sábado, 31 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO!!!!!

É preciso viver o sonho e a certeza de que tudo vai mudar.

É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os desejos não precisam de razão, nem os sentimentos, de motivos.

O importante é viver cada momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem sabe ver.

Desejo que no ano que vem você realize todos os seus sonhos,

Descubra a cada dia coisas novas para realizar esses sonhos, não tenha medo de viver o momento em que eles acontecerem e nesses momentos, descubra novos sonhos.

Feliz Ano Novo
Glückliches Neues Jahr
Nytar
Feliz Año Nuevo
Feliĉigan Novan Jaron
Heureuse Nouvelle Année
Feliz Aninovo
Shaná Tová
Happy New Year
Felice Nuovo Anno
Akemashite Omedetou Gozaimasu
Счастливого Нового Года

**««« Tøt¡ñhø »»»**®
&
**««« K¡k¡µ »»»**®

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 30/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

A Máquina Mágica da Coca-Cola

Fail Compilation December 2011

Playboy - Brasil - Edição 439 (12 - 2011) - Versão Completa

In memoriam 2011

Vida e Saúde (2012-01)

Motorista maluco!!!!

Mundo Estranho - Edição 120 (2012-01)

Jornal O Dia em PDF, Sexta, 30 de Dezembro de 2011

Aumento pago em três anos: Proposta de reajuste nas Forças Armadas prevê recuperação inflacionária e ganho real: O plano de reajuste dos soldos militares em análise pela presidenta Dilma Rousseff prevê parcelamento dos ganhos por três anos. A informação que circula na cúpula militar é que está em discussão a adoção de nova política para os vencimentos. A proposta é recuperar perdas provocadas pela inflação (em torno de 9% desde o último aumento, em julho de 2010) e permitir ganho real de modo a equiparar a remuneração dos militares com as de servidores civis da administração direta, especificamente com a paga nas polícias Federal e Rodoviária.
Ao comparar salários, percebe-se o hiato entre as carreiras. Um tenente das Forças Armadas, por exemplo, recebe R$ 7,3 mil por mês, pouco menos da metade dos R$ 13,3 mil pagos a um delegado iniciante da Polícia Federal.
Conforme a Coluna Força Militar de O DIA antecipou com exclusividade em 25 de novembro, partiu dos Comandos das Forças a proposta com a nova política de remuneração. Esse documento aponta que os soldos pagos a oficiais e praças deverão oferecer condições de assegurar a atração e a retenção de profissionais qualificados, como um “fator para a permanência no serviço ativo.”
O documento orienta que a remuneração deve inserir e manter o militar em nível socioeconômico correspondente ao dos demais servidores da alta administração. E defende a equiparação “não só pela valorização do militar, mas pela necessidade do trabalho conjunto com esses profissionais”.

Formato: PDF
Tamanho: 25.11 MB

Veja - Edição 2249 (28/11/2011) - Retrospectiva de 2011 | Completa

Jornal O Globo em PDF, Sexta, 30 de Dezembro de 2011

Governo suspende plano para reduzir homicídios

Crack, fronteiras e presídios são prioridade, mas Brasil tem a 6ª taxa mundial de assassinatos

O governo federal suspendeu, por tempo indeterminado, a elaboração de um plano nacional para reduzir homicídios. O Brasil registra hoje o maior número absoluto de assassinatos em todo o mundo - quase 50 mil por ano, 137 por dia - é a sexta maior taxa, na comparação com a população. As linhas gerais do plano, apresentadas ao Conselho Nacional de Segurança (Conasp), previam que o governo federal auxiliasse os estados no combate ao crime. Mas o plano foi discretamente engavetado, o que surpreendeu e irritou membros do Conasp. O ministro da Justiça, Jose Eduardo Cardozo, nega que o Planalto tenha desistido do tema, mas diz que o projeto esbarrou na falta de dados confiáveis sobre crimes nos estados. E que o Planalto definiu três prioridades na segurança: combate ao crack, modernização do sistema penitenciário e monitoramento de fronteiras, sobre os quais o governo federal tem responsabilidade constitucional. (Págs. 1 e 3)

Bovespa cai 18% no ano e dólar sobe 12%

Com a crise global, a Bovespa caiu 18,1% no ano, o terceiro pior desempenho desde 1995. Os fundos FGTS-Vale e Petrobras foram as piores aplicações, perdendo mais de 20%. O dólar subiu 12,18%, e os fundos cambiais lideraram as aplicações, seguidos por fundos de renda fixa. (Págs. 1 e 29)

Os brasileiros já desembolsaram R$ 1,5 trilhão em impostos no ano. (Págs. 1 e 32)

Anvisa cancela registro de silicone francês

A Agência de Vigilância Sanitária cancelou o registro da prótese de mama francesa PIP, por vazamento de silicone. Cerca de 25 mil brasileiras usam esse implante e devem ir ao médico. Dez mil próteses serão retiradas do mercado. (Págs. 1 e 15)

Alerj, TCE e MP mantém o Banco Itaú

A Alerj, o MP e o TCE prorrogaram sem licitação, por mais quatro anos, o contrato com o Banco Itaú para operar as folhas de pagamento de seus funcionários, estimadas em R$ 1,5 bilhão por ano. (Págs. 1 e 26)

GDA: Merkel é personalidade mundial do ano

A chanceler alemã, Angela Merkel, é a personalidade de 2011 eleita pelo Grupo de Diários América, do qual O GLOBO faz parte. Na América Latina, Dilma Rousseff e Ollanta Humala ficaram em 1º lugar. (Págs. 1, 4 e 34)

As frases marcantes de 2011

'Presidente Dilma, desculpa se fui agressivo. Te amo'

Carlos Lupi, ministro do Trabalho, dias antes de sair

'Nada sobrevive só com segurança'

José Mariano Beltrame, secretário de Segurança do Rio, cobrando investimentos sociais nas favelas pacificadas

'O Barcelona deu uma lição de como se joga futebol'

NEYMAR, atacante da Santos, após a derrota por 4 a 0 para o Barcelona. (Págs. 1, 16 e 17)

Senado recua de ajuda de R$ 27 mil a Jader

Jader Barbalho (PMDB-PA) não vai mais receber a ajuda de custo de cerca de R$ 27 mil paga aos senadores no início e no fim de cada ano legislativo. A repercussão negativa do pagamento a um parlamentar que tomou posse a três dias do fim do ano, e depois de se livrar da Lei da Ficha Limpa, que cassara seu mandato, levou o Senado a recuar. Jader terá direito a R$ 3 mil pelos breves dias de mandato. (Págs. 1 e 13)

Formato: PDF
Tamanho: 14.55 MB

Boy Bruynzeel - The Video Yearmix 2011

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 30 de Dezembro de 2011

Consumidor deve pagar mais pela água do São Francisco

Logística de distribuição pode tornar o custo do metro cúbico até seis vezes maior do que a média do País

Com o aumento do custo e dificuldades pura concluir as obras da transposição do Rio São Francisco, o governo já estuda como cobrar do consumidor do semiárido nordestino o alto preço da água, informa Marta Salomon. As águas desviadas terão de ser bombeadas a até 300 menos de altura, o que consumirá muita energia elétrica. Estimativas apontam custo de R$ 0,13 por metro cúbico, seis vezes o valor médio do País, só para bombeamento no eixo leste, que vai de Floresta (PE) à divisa com a Paraíba. A União se comprometeu a bancar o custo total da transposição, mas não definiu como financiar a operação, com a manutenção de canais e consumo de energia. (Págs. 1 e Nacional A4)

Oposição quer ouvir ministro- Congresso pretende investigar 'vergonhoso' aumento de 40% no custo da transposição. (Págs. 1 e Nacional A4)

Estrangeiros se retraem e Bolsa fecha o ano com queda de 18,1%

O Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) fechou 2011 com queda de 18,1%, o terceiro pior resultado desde 1995, ano do Plano Real. "A grande maioria dos investidores e de estrangeiros. Se há crise lá fora, sacam investimentos e derrubam a cotação", diz Rafael Paschoareili, professor da USP e da Fipecafi. As melhores opções de investimento deste ano foram ouro (alta de 15,8%) e dólar (12,3%). (Págs. 1 e Economia B1)

Anvisa veta prótese de silicone feita na França

Uma semana após a França ter recomendado a remoção das próteses mamárias PIP, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária anunciou ontem o cancelamento do registro e o recolhimento do produto no Brasil. A decisão foi tomada com a comprovação de que o silicone não poderia ser utilizado em saúde e dos registros de rompimento dos implantes. (Págs. 1 e Vida A12)

Aéreas fazem liquidação de bilhetes no ano-novo (Págs. 1 e Economia B10)

Cientistas fazem robô controlar braço humano

Em um experimento inédito, pesquisadores brasileiros e franceses fizeram um robô comandar, por meio de estímulos elétricos, o braço de um voluntário que, de olhos vendados, acertou uma bola num cesto. No futuro, a estudo poderá ajudar pessoas com paralisia ou doenças neurodegenerativas. (Págs. 1 e Vida A11)

Nelson Motta

Quem pode julgar o juiz?

O corporativismo do Judiciário no Brasil desequilibra um dos pilares que sustentam o Estado democrático de direito. (Págs. 1 e Nacional A7)

Florentino Cardoso

Meu trabalho tem valor

A exploração do trabalho médico impacta a qualidade. Médicos têm de acumular empregos, com jornadas de 70 ou mais horas semanais. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações

Confusão na defesa comercial

Proposta de novo regime fiscal parece atraente, mas é saída perigosa e tecnicamente ruim. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 16.91 MB

100 anos em 10 minutos (1911 - 2011 em 10 minutos)

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 29/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Placar | Janeiro de 2012 | Edição 1362

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 29 de Dezembro de 2011

Delegado afirma que não vai indiciar Adriene
Rio - Na reprodução simulada, o jogador Adriano alegou que não caberia no banco de trás com as três. “Reforça a versão dele. Temos os depoimentos de que Adriano estava no banco da frente e não disparou. Temos a confissão de Adriene e a prova pericial que mostra que faz sentido o que ela confessou”, disse o delegado. Ele afirmou que não vai indiciar Adriene por denunciação caluniosa porque a lei prevê o arrependimento eficaz, quando a pessoa volta atrás no depoimento, mas está disposta a colaborar, se arrepende e contribui na investigação. Fernando Reis quer saber se a arma estava no console ou caída embaixo do banco do motorista. A arma é do tenente Júlio. Conta do hospital é de R$ 83 mil

O atendimento médico de Adriene custou R$ 83 mil no Hospital Barra D’or. Quatro cirurgiões a operaram. Ela saiu da delegacia carregada por policial. A reconstituição durou 30 minutos e uma policial substituiu testemunha que não compareceu. Nova perícia foi feita no carro durante a acareação, que durou quatro horas. Segundo a polícia, equipamento chamado sonda voltou a mostrar que o tiro partiu da direita para a esquerda, de baixo para cima, e de trás para frente.

Vítima confessa que deu tiro e inocenta Adriano

A estudante de moda Adriene Cyrillo mudou seu depoimento inicial e negou que o jogador Adriano, do Corinthians, tenha feito o disparo que atingiu sua mão, como antecipou ontem O DIA Online.

Segundo Adriene, que chorou muito durante a acareação (confronto de versões dos envolvidos), o tiro saiu da arma que estava na mão dela, acidentalmente.

>> FOTOGALERIA: A acareação e a reconstituição na 16ª DP

Após depoimentos, acareação e mini-reconstituição do caso, na 16ª DP (Barra), há mais indícios da inocência do Imperador. Mas, segundo o delegado Fernando Reis, o inquérito não será encerrado agora. Ele espera resultados dos exames de vestígios de pólvora feitos nas mãos do Imperador e da vítima.

Também quer reler depoimentos para analisar a participação de cada um. “Das hipóteses iniciais, a principal é que ela mesmo tenha disparado acidentalmente”, garantiu.

A vítima, Adriano, Júlio Cesar Barros — tenente da PM e amigo do jogador —, Andreia Ximenes e Viviane Faria participaram de todo o processo na delegacia. Ao deixar a 16ª DP, o craque disse: “Estou aliviado. Com a mudança de depoimento, espero que a história tenha acabado”.

O atacante chegou pouco antes de 15h30 na 16ª DP para a acareação com outros envolvidos no caso, ocorrido na madrugada de domingo. Foram confrontadas as versões de cada um. O Imperador chegou em sua BMW branca com uma mulher que seria sua advogada. Viviane Faria, 24 anos, disse logo que chegou: “Vim provar que o Adriano é inocente”.

Adriene foi levada do hospital à DP sob escolta, em um carro particular. Ela chegou deitada no banco de trás e entrou pela porta dos fundos. O vigia da boate onde Adriano conheceu as mulheres confirmou que o jogador sentou no banco da frente do carro.

Formato: PDF
Tamanho: 21.76 MB

Época – Edição Especial – Ed. 710 – 26/12/2011

Jornal O Globo em PDF, Quinta, 29 de Dezembro de 2011

Ensino público tem déficit de 300 mil professores

Escolas municipais e estaduais do país correm o risco de ficar sem aulas

O ano que vem começará sob uma velha ameaça nas escolas públicas do país: alunos sem aula por falta de professores. Estimativa da Câmara de Educação do Conselho Nacional de Educação aponta um déficit de 300 mil docentes, especialmente das disciplinas de Química, Física e Matemática. A carência equivale a 15% do total aproximado de 2 milhões de professores nas redes estaduais e municipais. Uma das principais causas do déficit é a baixa remuneração, que afugenta os profissionais do mercado: o piso nacional do magistério é de R$ 1.187 por 40 horas. No Distrito Federal, o salário chega a
R$3.472, mas outros profissionais com formação similar ganham 28% a mais. No Rio, a Sindicato Estadual dos Profissionais de Ensino avalia que pelo menos um professor pede exoneração por dia. Para tentar driblar o caos, estados e prefeituras recorrem à contratação de temporários e apelam para a acúmulo de disciplinas por professor. (Págs. 1 e 3)

Crise faz Bovespa perder R$ 213 bi

Com a crise global, o valor de mercado das empresas da Bovespa encolheu R$ 213 bilhões este ano, diz a consultoria Economatica. As perdas, lideradas por Petrobras e Vale, superam o valor da mineradora, de R$ 206 bilhões. Ontem, o temor de que os bancos europeus estejam evitando conceder empréstimos derrubou as bolsas: em SP, a queda foi de 2,54%. O dólar subiu a R$ 1,874. (Págs. 1 e 19)

Governo já cumpriu 99% da meta fiscal

A economia do setor público para pagar juros da dívida somou R$ 126.8 bilhões até novembro, ou 99% da meta do ano. Os gastos com juros bateram recorde: R$ 216 bilhões. (Págs. 1 e 21)
Obras da Copa terão R$ 4 bi do FGTS

Para obras de transportes nas cidades-sede da Copa, o governo destinará R$ 4 bilhões do FGTS em 2012. O valor é quase toda a verba para infraestrutura de grandes centros. (Págs. 1 e 20)

Em sete anos, CNJ condenou 49 magistrados

Em meio à polêmica sobre a restrição de seus poderes, o Conselho Nacional de Justiça chega a sete anos tendo punido 49 magistrados. Desses processos, 38 começaram no CNJ. (Págs. 1 e 4)

Ciência

Clínica Mayo inicia o maior projeto de medicina personalizada do mundo com testes genéticos. (Págs. 1 e 30)

Foto legenda: A volta de Jader

Barrado pela Ficha Limpa, Jader Barbalho reassumiu ontem o Senado graças a decisão que revogou efeitos da lei para a eleição de 2010: ele receberá R$ 30 mil por quatro dias de trabalho em dezembro. Na posse, seu filho Daniel fez caretas. (Págs. 1 e 5)

Formato: Rar | PDF
Tamanho: 15.94 MB

Carta Capital - Ed. 676 - 14122011

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 29 de Dezembro de 2011

Custo explode e obra do S. Francisco terá licitação de R$ 1,2 bi

Ministro diz que vai refazer contratos da transposição do rio porque consórcios precisariam receber até 60% a mais; gasto com projeto chega a R$ 6,9 bilhões

O governo Dilma Rousseff lançará duas novas licitações no valor total de R$ 1,2 bilhão para terminar trechos da transposição do Rio São Francisco já entregues a consórcios privados, informa a repórter Marta Salomon. Iniciado em 2007, o projeto já consumiu R$ 2,8 bilhões, mas tem trechos parados e outros que precisarão ser refeitos. O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, calcula que o custo inicial da obra saltou de R$ 5 bilhões para R$ 6,9 bilhões. As novas licitações foram a forma encontrada por Bezerra para driblar um problema: os consórcios não conseguiriam terminar o trabalho mesmo que o valor aumentasse 25%, limite legal para aditivos em contratos. “Vimos que teríamos de fazer aditivos de até 60%", disse o ministro, que admitiu erros no projeto, como a número insuficiente de sondagens de solo. (Págs. 1 e Nacional A4)

Fernando Bezerra
Ministro da Integração Nacional

"Só vamos ter certeza do valor quando concluirmos o processo licitatório e fecharmos as contratos" (Pág. 1)

R$ 2,8 bilhões
é quanto já foi gasto nas obras de transposição do São Francisco (Pág. 1)

"Com a mesma força de sempre"

Na primeira aparição pública após anúncio de que tem câncer, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, mostrou-se sorridente e provocou adversários. (Págs. 1 e Internacional A7)

Setor público atinge em novembro 99% da meta do ano

O setor público conseguiu economizar, de janeiro a novembro, o equivalente a 99,1% da meta fiscal de 2011, graças a uma arrecadação recorde de impostos somada ao corte de investimentos. União, Estados, municípios e estatais pouparam R$ 126,7 bilhões para o pagamento de juros da dívida. Só o governo federal foi responsável por 71,4% desse valor. (Págs. 1 e Economia B1)

Foto legenda: Ficha-suja de volta

Daniel, filho de Jader Barbalho, faz careta para fotógrafos: Sarney e Renan Calheiros não foram à solenidade que marcou volta ao Congresso do senador, garantida por recurso contra Lei da Ficha Limpa. (Págs. 1 e Nacional A5)

Plano contra obesidade prevê academia popular

O governo finalizou um plano interministerial para controle e redução da obesidade nos próximos dez anos. O programa, que deve ser lançado ainda em janeiro, terá foco em três eixos: aumentar a disponibilidade e a oferta de alimentos frescos, levar informações sobre educação nutricional por meio de campanhas e incentivar a construção de ciclovias e academias populares. (Págs. 1 e Vida A12)

Estradas têm pontos cegos de comunicação

Além da lentidão, o motorista deve estar preparado para encontrar pontos cegos de comunicação em 400 km de estradas paulistas percorridos pela reportagem. Em vários trechos, nem celulares nem cabines de emergência funcionam. (Págs. 1 e Cidades C1)

Panamericano compra grupo Brazilian Finance (Págs. 1 e Economia B11)

SP registra recorde de emissão de passaportes (Págs. 1 e Cidades C3)

Celso Ming

Subversão alfandegária

O ministro Guido Mantega anunciou na terça-feira novo brutal casuísmo protecionista, desta vez em favor do setor têxtil. É um grave precedente. (Págs. 1 e Economia B2)

Eugênio Bucci

Três cenas de ano-novo

Entre o culto do corpo impossível e a celebração do capital caridoso, a gente corre em falso atrás de luzinhas coloridas. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações

A crise da Justiça

Entram em cena os juízes mais jovens, que sabem que a imagem da magistratura não é boa. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 34.07 MB

Info Exame – Guia De Aplicativos – Dezembro 2011 – Edição 311

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 28/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 28 de Dezembro de 2011

Prefeitura antecipa salários
Pagamento dos servidores do Rio referente a dezembro entra na conta neste sábado, dia 31
Rio - O pagamento de dezembro sairá mais cedo para os 128 mil servidores públicos ativos e inativos das administrações direta e indireta da Prefeitura do Rio. O funcionalismo do município receberá os salários já no próximo sábado, dia 31. Inicialmente, a folha de dezembro seria creditada nas contas correntes nos dias 2 (inativos) e 3 (ativos) de janeiro de 2012.

A prefeitura informou ontem que decidiu antecipar pagamentos aos servidores. A portaria com a determinação do prefeito Eduardo Paes está prevista para sair hoje, no Diário Oficial do Município.

Mas, apesar do adiantamento dos vencimentos deste mês, o calendário para o ano que vem não sofrerá alterações. Segundo a prefeitura, está mantida a regra em que inativos recebem no primeiro dia útil do mês e os ativos, no segundo dia útil. O pagamento do 13º salário será feito segundo decisão tomada no segundo semestre de 2012.

SERVIDORES DO ESTADO

Já na esfera estadual, segundo comunicou a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão, os servidores aposentados vão continuar a receber seus benefícios no primeiro dia útil de cada mês. Ativos terão seus salários depositados no segundo dia útil do mês subsequente ao trabalhado. Para os pensionistas, o crédito dos benefícios será feito nos últimos cinco dias úteis de cada mês.

O 13º salário, neste caso, será pago integralmente, em 31 de julho, para todos os servidores que têm vencimentos de até R$ 950. O grupo que recebe acima desta quantia terá o abono depositado em duas parcelas: a primeira credita no dia 31 de julho e a segunda, em 19 de dezembro.

União não muda datas

O calendário de pagamento para mais de 1,1 milhão de servidores da União não sofrerá modificações no ano que vem. Segundo o Ministério do Planejamento, o crédito mensal nas contas continuará a ser feito no segundo dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

O pagamento de janeiro sairá no dia 2 de fevereiro. Os salários de fevereiro serão creditados em 2 de março; já os de março estarão liberados em 3 de abril. No dia 3 de maio, sairá a folha de pagamento de abril.

Formato: PDF
Tamanho: 18.57 MB

Jornal O Globo em PDF, Quarta, 28 de Dezembro de 2011

Novo mínimo vai injetar R$ 41 bi na economia

Analistas dizem que país crescerá mais em 2012 com inflação menor

Com a entrada em vigor do novo salário mínimo de R$ 622, em janeiro, a economia brasileira receberá R$ 47 bilhões, segundo informou o Dieese. O aumento de 14,13% no piso salarial beneficiará 47,6 milhões de pessoas, movimentando principalmente os setores de alimentos e bens de consumo como calçados e vestuário. Para economistas, consultorias e bancos, apesar dos riscos da crise financeira internacional, o próximo ano deve ser de crescimento maior e inflação menor que em 2011 no Brasil. Eles estimam que a expansão ficará em, no mínimo, 3,1%, podendo chegar a 4,2%. A inflação deve recuar para 5,5% no ano que vem, porém ainda longe do centro da meta do governo, fixada em 4,5%. (Págs. 1, 17 e 18)

Campanha tira das ruas 37 mil armas

A novidade foi o número elevado de armamento de grande porte, como fuzis e metralhadoras

O Ministério da Justiça anunciou o recolhimento de 36.834 armas e 150.965 munições nos sete meses da Campanha de Desarmamento de 2011. Entre elas, 7.640 de grande porte, como escopetas, fuzis e metralhadoras. O Rio foi o estado com o maior número de armas pesadas entregues. O governo pagou R$ 3,5 milhões de indenização pelo arsenal. A campanha prossegue em 2012. Na campanha anterior, entre 2008 e 2009, foram recolhidas 32 mil armas. (Págs. 1 e 3)


Exército apura morte de jovem na Vila Cruzeiro

O Comando Militar do Leste abriu inquérito e afastou os oito militares envolvidos na morte de um jovem de 14 anos na Favela Vila Cruzeiro, anteontem à noite. As armas dos militares foram recolhidas para perícia. Segundo o Exército, houve confronto. Parentes da vítima negam que ele estivesse armado. (Págs. 1 e 12)

Tocando o barco

STF decidirá sobre CNJ, diz Britto

O presidente interino do STF, Ayres Britto, disse que aguardará a decisão do plenário da casa sobre o poder de investigação do Conselho Nacional de Justiça. E citou um samba "de Paulinho da Viola – “faça como o velho marinheiro, que durante o nevoeiro, leva o barco devagar" - para dizer que, nas turbulências, é preciso ter calma. (Págs. 1 e 5)

Formato: Rar | PDF
Tamanho: 9.14 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 28 de Dezembro de 2011

Mantega anuncia proteção ao setor têxtil contra China

Mudança tributária visa a inviabilizar subfaturamento de mercadorias importadas, sobretudo chinesas

O governo prepara medidas para proteger a indústria contra práticas desleais na importação de produtos têxteis e de confecção vindos sobretudo da China. Será feita uma mudança tributária para cobrar valor fixo sobre as importações, o que inviabilizaria o subfaturamento das mercadorias. "Eu já vi terno importado com valor de US$ 3 e até US$ 1,5. Isso não paga nem o botão", disse Guido Mantega (Fazenda). O ministro afirmou que o governo fará petição à Organização Mundial do Comércio para que essa proteção se torne salvaguarda provisória para o setor têxtil, que eventualmente pode durar 10 anos, como já ocorre com o segmento de brinquedos. Ele disse ainda que o governo vai continuar a proteger determinados setores produtivos ameaçados pela concorrência externa desleal. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Comércio internacional cai

Retração de 1,1% em setembro e em outubro foi a primeira desde 2009 e afetou as exportações de países emergentes. (Págs. 1 e Economia B3)

Dilma amplia entrada no Minha Casa em ano eleitoral

De olho no calendário eleitoral e em parcerias com prefeitos, o governo de Dilma Rousseff baixou portaria que facilita a inclusão de candidatos no Minha Casa Minha Vida. Além disso, criou cotas para idosos e deficiente na segunda fase do programa. Serão 110 mil unidades habitacionais em municípios com até 50 mil habitantes, que representam quase 90% do total do País. (Págs. 1 e Nacional A4)

Ministro do STJ vê "falta de argumento" na crítica ao CNJ

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Gilson Dipp disse que comparar a ação do Conselho Nacional de Justiça a “ditadura”, como fez Ivan Sartori, que presidirá o Tribunal de Justiça paulista, é "argumento de quem não tem argumento". Sobre juízes que omitem renda, Dipp afirmou que transparência é obrigação "do presidente da República ao mais humilde barnabé". (Págs. 1 e Nacional A5)

Educação: Crianças reprovadas

Dados extraídos de censo do MEC mostram que o Brasil tem 151 cidades que reprovam 20% ou mais dos alunos da rede pública no 1º ano do ensino fundamental. Há municípios nos quais metade das crianças - que nessa fase da escolaridade têm cerca de 6 anos- repete. A maior parte dessas cidades se localiza no Nordeste. Para especialistas, a situação é alarmante. O MEC é contra a reprovação. (Págs. 1 e Vida A11)

Campanha para entrega de armas é renovada

O Ministério da Justiça e o Banco do Brasil assinaram ontem um termo de renovação da Campanha de Desarmamento, que será estendida pelo menos por todo o ano de 2012. O governo vai manter o anonimato na entrega e ampliar os postos de coleta. Neste ano, foram recolhidas 36.834 armas. As indenizações chegaram a R$ 3,5 milhões. (Págs. 1 e Cidades C3)

Rolf Kuntz

Um país quase sério

O sexto lugar entre as maiores economias é uma boa conquista para o Brasil, mas falta executar uma pauta enorme. (Págs. 1 e Economia B4)

Notas & Informações

O Brasil na corrida global

Serão necessários investimentos para o País conservar posição razoável na corrida internacional. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 19.07 MB

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 27/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Militares americanos deixam o Iraque

Jornal O Dia em PDF, Terça, 27 de Dezembro de 2011

Adriano admite ter pego pistola e diz ser vítima de má-fé
Imperador ameaça não pagar despesas médicas de estudante
Rio - O jogador Adriano, do Corinthians, falou ontem pela primeira vez, diante de jornalistas, sobre o tiro que feriu a mão esquerda da estudante de moda Adriene Cyrilo, 20 anos — dado no interior do BMW dele e que partiu da pistola de suposto segurança do atacante, sábado, na Barra da Tijuca. O Imperador, em depoimento, afirmou que a vítima foi quem fez o disparo acidental. A jovem diz o contrário: acusa o craque e assegura que ele estava no banco traseiro do veículo, local de onde, segundo a perícia, teria partido o tiro. “No depoimento, Adriano admite ter pego a arma após o incidente apenas para guardá-la”, afirmou o delegado Fernando Reis, da 16ª DP (Barra). O delegado foi além: “Mentir não é um bom negócio. Se a vítima estiver fazendo isso, será indiciada por denunciação caluniosa, o que dá de três a oito anos de reclusão. Se Adriano mentiu, pode responder por fraude processual, pois teria induzido as outras testemunhas (de seis meses a quatro anos de cadeia), além de lesão corporal culposa”.

Adriano também ameaçou não pagar as despesas médicas da jovem, que está internada no Hospital Barra D’Or, onde hoje passa por cirurgia. “Ia pagar, queria pagar, mas se ela está fazendo isso contra mim, não vejo necessidade de arcar com as custas (médicas)”, afirmou, antes de prestar depoimento de 1h40, ontem à noite, na 16ª DP (Barra). Sobre Adriene, disparou: “Ela não tem caráter e agiu de má-fé”.

Adriano negou que o tenente reformado da PM Júlio César Oliveira, dono da pistola calibre 40, seja seu segurança. ‘É meu amigo’. Ele disse que não conhecia Adriene e a amiga, Viviane Fraga, e que foi um amigo quem as convidou para o camarote da casa de shows Barra Music e, em seguida, pediu para dar carona até a casa dele.

Vítima pede que osso seja retirado de parte do corpo onde há tatuagem

Na cirurgia de reconstrução do dedo indicador da mão esquerda a que Adriene Cyrilo será submetida hoje, no Hospital Barra D’Or, será feito enxerto de osso retirado da crista ilíaca — a popular anca, que fica na junção dos membros inferiores com o tronco — da jovem.

A escolha do lado esquerdo atende a pedido de Adriene que poderá ampliar uma tatuagem, se no local da operação ficar uma cicatriz grande. A cirurgia está marcada para às 8h. Para sustentar o dedo reconstruído, será colocada placa de titânio, que deverá receber cinco ou seis parafusos, informou o cirurgião ortopedista Ricardo Laranjeira. “É um procedimento corriqueiro, de complexidade média”, disse Laranjeira.

A operação só vai acontecer 72h após o incidente, pois foi necessário esperar esse tempo para evitar risco de infecção ou inflamação. O risco de amputação do dedo é ‘quase inexistente’, disse o médico: “Mas há possibilidade de ela ter movimentos danificados, pois a bala atingiu tendões”.

Depoimento coerente com relatos

O delegado Fernando Reis ressaltou que o jogador acrescentou informações ao depoimento que são coerentes com os relatos das testemunhas. Reis explicou que os funcionários da portaria da boate serão ouvidos para esclarecer quem embarcou no carona do BMW. As câmeras de segurança do local não flagraram o embarque. Ainda segundo Reis, Adriene figura em três registros policiais como vítima: uma de lesão corporal, outra de ameaça e a terceira como alvo de uma saidinha de banco (assalto após sacar dinheiro em agência bancária).

Roberto de Andrade, presidente em exercício do Corinthians, disse ontem estar preocupado com a repercussão que o caso pode ter na imagem arranhada do Imperador. Porém, descartou a hipótese de rescisão contratual neste momento: “O que podemos fazer a não ser apoiá-lo?”.

“As coisas com o Adriano têm repercussão muito grande. Não sei o que passou na cabeça dela, tenho família e minha imagem para preservar”, disse o camisa 10 do Corinthians.

Acareação, marcada para amanhã, pode mostrar quem está mentindo

Amanhã, haverá acareação entre Adriano e Adriene, e dela com o restante do grupo, caso a vítima receba alta médica. “A grande questão é saber onde cada um estava no carro e quem atirou. Para isso, a acareação é fundamental”, esclareceu o delegado Reis.

A polícia já tem uma certeza: alguém está mentindo. As principais contradições são sobre a posição do jogador dentro do carro e na mão de quem a pistola disparou. Adriene é a única dos seis ocupantes do carro a dizer que o jogador viajava atrás, enquanto ele afirmou que estava ao lado do motorista. O jogador afirmou não ter visto o tiro:

“Só ouvi o barulho e me arriei no banco. Depois, vi que ela estava ferida e ofereci ajuda. Até dei a minha camisa. Tenho certeza que ela pegou a arma, porque a arma não ia disparar sozinha. Acho que ela ficou curiosa e pegou”.

A polícia também não descarta fazer reconstituição do caso, com a participação de todos os envolvidos e peritos, caso a acareação não esclareça os fatos. Ainda no sábado, peritos recolheram material das mãos de Adriene e Adriano para rastrear resíduos de pólvora.

O tenente PM reformado Julio César Barros Oliveira, 52 anos, segurança de Adriano, corre o risco de perder o porte de arma.

“Preliminarmente, caso fique comprovada a falta de cuidado, o porte pode ser cancelado”, explicou o corregedor da PM, coronel Waldyr Soares.

Formato: PDF
Tamanho: 18.99 MB

Crazy Santa Claus Freestyle Motorbike

Jornal O Globo em PDF, Terça, 27 de Dezembro de 2011

"Milagres" da economia - Brasil passa Reino Unido, mas só terá renda igual em 20 anos

PIB brasileiro já e o 6º maior do mundo e pode passar França e Alemanha

O Brasil tornou-se a sexta maior economia do planeta, ultrapassando o Reino Unido, segundo o britânico Centro de Pesquisa para Economia e Negócios. Pelas previsões, até 2020, o Brasil poderia ainda passar Alemanha e França, mas seria ultrapassado por Rússia e Índia, mantendo-se, portanto, na sexta colocação. Simulações feitas com base nos dados do Fundo Monetário internacional (FMI) mostram que, só em 2032, o Brasil poderia alcançar o padrão de vida hoje desfrutado pelos ingleses. O próprio ministro Guido Mantega reconhece que o país levaria 10 a 20 anos para atingir esse patamar: "Temos um grande desafio pela frente." (Págs. 1, 17 e Miriam Leitão)

Venda de Natal, no entanto, decepciona

Nem a corrida de consumidores às lojas nos últimos dias salvou as vendas fracas de fim de ano. Balanço da Serasa aponta para um crescimento tímido de 2,8%. No ano passado, em relação a 2009, o crescimento tinha sido, em média, de 15%. Endividamento elevado e inflação frearam o ímpeto de consumo. (Págs. 1 e 19)

No Natal, 91 morreram nas estradas federais

O número de mortos em acidentes nas estradas federais neste Natal caiu 20% em relação ao mesmo período do ano passado, mas, mesmo assim, 91 pessoas perderam a vida, de sexta-feira a domingo. Em 2010, 114 morreram. O número de feridos também caiu, de 1.455 para 1.251, mas a quantidade de acidentes aumentou de 1.964 para 1.984. E a tragédia pode ser pior, pois o levantamento não incluiu as rodovias estaduais. (Págs. 1 e 3)

Rodovias do Rio também manterão avisos de radares (Págs. 1 e 15)

STF cria selo para preservar documentos

O Supremo Tribunal Federal (STF) criou um selo de "tema relevante" para garantir a preservação de documentos de casos considerados históricos, como o julgamento do ex-presidente Fernando Collor e do ex-ativista Italiano Cesare Battisti. (Págs. 1 e 4)

No Congresso de Cristina, 12 leis em 11 dias

O Congresso argentino, controlado por governistas, aprovou l2 leis de grande magnitude nos 11 dias após a posse da presidente Cristina Kirchner, mostra levantamento. Para especialistas, o rolo compressor da maioria causa danos à democracia. (Págs. 1 e 24)
Foto legenda: Férias após um primeiro ano difícil

A presidente Dilma levanta a túnica para molhar os pés no mar após caminhada na Praia de Inema, na Base Naval de Aratu, na Bahia, onde deverá descansar pelo menos até depois do reveillon. Ela está acompanhada de filha, neto, mãe, tia e ex-marido com a atual companheira. (Págs. 1 e 5)

Aeroporto fantasma

O Aeroporto Santos Dumont tem andares inteiros fechados. Um restaurante, completamente pronto, só agora será aberto. As obras se arrastam desde 2004 e foram interrompidas em 2007 pelo TCU, que apontou superfaturamento. (Págs. 1 e 10)

Correção

O IBGE constatou que 12% não têm esgoto em favelas do Rio, diferentemente do que foi publicado ontem. (Pág. 1)

Formato: Rar | PDF
Tamanho: 9.44 MB

Best crash 2011

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 27 de Dezembro de 2011

PIB do Brasil já supera o britânico, diz consultoria

Dado confirma projeções, mas Mantega admite que padrão de vida do País ainda está longe do europeu

A economia brasileira já é a sexta maior do mundo, superando a da Grã-Bretanha; mostra projeção do Centro para Pesquisa Econômica e Negócios (CEBH), de Londres. Segundo a CEBR, a PIB do Brasil deve fechar a ano em US$ 2,51 trilhões, enquanto a da Grã-Bretanha será de US$ 2,48 trilhões. A ultrapassagem deve se consolidar nos próximos anos, já que as projeções indicam crescimento britânico em ritmo sempre inferior ao brasileiro. O Financial Times considerou a fato como um “marco", mas lembrou que "todos os Brics ainda estão muito atrás em PIB per capita". Os dados confirmam análises feitas ao longo do ano, inclusive do FMI. Todos apontam que Brasil, Rússia e Índia vão ultrapassar os maiores mercados europeus, Alemanha, França, Grã-Bretanha e Itália, nesta década. O ministro Guido Mantega (Fazenda) festejou a projeção, mas disse que serão necessários até 20 anos para que os brasileiros tenham um padrão de vida semelhante ao dos europeus. (Págs. 1 e Economia B1)

Análise - Fernando Dantas

Números devem ser vistos com reserva

Se for tornado o PIB per capita, que de fato mede a desenvolvimento econômico e social, os Brics despencam na tabela. (Págs. 1 e Economia B1)

CNJ age como "ditadura", acusa futuro presidente do TJ

A uma semana de sua posse como presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, a maior corte do País, o desembargador Ivan Ricardo Garisio Sartori comparou práticas investigativas do Conselho Nacional de Justiça às da "ditadura". O TJ paulista é um dos tribunais investigados pela corregedora nacional Eliana Calmon. "Não podemos simplesmente atropelar tudo o que está previsto na legislação", disse Sartori ao Estado. “Existem regras legais, o processo tem de seguir seu trâmite. Qualquer réu, por mais sanguinário que seja, tem direito a defesa." Sartori acusou Eliana de generalizar os problemas do Judiciário ao denunciar a existência de “bandidos de toga". “Eu concordo que existam pessoas que têm desvio de conduta, mas não digo que sejam bandidos de toga, como se fosse um pessoal da alta bandidagem." Segundo Sartori, "os juízes trabalham muito, enxugam gelo, com prejuízo do convívio familiar". (Págs. 1 e Nacional A4)

Ivan Sartori
Futuro presidente do Tribunal de Justiça São Paulo

"Esse assunto foi polarizado de uma forma um pouco canhestra. Todos estão falando a mesma língua"

Venda de Natal fica abaixo da expectativa do comércio

A venda de Natal deste ano ficou abaixo da expectativa dos lojistas, apesar de ter havido pequeno acréscimo em relação ao Natal de 2010, considerado o melhor dos últimos dez anos. Levantamento nacional da Associação dos Lojistas de Shopping (Alshop) com 150 lojas indica que o faturamento nominal subiu 5,5% em relação ao Natal de 2010. A entidade esperava alta de 6,5%. Considerando a inflação acumulada no período, estimada em 6,5% pelo IPCA, houve queda real na receita, de cerca de 1%. (Págs. 1 e Economia B4)

MEC libera consulta a 108 mil vagas no Sisu (Págs. 1 e Vida A11)

Dilma atende prefeitos e adia restos a pagar de 2010 (Págs. 1 e Nacional A8)



Formato: PDF
Tamanho: 35.06 MB

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 26/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Segunda, 26 de Dezembro de 2011

Adriano deve prestar depoimento nesta segunda-feira
Rio - O atacante Adriano deve prestar depoimento por volta das 18h desta segunda-feira na 16ª DP (Barra da Tijuca). O jogador pode ajudar a esclarecer alguns pontos sobre o tiro que atingiu a mão da estudante de Moda Adriene Cyrilo Pinto, de 20 anos, dentro de seu carro. O tiro partiu do banco traseiro da BMW, segundo perícia preliminar feita no veículo.
De acordo com a jovem, o Imperador estaria ao lado dela quando a teria ferido acidentalmente com a pistola calibre 40. A análise inicial da perícia aponta que o projétil encontrado na porta da BMW foi disparado na parte traseira do veículo. O laudo final deve sair em 20 dias. O delegado Fernando Reis considera “indispensável” uma acareação entre a vítima e o atacante do Corinthians, para esclarecer as contradições. Eles devem ficar frente a frente até quarta-feira, data prevista para Adriene deixar o Hospital Barra D’Or. Nesta terça-feira ela passará por cirurgia de reconstrução do dedo atingido, o indicador esquerdo. Neste domingo, a única visita que Adriene recebeu no quarto foi da amiga Viviane Faria, que estava na BMW mas não quis comentar o caso.

Segundo a polícia, dos seis depoimentos — inclusive o de Adriano, ouvido no hospital — somente a estudante disse que o craque estava no banco de trás. As demais testemunhas sustentam a versão de que ele estava no carona, ao lado do tenente reformado da PM Júlio Cesar Barros, seu segurança. Outra divergência a ser confrontada na acareação é a de que só a vítima relatou que o tiro acidental teria sido dado pelo atleta. Algumas testemunhas disseram que a jovem é que teria feito o disparo. O delegado aguarda os resultados dos exames de pólvora, feito nas mãos do jogador e da estudante, e da perícia na pistola calibre 40, que foi apreendida.

O grupo saiu da boate Barra Music e, segundo policiais, iria para a casa de Adriano. Antes da noitada, Adriene teria discutido com o ex-marido. Funcionários do hospital contaram que ele foi à unidade, fez escândalo e foi contido.

Imprensa internacional destacou o novo episódio envolvendo Adriano

A confusão envolvendo o jogador foi manchete nos principais jornais internacionais. O Diário Olé, da Argentina, brincou com o nome do atacante: “Adria-no aprende”. Na imprensa italiana, dois jornais deram a notícia. O ‘Corriere dello Sport’ destacou “Adriano atirou em mim/ Natal triste no Brasil”, e emendou: “Enésima confusão do ex-atacante do Roma e Inter, uma mulher o acusa de tê-la atingido com uma arma de fogo”. O ‘La Gazzeta Dello Sport’ trouxe a manchete: “O de sempre: em brincadeira perigosa Adriano atira em uma garota de 20 anos”. O espanhol ‘Marca’ também deu destaque ao assunto: “Mulher afirma que foi ferida por um disparo acidental de Adriano.”

Confusão pode antecipar saída do Corinthians

Se a situação de Adriano no Corinthians já não era das mais confortáveis, agora ficou insustentável. O novo caso policial envolvendo o Imperador fez o que ninguém no clube gostaria neste momento: tumultuar o clima de paz após a conquista do título brasileiro. Parte dos dirigentes já quer o rompimento antecipado do contrato do jogador, que vai até 30 de junho. “Foi um balde de água fria. Ninguém esperava. Ou melhor, a gente sempre espera alguma coisa do Adriano, mas ninguém acreditava que poderia ser uma bomba atômica”, disse um diretor do Corinthians.

A cúpula do clube, no entanto, avalia cuidadosamente a situação, já que demitir Adriano neste momento, às vésperas da eleição presidencial — marcada para fevereiro —, poderia tumultuar mais o ambiente. Além disso, dispensar o Imperador depois de meses de recuperação da cirurgia no tendão de Aquiles seria jogar fora todo o investimento.

A expectativa é que o clube só anuncie posição oficial sobre Adriano no começo de janeiro, quando o elenco começar a pré-temporada. “Até lá, a Polícia do Rio terá tempo para investigar o caso e apurar os acontecimentos. Cabe ao Corinthians esperar e, depois, tomar alguma posição”, completou o diretor corinthiano.

Adriano nunca esteve em situação tão delicada no Timão. Desde sua chegada, em março de 2011, foram poucas atuações, apenas um gol e muitas dificuldades para superar a luta contra a balança.

Polêmico

COM FUZIL

O atacante tem uma extensa lista de polêmicas fora dos gramados. Em maio de 2010, fotos publicadas em O DIA mostraram Adriano segurando um suposto fuzil e fazendo o símbolo do Comando Vermelho.

MOTO NA FAVELA

Em junho de 2010, Adriano foi acusado de entregar R$ 60 mil para Fabiano Atanásio da Silva, o FB, chefe do tráfico do Morro da Chatuba, na Penha. O dinheiro teria sido usado para comprar moto, no nome da mãe do traficante.

JOANA MACHADO

Em março de 2010, após treino, a ex-noiva Joana Machado foi atrás dele em baile funk na Chatuba. Agrediu Adriano, quebrou carros e teria sido amarrada numa árvore.

Formato: PDF
Tamanho: 16.35 MB