sábado, 3 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 03/10/2009


Via Knuttz/Ueba

Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado, 03 de Outubro de 2009

Olimpíada de 2016 é do Rio:
Após duas tentativas frustradas, cidade derrota Chicago, Tóquio e Madri - Eram 13h50 no Brasil, milhares de pessoas estavam reunidas em Copacabana, milhões assistiam pela tevê ao anúncio do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Jacques Rogge. O Rio acabara de se tornar sede da Olimpíada de 2016, uma vitória histórica contra três potências mundiais. Chicago, Tóquio e Madri ficaram para trás e tiveram de aplaudir a comitiva brasileira, algo impensável alguns anos atrás. A Copa em 2014 e os Jogos em 2016 transformam o Brasil na capital esportiva mundial da próxima década e indicam, ao mesmo tempo, o crescimento econômico da nação, apesar dos muitos problemas políticos e sociais. A América do Sul tem a oportunidade, pela primeira vez em todos os tempos, de mostrar que pode organizar um grande evento sem dever nada a europeus, norte-americanos e asiáticos, já acostumados a essas grandes festas.

Barack Obama foi até Copenhague para fortalecer a candidatura de Chicago, cidade onde fez a carreira política, mas, no retorno aos Estados Unidos, foi informado de que sua candidata terminou em quarto e último lugar na fase final da disputa, uma decepção para quem havia entrado na briga com amplo favoritismo.

A comemoração ficou, mesmo, para Luiz Inácio Lula da Silva, uma figura carismática que teve papel decisivo na vitória brasileira. Os rivais pareciam menosprezar a força do País sul-americano. Espanhóis diziam se tratar da pior candidata e americanos falavam da impossibilidade de receber Copa e Olimpíada em espaço tão curto de tempo. No fim, o Brasil deu de goleada nos adversários, como se diz no futebol, o esporte predileto de Lula: 66 a 32 contra Madri na finalíssima.

Os brasileiros haviam se candidato para ser sede olímpica dos Jogos de 2000, com Brasília, e 2004 e 2012, com o Rio. Nas três vezes, caíram precocemente com projetos que não agradaram ao COI e chegaram a ser considerados amadores.

INFORMAÇÃO: O caderno 2, Autos, Estadinho e Imóveis, estão apresentando essa falha: "The page cannot be found" não sendo possível acrescentá-los a está edição.

Formato: PDF
Tamanho: 27 Mb

Fonte Burj Dubai 'Time to Say Goodbye'

Veja - 30 Setembro 2009 - Ed. n. 2132 - Completa

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 02/10/2009


Via Knuttz/Ueba

Estado deve produzir cloreto de potássio em três meses

Publicada: 02/10/2009
Texto: Antonio Carlos Garcia / Foto: Jadilson Simões

A Adema divulgou esta semana um edital informando que recebeu da Vale o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do projeto de Lavra e Beneficiamento de Minério/rocha Carnalítica para a produção de cloreto de potássio, numa área de 110 quilômetros quadrados, no polígono compreendendo parte dos municípios de Capela, Rosário do Catete, Japaratuba e Maruim. Esse é o primeiro passo do processo de liberação iniciado pela empresa, em 28 de agosto deste ano. O presidente da Adema, Genival Nunes, acredita que no prazo de três meses já tenha concluído a análise da licença prévia – que autoriza o local, sua viabilidade e concepção do empreendimento.

A mineração da carnalita ocorrerá através de poços onde será injetada água quente para dissolver os sais, formando uma salmoura que será processada na superfície. A capacidade de produção será de 1,2 milhão de toneladas/ano de cloreto de potássio e o investimento previsto, de acordo com as informações passadas, chega perto de US$ 1 bilhão, um dos maiores da história de Sergipe.

De acordo com Genival, a partir da publicação do edital na mídia foi concedido um prazo de 45 dias – conforme previsto em lei – para solicitação de audiência pública com o objetivo de esclarecer dúvidas, receber críticas e sugestões. Se até o final deste prazo, não houver a solicitação a Adema deve concluir o estudo e só então opinar sobre o licenciamento ou não. Se for aprovado, o segundo passo a empresa vai requerer a licença de instalação e, sendo aprovado, parte para o último passo, que é a licença de operação. O EIA-Rima é exigido para empreendimentos de grande porte.

As discussões em torno da carnalita ocorrem desde 2008. Nessa época, a Vale lançou a pedra fundamental do projeto Bayóvar em Piura, norte do Peru, um dos maiores projetos de fosfato da América do Sul. O projeto, com capacidade de produção nominal de 3,9 milhões de toneladas anuais, tem investimento total estimado de US$ 479 milhões e deverá começar a produzir em 2010.

Está praticamente assegurada a viabilidade do Projeto Carnalita, da Vale, que irá produzir cloreto de potássio a partir da carnalita em Maruim. Diferentemente da produção atual de cloreto de potássio proveniente da lavra subterrânea da silvinita na mina Taquari/Vassouras, que se esgota em alguns anos e tem produzido pouco mais de 600 mil ton/ano.
Fonte: Jornal da Cidade

Papel de parede do dia - 16

Clique para ampliar

Red Bull F1

Tufão Ketsana (Ondoy) - Parte II

Tufão Ketsana (Ondoy) - Parte I

Cachorro sapateando

Já viu um cachorro sapateando? Não?
Clique na fugura abaixo e veja.

Download_CD_Coletânea Elas - Vol. 2 (2009) - 04 CD`s

A coletânea Elas é composta por 4 CDs que fazem um apanhado de músicas de sucesso interpretadas por cantoras brasileiras, muitas hits nas rádios e trilhas de novelas. O título “Elas” diz respeito não só ao fato de ser uma compilação composta por vozes femininas, mas também, feita para o público feminino, pois o repertório passeia dentro desse universo, com enfoque na temática romântica. Seu público-alvo é justamente mulheres entre 25 e 35, pois traz músicas de uma safra nova de cantoras como Negra Li, Danni Carlos, Marjorie Estiano, Luiza Possi e Sandy, até outras mais maduras como Marisa Monte, Adriana Calcanhoto, Elis Regina, Gal Costa e Alcione. Todas cantando casos e situações de amor.

Lista de Músicas

CD 01
01 Pra Ser Sincero - Marisa Monte
02 Coisas Que Eu Sei - Danni Carlos
03 Devolva-Me - Adriana Calcanhotto
04 Malandragem - Cássia Eller
05 Palpite - Vanessa Rangel
07 Alma - Zélia Duncan
08 Sinais De Fogo - Preta Gil
09 Por Você - Negra Li
10 Sonho Lindo - Tânia Mara
12 Corações Psicodélicos - Karla Sabah
13 Amores Cruzados - K-Sis(Peu Sousa)
14 Tô Nem Aí - Luka

CD 02
01 Quando A Chuva Passar - Ivete Sangalo
02 Meu Ébano - Alcione
03 Tatuagem - Marjorie Estiano
04 Eu Vou Seguir (Reach) - Marina Elali
06 Como Vai Você - Daniela Mercury
07 O Amor - Gal Costa
08 Me Deixas Louco (Me Vuelves Loco) - Elis Regina
09 Sozinha - Sandra De Sá
10 Fullgás - Marina Lima
11 Só Em Teus Braços - Nana Caymmi
12 Fascinação (Fascination) - Sandy
13 Próprias Mentiras - Deborah Blando
14 Você É O Cara - Kelly Key

CD 03
01 Mais Feliz - Adriana Calcanhotto
02 Se Quiser (Anytime) - Tânia Mara
04 Ainda Bem - Vanessa Da Mata
05 Por Enquanto - Cássia Eller
06 Amor Por Mim - Danni Carlos
07 Carne E Osso - Zélia Duncan
08 Luxúria - Isabella Taviani
09 Beijos, Blues E Poesia - K-Sis
10 Mulheres Gostam - Marina Elali
11 Você Vai Estar Na Minha - Negra Li
13 Porta Aberta - Luka

CD 04
01 Você me vira a cabeça (me tira do sério) - Alcione
02 De Volta Pro Aconchego - Elba Ramalho
03 Coração Aprendiz - Fafá De Belém
04 Chuva De Prata - Gal Costa
05 Eu Sou Assim (Don"T Trip On Me) - Luiza Possi
06 Grito De Alerta - Maria Bethânia
07 Espirais - Marjorie Estiano
08 Somente O Sol (I"M Not In Love) - Deborah Blando
09 Retratos E Canções - Sandra De Sá
10 Perigo - Zizi Possi
11 À Francesa - Marina Lima
12 Como Nossos Pais - Elis Regina
13 Você Não Sabe Amar - Nana Caymmi

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 02 de Outubro de 2009

Enem fica para novembro e PF investiga vazamento:
MEC altera data do exame após ser alertado pelo 'Estado' sobre quebra de sigilo - prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi remarcada para a primeira quinzena de novembro, mas sem dia específico. O exame, que estava agendado para amanhã e domingo, foi cancelado na madrugada de ontem após a reportagem do Estado alertar o Ministério da Educação (MEC) para o vazamento das provas já impressas. Os técnicos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) comprovaram a quebra de sigilo. A pedido do ministro Fernando Haddad (Educação), que conversou ontem de manhã com o colega da Justiça, Tarso Genro, a Polícia Federal abriu uma investigação para saber quem são os responsáveis pelo vazamento das provas e onde foi que, ao longo de todo o processo de confecção das perguntas do exame,

de produção gráfica, impressão e logística de distribuição aconteceu a violação (mais informações na pág. A21). Ontem à noite, o ministro fez um pronunciamento em emissoras de TV. O MEC colocou na internet a íntegra da prova.
Haddad ordenou ao Inep que o instituto dê "prioridade máxima" à preparação da nova prova. A meta é tentar antecipar ao máximo a realização do exame e, segundo um assessor do ministro, realizar a prova nos dias 7 e 8 de novembro, logo depois do feriado de Finados. Desse jeito, o MEC tenta garantir que o Enem seja usado como exame seletivo para ingresso nas universidades. Em sua 12ª edição, a prova do Enem deste ano terá novo formato. Ela funciona também como vestibular unificado - 24 universidades federais aboliram os processos seletivos para adotar o exame, que será feito em 1.828 municípios. Dos 4,1 milhões de inscritos, o maior número de candidatos está concentrado em São Paulo - 234.173 alunos.

O VAZAMENTO

O Estado foi procurado na tarde de anteontem por um homem que, pelo telefone, disse ter cópias da provas que seriam aplicadas amanhã e domingo. O homem propôs vender a prova por R$ 500 mil - o Estado rejeitou a proposta, mas viu trechos do exame que depois foram confirmados pelo MEC como oficiais.

Formato: PDF
Tamanho: 34 Mb

Tabagismo entre crianças e adolescentes

Narguilé está na moda, mas também é considerado vilão

Uma febre recente, que tem preocupado a saúde em geral, é a utilização do Narguilé. Os pais acham que pelo fato de ter água e do fumo ser "perfumado" ou aromático ele não faz mal. Este é um grave erro. Uma sessão de Narguilé (1 hora) corresponde em média em quantidade de nicotina a 100 cigarros fumados. Há relatos de pais que compram este equipamento para os filhos fumarem em casa, pois acham que seria menos perigoso. Portanto, o alerta é: fumo faz mal em qualquer forma de apresentação, cigarro, cachimbo, cigarro de palha, charuto, narguilé, entre outros.

Apesar de o Tabagismo ser uma doença cada vez mais divulgada no mundo todo, assim como os malefícios provocados por ela, os jovens de hoje ainda procuram o cigarro. O início do tabagismo acontece até os 19 anos de idade (90% dos casos) e é mais freqüente de 10 a 15 anos de idade. Geralmente, o jovem começa fumar por curiosidade, para fazer parte do grupo, por problemas em casa com a família, por problemas na escola e em três meses de utilização do cigarro eles já se tornam dependentes do mesmo. Além disso, as constantes mudanças hormonais pelas quais os jovens passam, mudanças de humor, sentimentos de menos valia e baixa auto-estima, também fazem com que ele procure e se fixe no cigarro.

Ele tem a sensação de que ele pode parar de fumar quando quiser, mas não é isto que acontece. Quando ele tenta parar ele tem dificuldade, crises de abstinência e volta então a fumar. Hoje se sabe que as meninas iniciam mais na utilização do cigarro do que os meninos. Na fase adulta, a mulher tem mais dificuldade de parar de fumar do que o homem. Outro aspecto que se nota, é a associação do cigarro com a bebida alcoólica o que dificulta muito a cessação do cigarro, além das baladas de sábado à noite serem excelentes gatilhos para o jovem procurar o cigarro.

Outro aspecto, é que o cigarro é considerado uma porta aberta para o jovem experimentar drogas ilícitas de todos os tipos. O melhor cigarro é aquele que não é fumado. Os pais devem dialogar muito com os jovens para preveni-los da iniciação ao cigarro. Com certeza isto diminuiria muitos riscos para saúde do ser humano e melhoraria sua qualidade de vida!
Conteúdo por:
Silvia
Especialidade: Psicologia
Fonte: Minha Vida

Comemoração do 60 anos da revolução comunista

Clique na imagem abaixo e confira que festa sensacional !!

Montando Patron Highcroft Acura em menos de 24 horas

Pense em uma equipe que trabalha rápido. Eles montam o carro em menos de 24 horas.
Clique na imagem abaixo e confira!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Caros Amigos - Setembro 2009 - Ed. n. 150

Briga de cachorro

Clique no cachorro abaixo e veja que luta sensacional !!

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 01 de Outubrro de 2009

Prova vaza e MEC decide cancelar Enem:
Alertado pelo ‘Estado’, ministério confirma que sigilo do exame foi quebrado - O vazamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) levou o Ministério da Educação a cancelar na madrugada de hoje a prova, que seria aplicada no fim de semana para 4,1 milhões de candidatos em 1,8 mil cidades do País. A decisão foi tomada pelo ministro Fernando Haddad após ter sido alertado pela reportagem do Estado sobre a quebra do sigilo do exame. "Há fortes indícios de que houve vazamento, 99% de chance", afirmou o presidente do Inep, Reynaldo Fernandes, por volta da 1h, por telefone. Ontem à tarde, o jornal foi procurado por um homem que disse, ao telefone, ter as duas provas que seriam aplicadas no sábado e no domingo. Propôs entregá-las à reportagem em troca de R$ 500 mil. "Isto aqui é muito sério, derruba o ministério", afirmou o homem.

O Estado consultou rapidamente o material, para checar sua veracidade, sem se comprometer com a compra. Haddad, que diz nunca ter tido acesso ao conteúdo da prova, confirmou o vazamento ao consultar técnicos do Inep, órgão do ministério responsável pelo Enem. A comprovação da fraude se baseou em elementos repassados ao ministro pela reportagem, via telefone e e-mail. As questões originais estavam guardadas em um cofre, que foi aberto ontem à noite para confirmar a informação.

No exame que o Estado teve acesso, a prova de linguagens e códigos, que seria aplicada no domingo, tinha na questão número 1 uma tira da personagem de história em quadrinhos Mafalda. Na folha seguinte, o exame reproduzia uma bandeira do Brasil com a área verde parcialmente suprimida, simbolizando o desmatamento. A imagem lembra uma campanha publicitária famosa da organização não governamental SOS Mata Atlântica. Embaixo dela, a prova tinha a seguinte frase: "Estão tirando o verde de nossa terra." Em outro trecho do exame, também no alto, à esquerda, os examinadores usaram no enunciado o poema Canção do Exílio, de Gonçalves Dias, aquele que começa com os versos "Minha terra tem palmeiras/onde canta o sabiá". As questões da bandeira e do poema foram confirmadas pelo MEC como originais.

Outro trecho literário usado no Enem tinha o verso de Carlos Drummond de Andrade: "No meio do caminho tinha uma pedra/tinha uma pedra no meio do caminho". Mais adiante, a prova reproduzia um texto da revista Veja sobre o filme Touro Indomável, de Martin Scorsese. Outro personagem usado no Enem era o gato Garfield. O programa de mensagens instantâneas MSN é mencionado em uma das questões.

Formato: PDF
Tamanho: 39 Mb

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 30/09/2009


Via Knuttz/Ueba

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 30 de Setembro de 2009

TCU veta 41 obras e abre crise com Planalto:
Recomendação atinge 13 obras do PAC com gastos previstos de R$ 7,38 - Em relatório de fiscalização de obras de 2009 apresentado ontem, o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou a paralisação de 41 empreendimentos do governo federal, incluindo 13 que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A recomendação provocou nova crise no relacionamento do órgão com o governo federal. Especialmente pelo impacto direto no PAC, principal programa de obras do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e uma das molas da candidatura presidencial da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.

As 13 obras do PAC que tiveram problemas graves apontados envolvem recursos de R$ 7,38 bilhões. Na prática, há cinco empreendimentos novos, pois os demais já apresentaram problemas em anos anteriores. Mas seu alcance é bilionário em pelo menos duas obras: a construção da Refinaria Abreu e Lima, no Recife (R$ 4,26 bilhões em recursos), e a modernização e adequação da produção da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná (R$ 2,56 bilhões).

Formato: PDF
Tamanho: 35 Mb

10 Belas ilustrações retiradas de livros antigos

Super Interessante - Ed. Especial: Tendências

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Clima em Setembro

clique na imagem abaixo e veja como foi maluco o clima no planeta.

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 29 de Setembro de 2009

EUA condenam Zelaya e criticam 'os que o ajudaram:
Na OEA, presidente deposto, apoiado pelo Brasil, é chamado de irresponsável - O retorno de Manuel Zelaya a Honduras foi uma atitude "irresponsável e tola", segundo afirmou o representante dos EUA na Organização dos Estados Americanos (OEA), Lewis Amselem, em uma das declarações mais duras de uma autoridade americana contra o presidente deposto desde o início da crise. Na reunião de emergência da entidade, em Washington, o diplomata ainda classificou como "deplorável" a decisão do governo de facto de proibir a entrada de uma missão mediadora no país. "A volta de Zelaya sem um acordo é irresponsável e não serve aos interesses do seu povo e daqueles que defendem uma solução pacífica para o restabelecimento da ordem democrática em Honduras. Ele deve parar e desistir de fazer alegações inflamadas e de agir como se estivesse estrelando um filme antigo", disse Amselem.

Ele acrescentou que "optando, com ajuda externa, por retornar por seus próprios meios, Zelaya e os que facilitaram sua volta, possuem uma responsabilidade especial pelas ações de seus simpatizantes".
Questionado pelo Estado se o diplomata se referia a países como a Venezuela (que ajudou Zelaya) e Brasil (que o abrigou em sua embaixada), Charles Luoma-Overstreet, responsável por América Latina do Departamento de Estado, disse que não. "Criticamos as ações de Zelaya e do governo de facto. Não mencionamos país algum", afirmou.

Em Brasília, o assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, criticou a declaração de Amselem dizendo que ela revela o "caráter ambíguo da diplomacia americana". "Foi uma declaração infeliz", disse Garcia.

O governo de Barack Obama sempre deixou claro ser contrário a um retorno não negociado de Zelaya a Honduras. As tentativas de entrar de avião e por terra receberam críticas de autoridades americanas. Na avaliação dos EUA, a única saída para o impasse seria um pacto negociado pelo presidente da Costa Rica, Oscar Arias, ou pela OEA.

Após o retorno de Zelaya, começaram a emergir alguns atritos entre brasileiros e americanos. Inicialmente, a embaixada dos EUA contribuiu com a do Brasil fornecendo ajuda emergencial. A secretária de Estado Hillary Clinton conversou várias vezes com o chanceler Celso Amorim e os dois países aparentavam agir de forma coordenada. Mas a decisão brasileira de enviar uma carta ao Conselho de Segurança da ONU para discutir a questão da segurança da Embaixada do Brasil em Tegucigalpa não foi bem recebida pelos EUA.

Formato: PDF
Tamanho: 31 Mb

Afeganistão, Setembro 2009