sábado, 24 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 24/10/2009


Via Knuttz/Ueba

McLaren SLR vs Audi RS6 (0-200 km/h)

Jornal O Estado de SP em PDF, Sábado 24 de Outubro de 2009

Órgãos que fiscalizam obras ‘travam o Brasil’, diz Lula:
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva retomou a ofensiva contra os organismos de fiscalização e controle, reiterando os ataques feitos ao Tribunal de Contas da União (TCU), mas sem citar o órgão nominalmente. Após dizer que o Brasil "está travado", ele defendeu a criação de uma câmara de nível superior, que possa decidir rapidamente sobre a liberação de obras suspensas por liminares da Justiça. "Não é fácil governar com a poderosa máquina de fiscalização e a pequena máquina de execução", declarou. As afirmações foram feitas durante a posse do novo titular da Advocacia-Geral da União (AGU), Luís Inácio Adams, o responsável pela defesa jurídica do governo. Lula também comentou que vai apresentar "um relatório de coisas absurdas" que, na sua avaliação, motivaram paralisações de várias obras federais.

No discurso de improviso, Lula respondeu às críticas do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, sentado a seu lado.
ENGORDA

Na quarta-feira Mendes havia classificado de "vale-tudo" eleitoral as viagens do presidente pelo País para inspecionar obras - como a visita a cidades do Rio São Francisco em companhia da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à sucessão presidencial.

"O que engorda o porco é o olho do dono", declarou Lula, ao defender as andanças dos integrantes do governo pelo País. Ele avisou que vai continuar viajando "porque é assim que as obras andam".

Lula pregou "punição" para aqueles que suspendem obras públicas sem um motivo justo. "Depois, as obras são autorizadas sem que as pessoas que as paralisaram tenham qualquer indício de punição", disse. "Quem dá a ordem para fazer está subordinado a todas as leis, mas quem dá a ordem para parar não fica sob nenhuma."

Formato: PDF
Tamanho: 37 Mb

Porsche Panamera

V Jogos Mundiais Militares - Rio de Janeiro 2011

Não sei se por razões ideológicas (o que seria antipatriótico) ou por outra qualquer, como desorganização, não está sendo divulgado pela mídia, mas o fato é que teremos em 2011, ou seja, antes da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, um evento com cerca de 7.000 participantes (mais do que no Pan), no Rio de Janeiro, que são os V Jogos Mundiais Militares. O Brasil, inclusive, teve de disputar e logrou vencer para ser a sede deles, vencendo ao final da Turquia.
Para sabermos um pouco a respeito e verificar a envergadura do evento clique na imagem abaixo:

Papel de Parede do dia - 15

Clique para ampliar

Veja - 21 Outubro 2009 - Ed. n. 2135 - Completa

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Diwali 2009

Acidente com Dodge Viper

Gaivota surpresa

Reduza os Riscos

Inverno se aproximando

Papel de parede do dia - 14

Clique para ampliar

Nirvana vs Rick Astley - Never Gonna Give Your Teen Spirit up

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta 23 de Outubro de 2009

Imagens mostram PMs agindo como bandidos:
PMs são presos por roubar ladrões, deixá-los fugir e não socorrer vítima que agonizava - O capitão da Polícia Militar Dennys Leonard Nogueira Bizarro e o cabo Marcos de Oliveira Sales, ambos de 35 anos, estão presos administrativamente no 13º BPM (Praça Tiradentes) desde a noite de quarta-feira, acusados de não prestar socorro ao coordenador de projetos sociais do AfroReggae, Evandro João da Silva, de 42 anos, de liberar os dois bandidos que o haviam baleado e de ficar com a jaqueta e o tênis que eles haviam roubado. O crime aconteceu na madrugada de domingo, no centro do Rio. Sem auxílio, Evandro morreu na rua.

Câmeras de segurança da região mostram os assaltantes jogando ao chão o coordenador da AfroReggae e atirando contra ele. Cerca de 17 segundos após os disparos, uma viatura da PM passa pelo local. As imagens mostram, na sequência, os policiais abordando os bandidos e levando para a viatura o que eles haviam roubado. Momentos depois, um dos criminosos aparece andando normalmente pela rua. Não há imagens do outro homem envolvido no latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com as investigações da 1ª Delegacia de Polícia (Praça Mauá), após liberar os bandidos, os policiais foram embora do local sem prestar assistência à vítima, que agonizava no chão. Outra equipe do 13º BPM foi, posteriormente, ao local do crime, localizou o revólver supostamente usado pelos bandidos numa lixeira, providenciou a remoção do corpo e registrou a ocorrência na delegacia.

A prisão administrativa dos dois policiais vai até sábado. O comando da PM, porém, informou que pretende pedir a prisão preventiva dos agentes. Um inquérito policial militar (IPM) foi aberto e pode resultar na expulsão de ambos, por desvio de conduta. Segundo o criminalista Nélio Andrade, os dois ainda podem ser indiciados, na esfera criminal, por omissão de socorro, roubo qualificado e prevaricação. "Roubaram o produto de roubo dos ladrões. Houve prevaricação porque não prenderam os assaltantes e omissão de socorro porque deixaram a vítima agonizando."

Formato: PDF
Tamanho: 23 Mb

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 22/10/2009


Via Knuttz/Ueba

Home Theater - November 2009 (US)

Papel de parede do dia - 13

Clique para ampliar

Revista Digital Camera World - Outono 2009

Download_CD_ Frejat – Perfil 2009

Roberto Frejat, um dos fundadores do Barão Vermelho, foi o principal parceiro de Cazuza em composições. Ao longo dos anos, o grupo se transformou numa das bandas de rock mais representativas do Brasil, influenciando, até os dias de hoje, o som de muitas bandas. Entretanto, a carreira de Frejat não está atrelada apenas ao Barão Vermelho, ele já desenvolveu vários projetos paralelos e lançou três discos solo. Perfil reúne num único disco os sucessos que melhor resumem a trajetória do artista. Por isso, estão presentes no disco as canções: “Amor pra Recomeçar”, sucesso em 2001; “Segredos”, sucesso em 2002; “Eu preciso te Tirar do Sério” e “Sobre Nós Dois e o Resto do Mundo”, sucessos em 2003; “Túnel do Tempo”, sucesso em 2004 e que fez parte da trilha sonora do filme “Os Normais”; “Dois Lados”, sucesso em 2008; Além de “Pra Toda a Vida” com parceria inusitada da atriz Juliana Paes, e que foi trilha do filme “Mais uma vez amor” de 2005. Simplesmente um repertório maravilhoso! Não perca!!

Faixas:

01 – Amor Pra Recomeçar
02 – Segredos
03 – Túnel do Tempo
04 – Dois Lados
05 – Sobre Nós Dois e o Resto do Mundo
06 – Eu Não Sei Dizer Te Amo
07 – 3 Minutos
08 – 50 Receitas
09 – Homem Não Chora
10 – Quando o Amor Era Medo
11 – O que Mais Me Encanta
12 – Mais que Perfeito
13 – Eu Não Quero Brigar Mais Não
14 – Eu Preciso Te Tirar do Sério
15 – Tudo de Bom
16 – Pra Toda a Vida – Part. Esp. Juliana Paes

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta 22 de Outubro de 2009

Governo propõe livrar da prisão pequenos traficantes:
Plano introduz penas alternativas e reforça repressão ao crime organizado - Mudanças na lei antidrogas que serão propostas pelo governo ao Congresso, até o fim do ano, vão livrar os pequenos traficantes da cadeia. Quem for flagrado pela polícia vendendo pequena quantidade, estiver desarmado e não tiver ligação comprovada com o crime organizado será condenado a penas alternativas. Com as inovações na Lei 11.343, que instituiu o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, o governo pretende evitar que essas pessoas sejam cooptadas, nos presídios, por facções criminosas, além de permitir que a polícia concentre o trabalho de repressão nos grandes traficantes e no crime organizado, conforme adiantou o secretário de Assuntos Legislativos do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay.


Da forma como foi aprovada a atual legislação, quem trafica pequena quantidade pode ter uma condenação abrandada, chegando ao mínimo de 1 ano e 8 meses de prisão, mas essa penalidade não pode ser convertida em pena alternativa. A análise de 9.252 ocorrências que resultaram na prisão de traficantes na capital paulista entre 2007 e o primeiro semestre deste ano mostra, por exemplo, que nove em cada dez traficantes em São Paulo são presos com menos de 1 quilo de maconha, 500 gramas de cocaína ou 50 gramas de crack, conforme o Estado revelou no dia 4.

"Precisamos trabalhar uma mudança na lei para que as pessoas que se envolvem esporadicamente com as drogas e não têm relação com o crime organizado cumpram penas alternativas", afirmou Abramovay. "Isso não é nenhuma questão de bondade ou de leniência com o tráfico. É uma questão de estratégia", argumentou.

Dados de uma pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade de Brasília (UnB), financiada pelo Ministério da Justiça, mostram que 66,99% dos presos por tráfico de drogas são réus primários e apresentam bons antecedentes. Em 60% dos 103 casos analisados em dois anos pelos pesquisadores, somente uma pessoa é acusada pelo crime de tráfico, ou seja não existe uma associação clara com um grupo criminoso. Pessoas com esse perfil, no período em que ficam presas, ou à espera de julgamento, ou quando já condenadas, acabam arregimentadas no presídio por organizações criminosas para, quando deixarem a cadeia, continuarem a traficar - mas quantidades maiores.


Formato: PDF
Tamanho: 39 Mb

Saturno a equinócio

Efeitos especiais

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 21/10/2009


Via Knuttz/Ueba

MotoGP Austrália 2009

Revista Petrobras 151

ONU - Relatório das drogas no mundo 2009

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta 21 de Outubro de 2009

Viagem de Lula é 'vale-tudo' eleitoral, diz Gilmar Mendes:
Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, sugeriu ontem que a Justiça Eleitoral investigue a viagem de três dias do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, às obras de transposição do Rio São Francisco, na semana passada. Para ele, houve um "comício". A reação governista não tardou - o assessor de Assuntos Internacionais de Lula, Marco Aurélio Garcia, declarou que Mendes só deveria se manifestar nos autos. Para o ministro Tarso Genro (Justiça), tudo ocorreu "dentro da lei". "O órgão competente da Justiça tem de ser chamado para evitar esse tipo de vale-tudo", criticou Mendes, em cerimônia no Centro Cultural da Justiça Federal, no Rio, onde assinou convênio para empregar ex-presidiários nas obras da Copa do Mundo de 2014. Para ele, há "mais-valia natural" dos candidatos vinculados aos governos, por causa da ampla exposição.

"É lícito transformar um evento rotineiro de governar em um comício? E aí desequiparam-se as relações de oportunidade que deve haver no processo eleitoral", disse. "A Procuradoria-Geral Eleitoral e o Tribunal Superior Eleitoral podem fazer a comparação: como se fiscalizava obra antes, como se está a fiscalizar agora. Pela descrição que vimos na mídia, está havendo sorteios, entregas, festas, cantores. Isso é o modo de fiscalizar tecnicamente uma obra?"

A viagem a Minas, Bahia e Pernambuco incluiu o deputado Ciro Gomes (PSB-CE). Lula falou várias vezes de sucessão e, em ato falho, disse que não esperava um "comício". Pregou candidatura única na base governista e criticou o governador paulista, José Serra (PSDB), provável adversário de Dilma na corrida presidencial. As visitas tiveram palanque, discursos e muitos políticos locais.

Mendes lembrou que países com longa tradição democrática já firmaram o entendimento de "não utilizar a atividade governamental para fins político-eleitorais". "É um aprendizado que temos de fazer", declarou. "A discussão terá de ser levada à Justiça Eleitoral."

Formato: PDF
Tamanho: 31 Mb

Papel de Parede do dia - 12

Clique para ampliar

Luxo Jr.

Será que o cara tem sorte!!!???








terça-feira, 20 de outubro de 2009

Imagens engraçadas/curiosas - 20/10/2009


Via Knuttz/Ueba

Papel de parede do dia - 11

Clique para ampliar

Exame - 07 Outubro 2009 - Edição n. 953

LOBO - Fiat 500

William Trubridge - Recorde mundial mergulho livre - 88 metros

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça 20 de Outubro de 2009

Justiça cassa 13 dos 55 vereadores de São Paulo:
Punidos por receber doação ilegal eles vão recorrer sem deixar cargo - juiz Aloísio Sérgio Rezende Silveira, da 1ª Zona Eleitoral, cassou e tornou inelegível por três anos 13 dos 55 vereadores da Câmara Municipal de São Paulo. As sentenças, publicadas ontem no Diário Oficial, são o desdobramento da representação feita em maio pelo Ministério Público Eleitoral contra candidatos beneficiados por doações da Associação Imobiliária Brasileira (AIB). Apontada como braço do Secovi (sindicato da habitação), a entidade distribuiu nas eleições do ano passado R$ 10,6 milhões a candidatos, comitês e diretórios de diversos partidos.

Foram cassados e impedidos de concorrer a eleições pelos próximos três anos Adilson Amadeu (PTB), Adolfo Quintas Neto (PSDB), Carlos Apolinário (DEM), Carlos Alberto Bezerra Jr. (PSDB), Claudinho (PSDB), Dalton Silvano (PSDB), Domingos Dissei (DEM), Gilson Barreto (PSDB), Marta Costa (DEM), Abou Anni (PV), Ricardo Teixeira (PSDB), Ushitaro Kamia (DEM) e Wadih Mutran (PP). O vereador Quito Formiga (PR), suplente de Marcos Cintra, que se licenciou para assumir a Secretaria do Trabalho, foi declarado inelegível por três anos. Por não ter sido diplomado, Formiga escapou da cassação. Se livraram da acusação de "captação ilícita de recursos" de campanha Floriano Pesaro (PSDB), Noemi Nonato (DEM), Toninho Paiva (PR) e Antonio Goulart (PMDB).

A maioria dos parlamentares cassados e/ou declarados inelegíveis obteve só da AIB mais de 20% do montante total arrecadado ao longo da campanha. O juiz considerou que contribuições acima desse porcentual contaminaram o processo eleitoral ou influenciaram na vontade do eleitor por representar "abuso de poder econômico". Outras 20 representações por supostas doações ilegais feitas pela AIB e/ou concessionárias de serviços públicos tramitam na Justiça. Entre os alvos estão o prefeito Gilberto Kassab (DEM), a ex-prefeita Marta Suplicy (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Formato: PDF
Tamanho: 30 Mb

Fotos raras

Clique para ampliar