sábado, 2 de agosto de 2008

Super Interessante Edição Especial: 29 Coisas que não Fazem Sentido

Ache o homem no café!!

Leia antes de olhar a foto!

De acordo com experimentos médicos:
- Se você conseguir achar o homem em três segundos, o lado direito do seu cérebro é mais desenvolvido do que o de pessoas normais.
- Se conseguir em menos de 1 minuto, o lado direito do seu cérebro é normalmente desenvolvido.
- Se conseguir entre 1 a 3 minutos, o lado direito do seu cérebro está reagindo lentamente, e você deveria ingerir mais proteína.
- Se conseguir depois de 3 minutos, o lado direito do seu cérebro é um desastre, extremamente lento,e a única sugestão é assista a mais desenhos para ajudar a desenvolver o lado direito do seu cérebro!

Clique na foto para ampliar

Perfeição animada

"O velho e o mar", do russo Aleksandr Petrov é o que podemos chamar de arte. Composta de 29 mil quadros, pintados à mão em tinta óleo sobre vidro, durante 8 anos, esta animação garantia em 2000 o Oscar de melhor curta de animação ao artista.
Este ano ele concorreu de novo com "Moya lyubov" ("Meu amor").
PS: o artista não usa pincéis, apenas os próprios dedos.
Parte 01

Parte 02

Ar-condicionado doméstico funciona com energia solar

Engenheiros espanhóis desenvolveram o protótipo de um sistema de ar-condicionado alimentado por energia solar especialmente projetado para aplicações domésticas. Mais eficiente do que os equipamentos comerciais, o aparelho resfria um ambiente com um volume de até 120 m3, ou 40 m2 de área.

Ar-condicionado solar

O aumento na eficiência deu-se graças à redução da quantidade de água necessária para que o aparelho funcione e à utilização de uma solução de brometo de lítio na captação da umidade do ar.

Segundo avaliação conduzida pela equipe do professor Marcelo Izquierdo, os aparelhos de ar-condicionado domésticos conseguem produzir água fria com temperaturas na faixa de 12º C a 16º C partindo de temperaturas externas entre 28º C e 34º C.

Graças aos melhoramentos introduzidos no projeto do ar-condicionado solar, ele é capaz de resfriar a água entre 7º C e 18º C a partir de temperaturas externas entre 33º C e 43º C.

Banimento dos HCFC

O desenvolvimento de sistemas de ar-condicionado domésticos utilizando gases que não afetem a camada de ozônio e que consumam menos energia é uma necessidade cada vez mais urgente.

O Protocolo de Montreal estabelece que todos os refrigerantes HCFC ainda utilizados deverão ser substituídos até o ano de 2020. E o consumo de energia dos equipamentos deverá ser equivalente a 25% do que era permitido em 1996.

O novo sistema de ar-condicionado também pode funcionar reaproveitando o calor exaurido na atmosfera por algum outro tipo de equipamento.
Fonte: Inovação Tecnológica

O que é CABRUNCO?

Para quem é Nordestino, especialmente Sergipano e para quem se interessa pela lingua portuguesa, segue uma 1ª. Aula.
O que é CABRUNCO?
Cabrunco, para o Sergipano, vem do verbo COISAR. Ou seja, substitui qualquer palavra com maestria.
É uma palavra mágica que serve pra tudo:
Superlativa qualquer coisa. ("Eitcha caminhão do Cabrunco!")
Substitui a exclamação em finais de frases. ("Aconteceu isso? ÔCabrunco!")
Compõe frases interrogativas dando sentido a elas. ("Não é o Cabrunco mesmo?")
Adota muita gente. ("Fio do Cabrunco")
Abriga muita gente também. ("Vá pra casa do Cabrunco")
Define um ser. ("Ô cabrunco feio")
Designa situações substituindo o termo balacobaco. ("Ô mulher do cabrunco")
Serve como simples apelido: bruto e carinhoso. ("Esse cabrunco é gente ruim" ou "O hômi é o cabrunco de gente boa")
Obs.: Aqui vale a interpretação.
Nomina objetos. ("Pegue esse cabrunco aí em cima")
Qualifica as pessoas. ("O cara é o cabrunco na guitarra")
Dá emoção ao diálogo. ("Pra quê cabrunco você fez isso?")
Designa pessoas das quais não sabemos o nome. É importante colocar o"esse" antes. ("Esse cabrunco é doido")
Dá agilidade as frases e ações ("Me dê o cabrunco dessa caneta")
Aleja ("Fio do cabrunco do caraio da peste")
Enfim! O esse cabrunco serve pra tudo.
Pode ser usado por plebeus e príncipes!
OBS: SE FOR EM ITABAIANA SUBSTITUIR O "CABRUNCO" POR "CANSO" TEM AMESMA VALIDADE, SÓ QUE COM UM TOQUE ESPECIAL DAQUELA CAMBADA DE FIO DO CANSO DE ITABAIANA!!!

Gato salva idosa de 97 anos de incêndio

Bichano começou a miar e acordou dona às 4h da madrugada.
Por ato heróico, americana prometeu comprar lata de salmão.

Grace George, com o gato Boo Boo. (Foto: AP)

Grace George, uma aposentada americana de 97 anos, estava dormindo quando sua casa começou a pegar fogo na manhã de quarta-feira (30). A moradora de Independence, no estado americano de Missouri, diz só percebeu que algo estava errado quando seu gato, Boo Boo, começou a se esgoelar na janela do quarto.

"Fiquei preocupada", conta Grace. "Eu não entendi porque ela estava miando tão alto".

Eram 4h da manhã, e Grace queria continuar dormindo. Ela se levantou, pegou o gato - um animal de rua adotado há cerca de 15 anos - e o levou até a cozinha. Lá, sentiu, enfim, o cheiro de fumaça.

"O gato salvou minha vida. Naquela hora, percebi que precisava sair da casa, ou ia morrer", conta a idosa, que está morando na casa da filha. Sua residência foi destruída, e o corpo de bombeiros estimam os danos em US$ 115 mil.

A dona prometeu que vai recompensar Boo Boo, o gato heróico, com seu prato predileto. "Vou comprar uma lata de salmão."
Fonte G1

Jonerval, O ladrão muito louco!

Kamikaze

Como deixar um adesivo de parede em vinil ainda mais porreta? Usando o bom gosto e a criatividade! Basta colar no teto e transformar o seu ventilador em um super avião! Criação de Ricardo Saint-Clair.


Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado, 02 de Agosto de 2008

Via Downloadscopyleft

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Imagens engraçadas/curiosas - 01/08/2008


Via Knuttz/Ueba

Anistia Internacional - Ink



Gazeta Mercantil em PDF, 01, 02 e 03 de Agosto de 2008

Via Downloadscopyleft

Arte com Café


Rolls Royce Jonckheere


Futebol Lama

Olímpiadas - Pequim - Feita com Lego

Evite os 5 erros mais comuns no uso de antibióticos

Os perigos estão na combinação com outros remédio e até na falha entre as doses

Nem todo mundo trata o assunto com a seriedade que ele merece. Ao contrário, tem gente que engole
antibiótico como se fossem jujubas. Qualquer dor de cabeça basta para correr à farmácia e pedir uma caixa daquele remédio que alguém na família tomou, com sucesso. Um tiro no pé. Antibiótico precisa de prescrição médica rigorosa. Existem várias fórmulas para combater a mesma doença, e só médico sabe a mais adequada , afirma o infectologista Jorge Amarante, do Hospital Samaritano.

A seguir, o especialista aponta os erros mais comuns nesse tipo de tratamento, revela os perigos relacionados a cada um deles e indica como proceder em situações de surpresa, como o esquecimento de uma dose ou o aparecimento de alergias.

Parar o tratamento no meio
As infecções mais comuns (garganta, ouvido e pele) pedem de cinco a sete dias de tratamento, com doses a cada oito horas. O problema é que os resultados do remédio aparecem logo nas primeiras doses, e muita gente acha que já pode dispensá-lo. Um erro grave, porque a doença não é curada. Morrem apenas as bactérias menos resistentes, as mais fortes persistem e, pior, tornam-se imunes ao medicamento , afirma o infectologista do Hospital Samaritano.

Esquecer a hora de tomar o remédio
O intervalo entre as doses é calculado de acordo com a chamada meia-vida do remédio (tempo em que a concentração dele cai pela metade na corrente sangüínea). Uma dose ingerida antes da hora pode causar intoxicação ou, simplesmente, pode não ser absorvida pelo organismo , afirma o especialista. Já quando você se esquece de tomar o medicamento, pode sofrer com a volta dos sintomas. Converse com o seu médico sobre a melhor maneira de agir caso isso aconteça. Em alguns casos, é melhor tomar dois comprimidos de uma vez. Já, em outros, é melhor continuar o tratamento, incluindo a dose esquecida no final .

Tomar antibiótico sem prescrição
O erro é grave com qualquer medicamento. Mas, com os antibióticos, o perigo é dobrado. Há vários riscos envolvidos: alergia, intoxicação e, por fim, o não tratamento da doença. Doenças virais não são combatidas com
antibióticos. Além disso, tomar os medicamentos à toa acaba afetando as bactérias naturais do nosso corpo e, muitas vezes, elas tornam-se nocivas e passam a causar doenças.

Combinar medicamentos
Sem orientação médica, não pense sequer em tomar analgésicos junto a um antibiótico. Na situação menos grave, você vai se contorcer com dores no estômago. E, nos piores casos, temos a chamada hepatite medicamentosa. O fígado é intoxicado com tanta medicação e precisamos suspender o tratamento, iniciando outro , afirma o médico.

Forrar o estômago
Cruzar a hora da medicação com as refeições é um problema. Isso porque, com a digestão, o organismo demora mais a absorver o remédio. O ideal mesmo é tomar o antibiótico duas horas antes de comer. E faça isso com água, não com leite. Alguns remédios são mais bem aproveitados na presença de leite, mas é melhor perguntar ao seu médico se este é o caso , recomenda o especialista.

Fonte: Minha Vida

Marina Elali - De Corpo e Alma Outra Vez

De Corpo e Alma Outra Vez é o segundo álbum da cantora Marina Elali, que foi revelada pelo programa “Fama” da rede Globo. A música “Eu Vou Seguir” é tema da personagem de Gabriela Duarte, na novela “Sete Pecados”. Em “Só com Você”, a cantora contou com a participação especial de Fábio Jr., e na faixa “All She Wants ( o Xote das Meninas )” ela fez uma versão para um dos forrós mais conhecidos, composto por Luiz Gonzaga e seu parceiro Zé da natas, avô da cantora. Um cd imperdível!

» Lista de Músicas
* 01. Talvez
* 02. Me Tira do Ar
* 03. Eu Vou Seguir
* 04. Segredo
* 05. Já é
* 06. A Hora é Essa
* 07. Imperfeita
* 08. Uma Vontade a Mais
* 09. Só com Você - Dueto com Fábio Jr.
* 10. All She Wants ( o Xote das Meninas )
* 11. Me Faça Mais Feliz
* 12. Oraç&atildeo
* 13. Se uma Estrela Aparecer

Digital Camera World - Agosto/2008

Moto Monstro

As Músicas do Programa Amaury Jr

  • 1. Nice and Slow - Jesse Green
  • 2. Makin It - David Naughton
  • 3. I Can Hear Music - Beach Boys - Kathy Troccoli
  • 4. Keep It Comin'love - Kc & the Sunshine Band
  • 5. I'm So Happy - Trio Galetta
  • 6. Rock You Baby - Disco Version - George Mccrae
  • 7. Shotgun Shuffle - Remix - Kc & the Sunshine Band
  • 8. Never Knew Love Like This Before - Juliana Aquino
  • 9. Driving Home to Christmas - Chris Rea
  • 10. What's Going On - Johnny Boy
  • 11. Makin It - Remix - David Naughton
  • 12. Heaven Knows - Rod Hanna
  • 13. You Are Everything - Double You
  • 14. Freeway Flyer - The Love Unlimited Orchestra
  • Terremotos ajudam a criar exuberância de espécies marinhas, diz pesquisa

    Holandeses mapearam grande biodiversidade no oceano nos últimos 50 milhões de anos.
    Movimentos sísmicos ajudariam a criar regiões propícias para alta biodiversidade.

    O que a diversidade de espécies marinhas tem a ver com terremotos? Tudo, argumenta um grupo de pesquisadores na edição desta semana da revista especializada "Science". Willem Renema e seus colegas do Museu Nacional de História Natural da Holanda analisaram a distribuição de grandes concentrações de espécies marinhas nos últimos 50 milhões de anos, e concluíram que os conjuntos mais exuberantes de seres vivos estão sempre associados a áreas de grande atividade sísmica -- inclusive hoje, na área do Sudeste Asiático. A explicação é que os terremotos, ligados ao movimento dos continentes, ajudam a criar mares rasos, ricos em nutrientes, e a "misturar" espécies de várias origens num só lugar, levando a uma concentração da diversidade em pequenos espaços.

    Peixes como este são exemplos da exuberância em áreas geologicamente ativas,como os mares do Sudeste Asiático (Foto: Willem Renema/Divulgação)
    Fonte G1

    Forest Love

    Business Week (11/08/2008)

    Padre cai com moto dentro da igreja

    quinta-feira, 31 de julho de 2008

    Imagens engraçadas/curiosas - 31/07/2008


    Via Knuttz/Ueba

    Arte com Ovos


    Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 31 de Julho de 2008

    Via Downloadscopyleft

    Isto É Gente - Edição 465 (04/08/2008)

    Casa Caminhão

    Show com fogo - Porreta

    Gazeta Mercantil em PDF, 31 de Julho de 2008

    Via Downloadscopyleft

    Milhares de Ícones

    Tá precisando de algum ícone?
    Clique na imagem abaixo e ache o que procura.

    Madonna surpreende ao ser fotografada bem mais magra

    A cantora Madonna, 49 anos, surpreendeu ao ser fotografada muito magra e abatida na sexta-feira saindo de um centro de Cabala em Nova York, nos Estados Unidos.

    quarta-feira, 30 de julho de 2008

    Imagens engraçadas/curiosas - 30/07/2008


    Via Knuttz/Ueba

    Drive Carefully




    Você está com TPM?


    Ela tem dois tipos distintos de humor", escreveu sobre a sua mulher o poeta grego Semônides de Amorgos, 600 anos antes de Cristo. "Um dia ela é toda sorrisos e felicidade... no outro, é impossível viver ao seu lado."

    Há mais de 2 600 anos homens e mulheres engalfinham-se em torno da mudança brusca de humor delas, um suplício para ambos os sexos que afeta um período curto mas explosivo do mês: os quatro a sete dias que dura, em média, a tensão pré-menstrual. Tão antigo quanto a TPM é o desconforto dos homens nesses dias.

    A grande maioria deles simplesmente não sabe como agir, como revela o primeiro estudo brasileiro a avaliar o que pensam os homens a respeito da TPM de suas mulheres, namoradas, chefes, amigas, mães, irmãs... A pesquisa coordenada pelo ginecologista Carlos Petta, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), ouviu 1 500 homens e mulheres de todas as regiões do país, a maior parte deles entre 20 e 35 anos.

    Para oito em cada dez homens, todas ou quase todas as mulheres de seu convívio têm TPM – a presença da síndrome é evidenciada principalmente no nervosismo, na ansiedade, no choro fácil e nas brigas sem motivo aparente que acontecem nessa época do mês. "Embora os homens sejam capazes de reconhecer a TPM e até de localizá-la no tempo, em geral, eles não sabem como se comportar nessas horas", diz o médico Carlos Petta.

    Há os que se afastam, caso de três em cada dez, os que procuram tocar no assunto com cuidado – pouco mais da metade – e há aqueles que se irritam e acabam sucumbindo ao mau humor e à irritação delas, o que acontece com quase 10%. Nada disso funciona por completo. Na dúvida sobre como agir, dizem os especialistas, o melhor é ter paciência, muita paciência, até a crise passar.

    Quando o assunto é TPM, homens e mulheres não se entendem. Pouco mais da metade delas acredita que a tensão pré-menstrual afeta o relacionamento do casal. Esse, no entanto, é um problema relatado por 85% deles.

    As mulheres dizem que, nessas horas, precisam ser mimadas, querem carinho e, sobretudo, atenção. Eles contestam. Sentem-se confusos e acreditam que nada ajuda numa situação dessas. "Qualquer coisa que eu diga ou faça a irrita ainda mais. É melhor nem chegar perto", afirma o publicitário paulista Marcos Pontes, de 36 anos.

    Sua experiência com a TPM inclui, além da mulher, com quem vive há três anos, três irmãs, duas chefes e quatro colegas de escritório. "Pela fisionomia delas, já sei quando é dia de TPM. Por via das dúvidas, não toco no assunto", diz. Certíssimo, Marcos. Nada mais irritante para uma mulher com TPM do que o marido, namorado ou colega lembrá-la de algo que ela reluta em aceitar: sim, ela está naqueles dias. Do contrário, prepare-se para uma resposta enviesada. Muitas mulheres ouvidas na pesquisa reconheceram que, quando estão na TPM, dizem coisas desagradáveis e agressivas, das quais invariavelmente se arrependem depois.

    Segundo o estudo da Unicamp, 80% das mulheres brasileiras têm ou já tiveram sintomas da TPM. De tão comum, o distúrbio já virou motivo de piadinhas masculinas de todos os tipos: em inglês, a sigla PMS, premenstrual syndrome, equivalente à TPM, ganhou o significado "Punish Men Severely" (punir os homens severamente).

    Nada pode irritar mais uma mulher... Para botar ainda mais lenha na fogueira da discórdia, uma pesquisa australiana feita recentemente mostrou que a TPM é pior para as mulheres casadas, e a culpa – adivinhem – é dos próprios maridos. "Questões de relacionamento podem causar ou piorar a síndrome pré-menstrual", disse a pesquisadora Jane Ussher, professora da Universidade de Sydney, que estuda o assunto há mais de vinte anos. "Existem fortes indícios de que a reação do parceiro influencia a forma como a mulher responde à tensão pré-menstrual." Se eles são indiferentes ou se reagem de forma agressiva, o quadro só piora.

    Por isso, há até quem defenda a inclusão da terapia de casal no arsenal terapêutico anti-TPM, que vai de antidepressivos e fitoterápicos a contraceptivos e suplementos nutricionais.
    A TPM foi descrita pela primeira vez pelo grego Hipócrates, o pai da medicina, no ano 400 antes de Cristo. Mas ela só foi reconhecida como diagnóstico médico em 1983, pelos Institutos Nacionais de Saúde dos Estados Unidos. Os sintomas da síndrome – até agora já foram relatados mais de 150 deles – decorrem de oscilações bruscas dos hormônios estrógeno e progesterona registradas, sobretudo, a partir da segunda metade do ciclo menstrual.

    Os mais comuns são dor de cabeça, inchaço, alteração de humor, choro fácil, irritação e insônia. Para além da questão hormonal feminina, o estilo de vida tem um peso enorme sobre a manifestação dos sintomas da TPM, especialmente os psíquicos. "Mulheres mais velhas, com filhos e que trabalham fora são as principais vítimas do problema", diz o ginecologista Carlos Petta.

    Ao contrário do que ocorre com as mulheres, não há nenhuma evidência científica de que os humores masculinos sejam influenciados por hormônios. Mas a TPM delas influi – e muito – na vida deles. E não é só dentro de casa. Um estudo americano recente, com 1 000 homens e mulheres, mostrou que metade deles já foi vítima de hostilidade e enfrentou dificuldades ao trabalhar com mulheres na TPM. O relações-públicas paulista Rodrigo Santos, de 34 anos, viveu o drama com uma antiga chefe: "Seu mau humor mudava completamente a dinâmica da equipe e interferia no comportamento de todos no escritório. Era um tormento".

    E pode continuar a sê-lo por muito tempo, já que ainda se está longe de uma solução definitiva para o mal. Mas, atenção, senhores: nem toda irritação feminina é sinônimo de tensão pré-menstrual. Portanto, tenha sempre um calendário em mãos antes de lançar a irritante pergunta: "você está com TPM?".
    Anna Paula Buchalla
    Via Amigos do Freud

    Motor Trend (09/2008)