sábado, 23 de julho de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 23/07/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Motociclismo Panamericano - Agosto 2011 Mexico


Imagens da semana - 23/07/2011

Folha de São Paulo em PDF, Sabado, 23 de Julho de 2011

Ataques na Noruega matam 87 pessoas:
Uma explosão no centro de Oslo, capital da Noruega, e disparos de um atirador na ilha de Utoeya, 40 km a noroeste da cidade, deixaram ao menos 87 mortos. Na explosão, que chegou a atingir o prédio onde fica o gabinete do primeiro-ministro, Jens Stoltenberg, sete pessoas morreram. Em Utoeya, onde havia um acampamento de jovens do Partido Trabalhista, de Stoltenberg, a polícia informou que 80 foram mortos pelos disparos.

Veja também:

Dilma promete que 'sairão todos'

VAGUINALDO MARINHEIRO
Crises mostram enorme diferença entre democracias

Único petista da cúpula do Dnit entrega o cargo

Deputados do PR pediram propina, acusa administrador

Planalto pressiona e Petrobras freia investimentos

MÔNICA BERGAMO
Morte era plano de Deus, afirma dono do Porsche

Congonhas põe mais 4 aparelhos de raio X e amplia embarque

Brasil é excluído de acordo para produção de genéricos anti-HIV

Formato: PDF
Tamanho: 69.35 MB

Resumo da semana - 22/07/2011

Vejam o que ele faz....

Jornal O Dia em PDF, Sabado, 23 de Julho de 2011

Polícia diz que ao menos 87 morreram em tiroteio na Noruega:
Oslo - A Noruega sofreu ontem o maior atentado terrorista da sua história. Pelo menos 87 pessoas morreram em um ataque com carro-bomba no complexo governamental de Oslo — onde fica o chefe de estado do país — e em tiroteio em um acampamento juvenil próximo à capital. Um norueguês que seria o atirador do acampamento foi preso, e a polícia trabalha com a hipótese de que os ataques estejam relacionados a grupos de extrema direita locais.

A explosão no complexo governamental na pacata cidade de Oslo, onde são entregues os prêmios Nobel, aconteceu à tarde. Os 17 andares do prédio onde trabalha o primeiro-ministro Jens Stoltenberg foram danificados, mas nenhum membro do governo se feriu. Entretanto, sete pessoas morreram no local e 15 ficaram feridas. Após a explosão, houve cenas de pânico pelas ruas da região, com pessoas correndo ensanguentadas. O brasileiro Leonardo Doria, que trabalha perto do local do atentado, disse que nunca viu uma explosão tão grande e que o prédio onde estava tremeu. “Havia muita gente atordoada na rua, chorando e falando ao telefone”, disse.
O ataque ao acampamento de jovens do Partido Trabalhista da ilha de Utoya, onde estavam cerca de 560 pessoas, ocorreu cerca de duas horas depois da explosão. O agressor era um homem vestido com uniforme da Polícia. Ele chegou ao local dizendo que foi enviado para garantir a segurança e, depois, começou a atirar.
Oitenta pessoas morreram no local, segundo o chefe de polícia Oysten Maeland.“Não podemos assegurar que não vá aumentar”, completou. Antes da explosão, Stoltenberg planejava visitar Utoya.

A autoria do atentado foi inicialmente reivindicada pelo grupo extremista Ansar al Jihad al Alami, mas a organização islâmica se retratou. Após a prisão do atirador de 32 anos, a polícia descobriu que ele esteve perto do local da explosão antes da chacina na ilha, onde foram achados explosivos.

Formato: PDF
Tamanho: 35.24 MB

Super Streetbike - Agosto 2011


Jornal O Estado de SP em PDF, Sabado, 23 de Julho de 2011

Tiroteio deixou 80 mortos em ilha na Noruega, diz polícia:
O número de mortos em um tiroteio em uma ilha norueguesa subiu para 80 na noite desta sexta-feira, 22, informou a polícia do país. O primeiro-ministro norueguês, Jens Stoltenberg, classificou o episódio como a "pior tragédia desde a Segunda Guerra Mundial". Stoltenberg fez a declaração em um pronunciamento à população na manhã deste sábado, 23, após a polícia ter indicado que 80 pessoas morreram na ilha.

O ataque na ilha ocorreu por volta das 10h30 de Brasília, duas horas depois do atentado com um carro-bomba no complexo governamental de Oslo, que deixou sete mortos e 15 feridos.

A tragédia ocorreu quando, segundo relatos, um homem vestido de policial chegou à ilha de Utoeya, perto de Oslo, e começou a atirar contra jovens que participavam de um acampamento do Partido Trabalhista (do governo) no local. Havia cerca de 600 jovens no encontro; inicialmente, relatos deram conta de que o episódio resultara em cerca de dez mortes.

Mas um porta-voz da polícia norueguesa, Anders Frydenberg, confirmou por telefone à BBC que muitos outros corpos foram encontrados. É o pior ataque ocorrido na Noruega desde a Segunda Guerra Mundial. O ministro da Justiça do país, Knut Storberget, afirmou que o homem detido pelo tiroteio é de nacionalidade norueguesa. Ele também é suspeito de relação com o atentado a bomba ocorrido em Oslo um pouco antes.

O homem foi identificado pela polícia como Anders Behring Breivik, de 32 anos, que, segundo as autoridades, se diz um nacionalista e não tem nenhuma ligação conhecida com grupos islâmicos. A polícia está investigando a casa dele, no oeste de Oslo.

Em entrevista coletiva, Storberget e o premiê do país, Jens Stoltenberg, disseram que é cedo para especular os motivos da tragédia e que não se sabe se o atirador agiu sozinho.

A jovem Emma Christiansen, 16 anos, que participava do acampamento, disse à BBC ter visto o homem vestido de policial sendo abordado por um jovem e atirando contra ele. "Então, corri para dentro de casa. Foi assustador."

A polícia acredita que o mesmo homem esteja relacionado com o ataque a bomba no centro de Oslo, atingindo vários prédios do quartel-general do governo da Noruega. Ao menos sete pessoas morreram. Há relatos de que o homem tenha sido visto em Oslo antes de seguir à ilha de Utoeya, onde explosivos não detonados foram encontrados pela polícia.

O chanceler da Noruega, Jonas Gahr Store, confirmou, em entrevista à BBC, que suspeita-se que o detido tenha ido ao acampamento depois de participar do atentado à capital norueguesa.

'Mais democracia'

Mas a motivação dos ataques ainda é desconhecida, segundo disseram os líderes noruegueses. "Não sabemos quem nos atacou", disse o premiê durante a entrevista coletiva. "A Noruega se unirá nesse momento de crise. Você (em referência aos idealizadores do ataque) não destruirá nossa democracia. Nossa resposta à violência será mais democracia."

As autoridades não confirmaram se estão procurando por mais suspeitos, mas disseram que não tiveram conhecimento de nenhuma ameaça prévia relacionada aos atentados. "Foi uma grande surpresa, não tínhamos nenhum indicativo de que isso ocorreria", disse o chanceler Store à BBC.

O ministro da Justiça disse que a polícia está usando "todos os recursos disponíveis" para lidar com a crise e investigar os responsáveis. Ele pediu que a população fique longe do centro de Oslo por enquanto e que evite o uso de celulares, para não sobrecarregar a rede de telefonia do país.

Formato: PDF
Tamanho: 43.20 MB

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 22/07/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Chamando um taxi em Berlim

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 22 de Julho de 2011

Petista do Dnit liberou R$ 30 milhões para prefeito aliado construir casas:
BRASÍLIA - Contrariando dois pareceres da Advocacia-Geral da União (AGU), o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Caron, orientou a aprovação de um contrato de R$ 30 milhões com a prefeitura de Canoas (RS), comandada pelo prefeito Jairo Jorge, do PT. O convênio foi assinado em janeiro de 2010 e até agora não saiu do papel.

O dinheiro do contrato, celebrado em 2010 pelo prazo de dois anos, não é para melhoria de estradas. É destinado à construção de 599 unidades habitacionais para 2 mil sem-terra que ocupam a chamada "Vila do Dique", um terreno próximo à construção da BR-448, obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que liga Porto Alegre a outras cidades gaúchas. Dos R$ 30 milhões previstos, R$ 28 milhões são do Dnit. Hideraldo Caron é filiado ao diretório petista no Rio Grande do Sul e participou pessoalmente das negociações em Canoas, tendo inclusive comparecido à cidade gaúcha para assinar os documentos. O petista deve perder o cargo, sobretudo por pressão do PR, que teve vários apadrinhados políticos afastados na esteira da crise nos Transportes.

Um ano e meio depois da assinatura do contrato, o projeto de construção das casas não andou. Com apenas mais seis meses de vigência, provavelmente terá de ser prorrogado.

O Estado teve acesso aos pareceres jurídicos dos procuradores da AGU sobre o convênio com a prefeitura de Canoas. Eles trabalham dentro do Dnit para dar orientação jurídica ao órgão. Em pelo menos duas oportunidades, apontaram falhas no contrato, incluindo manobras para liberar o dinheiro.

Mesmo assim, a diretoria do órgão vinculado ao Ministério dos Transportes aprovou o repasse com base em relatório da Diretoria de Infraestrutura, de número 23/2010, dirigida por Caron. O contrato foi assinado por ele e pelo diretor-geral, Luiz Antônio Pagot, este último afastado do cargo após as denúncias de corrupção no órgão. O Dnit alega que contou com o aval do Ministério do Planejamento para assumir a despesa. A pasta, na ocasião, era comandada pelo também petista Paulo Bernardo.

Formato: PDF
Tamanho: 31.5 MB

Estacionando....Escapou fedendo..

Jornal O Dia em PDF, Sexta, 22 de Julho de 2011

Descarte de ambulâncias será alvo de investigação:
Rio - O governo do estado vai ter que explicar por que vai descartar 40 das 50 ambulâncias que estão paradas no Quartel de Guadalupe. A Defensoria Pública da União vai instaurar um procedimento para saber se houve mau uso da verba federal destinada à compra dos veículos do Samu. A Secretaria Estadual de Defesa Civil terá 15 dias para entregar à Defensoria a relação dos defeitos de cada uma das ambulâncias que, segundo o estado, não têm como ser consertadas. Quarta-feira, o Corpo de Bombeiros anunciou a compra “como medida emergencial” de 50 ambulâncias. O custo estimado é de R$ 7, 6 milhões. “Parece que se deixou chegar a um ponto tão periclitante que agora é necessária uma compra emergencial de ambulâncias. A questão é se essa compra de 50 ambulâncias foi fabricada ou não. Parece que sim. Quarenta ambulâncias não quebram de uma hora para outra”, afirma o defensor público da União André Ordacgy, titular do Ofício de Direitos Humanos e Tutela Coletiva.

Suspeita de crime

Segundo Ordacgy, o estado terá que informar ainda a quilometragem de cada veículo e quando foram adquiridos. “Se ficar constatado que houve mau uso da verba pública, é crime”, afirmou o defensor.

Conforme O DIA mostra desde terça-feira, além das 50 ambulâncias paradas em Guadalupe, outras 29 do Corpo de Bombeiros e do Samu estão quebradas. Ontem, 25 usadas em salvamentos foram deslocados para atender a população, mas há quartéis onde só há veículos quebrados.

‘Veículos colocariam ocupantes em risco’

Quatro das 44 ambulâncias que seriam ‘descartadas’ pelo Corpo de Bombeiros serão consertadas e voltarão às ruas. A informação é do secretário de Defesa Civil e comandante da corporação, Sérgio Simões.

“Foi feita avaliação criteriosa. Ao invés de 44, 40 serão descartadas. Esses veículos não podem ser usados porque já tiveram todo o tipo de problema e colocariam em risco os ocupantes”, explicou.

Simões disse que a compra das 50 ambulâncias não tem relação com o descarte das 40. E garantiu que usará o registro de preços da Aeronáutica: “Estou cumprindo todo rito legal. Não há dispensa de licitação.

Simões afirma que dará as explicações necessárias. “A expressão ‘medida emergencial’ é porque estamos lidando com uma situação inaceitável. Não posso levar 1h20 para socorrer uma pessoa”, disse referindo-se ao pedreiro Waldir do Nascimento que se acidentou e ficou à espera de atendimento.

Desigualdade

Regiões com as avenidas com maior índice de acidentes de trânsito, as Zonas Norte e Oeste têm 30% de suas ambulâncias quebradas. Das 29 que estão paradas na capital, 24 estão nessas áreas, ou 82% dos veículos com defeito.

Como O DIA mostrou ao longo da semana, as duas vítimas da falta de ambulância — Daniele Bispo e o pedreiro Waldir Nascimento — enfrentaram a dificuldade em bairros das regiões que mais sofrem com a escassez de veículos — Campo Grande e Méier, respectivamente. Daniele deu à luz a um menino no banco da estação de trem. Já Waldir caiu de andaime e esperou sangrando na calçada por cerca de 1h20.

Do outro lado da cidade, a realidade é diferente: além de contarem com 40% da frota de ambulâncias da capital, 27 viaturas, Centro e Zona Sul têm um déficit de cinco ambulâncias — 18,5%. Pela classificação dos bombeiros, Alto da Boa Vista e Vila Isabel fazem parte do eixo Centro-Sul. A discrepância não para: as regiões têm 695 mil moradores. O resto da cidade, cerca de 1,8 milhão.

Formato: PDF
Tamanho: 28.60 MB

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 21/07/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

National Geographic: Gigantes da Engenharia – Plataformas de Petróleo

Trata-se de uma serie de documentário que mostra os grandes feitos da engelharia moderna, nesse episodioveremos como se deu a construção de Perdido,a maior plataforma de petróleo do mundo,no Golfo do México,ao mesmo tempo iremos fazer uma viagem no tempo para vermos a evolução da construções desses “Gigantes da Engenharia.

Gênero: Documentário
Duração:44min.
Ano de Lançamento: 2011
Tamanho: 622MB
Formato: DVDRip
Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10
Idioma: Portugues

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 21 de Julho de 2011

Segurados devem atualizar dados em agências do INSS:
Rio - Quem mudou de endereço nos últimos anos deve atualizar seus dados na agência do INSS na qual deu entrada na concessão do benefício. A dica é ainda mais importante para os aposentados que contribuíram sobre o teto previdenciário, foram prejudicados pelas emendas 20/1998 e 41/2003 e agora aguardam a revisão de 39,35% e o pagamento dos atrasados pelos últimos cinco anos. Isso porque o INSS prevê comunicar, via telegrama ou carta, a quem terá direito aos atrasados, que chegam a R$ 19 mil.

“O ideal é que o segurado apresente a carta de concessão do benefício, que tem o número de matrícula, junto com um comprovante de residência, na agência onde deu entrada na aposentadoria”, explica o assessor jurídico da Faaperj (Federação das Associações dos Aposentados e Pensionistas do Estado), Carlos Henrique Jund.

O especialista destaca, no entanto, que os servidores dos postos ainda não estão preparados para dar esclarecimentos sobre o pagamento de atrasados e a revisão do teto. “É desnecessário ir até as agências para descobrir o dia ou quanto ganhará sobre a revisão ou com atrasados. Para isso, o aposentado pode obter esclarecimentos na própria Faaperj”, orienta.

Central 135 vai tirar dúvidas de aposentados

O Instituto Nacional do Seguro Social informou que a consulta à Central 135 por beneficiários da revisão do teto poderá ser liberada a partir da próxima segunda-feira, 25 de junho. Dessa forma, aposentados poderão saber se estão entre os contemplados pela correção de ganhos.

Bastará ter em mãos o número de matrícula do benefício e ligar para o atendimento telefônico, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h. Segundo o INSS, ainda não há previsão de quando sairá a lista com nomes dos que receberão atrasados.

Cronograma será oficializado hoje

O INSS deve oficializar na tarde de hoje, na Justiça, o cronograma de pagamento das correções e dos atrasados aos mais de 117 mil beneficiários da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a revisão do teto. Representantes do instituto, do Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP), do Sindicato dos Aposentados e Pensionistas da Força Sindical e do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF 3ª) estarão reunidos em São Paulo para discutir se o calendário de pagamentos sofrerá alterações.

Advogado do Sindicato dos Aposentados da Força Sindical, Robson Venceslau antecipou que será pedida prioridade no pagamento dos atrasados para quem tem problemas de saúde grave — como câncer, Aids, cegueira, entre outras. As aposentadorias incluídas no período do chamado ‘Buraco Negro’, de 1988 a 1991, também vão entrar em pauta.

PF: Operação em Nova Iguaçu

A Polícia Federal apreendeu ontem, em Nova Iguaçu, mais de 100 carteiras de trabalho, carimbos em nome de empresas e órgãos públicos, dentre outros documentos. O material estava na casa de um dos líderes de quadrilha investigada por falsificar documentos. O grupo obtinha benefícios previdenciários irregulares em agências do INSS.

Formato: PDF
Tamanho: 28.74 MB

Folha de São Paulo em PDF, Quinta, 21 de Julho de 2011

Perícia atesta fraude na criação da sigla de Kassab:
Análise grafotécnica feita a pedido da Folha mostra que listas de apoio à criação do PSD, legenda patrocinada pelo prefeito de SP, Gilberto Kassab, contêm assinaturas falsas, relatam Daniela Lima e Catia Seabra.
Em todas as três listas a que o jornal teve acesso, há assinaturas atribuídas a diversos eleitores, mas que foram feitas por uma mesma pessoa.

veja também:

Vereador do PR liga partido a cobrança de propina em SP

Europa estuda taxar bancos em favor da Grécia

Cameron diz que não sabia sobre escutas ilegais

RICARDO MELO:
Morte em bufê de SP era tragédia anunciada

Testes prometem revelar mais cedo sinais de Alzheimer

Dilma pressiona diretores do Dnit a pedir demissão

BC eleva juros a 12,5% e indica que pode ser último aumento

Menu brasileiro no exterior fica só no 'exótico'

Formato: PDF
Tamanho: 79.9 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 21 de Julho de 2011

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) vai bancar, com dinheiro público, a diferença de 20 mil assentos no futuro estádio do Corinthians, de 48 mil para 68 mil, para que ele possa ser sede da abertura da Copa de 2014. A ampliação será feita com uma estrutura que será retirada depois do evento. Segundo a Odebrecht, que não incluiu esse item no orçamento de R$ 820 milhões para o estádio, os lugares extras não custarão menos de R$ 70 milhões. "Teremos um grande retorno com a exposição positiva" de São Paulo, justificou o secretário de Planejamento, Emanuel Fernandes.

Dilma vê respaldo para continuar com 'limpeza'
Assessores do governo dizem que, apesar das queixas de aliados, a presidente Dilma Rousseff mantém o estilo "rigoroso" e a "faxina" nos ministérios, sempre que surgirem denúncias relevantes. Ela dá demonstrações de que não vai contrariar a opinião pública e vê sintonia entre seu governo e manifestações divulgadas na imprensa. A presidente e sua equipe dizem que foi possível manter a marca da "austeridade" durante o ''limpa" nos transportes, com 16 afastamentos ou demissões.

A mansão de Pagot
Em Cuiabá, Luiz Pagot, diretor afastado do Dnit, está construindo uma casa avaliada por corretores em RS 2,5 milhões. Para ele, vale R$ 700 mil.

Em SP, prima de secretário lucra em sua gestão
Uma empresa de uma prima do secretário municipal de Transportes, Marcelo Cardinale Branco, quadruplicou o valor de seus contratos com a Prefeitura entre 2006, ano em que Branco entrou na Prefeitura, e 2010.

Formato: PDF
Tamanho: 33.11 MB

Jornal O Globo em PDF, Quinta, 21 de Julho de 2011

A presidente Dilma Rousseff demitiu mais três da estrutura do Ministério dos Transportes, sendo um deles da Valec, a estatal que administra ferrovias, e dona de uma empresa de transportes suspeita de receber dinheiro público. Os três afastados ontem são ligados ao PR, partido que comandava o suposto esquema de corrupção no ministério. Desde o início da crise, 16 já perderam os postos. O PR, que deve continuar a sofrer com novas demissões, já ameaça romper com o governo e sair da base aliada, além de retaliar no Congresso, apoiando as convocações dos ministros Aloizio Mercadante (Ciência e Tecnologia) e Ideli Salvatti (Relações Institucionais) para depor sobre os aloprados. Em visita a Pernambuco, o ministro Paulo Sérgio Passos avisou que "os ajustes" nos Transportes vão continuar. Analistas políticos acham que, com a faxina, Dilma pode perder apoio de aliados, mas ganha o da sociedade.
O governo vai quebrar o monopólio das ferrovias e forçar queda nas tarifas do transporte de cargas a partir de 2012.

Turismo têm convênios com demitido do governo Arruda
Uma ONG do empresário César Gonçalves já fez três contratos de R$ 52,2 milhões no total com o Ministério do Turismo, apesar de ele ter sido afastado da Brasiliatur, estatal de turismo do DF, por denúncias de malversação de verbas no governo Arruda, há três anos. Os convênios foram assinados nos governos Lula e Dilma.

Enquanto isso, na Bahia, Lula 'inaugura' hospital ...
Com agenda parecida com a de um candidato, o ex-presidente Lula visitou ontem três cidades da Bahia com o governador petista Jaques Wagner, usando o helicóptero do governo estadual. Lula até "inaugurou" um hospital que não pôde entregar no ano passado. Hoje, ele vai para Pernambuco.

Juro sobe, e inflação controlada só em 2013
O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) decidiu, por unanimidade, subir os juros básicos em 0,25 ponto, para 12,5% ao ano. Foi a quinta alta seguida. O BC surpreendeu o mercado e deu sinal de que o ciclo de altas pode ter chegado ao fim. Analistas, no entanto, não acreditam que a inflação volte ao centro da meta (4,5%) em 2012. A aposta agora é para 2013.

Fazendeiro é indiciado por morte de casal
A Polícia Civil do Pará concluiu que o assassinato de um casal de ambientalistas ocorrido em 24 de maio foi provocado por disputa de lotes. Foram indiciados um fazendeiro, como mandante do crime, e um irmão dele e um pistoleiro, como executores.

Formato: PDF
Tamanho: 26.16 MB

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 20/07/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Coitado do veadinho

Pali Puka to Lanihuli - Pali Ridge

Senna

Macaco X Iphone

Folha de São Paulo em PDF, Quarta, 20 de Julho de 2011

Faxina derruba mais 6 nomeados dos Transportes:
O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, demitiu mais seis servidores, dois deles do Dnit (que cuida de obras nas estradas). Cinco afastados são ligados ao deputado Valdemar Costa Neto e ao ex-ministro Alfredo Nascimento, ambos do PR, que controla a pasta. Em 17 dias, as denúncias de corrupção já derrubaram 12. Outras duas saídas são esperadas.

Veja também:

Desemprego cai para 6,2%, melhor junho em nove anos

Eu não sabia, diz Murdoch sobre uso de escutas ilegais

Câmara aprova plano que deve ser vetado pela Casa Branca

Lula teme que estilo de Dilma a isole da base governista

JOSÉ SIMÃO: Dilma tá demitindo tanto que o Dnit deveria mudar pra Dmit! Dmit todo mundo!

Advogada morre em bufê após cair de montanha-russa

MARK WEISBROT:
Já passa da hora de o Brasil retirar as tropas do Haiti

Acordo é fechado e Itaquerão custará R$ 820 milhões

Formato: PDF
Tamanho: 66.2 MB

Quero passar!!!!!

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 20 de Julho de 2011

Quase a metade da frota do Samu está parada no Rio:
Rio - Enquanto a dona de casa Daniele Conceição Bispo, 23, deu à luz na estação de trem de Campo Grande e depois teve de ir ao hospital de ônibus, pelo menos 79 ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros estão sem funcionar no Rio. Só no quartel de Guadalupe há 51 paradas. A Secretaria de Defesa Civil do Estado admite que 29 das viaturas que atendem exclusivamente a capital estão quebradas — uma delas estaria em Guadalupe. O número representa 40% do efetivo de ambulâncias que atendem todo o Município do Rio — 74 veículos. As outras 50 ambulâncias do Samu inoperantes, afirma a secretaria, seriam de “outros municípios”. Bombeiro que atua no quartel de Guadalupe e não quis ter seu nome revelado contou à Band News, e depois ao DIA, que as ambulâncias quebradas em Guadalupe estão estacionadas no pátio da unidade há cerca de dois meses.

A secretaria admitiu que, de fato, não há prazo para que os veículos sejam consertados — já que “cada caso requer um tempo”. Mesmo assim, alegou que “novo contrato para manutenção das viaturas já foi assinado pelos bombeiros”.

À mercê da sorte

Na prática, isso significa que outras mulheres poderão reviver o drama de Daniele e o marido, Rafael Nascimento Araújo, 20. “Foram duas horas de desespero. Funcionários da SuperVia começaram a chamar o Samu às 12h40”, contou Rafael. “Ninguém veio. O parto do meu filho, Rafael Guilherme, só foi feito porque uma técnica de enfermagem ajudou. Depois, foi um sufoco para ir ao hospital. Um motorista de ônibus nos levou”, completou.

Secretaria vai investigar

A Secretaria de Defesa Civil do Estado informou que, na hora que a família solicitou o atendimento, das quatro ambulâncias do quartel de Campo Grande, três estavam em atendimento externo e uma quebrada. O órgão afirmou que abriu sindicância interna para apurar a demora no envio de um veículo de outra unidade, e que o resultado deve sair em 10 dias.

Enquanto isso, Daniele e seu bebê, que nasceu com 4,5 kg, se recuperam no Hospital Estadual Rocha Faria. Rafael Guilherme está estável, internado na CTI Neonatal, e já respira sem ajuda de aparelhos. Mas, devido a problemas respiratórios, ainda não pode ser diretamente amamentado pela mãe. Daniele está na enfermaria e passa bem.

'Só pensava em salvar o bebê e a mãe', Maria Aparecida Silva, técnica de enfermagem

A mulher que mudou a história da família do bebê Rafael Guilherme voltava para casa, em Duque de Caxias, após passar a manhã em busca de emprego. Maria, que terminou o curso técnico de Enfermagem no fim do ano, diz que Deus a “empurrou” para estação de trem de Campo Grande.

1. Como você resolveu ajudar? Alguém te chamou?
— Meu filho viu os funcionários da SuperVia nervosos e perguntou o que estava acontecendo. Quando disseram que uma mulher estava em trabalho de parto, eu não tinha outra opção a não ser ajudar. Fiquei preocupada porque não tinha luvas, nenhum material. Passei álcool gel nas mãos e, quando vi, a cabeça do bebê já estava saindo”.

2. No que você pensou?
— Eu só pensava em salvar aquele bebê e a mãe. Eram duas vidas nas minhas mãos. Fiz o que meu coração mandou. Acho que foi Deus que me empurrou para a estação, porque geralmente eu volto para casa de ônibus.

3 . Você já tinha feito ou visto um parto?
— Nenhum. Fiquei muito nervosa. Eu tremia por dentro, mas as pessoas não percebiam. Ontem, não consegui dormir lembrando. Fiquei emocionada.

4 . O que você fez após o parto?
— Meu filho, que é diabético, começou a passar mal. Peguei o primeiro trem. Não deu tempo para nada.

5. O Samu demorou?
— Quando cheguei, o pai do bebê disse que tinha ligado algumas vezes. A saúde está muito precária. (Pâmela Oliveira)

Formato: PDF
Tamanho: 22.6 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 20 de Julho de 2011

'Faxina' nos Transportes já afastou 13 pessoas:
A prometida "faxina" no Ministério dos Transportes atingiu mais seis pessoas. Foram demitidos nesta terça-feira, 19, quatro funcionários do ministério e dois do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Agora, já são 13 os funcionários afastados desde a revelação do esquema de corrupção dentro dos Transportes, no começo do mês. A escolha dos demitidos de terça foi cirúrgica: a maioria é vinculada ao secretário-geral do PR, Valdemar da Costa Neto, e ao ex-ministro Alfredo Nascimento, que foi demitido duas semanas atrás e assumiu a presidência do partido. No rateio do poder ministerial pela coalizão de 18 partidos, o PR é o partido que ficou com a pasta dos Transportes.

As demissões da terça-feira foram acertadas pelo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, com a presidente Dilma Rousseff, em reunião na segunda-feira, 18, no Palácio do Planalto. As exonerações não devem parar por aí.

A expectativa é que novos nomes sejam anunciados entre a quarta-feira, 20, e a sexta, 22, incluindo o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit, o petista Hideraldo Luiz Caron, e mais assessores ligados ao PR dentro do ministério, entre eles Eduardo Lopes, indicado pelo deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), e apadrinhados do ex-ministro Alfredo Nascimento.

Do Ministério dos Transportes foram exonerados José Osmar Monte Rocha, Estevam Pedrosa, Darcy Michiles e Maria das Graças de Almeida. Caíram no Dnit Luiz Cláudio dos Santos Varejão, coordenador-geral de Operações Rodoviárias - este, subordinado a Caron, e Mauro Sérgio Fatureto, coordenador de Administração Geral. Varejão e Fatureto fazem companhia a outros superiores afastados do Dnit, o diretor-geral, Luiz Antônio Pagot, e o diretor-executivo, José Henrique Sadok de Sá.

São pessoas que mantinham influência dentro do ministério. Atuavam na parte burocrática e na execução dos projetos da pasta. Eram assessores considerados "olheiros" do PR dentro do governo. A saída deles, espera o Palácio do Planalto, deve desestabilizar a organização do esquema montado ao longo dos anos.

Formato: PDF
Tamanho: 25.96 MB

62 anos da Fórmula 1

Época – 18 de Julho 2011 Edição 687

Jornal O Globo em PDF, Quarta, 20 de Julho de 2011

* Primeiro Caderno. Dilma amplia faxina e varre mais seis nos Transportes. Demitidos são ligados ao PR, que cobra a saída de diretor do PT.

* Segundo Caderno. De Cabo Verde para os palcos no Brasil. Cabo Verde é o homenageado pelo Festival de Teatro em Língua Portuguesa (Festlip), que começa hoje no Rio. O país africano traz espetáculos que unem teatro, música e dança.

* Esportes. Uruguai vence Peru e vai à decisão da Copa América.

* Carro Etc. Uma volta ao começo do automóvel. A incrível experiência de dirigir o Benz Patent-Motorwagen, primeiro automóvel da História. Criado em 1886, o modelo alemão
era leve, simples e genial.

Formato: PDF
Tamanho: 20.47 MB

Dogs Fail Compilation 2011

domingo, 17 de julho de 2011

Super Interessante Especial – Junho 2011 – Edição 292 A

Mundo Estranho: Especial Vampiros

Veja – Ed. 2226 – 20/07/2011

Melhores fotos da semana - 18/07

Folha de São Paulo em PDF, Domingo, 17 de Julho de 2011

8 em cada 10 têm oferta para mudar de emprego:
Oito em cada dez profissionais com salário entre R$ 6.000 e R$ 15 mil receberam proposta para mudar de emprego nos últimos 12 meses, informa Érica Fraga. O dado, de pesquisa da consultoria Asap, indica como o mercado de trabalho está aquecido no Brasil. Só 24,5% dos que receberam convite de outros empregadores aceitaram a oferta.

Veja também:

Anac autoriza companhias aéreas a cortar comissários

Sem 'News of the World', tabloides dobram tiragem na Inglaterra

Passos, quando interino, elevou contratos mais do que o titular

FERNANDO DE BARROS E SILVA
Dilma mata as baratas, mas não dedetiza a casa

Chávez, de saída para Cuba, delega funções ao vice

Só restou o medo

Musical faz José Mayer desistir de ser galã em novela

Muda o perfil das carreiras que estudantes mais procuram

Formato: PDF
Tamanho: 90.47 MB