sábado, 1 de agosto de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 01/08/2009


Via Knuttz/Ueba

Mickey Mouse | Feriado havaiano

Revista Exame | 948

Eu amo lixo

Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado, 01 de Agosto de 2009

Liminar proíbe ''Estado'' de noticiar investigação sobre filho de Sarney:
Decisão de juiz também impede emissoras de rádio e TV, além de jornais de todo o País, de usar ou citar material - O desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), proibiu o Estado de publicar reportagens que contenham informações da Operação Faktor, mais conhecida como Boi Barrica. O recurso judicial, que pôs o jornal sob censura, foi apresentado pelo empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP).

O pedido de Fernando Sarney chegou ao desembargador na quinta-feira, no fim do dia. E ontem pela manhã a liminar havia sido concedida. A decisão determina que o Estado não publique mais informações sobre a investigação da Polícia Federal e proíbe os demais veículos de comunicação - emissoras de rádio e televisão, além de jornais de todo o País - de utilizarem ou citarem material publicado pelo Estado.

Em caso de descumprimento da decisão, o desembargador Dácio Vieira determinou aplicação de multa de R$ 150 mil - por "cada ato de violação do presente comando judicial", isto é, para cada reportagem publicada. O pedido inicial de Fernando Sarney era para que fosse aplicada multa de R$ 300 mil.

RECURSO

O advogado do Grupo Estado, Manuel Alceu Afonso Ferreira, avisou que vai recorrer da decisão. "Há um valor constitucional maior, que é o da liberdade de imprensa, principalmente quando esta liberdade se dá em benefício do interesse público", observou Manuel Alceu. "O jornal tomará as medidas cabíveis."

Formato: PDF
Tamanho: 25 Mb

Raios

Revista Veja | 29 de Julho de 2009 | Edição n. 2123 | Versão Completa

Sinopse:

Brasil
Partidos PMDB: da resistência democrática ao fisiologismo
Petrobras Uma chance para aumentar a transparência
Estudantes A UNE assume a chapa-branca
Políticos Os novos magros do Congresso
Justiça Daniel Dantas: os erros e acertos do processo

Economia
Juros O impacto do novo corte na Selic
Empresas O Cade multa a AmBev em 352 milhões

Internacional
Itália A ópera-bufa de Berlusconi
Diplomacia Entrevista: Avigdor Lieberman, chanceler israelense
Itaipu A luz vai subir

Geral
Gente
Cidades Espírito de cacique cuida do clima para governos
Medicina Gripe: há motivo para pânico?
Celebridade A fase nada boa do craque Romário
Saúde A finasterida e o câncer de próstata
Maílson da Nóbrega
Ambiente A contaminação das praias cariocas
Tigres-de-bengala à beira da extinção
Ciência Os chimpanzés também morrem de aids
Estilo Emma Watson: jeito bacana de se vestir
Trabalho Há vagas para brasileiros: nos Emirados

Guia
Chá Verdades e mentiras sobre os vários tipos da bebida
Os chás mais especiais
Como armazenar e preparar a bebida

Lamborghini Gallardo LP550-2 Valentino Balboni

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 31 de Julho de 2009

Lula muda discurso sobre saída de Sarney: "Não é problema meu":
Presidente recua na defesa pública ao senador e diz que permanência dele no cargo é questão do Senado - Depois das sucessivas declarações de apoio ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou claro ontem que não está mais disposto a sair publicamente em defesa do peemedebista. Lula, que há apenas alguns dias falava em respeito à "biografia" de acusados e afirmava que nem tudo pode ser tratado como "crime de morte", dessa vez declarou que a permanência de Sarney no cargo é um problema que cabe exclusivamente ao Senado.

"Não é problema meu. Não votei no presidente Sarney para ser presidente do Senado. Nem votei nele para ser senador no Maranhão", disse Lula, que se atrapalhou ao citar o Estado representado pelo peemedebista na Casa - ele foi eleito pelo Amapá. "Não votei no Arthur Virgílio, não votei em ninguém. Eu votei nos senadores de São Paulo. Então, quem tem que decidir se o presidente Sarney tem de ficar na presidência do Senado é o Senado, não eu", concluiu.

A situação de Sarney vem se complicando a cada semana, desde que veio a público o esquema de edição de atos secretos no Senado, revelado pelo Estado no dia 10 de junho. A lista de acusações que cercam o presidente do Senado já inclui desde a prática de nepotismo até a suspeita de desvio de recursos referentes a um patrocínio da Petrobrás para a fundação que leva o seu nome, passando pelo favorecimento de seu neto na operação de um esquema de crédito consignado na Casa.

Formato: PDF
Tamanho: 34 Mb

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 30/07/2009


Via Knuttz/Ueba

Uma coleção de fantásticas fotos da natureza

Clique na imagem abaixo e confira.

3 dias na vida de um cogumelo

Perfeito

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 30 de Julho de 2009

70% do Conselho de Ética tem ficha com problemas:
Ao menos 21 membros são alvo de inquérito, réus em ação ou têm ligação com nepotismo e atos secretos - esperada benevolência do Conselho de Ética com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pode ser explicada, entre outras coisas, pela biografia de seus integrantes. Pelo menos 70% dos membros do conselho são alvos de inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF), réus em ações penais e/ou envolvimento com nepotismo e atos secretos nos últimos anos. Caberá a esses senadores decidir na próxima terça-feira o destino dos pedidos de abertura de processo de cassação de Sarney.

Pressionado a renunciar, o peemedebista é acusado de ligação com boletins administrativos sigilosos, nomeação de parentes e afilhados, além de desvio de recursos da Petrobrás pela Fundação José Sarney. A fundação vive hoje a perspectiva de intervenção por parte do Ministério Público do Maranhão, por causa do desvio de cerca de R$ 500 mil de uma verba de patrocínio de R$ 1,34 milhão concedida pela estatal do petróleo.

O Estado cruzou a lista de integrantes titulares e suplentes do Conselho de Ética com escândalos recentes semelhantes aos que alcançaram Sarney. Poucos escapam. Dos 30 titulares e suplentes, ao menos 21 estão nessa malha fina.

A tropa de choque do PMDB, por exemplo, marcha unida nesse quesito. Os quatro titulares - Wellington Salgado (MG), Gilvan Borges (AP), Paulo Duque (RJ) e Almeida Lima (SE) - têm algum tipo de ligação com nepotismo, ato secreto ou investigação externa. Outros quatro titulares aliados de Sarney também fazem parte desse grupo: Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Gim Argello (PTB-DF), João Durval (PDT-BA) e Romeu Tuma (PTB-SP). Juntos com João Pedro (PT-AM) e Inácio Arruda (PC do B-CE), eles somam votos suficientes - entre os 16 titulares - para barrar as cinco representações que já foram protocoladas contra Sarney.

Formato: PDF
Tamanho: 41 Mb

Megan Fox | Pintura acelerada

Revista Duas Rodas | Julho 2009 | Ed n. 406

Sinopse:

- Teste Honda XRE 300
- Comparativos:
Honda Lead 110 x Suzuki Burgman 125
Honda CB 300 x Yamaha Fazer 250
Kawasaki Z 750 x Honda Hornet 600
Yamaha Midnight 950 x Honda Shadow 750
- BMW S 1000RR: Nasce uma verdadeira supersportiva alemã
- Casal cruza Ásia e Austrália com duas 125cc
- Motos de luxo tem preços mais atraentes

Lamborghini Gallardo Spyder

Revista Super Interessante | Agosto/2009 | Ed. n. 268

O perigo está aqui dentro
A ameaça de vírus e bactérias está maior do que nunca.
Temos chance contra eles?

Maconha sem tabu
Até o Obama diz que fumou. Veja o que isso tem a ver com a legalização.

CÉREBRO CONSUMISTA
Conheça as propagandas que têm mais apelo para os seus neurônios.

CIÊNCIA TOPA TUDO
Entenda como as pesquisas conseguem provar qualquer coisa.

SUPERFOCO
A lente de contato que faz os cegos enxergar.

GABARITOS DO RH
Conheça os testes mais populares em entrevistas de emprego.

DEZ IDEIAS DO FUTURO
Aliens na terra, vida artificial, telepatia: os avanços que vão mudar o mundo. E é tudo verdade.

TENDÊNCIAS
O futuro será de graça?
Os infomerciais estão em alta.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 29/07/2009


Via Knuttz/Ueba

Moto GP Donington Park 2009

Top Gear - Jaguar XFR vs BMW M5

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 29 de Julho de 2009

Ministério Público reprova contas da Fundação Sarney e decide intervir:
Auditoria nas contas de 2004 a 2007 apontou até repasse de verba da Petrobrás para aplicações bancárias - O Ministério Público Estadual do Maranhão reprovou as contas apresentadas pela Fundação José Sarney entre 2004 e 2007 e decidiu intervir na entidade, que tem como presidente vitalício o senador José Sarney (PMDB-AP). Auditoria nas prestações de contas descobriu até que parte da verba repassada à fundação pela Petrobrás acabou virando investimento: foi parar em aplicações bancárias. Por causa das irregularidades, o Ministério Público vai indicar representantes para o conselho curador e para a diretoria executiva da fundação.

Ao Estado, a promotora Sandra Mendes Alves Elouf, titular da Promotoria Especializada em Fundações e Entidades de Interesse Social de São Luís, afirmou que a decisão tem por base as irregularidades detectadas pela auditoria. Encarregado de fiscalizar as fundações com sede em São Luís, o órgão iniciou a auditoria ano passado.

Por quase um mês, auditores do Ministério Público se debruçaram sobre as prestações da contas da fundação. Na segunda-feira, o Diário Oficial do Maranhão publicou o resultado, com a reprovação das contas. O relatório dos auditores aponta desvio de finalidade na aplicação dos recursos que a fundação recebeu de órgãos públicos e empresas privadas.

Dentre os valores auditados está o contrato de patrocínio de R$ 1,3 milhão repassado à Fundação Sarney pela Petrobrás. Conforme revelou o Estado, R$ 500 mil foram parar em contas de firmas fantasmas, em nome de aliados políticos da família Sarney, e em empresas do clã. A auditoria incluiu, ainda, recursos que a fundação recebeu da Secretaria de Cultura do Maranhão e, indiretamente, da Companhia Vale do Rio Doce.

Formato: PDF
Tamanho: 30 Mb

Revista Saúde é Vital - Julho 2009 - Ed n. 313

Sinopse:

A dieta para enxergar mais
Aposte nos alimentos certos para ter uma visão saudável

Labirintite tem cura
Os novos tratamentos que acabam com as vertigens

Vitamina C
Ela é mais poderosa do que se pensava. Combate a asma e protege as articulações
Cuide do seu intestino
Quando ele funciona direito, você afasta ameaças como depressão,
obesidade, anemia e osteoporose

Estresse
Conheça o programa que alivia o estresse em apenas cinco dias

Sorriso Renovado Sem Cortes
Acaba de chegar no Brasil uma técnica de implante dentário que fixa
as próteses sem nenhum corte na gengiva

Sempre quis saber
O que acontece com o corpo das meninas na adolescência?
Remédio e volante, perigo constante
Evite acidentes conhecendo alguns medicamentos que interagem com a direção

Quatro razões inusitadas para perder peso
A lista de prejuízos provocados pelo excesso de peso cresceu. Coloque-os na
balança e entre em forma

terça-feira, 28 de julho de 2009

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 28 de Julho de 2009

Planalto minimiza nota do PT e reafirma apoio a Sarney no Senado:
Lula desautoriza Mercadante e diz que documento cobrando licença do aliado não reflete posição do partido - Preocupado em perder o apoio do PMDB na CPI da Petrobrás, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva desautorizou ontem o líder do PT no Senado, Aloizio Mercadante (SP). Em reunião do grupo de coordenação do governo, Lula afirmou que mantém o aval ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e disse que a nota assinada por Mercadante na sexta-feira, reiterando o pedido de licença do aliado peemedebista, não reflete a posição do PT.

Articulador político do Planalto, o ministro das Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, não escondeu a contrariedade de Lula com o líder do PT. "O que nós avaliamos é que isso não é um movimento do PT", insistiu Múcio. "Imaginamos que seja o posicionamento de um ou dois senadores."

O movimento do governo tem o objetivo de conter o mal-estar provocado no PMDB com a nota divulgada por Mercadante há quatro dias. No texto de dez linhas, o senador considerou "grave" a revelação de que Sarney - alvejado por uma avalanche de denúncias - atuou para que o então diretor-geral do Senado Agaciel Maia reservasse uma vaga para Henrique Bernardes. O contratado era namorado de Maria Beatriz, neta de Sarney, conforme revelou o Estado.

A nota foi interpretada pelo Planalto como mais um gesto para dar satisfação aos eleitores. Dos 12 senadores da bancada petista, dez serão candidatos nas eleições do ano que vem e têm recebido fortes cobranças de suas bases pelo apoio a Sarney.

Formato: PDF
Tamanho: 33 Mb






BuscaPé, líder em comparação de preços na América Latina

Exame de toque retal dura menos que 15 segundos

Ele antecipa o diagnóstico do câncer de próstata, aumentando suas chances de cura

O preconceito que ronda o temido exame de toque, essencial para a prevenção do câncer de próstata, ainda é visto com receio por grande parte dos homens. Mas será que ele é realmente um bicho de sete cabeças? De acordo com os especialistas, o teste, que deve ser realizado por homens acima de 40 anos, dura no máximo 15 segundos, é simples e praticamente indolor, além de não afetar em nada a masculinidade deles.

Para acabar de vez com o preconceito e incentivar a procura por um especialista, o MinhaVida conversou com dois especialistas, que explicam como um único exame é capaz de salvar vidas. "Hoje, as chances de cura do câncer de próstata são enormes. A grande maioria dos casos que resulta em óbito acontece devido a um diagnóstico totalmente tardio", explica o urologista Evandro Cunha, do Hospital Urológico de Brasília. "É a partir do exame de toque que o urologista pode analisar se a próstata apresenta alguma irregularidade", alerta. Em geral, o câncer de próstata demora cerca de quatro anos para se manifestar, ou seja, o organismo leva um tempão para dar sinais de que algo não vai bem. Daí a importância de fazer o exame preventivo uma vez por ano. Portanto, quanto mais cedo for identificada uma anormalidade, mais eficiente será o tratamento.

E, ao contrário das mulheres, os homens ainda apresentam muita resistência na hora da realização dos exames. "Diferente do público feminino, que tem por costume realizar os exames ginecológicos anualmente, os homens ainda são resistentes aos exames preventivos ", diz o oncologista Cid Buarque de Gusmão. "O exame de toque retal, apesar de ser o mais simples, é o que apresenta mais barreiras para sua realização, em virtude de problemas culturais. Mas é importante salientar que as complicações provenientes de uma doença certamente serão bem mais desagradáveis", ressalta.

Ainda não se sente confortável para enfrentar uma consulta? Preparamos, junto com os especialistas, algumas dicas para você se sentir tranquilo na hora da visita ao seu médico. Confira:

Pense na sua saúde
de acordo com Evandro Cunha, uma das melhores técnicas para não se sentir desconfortável é pensar na sua saúde e bem-estar. "Quando o homem visa cuidar da saúde, ele esquece todos os preconceitos que envolvem o exame de toque. Isso porque, uma vida saudável vale muito mais que um simples exame", alerta.

Nada de outro mundo
está pensando que o exame é demorado e complicado? Pode esquecer. "O exame de toque leva de 10 a 15 segundos. A única coisa que o especialista faz é introduzir o dedo na região retal (canal que liga o ânus ao reto) para verificar se existe alguma alteração na próstata", explica Evandro Cunha. O exame físico dá informações sobre o volume, consistência, presença de irregularidades, limites, sensibilidade e mobilidade da próstata. "Se a próstata está inchada, o que é um sintoma anormal, o dedo não chega a ser introduzido por inteiro", explica.

Esqueça a dor
agora, se o problema para não enfrentar o exame de toque é o medo da dor, ele não tem motivo para existir. "Claro que não podemos medir a dor de alguém. Mas eu posso afirmar que, durante o exame, não existe nenhuma ameaça dolorosa. O que o paciente pode sentir é um incômodo durante os segundos em que o exame é realizado", diz Cunha.

Experimente uma dose de bom humor
para aumentar o nível de conforto durante a consulta com seu urologista, uma dica é somar uma boa dose de bom humor e deixar as tensões de lado. "Quando o paciente está seguro e bem humorado, a consulta flui muito melhor. Com um pouco de descontração tudo fica mais fácil e simples, até mesmo o exame de toque", diz o urologista do Hospital Urológico de Brasília.

Pense que será rápido
não consegue perder o receito do exame? Pense que serão apenas 15 segundos! "Outra dica para quem está muito nervoso, é lembrar que o exame é rápido. Na maioria dos casos o homem espera algo complicado e doloroso, mas isso não existe", afirma o oncologista Cid Buarque de Gusmão.

Converse com sua mulher
sua esposa (mãe ou amiga) pode ser uma boa companheira na hora de te ajudar a tomar a decisão certa. "As mulheres estão mais acostumadas a enfrentar esses tipos de exames. Então, costumam dar força para os homens ao explicar que nada é tão complicado quanto parece", acrescenta Evando Cunha.

Sua masculinidade será totalmente preservada
Já ouviu falar que este exame fere sua masculinidade? O médico é categórico na hora da resposta. "Esse papo é recheado de preconceito e totalmente infantil. Um simples exame é incapaz de tirar a masculinidade de um homem. Muito pelo contrário, a atitude de cuidar da saúde é uma característica de homens muito bem resolvidos", ressalta o urologista.

Experimente um ano de tranquilidade
o indicado é que o exame de toque seja realizado, no mínimo, uma vez por ano. "Depois de 15 segundos, o homem pode se sentir tranquilo (e prevenido). Claro que as visitas aos urologistas devem ser mais frequentes, mas em relação ao exame, ele pode se despreocupar", ressalta Evandro Cunha.
Fonte Minha Vida

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 27/07/2009


Via Knuttz/Ueba

100 belas Fotografias Noturnas

Revista Photoshop Creative Brasil - Julho 2009 - Edição n. 08

A principal revista de Photoshop do Reino Unido, agora no Brasil
Photoshop Creative é a única revista brasileira focada inteiramente no Adobe Photoshop. Oferece conteúdo de altíssima qualidade para leitores criativos que buscam conhecimentos práticos. Além de tutoriais sobre edição de imagens, a revista também traz guias práticos, avaliações detalhadas de equipamentos e mostra de forma divertida a melhor maneira de utilizar os recursos do programa. Conteúdo inspirador e útil para aspirantes, profissionais e entusiastas de design.

Destaques
* Entrevista com Simon Joinson
* Camadas de ajuste
* Dúvidas: P&R

Tutoriais
* Retratos de família
* As flores estão voltando
* Crie uma película tradicional
* As maravilhas do Vanishing Point
* Use o filtro Displace
* Ilustrações com texturas

Resenhas
* Alien Skin Exposure 2
* Wacom Intuos4
* Nikon Coolpix P90
* Canon Pixma MP980

Advanced Photoshop
* Entrevista: Scott Lukowski
* Gráficos Retrô
* Exposição Extrema
* Retoques Profissionais
* Photoshop + WebDesign

» Dados da Revista
Revista Photoshop Creative Brasil - Edição n. 08
Gênero: Photoshop
Ano de Lançamento: 2009

» Informações
Nº de páginas: 99
Tamanho: 20 MB
Formato: PDF
Vídeos e Arquivos: 140 MB
VÍDEOS E ARQUIVOS QUE ACOMPANHAM A REVISTA:
Bitroad

Clima em Julho

Tim Burton's: Alice no País da maravilhas

Jornal O Estado de SP em PDF, Segunda, 27 de Julho de 2009

Expulsão de servidores públicos por corrupção bate recorde:
Média anual atinge 311,2 demissões, mas raramente elas se desdobram em punição judicial para os envolvidos - No mês passado, o governo bateu seu recorde de expulsões de servidores públicos por envolvimento em atos de corrupção dentro da administração federal. Ao todo, 43 funcionários foram afastados definitivamente da máquina pública, elevando para 2.179 o número de expulsões de servidores feitas pelo governo desde 2003.

Isso produz uma média anual de 311,2 expulsões e mostra a intensidade de atos de corrupção a que o governo federal está exposto, especialmente porque esses dados não incluem as ocorrências em estatais.

No lote de 2.179 expulsões, 1.878 representaram demissões sumárias do emprego. Outras 169 foram destituições de cargos ou funções e 132, cassações de aposentadorias. Boa parte dos casos envolve o uso do cargo em proveito pessoal ou recebimento de suborno.

Apesar disso, a expulsão do serviço público raramente significa punição penal para os envolvidos. Ao mesmo tempo em que celebra o aumento de eficiência dos mecanismos de combate à corrupção do governo, o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, lamenta que a Justiça não consiga punir os culpados pelas irregularidades.

Formato: PDF
Tamanho: 25.6 Mb

domingo, 26 de julho de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 26/07/2009


Via Knuttz/Ueba

Revista Veja - 22 Julho 2009 Ed n. 2122 - Completa

Sinopse:

Brasil
Senado: Sarney, Collor e Renan: companheiros de Lula
Crime: Pistoleiro diz que matou oito a mando de Constantino
STF: Número de ações caiu graças a mecanismo de filtro
Cidades: O crescimento da criminalidade no Nordeste
Receita: Um novo caso de sonegação no mercado de luxo paulista
Economia
Conjuntura: Sinais do fim da recessão nos EUA e no Brasil
China: Prisão para executivos estrangeiros
Internacional
Cuba: Raúl Castro usa filme para explicar expurgo de favoritos de Fidel
Estados Unidos: Obama e os dilemas do passado
Geral
Especial: A humanização dos bichos de estimação
Energia: Um megaprojeto de usina solar no deserto
Gente
Beleza: Botox para ter o pescoço de Nefertiti
Espaço: Há quarenta anos o homem pisava na Lua
Guia
Roupas: Como conservar casacos e malhas de inverno
Cuide bem das peças mais delicadas