sábado, 23 de maio de 2009

Massiva eleição geral na Índia

Michael Jackson vs. Nirvana - Smells Like Billie Jean

Sonho do último dia

Você já deve ter ouvido em filmes, na hora da 'quase' morte de um personagem, ele dizer "a minha vida passou diante dos meus olhos". Bem, é isto que este vídeo quer representar.

Cavernas de Ajanta - Índia

Clique aqui ou na imagem acima e veja esta apresentação feita com o Microsoft Power Point. Aguarde alguns instantes enquanto as imagens são carregadas, ou, se preferir, salve-a em seu computador.

Para ver essa apresentação é necessário ter instalado o programa Microsoft PowerPoint, que está no pacote Microsoft Office, ou o programa Visualizador do PowerPoint (para download gratuito clique aqui)

Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado, 23 de Maio de 2009

Após três dias dedicados ao tratamento de sua saúde, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, antecipou ontem a volta ao trabalho. A missão é tentar barrar a barganha do PMDB por cargos na Petrobrás em troca de apoio ao governo na CPI instalada no Senado para investigar a estatal. A ministra, que também preside o conselho de administração da empresa, afirmou que "não há a menor hipótese" de mudanças na atual diretoria. "Isso não está em cogitação. Não há, até agora, por parte do governo, isso. Nem sinal de alguém pedir isso para nós."

Dilma saiu em defesa do diretor executivo de Exploração e Produção da Petrobrás, Guilherme Estrella, alvo dos peemedebistas. Como antecipou o Estado na quinta-feira, o PMDB quer indicar um nome para a diretoria de Exploração e Produção da estatal, conhecida como "diretoria de pré-sal", ocupada pelo petista Estrella. Com esse objetivo em foco, o partido espera a volta do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de sua viagem ao exterior, para indicar os nomes dos senadores que vão integrar a CPI.

A área de Exploração e Produção foi batizada pelo ex-deputado Severino Cavalcanti de "diretoria do fura-poço". Atualmente, é o setor responsável pelas pesquisas na camada pré-sal.

A ministra não deixou espaço para negociação. "Meu apoio ao diretor Estrella é irrestrito", ressaltou. "É um dos melhores da Petrobrás. É um homem íntegro, um técnico competentíssimo e um geólogo de primeira."

Formato: PDF
Tamanho: 26 Mb

Revista Popular Photography - Junho 2009

Rússia - O Dia da Vitória

100 fotos tocantes, retratando momentos de solidão

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 22 de Maio de 2009

Vale reduziu em US$ 5,2 bilhões sua projeção de investimentos para 2009. A decisão, aprovada ontem pelo conselho de administração da companhia, foi motivada por três fatores: redução de custos, desvalorização do real e alongamento dos cronogramas de alguns projetos. A cifra supera o valor de todos os projetos de expansão do setor de papel e celulose para os próximos quatro anos, que soma cerca de US$ 4,5 bilhões, segundo estimativa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Em comunicado divulgado ontem ao mercado, a Vale informou que o novo orçamento para 2009 é de US$ 9,035 bilhões, 36,5% inferior aos US$ 14,235 bilhões projetados inicialmente. A possibilidade de revisão dos investimentos foi sinalizada durante a divulgação do balanço do primeiro trimestre da companhia, em virtude das mudanças no cenário econômico desde o estouro da crise financeira mundial.

Em outubro de 2008, quando a companhia bateu o martelo e divulgou seu plano de investimento, o ambiente ainda não refletia uma desaceleração tão forte da economia mundial. O cenário piorou nos meses seguintes, obrigando a companhia a adotar uma série de medidas, como a demissão de 1,3 mil funcionários e a suspensão de atividades em algumas minas, com a concessão de férias coletivas aos trabalhadores. Por outro lado, naquela época, os custos estavam inflados por conta do ritmo acelerado de investimentos dos últimos anos.

Formato: PDF
Tamanho: 20 Mb

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 21/05/2009


Via Knuttz/Ueba

Salto do Subaru



Revista Easyriders - maio 2009

Beba leite

Trailer : Sherlock Holmes

Revista Isto é Dinheiro | 20 de Maio 2009 | Ed. Nº 606

Lamborghini Murcielago LP640 Ferrari exotic supercar

Revista Exame | 06 de Maio 2009 | Edição N º 942

D1 Drift Crash - Fuji Speedway



Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 21 de Maio de 2009

O Banco Central (BC) fez ontem a maior compra de dólares desde que voltou a adquirir a moeda americana no mercado de câmbio à vista, em 8 de maio. Segundo profissionais de instituições financeiras, o total beirou US$ 1,2 bilhão, muito acima da média de US$ 150 milhões dos últimos dias.
Com a atuação agressiva, o BC evitou que o dólar caísse abaixo de R$ 2, mas não impediu nova queda da moeda, que fechou cotada a R$ 2,028, baixa de 0,34%. No ano, o real já sobe 23%. São ao menos quatro os fatores que explicam a valorização expressiva da moeda brasileira nas últimas semanas.

O primeiro é o fluxo de dólares para o País, principalmente para bolsa de valores. Ontem, o BC informou que a entrada de divisas superou as saídas em US$ 2,06 bilhões nos 15 primeiros dias de maio. A maior parte do saldo - US$ 1,4 bilhão - decorreu do segmento financeiro.

O segundo fator, classificado pelos analistas de "técnico", está relacionado à atuação dos bancos, que têm interesse na alta do real nos próximos dias - quanto mais a moeda brasileira se valoriza, mais eles ganham com posições nos mercados futuros.

O terceiro fator é a balança comercial, que acumulava superávit de US$ 7,8 bilhões entre janeiro e a segunda semana de maio. O saldo é superior ao que a maioria dos economistas projetava, em razão, principalmente, da valorização das commodities agrícolas, que respondem pela maior parte das vendas externas do País.

Por fim, há expectativa de mais entradas de dólares nos próximos meses, por meio de captações de empresas no exterior (em renda fixa e ações) e por causa de investidores que buscarão ganhar com o diferencial entre o juro básico aqui e lá fora. Embora a taxa Selic esteja no menor nível da história do Brasil, ainda é alta se comparada ao resto do mundo - nos EUA, por exemplo, o juro básico oscila de 0 a 0,25% ao ano, ante 10,25% aqui.

Formato: PDF
Tamanho: 33 Mb

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 20/05/2009


Via Knuttz/Ueba

Revista Playboy - USA (06/2009)

André Motta Fotografias

Aos que fotografam, aos que não fotografam e a todos que são apaixonados por imagens - reais e surreais - mergulhem nas águas a seguir.
Basta clicar na imagem abaixo.
Visitem ! Se gostarem, divulguem !

Plankton Art - Louise Hibbert

Baiano que é Baiano- Crônica

Baiano que é baiano fala porra a cada dez palavras. Na Bahia, porra é tudo, menos a porra improperiamente dita Brasil afora, ops, Brasil adentro.
Como diz o 'embaixador' Renato Fechine (um paraibano que abaianou de vez), porra na Bahia é adjetivo, substantivo, interjeição, adjunto adnominal e advérbio de modo, de tempo, de lugar, de intensidade... da porra toda.
"O cara mora na casa da porra" = mora longe. Também pode-se dizer:
"Ele mora na casa da desgraça", que é a mesma coisa, ou seja, mora longe pra caramba.
Baiano que é baiano aguenta comer pelo menos dois acarajés sem passar mal... Se você não sabe, acarajé é hambúrguer de baiano.
Baiano que é baiano chama as amigas de "ordinárias" e elas não se incomodam, não se sentem ofendidas - ao contrário, sabem que é um tratamento carinhoso.
Na Bahia, você olha para sua amiga (seja ela pretinha, branquela, loira ou morena) e a chama de "nigrinha" e ela acha o máximo.
Baiano não admite fulerage pu seu lado. Traduzindo: não gosta de cheiro mole. Oxente, não entendeu? Ah, você precisa se matricular num curso de baianês.
Pegar ou bater um rango e filar a bóia significam a mesma coisa, ou seja, almoçar, comer, matar quem tá te matando.
Baiano que é baiano não bebe. Come água. Fica em águas. "Ontem Fulano estava em água dura". Tradução: estava trêbado, pra lá de Maracangalha.
O baiano, quando chama um brother pra beber, fala: "Rumbora cumê água".
Todo baiano chama Graça de Gal, Walter de Wal, Gilberto de Gil, Ademar de Dema...
Para meus amigos, parentes e aderentes, eu não sou Marcelo. Sou Macelo (engolimos o "r"). Sérgio é Sejo, terça-feira é têça-fêra; bar é bá e cerveja é ceveja.
Baiano que é baiano engole a letra "d" do gerúndio: - Qué qui cê ta FAZENO? -Eu tô DURMINO... Caminhano e cantano e seguino o trio elétrico...
Numa roda de baianos e baianas, quando alguém chega após ter tomado banho, alguém sempre diz: "Ó paí ó, chegou toda tomada banho".
Traduzindo: "Ela chegou limpinha, cheirosinha".
Baiano que é baiano sabe o significado da frase: "O cara tava mais enfeitado que jegue na lavagem do Bonfim". Ou seja, usava excessivo número de adereços e enfeites.
Baiano sabe que brown [bráun] não é a forma carinhosa de chamar Carlinhos Brown, o omelete-man. Brown é adjetivo de pessoa brega-espalhafatosa-cafona.
O motorista que põe mil adesivos no carro, o cara cheio de colares de prata e pulseiras. "Que cara mais brown!"
Baiano que é baiano sabe o que é "lavar a jega". É se dar bem, levar vantagem, lavar a égua, lavar a burra.
Todo baiano sabe que jante não tem nada a ver com o verbo jantar. Na Bahia, jante significa aro de pneu.
"Rodar na jante", no sentido denotativo baiano, é o carro rodar com o pneu vazio ou furado. Mas, na putaria, rodar na jante é transar sem camisinha.
Baiano que é baiano sabe o que é nestante. É "nesse" + "instante" = daqui a pouco.
Baiano fala pra semana (na próxima semana), parumês (no próximo mês) e paruano (no próximo ano). "Paruano sai milhó", diz o dono do bloco de carnaval.
Só baiano sabe o que é falar "de hoje a oito". "Meu aniversário é de hoje a oito", ou seja, é daqui sete dias.
Baiano que é baiano fala horas de relógio. "Fiquei duas horas de relógio esperando aquele filadaputa". Em geral, fala-se "horas de relógio" quando se quer enfatizar atraso, demora. É aquele que na hora de ir embora diz: "eu vou chegando..."
Baiano é convidado para um aniversário e leva uma renca de amigos (renca = muitos, uma catrupia, muita gente).
Baiano fala na moral em vez de por favor... "Pega isso aí pra mim, na moral".
Baiano vive dizendo que Sergipe é o quintal da Bahia... E o sergipano adora a Bahia e os baianos. O baiano de Salvador parece não querer ser nordestino e esculhamba o sotaque de sergipanos, alagoanos, pernambucanos, potiguares, paraibanos... (não deveria ser assim, mas é, infelizmente).
Baiano chama ônibus de buzu e taxista de taquicêro.
Baiano acha legal quando dizem que ele é "retado"; "boca de zero nove" ou "um pinico cheio"... Ê baiano porreta!
O baiano, quando tá indo embora, não diz "tô indo"; ele diz "tô
chegando". Não vai embora, se pica. "Vou me picar" significa "vou cair fora".
Na Bahia, é comum você tratar um amigo, um colega ou um desconhecido de "pai". Se for mulher, "mãe". "Venha, pai". "Venha, mãe".
Também é comum tratar um desconhecido como "maluco", mas é uma forma carinhosa. "Vai, maluco".
Quando se diz "A reunião não teve um pé de gente", se quer dizer que a reunião não teve ninguém.
"Colé a de mermo?", pergunta um baiano ("qual é a boa?"). E o outro responde: "É niúma" (significa "tudo bem").
Baiano não usa o termo arretado, que é uma invenção dos outros. Baiano fala "retado".
Raul Seixas canta uma música que diz: "Não planto capim guiné pra boi abanar rabo/ Tô virado no diabo/ eu tô retado com você. Tá vendo tudo e fica aí parado/ Com cara de veado/ Que viu o caxinguelê". "Tô retado" significa "tô zangado".
Mas retado também exerce a função de superlativo: "É bonito que é retado" [é muito bonito]. "O cara é retado de feio" [é muito feio].
Quando se diz "Ele é um cara retado", significa, "é boa praça".
A Bahia é o único estado que começa com B - de Brasil.
O mapa da Bahia é quase igual ao do Brasil, você já viu?
A Bahia tem a maior costa marítima do País, você sabia?
A Bahia faz divisa com oitos estados (do Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste)..
Salvador é a terceira cidade mais populosa do país, você sabe? [Não, nem os soteropolitanos sabem disso.]
De acordo com um magérrimo satirista baiano, chamado Gordurinha, um baiano é uma coisa divertida; dois baianos, uma boa pedida; três baianos, uma conversa comprida; quatro baianos, um discurso na avenida. Ééééé.
Diz-se, também, o seguinte:
1 baiano = um escritor famoso
2 baianos = uma luta de capoeira
3 baianos = um grupo de axé
4 baianos = um terreiro de candomblé

* Marcelo Torres, jornalista, baiano, cronista e torcedor do Baheeeaaaaaaaaa!!!!
(alguns trechos deste texto são de autoria anônima, extraídos de mensagens recebidas pelo cronista).
**Recebi por E-mail.

Abismo Anhumas - Rapel

Abismo Anhumas, uma aventura no coração do Brasil. O que a primeira vista se parece com uma pequena fissura no solo de Bonito (MS), se transforma numa incrível descida de rapel de 72 metros, o equivalente a um prédio de 30 andares! Na caverna, com as dimensões de um campo de futebol, você pode flutuar ou até mergulhar mais 18 metros no maravilhoso lago cristalino. Natureza, emoção e muita aventura!
Clique na imagem abaixo e conheça.

Equilibrando a Coca Cola

Clique para aumentar

Mercedes Benz Vito "Estacionando"

Manutenção final no Hubbles

Super Interessante - A Ciência do Impossivel

Revista Veja - Edição 2113 = 20 de Maio de 2009

terça-feira, 19 de maio de 2009

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 19 de Maio de 2009

Depois de perder quase 800 mil vagas na virada do ano, o mercado de trabalho dá sinais de reação, embora a recuperação ainda seja lenta e frágil. Em abril, pelo terceiro mês consecutivo, o mercado de trabalho com carteira assinada apresentou resultado positivo. Foram 106,2 mil contratações a mais do que demissões, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados ontem. Os resultados foram puxados pelo agronegócios e pelo setor de serviços.

Mas, embora o resultado tenha sido três vezes mais alto que o de março - quando foram abertas 34,8 mil vagas -, esse foi o pior abril da série do Caged desde 1999. No acumulado do ano, é nítido o estrago causado pela crise mundial, já que, de janeiro a abril, foram criadas 48,5 mil ocupações ante 848,9 mil em igual período do ano passado. Uma boa notícia é que, em abril, apenas a indústria de extração mineral demitiu mais que contratou e todos os demais setores admitiram mais empregados. Com o saldo líquido de abril, o estoque de empregos com carteira assinada no País subiu 0,33%, para pouco mais de 32 milhões de postos.

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, arriscou uma previsão para 2009 e disse que espera a criação de mais de 1 milhão de empregos este ano. "O Brasil está dando sinais inequívocos de recuperação." Apesar de maio ainda estar longe do fim, ele disse que o saldo de empregos formais este mês deverá ser melhor que o de abril. Para Lupi, o crescimento das vagas formais por três meses seguidos é um dado consistente de recuperação da economia brasileira. "Ninguém contrata com carteira assinada se estiver tendo prejuízo."

Formato: PDF
Tamanho: 17 Mb

segunda-feira, 18 de maio de 2009

domingo, 17 de maio de 2009

Garai...

width="400" height="329">

THUNDERCATS

width="400 height="325">

Campeão mundial de arroto

Quatro Rodas - Abril de 2009