provavelmente surgiu por causa da chamada evolução convergente -- aves não aparentadas se adaptando aos mais variados estilos de vida, diz Kimball. "A convergência é um fenômeno extremamente comum. A adaptação a ambientes aquáticos, ou à vida noturna, por exemplo, surgiu múltiplas vezes entre as aves", afirma.
Fonte G1

PC & CIA - Edição 80 (03/2008)


PC & CIA - Edição 79 (02/2008)

O que restou do Lamborgini



A arte de Michael Kenna, a solidão do preto e branco

Clique na imagem abaixo e vejam que belas fotos

PC & CIA - Edição 78 (01/2008)


A arte fotográfica de Rodrigo Picorelli

Clique na imagem e veja que belo trabalho

Walt Disney - "Aquarela do Brasil"


Filme no qual o Pato Donald é apresentado ao recém criado (pelo genial Disney) Zé Carioca e às atrações da Cidade Maravilhosa (ainda era naquela época...) o Rio de Janeiro.
APESAR DA GENIALIDADE DO VÍDEO, POUCOS DE NÓS PUDEMOS VÊ-LO devido à reclamação de direitos autorais da Disney, o vídeo não estaria mais disponibilizado na web' MAS AINDA ASSIM A 'ALMACARIOCA' O DISPONIBILIZOU NO YouTube PARA NOSSO DELEITE.

ESTE SHOW FOI CRIADO NA DÉCADA DE 50 E NA 'MUNHECA', SEM USO DESTES COMPUTADORES CHEIOS DE RECURSOS QUE HOJE NÓS TEMOS À DISPOSIÇÃO..

Não deixem de visitar o ALMACARIOACA

Isto É Gente - Edição 460 (30/06/2008)



quinta-feira, 26 de junho de 2008

Dando o primeiro rolé....

Imagens engraçadas/curiosas - 26/06/2008


Via Knuttz / Ueba

Isto É Dinheiro - Edição 560 (25/06/2008)

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 26 de Junho de 2008


Via DownloadsCopyleft

Interior do 'ônibus da prostituição' tem tons escuros e bar

Fotos mostram veículo com cortinas e bancos pretos.
'Serviço' foi descoberto por policiais que atuavam à paisana em Miami, EUA.

Além do serviço de mulheres, o veículo oferecia uma ampla variedade de bebidas no bar. (Foto: AP)

O negócio foi descoberto por agentes à paisana durante uma operação para combater a prostituição na região e que levou à detenção de mais de 75 pessoas, ao confisco de drogas e de dinheiro.

Cortina garantia privacidade a alguns clientes. (Foto: AP)
Fotos mostram que interior do ônibus tinha bastante espaço. (Foto: AP)
Caminhão transformado em ônibus servia como prostíbulo nos EUA. (Foto: AP)
Fonte G1

Gazeta Mercantil em PDF, Quinta, 26 de Junho de 2008


Via DownloadsCopyleft

Matéria sobre a nova Hayabusa e BlackBird que passou no Programama Auto Esporte

quarta-feira, 25 de junho de 2008