sábado, 12 de julho de 2008

Imagens engraçadas/curiosas - 12/07/2008

Aventuras na História - Julho 2008

Relaxando na moto

A tale of Rock

Amar é praticar o companheirismo e a compreensão

Viver com quem se ama não é apenas uma oportunidade de conhecer o outro, mas é a maior chance de entrar em contato consigo mesmo.

Muita gente está assustada com a possibilidade de se envolver e perder a liberdade conquistada. De um lado as mulheres buscam homens mais compreensivos, de outro, os homens querem mulheres menos possessivas.

O mesmo acontece no trabalho, um profissional que não está atualizado, disposto a desafios e apto para mudanças é, rapidamente, substituído por outro.

O fato é que, se queremos viver um relacionamento gostoso, porém verdadeiro, seja no casamento, namoro, ou em poucas horas, devemos aprender a nos aceitar como somos e olhar para o companheiro como um caminho para o crescimento. Estar com alguém plenamente é a possibilidade de vencer o medo da entrega e de se conhecer no íntimo. Conviver com alguém que amamos é o mesmo que comprar um imenso espelho da alma, no qual, cada um de nossos movimentos é mostrado, sem a mínima piedade.

E, é aí que começa o inferno... Ao invés de encarar a verdade e de ver a imagem temida do verdadeiro "eu", tenta-se quebrar o"espelho". Como? Fugindo da intimidade, culpando o outro, não assumindo as próprias responsabilidades e desacreditando o amor. Viver com quem se ama não é apenas uma oportunidade de conhecer o outro, mas é a maior chance de entrar em contato consigo mesmo. Apenas quando nos vemos é que percebemos o medo de nós mesmos e nos aceitamos como realmente somos. Começamos, então, anos capacitar para o amor.

O único jeito de amar é buscando a sinceridade. Infelizmente, com o passar dos anos o amor tem sido muito mais estratégico do que espontâneo. Nas revistas femininas via-se muito esse tipo de atitude: "se ele fizer isso, faça aquilo", o que foi minando a espontaneidade do amor. Nós temos que redescobrir a forma de amar, a naturalidade do relacionamento amoroso. As pessoas precisam ter interesse genuíno no outro.Todas as maneiras de amar devem ser naturais. Quem fica estudando demais o outro, "mata" a possibilidade de amar alguém. O mundo é feito de absurdos e encontros, os absurdos fazem parte, porém, devemos entender que é possível ser feliz, creditando dia-a-dia na naturalidade dos sentimentos.

Um dia, perguntaram a um grande mestre quem ohavia ajudado a atingir a iluminação; e ele respondeu: "Um cachorro". Os discípulos, surpresos, quiseram saber o que havia acontecido, e o mestre contou: "Certa vez, eu estava olhando um cachorro, que parecia sedento e se dirigia a uma poça d'água. Quando ele foi beber, viu sua imagem refletida. O cachorro, então, fez cara de assustado, e a imagem o imitou. Ele fez cara de bravo e a imagem o arremedou. Então, ele fugiu de medo e ficou observando, durante longo tempo, a água. Quando a sede aumentou, ele voltou, repetiu todo o ritual e fugiu novamente. Em um dado momento, a sede era tanta que o cachorro não resistiu e correu em direção à água, atirou-se nela e saciou sua sede.

Desde então,percebi que, sempre que eu me aproximava de alguém, via minha imagem refletida, fazia cara de bravo e fugia assustado. E ficava, de longe,sonhando com esse relacionamento que eu queria para mim. Esse cachorro me ensinou que eu precisava entrar em contato com minha sede e mergulhar no amor, sem me assustar com imagens que eu ficava projetando nos outros".

Esse é o ingrediente básico para o amor, o autoconhecimento. Projetar nossos desejos ou nossas "fobias" no outro, apenas causa uma relação de dependência ou doentia, como o desenvolvimento do ciúme ou competição. Permita-se amar As pessoas vivem fazendo comparações entre elas mesmas e os outros. Comparam também as pessoas entre si. O tempo todo ficam imaginado que, se algo fosse diferente no parceiro, ele seria melhor. Quando você entra no jogo da comparação, sempre, há alguém que sai perdendo. E,geralmente, quem sai perdendo é você mesmo. Ao se comparar, você fica impedido de ver quanto você é o único e especial. Muitas vezes, as pessoas se sentem agredidas pelos atos negativos do seu companheiro.

As características básicas das pessoas que procuramos coincidem, ou se opõem, na maioria das vezes, às de alguma pessoa especial e importante da nossa infância. Quando iniciamos uma relação geralmente, vemos o outro como uma pessoa diferente dos parceiros anteriores e muito especial. Porém, à medida que os problemas vão surgindo, começam as comparações com o último relacionamento e, depois de algum tempo, reafirma-se a crença negativa de que amar não dá certo. Dessa maneira, é muito fácil, por exemplo, o casamento entornar em pouco mais de dois anos.O grande desafio é, justamente, nos desvencilhar da imagem projetada que fazemos de nós mesmos e de quem está ao nosso lado, nos permitindo aceitar as maravilhosas qualidades do ser humano e os defeitos também.

Quando, num relacionamento, não estamos amando o outro, mas, a imagem que construímos e buscamos encontrar, e essa imagem cai, permitindo-nos vê-lo exatamente como é, há um desinteresse, um desencanto. Enquanto vivermos sob o domínio da neurose, com sistemas decomparações, jamais amaremos alguém com a intensidade de que idealizamos.Amamos nos sonhos e ficamos sozinhos quando acordados. Há uma frase de quegosto muito diz: "o casamento dá certo para quem não precisa de casamento".

Normalmente, a compulsão de casar e de viver junto nascem de uma dependência. As pessoas esperam um complemento. Essa não é a função de um relacionamento, o outro não vai preencher uma lacuna, mas sim, ajudar a desenvolver o que elas não têm. Infelizmente, a maior parte das pessoas odeia sua própria companhia e vê no outro uma forma de "salvação". Devemos perceber que a única maneira de amar o outro é nos amando. A medida em que você vai desenvolvendo a paz, mais você vai gostando de ficar com você e seleciona melhor seu possível companheiro.

Se a pessoa tem baixa auto-estima, usará o outro para "tapar o buraco" de suas carências, no entanto, ninguém resolve a carência de ninguém. Conviver e saber aceitar a idéia de que qualquer relacionamento pode acabar é a chave para o amor saudável e construtivo. Tentar dominar o parceiro com medo da perda, só faz com que ele se afaste ainda mais. Esse é outro grande desafio da arte de amar: lidar com a possibilidade da perda, sem dominar o outro.
Roberto Shinyashiki
Picture by Ron Anderegg

Via Amigos do Freud

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Harley-Davidson compra a italiana Agusta por US$ 109 milhões

Negociação inclui também a Cagiva, outro ícone das motos italianas.
Acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades reguladoras.

MV Agusta F4 Senna, uma das superesportivas
mais cobiçadas do mundo (Foto: Divulgação)


A Harley-Davidson anunciou nesta sexta-feira (11) que concluiu as negociações para comprar a fabricante de motos italiana Agusta (MVAG) por US$ 109 milhões. O acordo ainda terá de ser aprovado pelas autoridades reguladoras para ser oficial.

O grupo italiano tem duas marcas distintas, a exclusivíssima esportiva MV Agusta e a popular Cagiva, que são vendidas por meio de 500 concessionários espalhados pelo mundo, especialmente na Europa.

Em 2007, a MVAG fabricou 5.819 motos, mas diminuiu a produção este ano por causa das dificuldades financeiras enfrentadas pelo grupo. "As motos são o coração, a alma e a paixão da Harley-Davidson, Buell e Agusta", disse o responsável executivo da marca americana, Jim Ziemer, que destacou que essas marcas têm "clientes muito fiéis".

As marcas Agusta e Cagiva, recordou, são muito conhecidas e apreciadas pelos consumidores europeus e "são sinônimo de beleza, qualidade e rendimento das motos italianas", afirmou o executivo.

No acordo, a fabricante norte-americana adquiriu 100% das ações e passou a responder pela atual dívida da Agusta, que gira em torno de US$ 70 milhões. O presidente do grupo italiano, Claudio Castiglioni, continuará no comando da empresa, assim como o designer chefe, Massimo Tamburini.
Fonte G1

Ferrari F430 Scuderia chega ao Brasil por R$ 1,6 milhão

A linha F430 é responsável por 75% da produção comercial da Ferrari.
Carro foi lançado no Salão do Automóvel de Frankfurt, em 2007.

Ferrari Scuderia tem motor V8 de 4.3 litros e
faz de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos (Foto: Divulgação)

O carro esportivo Ferrari F430 Scuderia Brasil chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 1,6 milhão. A linha F430 é responsável por 75% da produção comercial da Ferrari.

O veículo conta com motor V8 de 4.3 litros, com potência de 510 cavalos a 8.500 rpm, 20 cavalos a mais que os das versões F430 e F430 Spider. A Scuderia é 200 kg mais leve que a F430, com peso líquido de 1.250 kg.

A Ferrari F430 Scuderia vai de 0-100 km/h em apenas 3,6 segundos, e sua velocidade máxima é de 320 km/h, de acordo com o fabricante. Os pneus dianteiros de 19 polegadas de diâmetro têm 235 milímetros de largura. Os traseiros são mais largos, com 285 milímetros.

A Ferrari F430 Scuderia foi apresentado por Michael Schumacher durante o 62º Salão Internacional de Frankfurt, em setembro de 2007. Sua chegada ao mercado brasileiro acontece dez meses depois devido à forte demanda pelo modelo na Europa e na América do Norte.

Com a chegada desse modelo, a Ferrari Brasil espera fechar o ano com 40 unidades vendidas, ao lado da F430, F430 Spider, F599 GTB Fiorano e F612 Scaglietti.
Os pneus traseiros tem 285 milímetros de largura es rodas
são de aro 19 polegadas (Foto: Divulgação)

Painel do superesportivo Ferrari F430 Scuderia (Foto: Divulgação)
Fonte G1

Imagens engraçadas/curiosas - 11/07/2008


Via Knuttz/Ueba

Suícidio

Max Payne - O Filme

Comprou Nobreak, levou tijolo

Batman - Rock'em Sock'em

Erro de cálculo



Isto É Gente - Edição 462 (14/07/2008)


By Antfer

Paralamas e Titãs Juntos e ao Vivo [2008]

Bi Ribeiro, Branco Mello, Charles Gavin, Herbert Vianna, João Barone, Paulo Miklos, Sérgio Britto e Tony Bellotto subiram ao palco juntos para uma turnê inesquecível. E agora você já pode conferir seus melhores momentos em Juntos e ao Vivo. São 19 faixas incluindo os maiores sucessos das duas bandas, Titãs e Paralamas do Sucesso. Gostei muito desse cd, pq eles tocaram algumas músicas não tão conhecidas.
Faixas: 1. Diversão; 2. O Calibre; 3. Marvin; 4. Selvagem / Polícia; 5. Uma Brasileira; 6. A Novidade; 7. Homem Primata; 8. Lourinha Bombril (Parate Y Mira); 9. Cabeça Dinossauro; 10. A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana; 11. O Beco; 12. Trac-trac (Track Track); 13. Go Back; 14. Comida; 15. Lugar Nenhum; 16. Óculos; 17. Sonífera Ilha / Ska; 18. Meu Erro; 19. Flores.

Isto É Dinheiro - Edição 562 (09/07/2008)


H.Q. Spaw - Ed. 179

By Radis_2004

Praia do Pipa - Rio Grande do Norte

Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentação feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagens são carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui).

Amy Winehouse - The Other Side Of Amy Winehouse [2008]

Tai um super cd duplo pra quem é fã desta grande cantora... show de bola o cd!
Faixas cd1: 1. Monkey Man; 2. You Know I'm No Good ft. Ghostface Killah; 3. Valerie (Live Lounge); 4. Best Friends (Acoustic); 5. Will You Still Love Me Tomorrow; 6. He Can Only Hold Her (P-Nut Demo); 7. What It Is; 8. Do Me Good; 9. Fuck Me Pumps (Mylo Remix); 10. To Know Him Is To Love Him (Napster Live Session); 11. Round Midnight; 12. Back To Black (Zilla Rocca Remix); 13. Close To The Front; 14. Best For Me (Duet With Tyler James); 15. Love Is A Losing Game (Acoustic); 16. Rehab (Desert Eagle Discs Remix); 17. I Should Care (Live); 18. I Heard It Through The Grapevine (Duet With Paul Weller).
Faixas cd2: 1. Valerie (Mark Ronson Version); 2. You Know I'm No Good (Skeewiff Remix); 3. Hey Little Rich Girl; 4. Back To Black (Rumble Strips Remix); 5. F**k Me Pumps (MJ Cole Mix Edit); 6. Get Over It ft. JTWR; 7. Take The Box (The Headquarters Mix); 8. You Know I'm No Good (Live Lounge); 9. You're Wondering Now; 10. Rehab (I Can't Help Myself Remix); 11. B Boy Baby (Mutya Buena ft. Amy Winehouse); 12. Don't Go To Strangers (Duet With Paul Weller); 13. Beat It (Duet With Charlotte Church); 14. In My Bed (Bugz In The Attic Vocal Edit); 15. Fool's Gold; 16. Tears Dry On Their Own (Eric Clapton Remix); 17. Stronger Than Me (A Capella); 18. Procrastination.

McAfee Total Protection 2008 Retail

Arquivo de Ivan Valença é tema de curta-metragem

Jornalista e cinéfilo guarda em casa arquivo com cerca de 50 mil envelopes com informações sobre filmes

Filme foi todo gravado no quarto em que Ivan guarda o arquivo com mais de 50 mil envelopes / Foto: Aqruivo Infonet

Será lançado logo mais às 20h no Cinemark o curta ‘O Arquivo de Ivan’. Os personagens centrais da obra realizada por Fábio Rogério Rezende são o cinéfilo e jornalista Ivan Valença e seu arquivo sobre filmes, que já tem mais de 50 anos. O diretor do filme tentou traduzir na tela a relação que Ivan tem com todo esse material de cerca de 50 mil envelopes catalogados por ordem alfabética e que trazem recortes sobre obras cinematográficas.

“A obra é aberta e com isso não pretendo que o espectador chegue a nenhuma conclusão pré-definida. Quem assistir ao filme terá sua própria conclusão, cada um poderá tirar suas próprias idéias”, explica Rogério. ‘O Arquivo de Ivan’, foi gravado no quarto onde o cinéfilo guarda seus recortes e tem duração de 15 minutos.

Ivan conta que começou a catalogar informações sobre filmes aos 10 anos e não parou mais. No entanto, sua paixão pelo cinema data de muito antes e teve por influência a mãe, de quem herdou a paixão pela sétima arte. Sobre a experiência de estar à frente das câmeras, ele comenta: “não gosto de ser ator, gosto de assistir filme”. Ele juntamente com aqueles que comparecerem logo mais à noite no Cinemark poderão conferir em primeira mão o lançamento do curta.

Além de ‘O Arquivo de Ivan’, serão exibidos na noite de hoje outros quatro curtas contemplados pelo Edital 01 de 2007 de fomento ao audiovisual do programa Aracaju + Cultura, são eles: ‘Areia Branca’, de Júlia Fernandes Marques; ‘O Retorno do Submarino Alemão’ de Rubens Araújo de Carvalho; ‘Sensacional’, de Deborah Simão Gomes Fernandes e ‘Você Conhece Laconga?’, de Sérgio Borges.

Fonte Infonet

Malhar em jejum ou passar mais de quatro horas sem comer engorda

Nutricionista desvenda sete mitos sobre a mania de ficar em jejum

Se você é do time que pensa no jejum como alternativa poderosa contra os quilos extras, saiba que está embarcando numa roubada. Deixar de comer compromete uma série de funções vitais e não ajuda em nada na dieta , afirma a nutricionista do Minha Vida, Karina Gallerani. Isso porque o jejum prejudica o metabolismo (conjunto de transformações que as substâncias químicas do alimento sofrem em nosso organismo). E são essas reações que permitem a célula transformar os alimentos ingeridos em energia.

A quantidade de calorias ou energia gasta durante o repouso (usada pelo corpo para fazer para funcionar órgãos como coração, cérebro, pulmões e intestino) é chamado de metabolismo basal. O metabolismo basal pode variar de acordo com a composição corporal de cada pessoa, assim como a idade, sexo e prática de atividades físicas. Mas o jejum prolongado tende a diminuir esse metabolismo, interferindo no gasto de energia , diz Karina.

Para entender melhor as conseqüência de ficar muito tempo sem comer, confira a lista de mitos que a especialista desvenda abaixo. Ela revela o intervalo ideal entre uma refeição e outra, explica a relação entre estômago vazio e mau hálito e alerta para os perigos de ficar, diariamente, sem tomar café-da-manhã.

1. Fazendo exercícios em jejum, emagreço mais rápido.
Falso. Durante a execução dos exercícios físicos, se você estiver em jejum, seu nível de glicose no sangue pode estar muito baixo (hipoglicemia). Então, seu organismo vai passar a consumir proteínas. Você perde massa magra (músculos), diminui seu metabolismo e acaba ficando mais fraco. A performance cai e o desgaste físico e emocional aumenta. Em condições normais, com alimentação equilibrada, o organismo consegue manter este equilíbrio interno. No entanto, a o jejum prolongado pode comprometer esse balanço energético.

2. Ficar muito tempo sem comer deixa o metabolismo mais lento. Verdade. Depois de muito tempo sem comer, o metabolismo passa a funcionar mais lentamente, como tentativa de economizar energia. Como conseqüência, na próxima refeição, a tendência é acumular mais gordura. O ideal é não ficar sem comer por mais de 4 horas, distribuindo as refeições durante o dia.

3. O jejum acelera os resultados da dieta.
Falso. As pessoas normalmente relacionam a dieta como algo muito restritivo, acreditando erroneamente que a reeducação alimentar proibirá o consumo de certos alimentos. Embora uma boa alimentação possa ter certas limitações, não há proibições absolutas.

4. Ficar em jejum causa dor de cabeça.
Verdade. O cérebro não tem qualquer reserva energética e por isso, independente do estado nutricional é necessário que haja um suprimento de glicose, provenientes principalmente de alimentos fontes de carboidratos para este tecido. Situações de hipoglicemia, por exemplo, onde ocorre uma redução dos níveis de glicose sanguínea, podem acarretar perturbações no funcionamento do sistema nervoso central, que vão desde cefaléia, incoordenação de fala e motora, até alterações no eletroencefalograma e coma.

5. Ficar três horas sem comer não prejudica o organismo.
Verdade. Períodos curtos de jejum (de uma a três horas sem comer) não acarretam problemas. Esse é o tempo médio que o organismo leva para realizar a digestão e conseqüente absorção dos alimentos. Mas pessoas com tendência a hipoglicemia devem se alimentar a cada duas horas. Do contrário, podem surgir sintomas como visão turva, cefaléias, enjôos, vômitos, tremores.

6. Pular o café-da-manhã diminui a capacidade raciocínio. Verdade. Jejuns superiores a quatro horas podem resultar em lentidão dos movimentos, raciocínio confuso, perda de memória, dores musculares e de cabeça, tontura e até mesmo desmaios em alguns casos mais graves. Quem persiste em tornar o almoço a primeira refeição do dia, está expondo o organismo a mais de doze horas em jejum. Esse estado metabólico também pode favorecer consideravelmente o aparecimento de infecções já que o organismo está fraco devido a falta de nutrientes.

7. Ficar em jejum durante o dia causa mau hálito
Verdade. A presença do mau hálito, decorrente da acidose metabólica (excesso de acidez no sangue caracterizada por uma concentração anormalmente baixa de carboidratos) é decorrente a jejuns superiores a seis horas. Esta característica é bem comum em pacientes com diabetes. Os mecanismos de compensação realizados pelo organismo em situações de acidose é uma respiração mais profunda e rápida: o organismo tenta livrar o sangue do excesso de ácido reduzindo a quantidade de dióxido de carbono. Os rins tentam excretam mais ácido na urina. Quando estes dois mecanismos não conseguem estabelecer a homeostase e o corpo continua a produzir ácido em demasia, instala-se um quadro de acidose grave e, em última instância, o coma.
Fonte Minha Vida

Bolt - nova animação da Disney (sem a Pixar?)

Quedas de Lambreta

Revista - Isto É - 09 de julho 2008 - Ed. 2018

Lindas fotos áereas!

Instrumentos musicias esquisitos - cliquem no nome do instrumento para ver a bizarrice

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Imagens engraçads/curiosas - 09/07/2008


Via Knuttz/Ueba

Arte com pingos d'água

Melhor Design do Carro do Futuro


Banda Calypso - Acústico 2008

A Banda Calypso mostra todo seu romantismo e sensualidade no trabalho Banda Calypso: Acústico, em meio ao ritmo dançante das guitarras inconfundíveis de Chimbinha e a voz melódica de Joelma. O cd traz 15 faixas, sendo que 6 músicas são inéditas e 9 releituras de grandes sucessos. Confira músicas como: "Paixão Machucada", "Doce Mel", "Estrela Dourada" e muito mais. Um álbum que não pode faltar na sua coleção!
Músicas do álbum:
1. Homem Perfeito
2. Doce Mel
3. Paixão Machucada
4. Máquina do Tempo
5. Anjo
6. Estrela Dourada
7. Fórmula Mágica
8. Viagem Louca
9. As Horas Teimam
10. Mais uma Chance
11. Eu Sonhei
12. Não Faz Sentido
13. Lembro de Você
14. Faço Tudo por Você
15. Gritar de Amor