sábado, 13 de agosto de 2011

Jornal O Globo em PDF, Sabado, 13 de Agosto de 2011

21 tiros na Justiça Juíza executada em Niterói tinha mandado 60 PMs para a prisão: Pela primeira vez no Rio, uma magistrada que atuava na área criminal e combatia o crime organizado foi executada anteontem à noite por homens encapuzados, que estavam de tocaia. Patrícia Acioli, de 47 anos, era juíza da 4a- Vara Criminal de São Gonçalo, onde ficou conhecida por ser linha-dura contra policiais de grupos de extermínio e outras máfias que dominam há décadas aquela região. Patrícia condenou à prisão mais de 60 PMs. Os 21 tiros que mataram a juíza provocaram reação imediata do Poder Judiciário e de entidades da sociedade civil. Os matadores usaram pistolas calibres 40 e 45, de uso restrito da PM e das Forças Armadas. A polícia não afasta nenhuma hipótese para o crime. Páginas 16 a 24 e editorial “Assassinato agride o estado de direito”

Formato: PDF
Tamanho: 28.58 MB

Jornal O Dia em PDF, Sabado, 13 de Agosto de 2011

Nome de juíza estava em 'lista negra' de grupo de extermínio com mais 11 pessoas - Rio - Considerada uma das juízas mais importantes do Estado, Patrícia Lourival Acioli estava em uma 'lista negra' com outros 11 nomes marcados para morrer. O papel foi encontrado com Wanderson Silva Tavares, o Gordinho, preso em janeiro deste ano em Guarapari (ES). O criminoso é considerado chefe do grupo de extermínio investigado por pelo menos 15 mortes em São Gonçalo nos últimos três anos. A magistrada foi assassinada nesta quinta, na porta de casa, no bairro de Piratininga, Região Oceânica de Niterói. Segundo o primo, o jornalista Humberto Nascimento, a juíza tinha o perfil "linha dura". "Ela era considerada 'martelo pesado' como se chama. Sempre com condenações em pena máxima. Condenou gente ligada a máfia do óleo, máfia das vans, milícia de São Gonçalo que estava crescendo absurdamente, policiais envolvidos com desvio, corrupção e tráfico de drogas. Há cerca de três, quatro anos, ela teve a segurança retirada por ordem do presidente do Tribunal de Justiça do Rio da época", afirmou Nascimento, se referindo ao atual presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ), Luiz Zveiter. Ainda segundo ele, a prima sempre recebeu ameaças de todo tipo de criminosos, grupos de extermínio e traficantes que atuam em São Gonçalo, Região Metropolitana. As últimas, porém, eram relativas a milícias que atuam no município. De acordo com Humberto, a juíza participaria na próxima semana de um julgamento importante envolvendo milicianos.

Patrícia Acioli foi a responsável pela prisão de quatro cabos da Polícia Militar e uma mulher, em setembro de 2010, acusados de integrar um grupo de extermínio no município de São Gonçalo. A quadrilha sequestrava e matava traficantes para depois pedir resgates de R$ 5 mil a R$ 30 mil a comparsas e parentes das vítimas.

A magistrada também decretou em janeiro deste ano a prisão preventiva de seis policiais acusados de forjar auto de resistência na cidade. No início da semana, Patrícia Acioli condenou a um ano e quatro meses de prisão, por homicídio culposo, o tenente da PM Carlos Henrique Figueiredo Pereira, 32, pela morte do estudante Oldemar Pablo Escola de Faria, na época com 17 anos. Ele foi baleado na cabeça na boate Aldeia Velha, no bairro Zé Garoto, em São Gonçalo, em setembro de 2008. Segundo testemunhas, o ataque foi feito por homens encapuzados em duas motos e dois carros, por volta das 23h30 desta quinta-feira. Pelo menos 16 tiros de pistolas calibres 40 e 45 foram disparados contra o Fiat Idea Weekend cinza, quando a magistrada chegava em casa. Todos atingiram o lado da motorista, sendo oito diretamente no vidro. As balas acertaram principalmente a cabeça e tórax da vítima. Imagens do sistema de segurança da região estão sendo analisadas pela Delegacia de Homicídios (DH) do Rio, que assumiu o caso. O enterro da juíza foi marcado para as 16h30 no Cemitério Maruí Grande, no Barreto, em Niterói.


Formato: PDF
Tamanho: 22.46 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Sabado, 13 de Agosto de 2011

''Ela tinha um problema muito sério: não tinha medo. E era linha-dura mesmo'' Patrícia Lourival Acioli, juíza assassinada em Niterói: Conhecida pelo rigor e por uma atuação definida como rápida e linha-dura, a juíza Patrícia Lourival Acioli ganhou notoriedade ao condenar policiais militares acusados de liderar grupos de extermínio e de forjar autos de resistência (mortes em alegados confrontos) em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

Em setembro, ela foi responsável pela prisão de quatro PMs acusados de integrar grupo de extermínio investigado por 11 assassinatos. Em janeiro, decretou a prisão de seis policiais do 7.º BPM denunciados por homicídio, em casos antes registrados como autos de resistência.

Anteontem, pouco antes de ser morta, havia determinado a prisão preventiva de um grupo de PMs por homicídio duplamente qualificado em decorrência de autos de resistência.

"Ela achava que combater essas milícias e grupos de extermínio era uma missão, que ela era uma justiceira", disse uma defensora pública. "Ela costumava dizer que detestava matador e PM matador era um milhão de vezes pior." A defensora, que pediu para não ser identificada, chegou a representar réus julgados por Patrícia, mas as duas se tornaram amigas. "Ela era extremamente competente e era linha dura mesmo. Em alguns casos, era muito difícil trabalhar, porque ela dava penas altíssimas."

Mesmo após as ameaças, a juíza manteve o pulso firme, lembra a amiga. "Ela tinha um problema muito sério: não tinha medo. Eu dizia para ela trocar a vara criminal por uma de família, mas ela acreditava que aquela era a vida dela."

"Áspera". Patrícia começou a carreira como defensora pública na Baixada Fluminense e ingressou na magistratura em dezembro de 1992. Em 1999, foi promovida a juíza da 4.ª Vara Criminal de São Gonçalo, onde atuava havia 12 anos.

Parentes de policiais julgados por ela criticavam sua atuação, afirmou o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PP-RJ), que disse ter recebido denúncias sobre a conduta de Patrícia. "A forma como ela conduzia as sessões era muito áspera. Ela chamava os réus de bandidos, beirando o abuso de autoridade", disse o deputado. "Repudio a atitude que foi tomada contra ela, mas ela tinha essa forma de trabalhar que criou várias inimizades."

Bacharéis que atuaram com Patrícia rebateram o deputado. "Ela jamais agiu de maneira desrespeitosa com o réu. Era educada e nunca criou nenhum desentendimento."

Medo. Em entrevista ao jornal O Globo, Patrícia declarou: "Não tenho medo de ameaça. Quem quer fazer algo vai e faz, não fica ameaçando. Ninguém morre antes da hora. Sei que, no imaginário popular, a juíza é quem faz tudo, mas é a polícia que investiga, são os promotores que fazem a denúncia e é o júri que julga."

A reportagem, publicada em 2010, recebeu o título Uma Juíza Linha-dura no Caminho dos PMs. Apesar de ter declarado não temer ameaças, não permitiu que seu rosto fosse fotografado para preservar a família. Patrícia era a única a julgar homicídios em São Gonçalo. O Tribunal de Justiça disse que três juízes vão atuar na 4.ª Vara Criminal.

Patrícia tinha 47 anos, três filhos e namorava o policial Marcelo Poubel.

Formato: PDF
Tamanho: 54.13 MB

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 12/08/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Imagens da semana -12/08



Elegant Lounge 5 (2011)

Músicas:
01. Bebo Best & The Super Lounge Orchestra – The Sun Is Shinin (feat Mr Concina) 04:13
02. Marga Sol – No One Who Loves Me 03:47
03. Kalifa & Dougan – Summer Lovin (feat Janine) 03:16
04. KonFerenz – Intuition 02:47
05. Bajka – The Bellmans Speech (Jojo Effect remix) 05:03
06. Jazzamor – Way Back 04:32
07. Yuliet Topaz – A Miracle 05:21
08. Pearldiver – One Moment 03:19
09. Naoki Kenji – Tu Momento 04:56
10. Monodeluxe – Look At Me Again (feat Paola) 06:47
11. Ikon – The Dove 04:30
12. Sunburn In Cyprus – All Foreign Places 03:42
13. Out Of Sight – Comfort 03:39
14. Fudge X – Chillin Girl 03:43
15. Marco Soundee – The Painting In My Heart (feat Eric Van Aro) 06:33
16. Moca – Kippchen 05:40
17. Schwarz & Funk – Keep On 05:49
18. Newton – Do It Again 03:46
19. Placid Larry – The Balloon Of Love 03:11
20. Kate The Cat – Art Nouveau 03:58
21. 7b – Lucky You (feat Kay Dee The Bee) 04:46
22. Luis Hermandez – Mi Amor 03:36
23. 5th Groove – Summer Dream 04:45
24. Ephemeral – Ephix 05:14
25. JoJo Effect – Somewhere In Between (feat Lona Mour) 04:11
26. Matteo Vanetti – New Direction 05:39

Formato: MP3
Tamanho: 270.31 MB

Outdoor Photographer - Setembro 2011


Bike India - Agosto 2011

RAP DA PELADINHA - DAFRA MOTOS

Smart Photography - Agosto 2011


Jornal O Globo em PDF, Sexta, 12 de Agosto de 2011

* Primeiro Caderno. Contra distúrbios, Inglaterra quer censurar redes sociais. Bloqueio já usado por ditadores deflagra debate sobre limite às liberdades.

* Segundo Caderno. O cinema carioca se renova pelas mãos dos diretores Eryk Rocha, Gustavo Pizzi, Felipe Bragança e Eduardo Vaisman, cujos filmes estreiam entre hoje e setembro.

* Esportes. Seleção passa a jogar contra rivais BBB-.

* Revista Rio Show. Vizinhos de casas de sucesso, bares e restaurantes pegam carona no movimento alheio.


Formato: PDF
Tamanho: 30.35 MB

Webuser - 11 Agosto 2011 UK PDF

Jornal O Dia em PDF, Sexta, 12 de Agosto de 2011

Pai de Reynaldo Gianecchini fez cirurgia espiritual contra o câncer:
Rio - Pai e filho unidos pelo mesmo drama: a luta contra o câncer. Como se não bastasse ter que enfrentar a doença, diagnosticada na quarta-feira como um linfoma do tipo Não-Hodgkin — que atinge o sistema linfático — o ator Reynaldo Gianecchini, 38 anos, ainda tem que lidar com o fato de seu pai, Reynaldo Cisoto Gianecchini, ter o mesmo tipo de câncer. Professor de química no curso pré-vestibular do Colégio Anglo, em Penápolis, interior de São Paulo, Reynaldo Cisoto, que também é conhecido como Patão, está afastado da instituição de ensino desde o início do ano, para se tratar. “Ele é muito querido pelos alunos e as meninas até o chamam carinhosamente de ‘sogrão’”, contou um funcionário do colégio.

Sem previsão de alta, o ator segue internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Hoje será definido o tipo de tratamento que ele irá seguir. Já as sessões de quimio iniciam na próxima segunda-feira.

A equipe médica que o acompanha afirma que o estado geral de saúde é bom. “Ele muito otimista. Ele está pronto para o embate. Não o vi chorar”, afirmou o médico infectologista David Uip. Segundo o médico, Gianecchini está tranquilo, lendo livros no quarto e se alimentando bem.

Prima do ator, Patrícia Gomes Gianecchini, diz que a família está muito abalada, porém, otimista: “É um caso grave e estamos todos abalados. Já sabíamos do caso do tio, e agora essa. Mas tudo é possível, muitas pessoas se recuperam”.

Giane levou o pai à cirurgia espiritual

Uma relação entre pai e filho marcada pela cumplicidade, união e fé. Em março deste ano, o ator Reynaldo Gianecchini acompanhou o pai ao Instituto de Medicina do Além, localizado em Franca, no interior paulista. Lá, ele foi submetido a uma cirurgia espiritual com o médium João Berbel, que incorpora o espírito do Dr. Alonso, um médico que viveu na cidade no século passado e se tornou conhecido por ajudar somente os empobrecidos e esquecidos.

No Instituto, que funciona aos sábados e atende cerca de três mil pessoas por semana gratuitamente, o atendimento é composto por consulta e cirurgia espiritual. Na consulta, a pessoa recebe a “água com energia” — água normal, acrescida de fluidos curadores — que deve ser ingerida durante uma semana, de acordo com a recomendação do mentor espiritual. Na semana seguinte é realizada a cirurgia, através de médiuns incorporados. Recomenda-se três dias de repouso.

Como a cirurgia espiritual não é feita no corpo físico, mas sim no corpo espiritual, ela não deixa cortes. “A cura através da cirurgia espiritual depende da fé e do merecimento de cada ser. E a fé é o pensamento levado a Deus”, explica o médium Augusto César Silva.

Corrente de solidariedade

Os leitores de O DIA também se comoveram com a luta de Reynaldo Gianecchini contra o câncer. Mais de 200 mensagens foram postadas no DIA Online no primeiro dia em que foi publicada a notícia sobre a doença do ator. A maioria delas são de fé, força e esperança. Assim como Gianecchini, os leitores estão otimistas e acreditam que o ator é um batalhador e passará por esse tratamento com sucesso.

Formato: PDF
Tamanho: 25.42 MB

Veja | 10 de Agosto de 2011 Edição 2229 | COMPLETA



Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 12 de Agosto de 2011

Projeto do Turismo de interesse de Sarney levou R$ 3 milhões:
MACAPÁ (AP) - Um projeto do Ministério do Turismo que, segundo a Polícia Federal, seria de interesse do senador José Sarney (PMDB-AP) recebeu R$ 3 milhões do governo e nunca saiu do papel. No inquérito, o convênio é apelidado de "Amapá 2". A polícia trata o contrato, ainda em vigência, como "fraudes em andamento"."Em diversas interceptações telefônicas feitas com autorização judicial, é possível perceber a preocupação dos investigados com este convênio que chamam de Amapá 2", diz relatório da PF obtido pelo Estado. Trata-se, segundo o inquérito, do contrato firmado pelo Ministério do Turismo com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento de Infraestrutura Sustentável (Ibrasi), entidade de fachada que é pivô do esquema investigado. O convênio, no valor total de R$ 5 milhões, foi assinado para "Implantação de processos participativos para Fortalecimento da Cadeia Produtiva de Turismo do Estado do Amapá", mas nunca existiu de fato. A ONG tem sede em uma sala num pequeno centro comercial de Macapá.

Esse contrato foi assinado por Frederico Silva da Costa, atual secretário executivo do ministério, preso pela PF sob acusação de envolvimento no esquema. Segundo o inquérito, o Tribunal de Contas da União (TCU) também investiga esse contrato.

Na quinta-feira, 11, o Estado revelou uma gravação feita pela PF com autorização da Justiça em que o secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins, preso na terça-feira, manifesta preocupação com um eventual cancelamento do contrato que, segundo ele, seria de "interesse" de Sarney.

Na conversa com sua chefe de gabinete, Colbert diz que o projeto é ligado à deputada Fátima Pelaes (PMDB-AP). No diálogo, ocorrida na tarde de 28 de julho, Colbert afirma: "E tem que ver aquela obra lá do Amapá, aquela lá da Fátima Pelaes, daquela confusão do mundo todo que é interesse do Sarney. Tá certo? Que se cancelar aquilo, aquilo tá na bica de cancelamento, enfim, algumas que eu sei de cabeça, assim. Cancela aquela, pega Sarney pela proa, já vai ser mais confusão ainda, ok?".

Emendas. Fátima é autora das duas emendas para o Ibrasi, que, por indicação da deputada, assinou dois convênios com o Turismo. O primeiro, de R$ 4 milhões, deu origem ao inquérito que levou à Operação Voucher. O segundo, de R$ 5 milhões e apelidado de Amapá 2, foi incluído na investigação pelo Ministério Público Federal após se identificar que o projeto nunca existiu.

Ao analisar num relatório sigiloso o teor da conversa entre Colbert e a assessoria, a PF afirma: "Abadia, assessora de Colbert, fala sobre o cancelamento de convênios de 2007, 2008 e 2009 que ainda não iniciaram. Colbert afirma que precisa analisar os de 2009 para decidir quais serão realmente cancelados, citando alguns exemplos, entre eles o Amapá 2, dizendo que seria problemático cancelar, pois seria do interesse de Sarney". E continua: "Conclui-se, assim, que o período analisado ajudou a desvelar os motivos pelos quais os funcionários do Ministério do Turismo não acompanharam devidamente a execução do convênio sob investigação, deixando ocorrer várias irregularidades em sua execução."

Formato: PDF
Tamanho: 43.11 MB

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 11/08/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Hot Bike - Outubro 2011 PDF

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 11 de Agosto de 2011

Reynaldo Gianecchini começa quimioterapia na segunda-feira:
Rio - Comoção no meio artístico e entre os muitos fãs de um ator querido por todos: Reynaldo Gianecchini, 38 anos, foi diagnosticado ontem com o Linfoma Não-Hodgkin, um câncer no sistema linfático, rede de órgãos que auxilia na proteção do organismo, conforme informou ontem a coluna ‘Telenotícias’, de O DIA.
“Estou pronto para a luta e conto com o carinho e o amor de todos vocês”, declarou o ator, em comunicado oficial.
Gianecchini foi internado há 10 dias no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, com suposto sintoma de faringite crônica. Ele foi tratado com antibiótico, o que resultou em uma grave reação alérgica. Como os gânglios não diminuíam, os médicos começaram uma investigação e foi diagnosticado o câncer. Ele começará o tratamento de quimioterapia na segunda-feira.

A notícia pegou de surpresa amigos como a atriz Claudia Raia, que o visitou ontem no hospital, onde ele permanece ao lado da mãe, Dona Heloisa. A jornalista e ex-mulher, Marília Gabriela, também esteve presente e afirmou: “Ele está bem, mas acho indelicadeza falar, já que não sou médica”.

A escritora Glória Perez, que também superou um câncer, disse que o ator precisa manter a confiança. “A medicina faz a parte dela, mas importante é a maneira como a pessoa encara o problema. O meu conselho é que encare com coragem e determinação, porque vai vencer”, disse Glória.

O fotógrafo e maquiador Fernando Torquatto, um dos melhores amigos de Giane, declarou: “É triste, mas tenho certeza de que tudo vai dar certo. Ele é um cara batalhador e merece todas as energias positivas que puderem mandar”.

A atriz Vera Holtz, igualmente próxima, soube do diagnóstico pela reportagem de O DIA, e afirmou: “Temos excelentes médicos no Brasil e vivemos época de muito suporte no tratamento. A doença já não é tão assustadora e ele é forte”.

Os votos de força invadiram a Internet e o nome do ator esteve na lista mundial de tópicos mais comentados. A atriz Fernanda Paes Leme escreveu: “Gianecchini começa uma batalha. Boa Sorte”. O diretor Jorge Fernando acrescentou: “Muita força Gian”; e Samara Felippo desejou: “Energia positiva nesse momento difícil!”

Gianecchini estava em cartaz com a peça ‘Cruel’, em São Paulo, que foi suspensa. Ele está escalado para o ‘remake’ da novela ‘Guerra dos Sexos’, em 2012, na Globo, e o musical ‘Cabaré’, com Claudia Raia, com estreia em outubro.

Tratamento pode durar oito meses

O câncer linfático atinge o sistema de defesa do corpo. Conhecida também como Linfoma Não-Hodgkin, essa doença duplicou nos últimos 25 anos e o tipo mais comum é diagnosticado em pessoas acima de 55 anos. É agressivo, mas curável em mais de 90% dos casos quando detectado no início. O ator tem o mesmo tipo de câncer contraído pela presidenta Dilma Rousseff em 2009, que se curou.

Segundo Victor Araújo, diretor médico do Centro Oncológico de Niterói (CON), entre os sintomas está o aumento dos gânglios (que são lifonodos, encontrados principalmente no pescoço, virilha, axilas, pelve, abdome e tórax). “É difícil diagnosticar essa doença, mas o paciente pode apresentar febre alta e perda de peso”, explicou o médico.

O câncer é detectado através de biópsia. Durante o procedimento, remove-se uma pequena amostra de tecido para análise. O tratamento inclui sessões de quimioterapia, e, dependendo do tipo de linfoma, radioterapia e terapia-alvo (que ataca as células do tumor diretamente). Em geral, o tratamento dura de 3 a 8 meses. O paciente não precisa ficar internado durante esse período. “Ele faz a quimioterapia no hospital e é liberado no mesmo dia”, esclarece o especialista. Dependendo da reação ao tratamento, o paciente pode trabalhar normalmente.

Pelo fato de Reynaldo Gianecchini ter sido internado com sintomas de faringite, o problema pode ter chamado atenção para os gânglios aumentados do pescoço. “Por ser jovem, ele pode tolerar melhor o tratamento e facilitar a cura”, afirma o oncologista.

Formato: PDF
Tamanho: 25.86 MB

Jornal O Globo em PDF, Quinta, 11 de Agosto de 2011

* Primeiro Caderno. Tiros em ônibus eram da PM, que reconhece erro. Perícia reforça versão de passageiros, de que bandidos não reagiram.

* Segundo Caderno. Aderbal Freire-Filho dirige “Na selva das cidades”, de Brecht, que teve montagem lendária no Brasil em 1969.

* Esportes. No futebol, Brasil não é mais triplo A.

* Revista Boa Viagem. São Francisco, cidade da Califórnia que abraçou a causa ambiental, tem novas áreas revitalizadas.

Formato: PDF
Tamanho: 29.28 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 11 de Agosto de 2011

Gravação mostra nº 2 do Turismo ensinando a criar ONG de fachada:
MACAPÁ (AP) - Uma gravação telefônica da Operação Voucher obtida pelo Estado nesta quarta-feira mostra, segundo a Polícia Federal, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva Costa, orientando um empresário a montar uma entidade de fachada para fechar um convênio com o governo federal.
De acordo com o relatório da PF, Frederico ensina o empresário Fábio de Mello a montar um instituto. A conversa, de acordo com os documentos, ocorreu no dia 20 de julho deste ano. "O importante é a fachada e tem que ser uma coisa moderna que inspira confiança em relação ao tamanho das coisas que vocês estão fazendo", disse o secretário-executivo ao empresário, segundo a polícia.

"Pega um negócio ai pra chamar a atenção, assim, de porte, por três meses (...). Mas é pra ontem! Que se alguém aparecer para tirar uma foto lá nos próximos dois dias, as chances são altas", afirmou Frederico, segundo a investigação. "Pega um prédio moderno ai, meio andar, diz que tá com uma sede que está em construção, mas por enquanto", orientou o secretário.

Frederico e Fábio de Mello foram presos pela Operação Voucher na terça-feira. Mello aparece na investigação como dono da Sinc Recursos Humanos, uma das empresas de fachada que, segundo os autos, recebeu dinheiro do Ibrasi, ONG fantasma contratada pelo Turismo que gerou a operação da Polícia Federal.

Segundo relatório da PF, a conversa começou entre Fábio de Mello e Antônio dos Santos Júnior, assessor de Frederico Costa. É quando, relata a PF, o secretário-executivo pega o telefone e começa a orientar o empresário.

Formato: PDF
Tamanho: 45.56 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 11 de Agosto de 2011

Gravação mostra nº 2 do Turismo ensinando a criar ONG de fachada:
MACAPÁ (AP) - Uma gravação telefônica da Operação Voucher obtida pelo Estado nesta quarta-feira mostra, segundo a Polícia Federal, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Frederico Silva Costa, orientando um empresário a montar uma entidade de fachada para fechar um convênio com o governo federal.
De acordo com o relatório da PF, Frederico ensina o empresário Fábio de Mello a montar um instituto. A conversa, de acordo com os documentos, ocorreu no dia 20 de julho deste ano. "O importante é a fachada e tem que ser uma coisa moderna que inspira confiança em relação ao tamanho das coisas que vocês estão fazendo", disse o secretário-executivo ao empresário, segundo a polícia.

"Pega um negócio ai pra chamar a atenção, assim, de porte, por três meses (...). Mas é pra ontem! Que se alguém aparecer para tirar uma foto lá nos próximos dois dias, as chances são altas", afirmou Frederico, segundo a investigação. "Pega um prédio moderno ai, meio andar, diz que tá com uma sede que está em construção, mas por enquanto", orientou o secretário.

Frederico e Fábio de Mello foram presos pela Operação Voucher na terça-feira. Mello aparece na investigação como dono da Sinc Recursos Humanos, uma das empresas de fachada que, segundo os autos, recebeu dinheiro do Ibrasi, ONG fantasma contratada pelo Turismo que gerou a operação da Polícia Federal.

Segundo relatório da PF, a conversa começou entre Fábio de Mello e Antônio dos Santos Júnior, assessor de Frederico Costa. É quando, relata a PF, o secretário-executivo pega o telefone e começa a orientar o empresário.

Formato: PDF
Tamanho: 45.56 MB

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 10/08/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

Jornal O Globo em PDF, Quarta, 10 de Agosto de 2011

* Primeiro Caderno. Rio revive trauma do ônibus 174.
Dois homens armados com granadas fazem 20 reféns e deixam cinco feridos, na Presidente Vargas.

PF prende 35 no Turismo, e governo reclama de‘abuso’.
Novo escândalo atinge PMDB e petista ligado a Marta Suplicy.

Londrinos formam milícias para proteção. Comércio fecha cedo, e no 4º dia de revolta premier britânico põe 16 mil policiais nas ruas.

* Segundo Caderno. De Araújo Porto-Alegre a Cavalcante, três séculos de humor gráfico estão em festival no MNBA.

* Carro Etc. Um passeio ao volante da JAC J6. Recém-chegada ao Brasil, minivan chinesa tem sete lugares e muito espaço.

Formato: PDF
Tamanho: 21.12 MB

Scooters Fail Compilation

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 10 de Agosto de 2011

Bandidos ameaçaram detonar granada no ônibus: 'Vai explodir'
Rio - Três bandidos armados com pistolas e granada levaram pânico e terror a passageiros de ônibus da linha Praça Mauá—Duque de Caxias, da Viação Jurema, ontem à noite, no Centro. Durante a ação, que durou 1h20, eles ameaçaram detonar o explosivo no coletivo e matar todo mundo: “Vai explodir”, teriam gritado. Houve tiroteio. Segundo o comandante da PM, coronel Mário Sérgio Duarte, dois bandidos acabaram presos, 11 passageiros foram libertados no final da ação e outras cinco pessoas ficaram feridas. O terceiro criminoso, Jean Junior da Costa Oliveira, de 21 anos, fugiu pela Av. Brasil em direção à Favela do Mandela, em Manguinhos, após roubar um Zafira e fazer casal refém, mas acabou preso durante a madrugada. Os feridos foram identificados como Eliza Monica Pereira, 46 anos, levou tiro no abdômen (está em estado grave); Alcir Pereira, 46, carona num veículo que passava perto do ônibus (tiro no pescoço); Fabiana Gomes da Silva (tiro nas nádegas) e Josuel dos Santos Messias, 46 (tiro na perna). A quinta vítima, um PM, foi levada ao hospital da corporação. Ele estava de folga. Os outros feridos foram para o Souza Aguiar.

>> FOTOGALERIA: Imagens do terror na Presidente Vargas

A ação começou às 20h, quando o trio invadiu o coletivo e anunciou o assalto, na Av. Presidente Vargas, a poucos metros da Universidade Estácio de Sá. A polícia foi avisada e dois PMs em motos interceptaram o ônibus. O veículo ficou parado no local cerca de 40 minutos. Mega-aparato da polícia cercou o coletivo e fechou as pistas sentido Zona Norte por 35 minutos.

Momentos depois, o coletivo saiu do local, guiado por um passageiro, o analista de sistemas Helio Gomes, 30, que dirigiu por 500 metros. Viaturas de diversos batalhões seguiram o ônibus, que furou o cerco. O passageiro tentou cruzar o canteiro, mas bateu numa árvore. Houve troca de tiros. O Bope chegou para ajudar, mas novamente o ônibus furou cerco. Próximo à estação do metrô da Cidade Nova o veículo parou, com o pneu furado por disparos. Às 21h30, os bandidos se renderam.

Formato: PDF
Tamanho: 21.29 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 10 de Agosto de 2011

Provas contra secretários do Turismo são robustas, afirma PF:
BRASÍLIA - A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, 9, o número 2 do Ministério do Turismo, o secretário-executivo Frederico Silva da Costa, de um total de 38 pessoas acusadas de envolvimento numa quadrilha especializada em desvio de dinheiro público. Indicado pelo PMDB, Costa ocupa cargos de direção na Pasta desde o primeiro governo Luiz Inácio Lula da Silva. Entre os presos estão o ex-deputado Colbert Martins da Silva Filho, secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, também indicado do PMDB e o ex-presidente da Empresa Brasileira do Turismo (Embratur), Mário Moysés, petista ligado à senadora Marta Suplicy, que comandou a Pasta em 2007.

Os três tiveram prisão preventiva, com duração mais longa, de 30 dias prorrogáveis pelo tempo necessário à instrução do inquérito. "As provas contra eles são robustas", explicou o diretor executivo da PF, delegado Paulo de Tarso Teixeira. Eles ficarão à disposição da Justiça na carceragem da PF no Amapá, onde o inquérito corre em segredo de justiça. Embora eles sejam membros dos dois maiores partidos da base aliada - PMDB e PT, o delegado disse que a filiação de pessoas investigadas não interessa ao inquérito. "A PF é apartidária e investiga fatos, não pessoas ou suas ligações políticas", enfatizou.

Teixeira afirmou que a presidente Dilma Rousseff não foi informada previamente da operação e só ficou sabendo de que membros do seu governo seriam presos hoje de manhã, depois que os policiais já ocupavam os endereços dos alvos. "Não houve aviso prévio. Ela só soube hoje de manhã quando a operação estava na rua", garantiu o delegado. Ele explicou que a PF tem o dever de preservar o sigilo operacional e cometeria crime de prevaricação se vazasse informações para quem quer que seja, mesmo para a autoridade máxima do País.

Formato: PDF
Tamanho: 36.80 MB

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 09/08/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos

Via Knuttz/Ueba

PC Advisor - Outubro 2011


Sim... É uma mulher!!!!

Sete mudanças de hábito que contribuem para baixar o colesterol

Escolher peixe em vez de carne, por exemplo, pode mudar o rumo da doença

Embora a palavra colesterol tenha adquirido um sentido pejorativo, ele é um tipo de gordura indispensável para o funcionamento do nosso metabolismo e está presente em todas as células do corpo. O problema é que existem dois tipos de colesterol: o HDL, chamado comumente de bom colesterol, e o LDL, o colesterol ruim. Em excesso, este último pode gerar diversas complicações para a saúde cardiovascular, podendo até levar à morte. Para evitar esses problemas, o Minha Vida reuniu sete dicas de hábitos que ajudam a prevenir ou - para aqueles que já receberam o diagnóstico - controlar a doença. Confira:

Optar pelo azeite de oliva
Embora seja calórico, com recomendação diária máxima estipulada em duas colheres de sopa, o azeite de oliva não só ajuda a diminuir o mau colesterol (LDL) como ainda aumenta o bom colesterol (HDL), explica o cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, do Hospital do Coração (Hcor), de São Paulo. Isso ocorre graças aos antioxidantes, como as gorduras monoinsaturadas e a vitamina E presentes no alimento.

Mas, apesar de fornecer esses e outros benefícios, como a capacidade de controlar o diabetesdiabetes tipo 2, o azeite não deve ser a primeira opção na hora de preparar alimentos fritos. Neste caso, o mais recomendado é usar o óleo de soja, uma vez que ele mostra mais resistência à formação de compostos tóxicos quando aquecido.

Trocar a carne por peixe
Para alguns, a associação entre peixes e ácidos graxos ômega 3 é imediata. Mas será que você sabe por que eles são tão bem-vindos na dieta? Um dos motivos é o fato de eles serem uma gordura boa, do tipo insaturada, que reduz, portanto, os níveis de colesterol e triglicérides do sangue.

Além disso, como completa o cardiologista, eles ainda evitam a formação de coágulos que podem obstruir vasos, podendo causar um infarto. Ácidos graxos ômega 3 estão presentes em peixes, como salmão, truta e atum, e em outros alimentos, como linhaça, nozes, rúcula e milho.
Praticar exercícios
"Praticar exercícios físicos regularmente é uma maneira eficaz de aumentar a queima de gordura corporal, reduzindo o mau colesterol (LDL)", aponta Daniel Magnoni. Treinos frequentes também atuam na perda de peso e no controle do diabetes e da pressão alta, problemas que muitas vezes acompanham quem está com colesterol alto. Resumindo: você melhora a sua saúde e, de quebra, ainda entra em forma.
Consumir mais fibras
Fibras não podem ficar de fora do cardápio de quem tem colesterol. Primeiro porque elas diminuem a absorção de gorduras pelo organismo, reduzindo o nível de LDL. "O outro motivo é o fato de elas aumentarem a excreção de colesterol na forma de bile", esclarece o especialista.

Assim, prefira alimentos integrais e consuma frutas com a casca, sempre que possível. Outro conselho é preferir a fruta em seu estado natural, pois, quando aquecida, ela perde parte de suas fibras.

Largar o cigarro
Fumantes naturalmente têm mais chances de ter problemas cardiovasculares do que os não adeptos ao tabagismo. No caso de quem tem colesterol alto, entretanto, o cigarro ainda age acelerando o aparecimento da aterosclerose, acúmulo de substâncias gordurosas no interior das artérias. Ou seja, os riscos de entupimento de um vaso ficam ainda maiores, aumentando a probabilidade de má circulação e até de um infarto.
Adicionar aveia às refeições
Embora a ingestão de fibras, em geral, seja benéfica para combater e controlar o colesterol, a aveia desempenha um papel de destaque na luta contra essa doença. Isso porque ela promove a sensação de saciedade por mais tempo, melhora a circulação, controla a quantidade de açúcar do sangue e ainda diminui a absorção de gordura pelo corpo, explica o cardiologista.

Tudo isso ocorre graças a uma fibra chamada beta glucana, presente nesse alimento. Melhor ainda é saber que a aveia pode ser adicionada a diversas refeições que incluem frutas, massas e até saladas, realçando seu sabor.
Escolher alimentos à base de soja
Os alimentos à base de soja podem não ter o mesmo sabor da carne original ou do leite, mas a verdade é que, se bem preparados, eles podem ser tão gostosos quanto quaisquer outros. E mais: eles não só combatem o colesterol ruim como ainda aumentam o colesterol bom, conta Daniel Magnoni.

A soja também ajuda a controlar problemas hormonais em mulheres na menopausa e ainda criam uma barreira no organismo contra infecções. Use a criatividade e prepare refeições ricas nesse alimento.

Fonte: Minha Vida
Publicado em 8/8/2011 por Laura Tavares