sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Feliz Natal!!!!

Clique para ampliar

Neste Natal e em 2012 eu te desjo...

” Desejo, primeiro, que você ame e que, amando, também seja amado. E que, se não for, seja breve em esquecer. E que, esquecendo, não guarde mágoa. Desejo, pois, que não seja assim. Mas se assim for, saiba ser sem desesperar.

Desejo também que tenha amigos, que, mesmo maus e inconsequëntes, sejam corajosos e fiéis. E que, pelo menos, num deles você possa confiar sem duvidar. E, porque a vida é assim,...

... desejo ainda que você tenha inimigos. Nem muitos, nem poucos, mas na medida exata para que, algumas vezes, você se interpele a respeito de suas próprias certezas. E que, entre eles, haja, pelo menos, um que seja justo,para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo, depois, que você seja útil, mas não insubstituível. E que, nos maus momentos, quando não restar mais nada, essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo, ainda, que você seja tolerante, não com os que erram pouco, porque isso é fácil. Mas com os que erram muito e irremediavelmente, e que, fazendo bom uso dessa tolerância,você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem, não amadureça depressa demais; que, sendo maduro, não insista em rejuvenescer; e que, sendo velho, não se dedique ao desespero. Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo, por sinal, que você seja triste, não o ano todo, mas apenas um dia. Mas que, nesse dia, descubra que o riso diário é bom,o riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra,com o máximo de urgência, acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos, injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,alimente um cuco e ouça o joão-de-barro erguer, triunfante, o seu canto matinal. Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,por minúscula que seja,e acompanhe o seu crescimento, para que você saiba de quantas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,porque é preciso ser prático.E que, pelo menos, uma vez por ano,coloque um pouco dele na sua frente e diga : "Isso é meu",só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra, por ele e por você,mas que, se morrer, você possa chorar sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo, por fim, que você, sendo homem,tenha uma boa mulher.E que, sendo mulher,tenha um bom homem.E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes, E, quando estiverem exaustos e pouco sorridentes,ainda haja amor para recomeçar.

E, se tudo isso acontecer,não tenho mais nada a te desejar".

Victor Hugo

Best Win/Luck Compilation of 2011

Imagens da semana - 23/12/2011

Jornal O Globo em PDF, Sexta, 23 de Dezembro de 2011

Primeira Página
Movimento racha e greve de Natal fracassa em aeroportos
Esquenta a guerra entre juízes e CNJ
Argentina aumenta cerco à imprensa
Comissão aprova Orçamento/2012 sem reajustes

Editorial
Crescimento de favelas é retrocesso
Em questão de protecionismo, Brasil lidera

Opinião
O lobby do fechamento :: Rogério Furquim Werneck

Colunas
Panorama Político :: Ilimar Franco
Merval Pereira
Luiz Garcia
Ancelmo Gois
Panorama Econômico :: Regina Alvarez
Negócios & Cia :: Flávia Oliveira
Arthur Dapieve

O País
Servidores ficam sem reajustes
Pressionado e xingado por servidores, Chinaglia não cede e exclui reajustes
Congresso veta recursos para cinco obras
Aldo auditou convênios com ONGs, mas excluiu as do escândalo no Esporte
Empresa nega que faça extração ilegal no Pará
Corregedora: entidades de juízes mentiram
CNJ vai examinar rendimentos dos magistrados
Magistrados pedem investigação sobre Calmon
Campinas: quarta troca de prefeito em quatro meses
'Pessoas não podem ser prejulgadas'
A história por trás da foto de Dilma
'Vou fazer de tudo contra a limpeza humana nas cidades'
Haddad e Bruno Covas vaiados em reduto do PT

Economia
A greve que não decolou
Banco Central reduz compulsório e libera R$29 bi no sistema financeiro
Bolsa sobe 1,23%, aos 57 mil pontos
CVM vai regular agências de 'rating'
BC vê 54% de chance de inflação furar a meta, mas..
... para Mantega, arredondamento dará uma ajudinha
Polícia Civil instaura inquérito sobre contaminação na Reduc
Etanol: produtor dos EUA espera fim de subsídio
Emprego temporário salva números do IBGE
Diferenças explicam sinais contrários
Congresso amplia poder econômico de Cristina Kirchner

O Mundo
Cristina com o papel nas mãos
A ameaça é contra toda a mídia
Ditador com passaporte brasileiro

Formato: Rar | PDF
Tamanho: 15.54 MB

Amateur Photographer - 07 Janeiro 2012

Irresistible Moto #1 - Dezembro 2011

Jornal O Dia em PDF, Sexta, 23 de Dezembro de 2011

Força total contra álcool na direção neste fim de ano
Efetivo será 66,6% maior no Natal e na virada, com ações até de manhã. Em 2012, blitzes da Lei Seca serão móveis - Rio - O brinde de Natal e ao ano que chega terá que ser moderado para quem pretende se deslocar de carro neste e no próximo fim de semana. A Operação Lei Seca promete força total, com efetivo 66,6% maior: serão 200 agentes espalhados por sete blitzes em diferentes pontos do estado do Rio. Na madrugada da virada do ano, as ações devem ser estendidas até de manhã. Marca da Lei Seca, um balão de verdade, de ar quente, será montado na Praia de Copacabana de segunda-feira até 1º de janeiro.

No ano que vem, as blitzes da Lei Seca serão móveis. Elas vão mudar de lugar dentro do mesmo bairro, conforme o fluxo de veículos, para evitar que motoristas que ‘pisaram fundo’ na bebida tentem fugir por outra rota. Segundo ele, em 2011 a Lei Seca chegou a 14 municípios do interior, além da capital — Cabo Frio, Cambuci, Itaperuna, Campos, Macaé, Petrópolis, Teresópolis, Duas Barras, Resende, Cordeiro, Paty do Alferes, Rio Bonito, Maricá e Itaguaí. A previsão para ano que vem é dobrar o número. “Tiramos este ano 25 mil motoristas embriagados das ruas. Nosso objetivo é cada vez ser mais eficaz e conscientizar os motoristas. Não somos contra a bebida, mas contra a mistura com a direção”, disse Andrade.

No balanço de fim de ano, o major também destacou o trabalho de conscientização: “Este ano, os cadeirantes também começaram a fazer palestras em faculdades e empresas. A Operação Lei Seca cresceu em 2011 e estamos com grande expectativa para o Ano Novo”.

Mais de meio milhão de testes de bafômetro realizados em três anos

Desde o início da operação, em março de 2009, mais de meio milhão de motoristas fizeram teste do bafômetro, ou seja, quase 20 mil por mês: 5.173 deles sofreram sanções administrativas e 1.885 respondem criminalmente.

Ao todo, 115.971 condutores foram multados e 28.945 veículos foram rebocados. Até o momento, 51 mil motoristas tiveram a carteira apreendida.

Comitivas de 11 estados brasileiros vieram até o Rio conhecer a Operação Lei Seca, orgulha-se o coordenador. “Damos palestras, informações sobre o trabalho e depois os levamos para ver uma blitz”, explicou o major Andrade.

Balão de R$ 450 mil para passeio vertical de 5 minutos

O balão que é marca registrada da Lei Seca promete virar point na Praia de Copacabana semana que vem. De segunda até 1º de janeiro, um balão de ar quente com a logomarca da operação estará montado na Av. Atlântica na altura da Av. Princesa Isabel e aberto a ‘visitação’.

O passeio vertical, a até 40 metros de altura, será de graça para o público por ordem de chegada, mas para os cofres do estado está custando R$ 450 mil, entre gastos com equipamentos, divulgação e pessoal capacitado para guiar os visitantes. A expectativa é de que 300 pessoas andem no balão por dia. Com capacidade para até quatro pessoas, ele vai funcionar das 18h à meia-noite. Na virada, ele para às 23h30 para os fogos e volta a funcionar de 0h30 a 3h.

Presos por cordas, o veículo chegará a 40m, o equivalente a um prédio de 12 andares. Para embarcar no passeio de 5 minutos, é preciso mostrar identidade e ser maior de 5 anos. Menores de idade também só podem ir com responsáveis. Quem estiver visivelmente embriagado não entra.

Fila de 50 em 50 pessoas na orla e distribuição de camisetas

Segundo o governo do estado, o balão faz parte de campanha de conscientização de motoristas. “O balão se tornou símbolo da campanha. Queremos que a população voe, aproveite o belo cenário e também lembre de colaborar com a operação”, explicou o major.

‘Passageiros’ farão fila, de 50 em 50 pessoas, e serão identificados com fitas coloridas. Cada dia será uma cor. Todos passarão por detectores de metais. Quem participar vai ganhar uma camiseta. Também serão expostas placas com a mensagem ‘Colabore’ em toda a orla de Copacabana, Ipanema e Leblon e postes de luz serão decorados com balões da operação. Cadeirantes vão distribuir panfletos educativos nas praias do Rio e na Lagoa Rodrigo de Freitas.

Formato: PDF
Tamanho: 19.77 MB

N-Photo - Janeiro 2012

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 23 de Dezembro de 2011

Corregedora de Justiça diz que juízes omitem dados sobre renda

Eliana Calmon afirma que quase metade dos magistrados paulistas ignora lei que obriga a exibir declaração; para ela, corporativismo no Judiciário é ‘ovo da serpente’

Atacada por associações de juízes e, nos bastidores, até por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), a corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon, afirmou ontem que quase metade dos magistrados paulistas descumpre a lei que obriga servidores públicos a apresentar declaração de renda. Segundo ela, por trás da crise no Judiciário está um movimento corporativista para enfraquecer o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). "Esse é o ovo da serpente", disse Eliana, que deflagrou a crise em setembro ao dizer que havia "bandidos de toga" na magistratura. A corregedora negou que tenha havido quebra de sigilo fiscal ou bancário ou vazamento de informações sigilosas dos investigados, como sugeriu o presidente do STF, Cezar Peluso. Ela negou também que Peluso e o ministro Ricardo Lewandowski - que deu liminar suspendendo o trabalho da corregedoria - estejam sendo investigados. (Págs. 1, A4 e Nacional)

Magistrados pedem ação contra Eliana

Logo após as declarações de Eliana Calmon , associações representativas de juízes decidiram pedir que o Conselho Nacional de Justiça investigue a corregedora por suspeita de quebra de sigilo de magistrados investigados. Para Eliana, essas associações são "maledicentes e mentirosas”. (Págs. 1, A5 e Nacional)

Desemprego cai para 5,2%, menor índice desde 2002

O “boom” na contratação de temporários fez o desemprego no País cair de 5,8% em outubro para 5,2% em novembro, o menor da Pesquisa Mensal de Emprego, iniciada em 2002 e que inclui emprego informal. Os ganhos do trabalhador seguem em nível elevado e podem pressionar a inflação (Págs. 1, B5 e Economia)

Celso Ming

O País vive situação de pleno emprego, que reflete também forte escassez de mão de obra qualificada em vários setores. (Págs. 1, B2 e Economia)

Rodovias de SP suspendem obras para evitar lentidão. Melhor horário para viajar é depois das 22 horas (Págs. 1, C4 e Cidades)

USP vai dar mil bolsas de graduação no exterior (Págs. 1, A13 e Vida)

289 creches conveniadas da capital têm problemas (Págs. 1, A11 e Vida)

Fernando Gabeira: A China é vizinha

O Brasil pode ganhar muito ao abrir os olhos para a China. Desde que se compreendam as diferenças e haja um generoso diálogo intercultural. (Págs. 1, A2 e Espaço Aberto)

Notas & Informações: A crise da Justiça se agrava

Ao esvaziar o CNJ e suspender investigações, ministros do STF agravaram a crise do Judiciário. (Págs. 1 e A3)


Formato: PDF
Tamanho: 27.15 MB

Veja | 21 de Dezembro de 2011 Edição 2248

Sexy | Rosana Ferreira | Janeiro 2012 Completa

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 22/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 22 de Dezembro de 2011

Livre, Beltrami diz ser vítima de injustiça e perde quartel
Coronel reafirma inocência, mas deixa o comando do 7º BPM (São Gonçalo)
Rio - De posse da decisão judicial que o libertou, após 44 horas preso no Quartel General (QG) da PM, o coronel Djalma Beltrami se sente injustiçado. Ele se defendeu das acusações de receber propina de traficantes de São Gonçalo e cobrou da Polícia Civil provas de seu envolvimento. “Duvido que haja provas contra mim”, provocou. Ontem à noite, Beltrami foi afastado do comando do 7º BPM (São Gonçalo). A decisão deve sair no boletim interno de hoje da corporação. O oficial vai ser transferido para a Diretoria Geral de Pessoal, espécie de ‘geladeira’’.

“Não posso falar ou achar algo sobre o que outras pessoas fazem. Dou conta dos meus atos e nunca cometi crime. Além disso, sempre trabalhei integrado com a Polícia Civil e duvido que tenham provas contra mim”, afirmou o coronel. A Corregedoria da PM enviou ofício à Polícia Civil solicitando as escutas da investigação. O relatório da Delegacia de Homicídios de Niterói que resultou na prisão foi tratado com ironia pelo desembargador Paulo Rangel, que deu habeas corpus a Beltrami terça-feira à noite. “Investigação policial não é brinquedo de polícia”, criticou o magistrado. Na decisão, Rangel ainda sugere que o nome do coronel seja retirado da investigação.

Beltrami contou como foram os momentos que passou detido: “A gente se sente impotente e injustiçado. Tenho 27 anos de polícia, nunca recebi propina. Meus bens são todos comprovados”.

>> FOTOGALERIA: Veja imagens da Operação Dezembro Negro

Ao sair do QG, às 4h de ontem, seguiu direto para casa e foi recebido pela esposa e amigos: “Dei um abraço e um beijo na minha mulher e infelizmente não pude abraçar meu filho, que está fora do Rio”.

Nas gravações divulgadas pela Polícia Civil, há conversas entre traficantes e policiais do 7º BPM tratando de propina para evitar operações no Morro da Coruja. A voz de Beltrami não aparece nem seu nome é citado. Policiais e traficantes se referem nos diálogos ao ‘zero um’. Para a Homicídios, o ‘zero um’ seria Beltrami.

“Dediquei-me ao máximo para vencer o desafio de comandar o 7º BPM. Fizemos operações em todas as comunidades”, justificou ele, que recebeu 60 PMs de outras unidades. O subcomandante Gilberto Tenrreiro está à frente do quartel.

Sentença detona Polícia Civil

Na decisão do habeas corpus que beneficiou Beltrami, o desembargador Paulo Rangel critica duramente a Polícia Civil. Para o magistrado, ‘estão brincando de investigar’. Ele vai além: ‘A autoridade policial não cumpriu a lei’, argumenta. Sobre o coronel, ele diz que ‘não há nada contra ele’; sobre o delegado Alex Luxardo, que conduziu a investigação, Rangel comenta que ‘a Polícia Civil tem delegados inexperientes’.

Testemunhas dizem que traficante foi executado

A Delegacia de Homicídios investiga se Rafael Rosa Guimarães, o Chacal, foi executado por policiais do 7º BPM. A operação no Moro da Coruja, em São Gonçalo, realizada na sexta-feira, foi autorizada pelo coronel Djalma Beltrami. Chacal era peça importante na investigação sobre o envolvimento de agentes da PM com o tráfico de drogas.

As pessoas ouvidas até agora relatam que o traficante foi pego pelos policiais em casa e foi executado. Ele levou dois tiros nas pernas e um no peito. Os PMs alegam que houve troca de tiros. Para os investigadores, chamou a atenção que um dos PMs só mencionou os tiros nas pernas. Eles apuram se houve montagem na história para encobrir o assassinato de Chacal, o homem que levaria propina do tráfico para os agentes do 7º BPM.

Ontem, nem o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, nem a chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, comentaram o caso. O delegado que conduz o inquérito, Alan Luxardo, e os promotores do caso não foram encontrados.

Formato: PDF
Tamanho: 37.71 MB

ELLE Decor - January/February 2012

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 22 de Dezembro de 2011

Presidente do STF sugere que CNJ faz investigação ilegal

Apuração sobre verbas irregulares no TJ-SP inclui dados de ministros do Supremo

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Cezar Peluso, sugeriu ontem que a corregedoria do Conselho Nacional de Justiça – foco de crescente crise com o STF – estava investigando ministros da Corte de maneira ilegal. A corregedoria apurava suspeita de pagamentos irregulares pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a desembargadores, mas liminar do ministro Ricardo Lewandowski sustou o trabalho. Tanto Peluso quanto Lewandowski receberam verbas extras no TJ. Ontem, uma semana depois que Peluso viabilizou a posse do peemedebista Jader Barbalho no Senado, o PMDB barrou emenda que reforçaria a competência do CNJ para julgar magistrados. (Págs. 1, A4 e Nacional)

No Brasil, 6% vivem em favelas

Dados do IBGE com base no Censo 2010 mostram que 11,42 milhões de brasileiros, ou 6% da população, moram em favelas, palafitas ou assentamentos irregulares. O número é quase o dobro do verificado há 20 anos, mas o IBGE diz ter alterado seu método, aprimorando a identificação de favelas. Proporcionalmente, a cidade de Belém mostra a maior favelização do País, com 52,9% da população. Na Baixada Santista, o índice chega a 17,9%, o triplo da média do Estado de São Paulo e número que já supera o da região metropolitana do Rio (14,4%). (Págs. 1, C1, C3, C4 e Cidades)

MEC cancela questões de mais alunos do Enem

Pressionado após a com firmação da Polícia Federal de que o vazamento do Enem foi maior que o admitido, como revelou o Estado, o MEC cancelou as questões de mais alunos em Fortaleza, foco do problema, e antecipou a divulgação das notas de todos os alunos do País. O ministro Fernando Haddad, pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, negou ter ignorado as informações da PF. (Págs. 1, A16 e Vida)

BC Europeu empresta 489 bilhões a 523 bancos

O Banco Central Europeu emprestou ontem a 523 bancos da zona do euro cerca de 489 bilhões de euros, com prazo de reembolso de três anos e juro subsidiado de 1% ao ano. O montante foi superior ao projetado por analistas e gerou certo otimismo. No entanto, investidores advertiram que os recursos podem não ser usados para refinanciar os Estados, e sim para reduzir o prejuízo nos balanços dos bancos. (Págs. 1, B1, B3 e Economia)

Prévia mais alta em seis anos aponta inflação acima do teto

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15, prévia da inflação oficial medida pelo IPCA, terminou 2011 com alta de 6,56%. O resultado, acima do teto da meta inflacionária para este ano (6,5%), é o mais elevado em seis anos, e superior ao de 2010 (5,79%). Em dezembro, a taxa acelerou para 0,56% ante 0,46% em novembro, a mais forte em sete meses, pressionada por alimentos mais caros. A carne subiu 4,36%. (Págs. 1, B4 e Economia)

Fuso horário: Acre não acerta os ponteiros

O presidente em exercício Michel Temer vetou um projeto de lei, aprovado no Congresso e referendado em consulta popular no ano passado, que restabelecia o antigo fuso horário do Acre. Pelo projeto, o Acre teria não mais uma hora a menos em relação a Brasília, mas duas horas – ou três, no horário de verão. Temer disse que o texto “contraria o interesse público”. (Págs. 1, C7 e Cidades)

Esportes: Em 2013, SP será a capital dos estádios de futebol

Quando estiverem prontos, Itaquerão, Arena Palestra e Morumbi vão fazer de São Paulo uma das poucas cidades do mundo a abrigar três estádios de alto padrão. As arenas corintiana e palmeirense já saíram do papel e os trabalhos no Morumbi devem começar no primeiro trimestre. Juntas, as obras movimentarão R$ 2 bilhões. (Págs. 1 e E1)

BC prevê alta ‘cautelosa’ do crédito em 2012. (Págs. 1, B5 e Economia)

Prefeitura aumenta IPTU em SP em 6,45%. (Págs. 1, C5 e Cidades)

Exportador de lixo hospitalar é cearense. (Págs. 1, A18 e Vida)

José Serra: O governo que não começou

Ao término do primeiro ano de mandato, pode-se dizer que o governo Dilma não começou. Não se sabe ainda a que veio nem quais os seus rumos. (Págs. 1, A2 e Espaço Aberto)

Notas & Informações: Melhor para a Justiça

Podem não ter fundamento, afinal, as previsões de que o mensalão só será julgado em 2013. (Págs. 1 e A3)

Formato: Rar | PDF
Tamanho: 28.79 MB

O ano de 2011 em fotos - Parte 02

The best of 2011 - Monster truck

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 21/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

O melhor do Rally | 2011

Show de luzes

2011 Extreme Sport FAILS

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 21 de Dezembro de 2011

Advogado de contraventor vai responder por fraude
Rio - Um dos advogados do contraventor Helinho da Grande Rio, Gaspar Pegado Batista Júnior, foi conduzido para a Corregedoria da Polícia Civil, onde depôs. Ele vai responder ao processo em liberdade por fraude processual, após pagamento de fiança. A polícia afirma que ele destruiu documentos que comprovam a ligação de seu cliente com a contravenção.
Na noite de segunda, policiais saíram da propriedade de Oliveira, mas estacionaram as viaturas de modo a impedir a saída de qualquer pessoa da casa. “Ouvimos barulho de móveis sendo arrastados de madrugada e percebemos que a movimentação foi intensa na casa”, disse o delegado Lessa, que depois concluiu: “Em determinado momento, o advogado saiu da mansão sem o paletó e com a roupa ensopada de suor. Isso indica que ele fez esforço ao tentar esconder o dinheiro”.
Uma fortuna de cerca de R$ 3,9 milhões foi encontrada e apreendida pela Polícia Civil, ontem, numa mansão que está em nome do tio de Hélio Ribeiro de Oliveira, o Helinho da Grande Rio, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O dinheiro que seria oriundo da contravenção estava escondido em paredes e portas falsas, vasos sanitários, atrás da geladeira, forros do telhado, em luminárias, ralos e até na rede de esgoto da casa.
A ação no imóvel foi um desdobramento da Operação Dedo de Deus, deflagrada na semana passada. O objetivo da Polícia Civil é atacar o jogo do bicho no estado do Rio. Uma réplica de fuzil AK-47 foi encontrada em um dos escritórios da casa, que, de acordo com a polícia, tem ‘dezenas de cômodos’. O bicheiro, foragido, preside a escola de samba Grande Rio, de Duque de Caxias, na Baixada. Também foram levados pelos policiais computadores e escrituras de imóveis, assim como anotações do jogo do bicho e planilhas. Uma dessas, de dez páginas, mostra que, só em setembro, R$ 3 milhões foram movimentados pela contravenção em Caxias.

Segundo o delegado Glaudiston Galeano Lessa, na tarde de segunda-feira, a Corregedoria Interna da Polícia Civil recebeu a informação, via Disque-Denúncia, de que Helinho estava escondido em ‘casa repleta de paredes falsas’. Quinze agentes foram para o local, mas, como estavam sem mandado de busca e apreensão, não puderam entrar. O documento foi obtido no plantão judiciário, e a polícia só entrou no imóvel às 6h de ontem.

Portão arrombado em Caxias

No dia 15, policiais apreenderam documentos na mansão de Helinho em Duque de Caxias. Ele era um dos alvos da operação realizada por agentes da Polícia Civil. Os policiais arrombaram o portão principal que dá acesso ao terreno da mansão e vasculharam o local, incluindo caçambas de lixo para ver se algo havia sido jogado fora rapidamente. Três veículos que estavam na garagem — um Corola preto, um Cross Fox e um Fusca — foram vistoriados.

Formato: PDF
Tamanho: 18.75 MB


Jornal O Globo 21/12/2011

DREAMER||DUBSTEP

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 21 de Dezembro de 2011

Nova suspeita sobre Enem foi ignorada por Haddad

Pré-candidato à Prefeitura desconsiderou informação da PF que indicava abrangência maior do vazamento da prova

O ministro da Educação e pré-candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, ignorou informação da Polícia Federal de que o vazamento das questões do Enem 2011 foi maior do que o admitido. Mesmo avisado de que a fraude não se restringira a 639 alunos do colégio Christus, de Fortaleza, Haddad manteve a anulação apenas para esse grupo. Para calibrar o grau de dificuldade das questões do Enem, é aplicado um pré-teste. Em 2010, ele foi feito em 16 colégios, entre eles o Christus. O MEC afirmou ao Estado estar seguro de que o vazamento de questões desse pré-teste não se repetiu nas demais escolas. O caso volta a assombrar Haddad, a poucas semanas de ele deixar o cargo para se dedicar à campanha. (Págs. 1 e Vida A18)

MEC pode anular mais provas Ministério disse estar “ciente” da suspeita levantada pela PF. (Págs. 1 e Vida A18)

Mulheres egípcias desafiam repressão

No Cairo, manifestante carrega foto que mostra uma mulher sendo espancada por policiais durante protesto, episódio que deflagrou uma onda de indignação no Egito, levou milhares de mulheres às ruas ontem e serviu para ampliar a insatisfação com o governo militar. (Págs. 1 e Internacional A16)

Polícia militar Argentina invade TV do Grupo Clarín

Ao menos 50 policiais ocuparam ontem, por três horas, a sede da operadora de TV a cabo e internet Cablevisión, em Buenos Aires. A intervenção na subsidiária do Grupo Clarín, crítico da presidente Cristina Kirchner, foi autorizada pela Justiça após denúncia de concorrência desleal apresentada por empresários aliados do governo. A intervenção provocou protestos. (Págs. 1 e Internacional A12)

Relatório do mensalão é divulgado após cobrança

O ministro Joaquim Barbosa, do STF, divulgou o relatório do processo do mensalão. No resumo são transcritas partes da denúncia do Ministério Público, segundo a qual os réus do núcleo central do esquema (José Dirceu, José Genoino e Delúbio Soares) teriam organizado a compra de apoio político. O presidente do STF, Cezar Peluso, havia pedido acesso ao conteúdo da ação. (Págs. 1 e Nacional A4)

Governo já admite PIB de 3,5% em 2012

A meta de crescimento de 5% para a economia no ano que vem, defendida pela presidente Dilma Rousseff, pode ficar apenas no discurso. Já há previsões de integrantes da área econômica do próprio governo, não divulgadas publicamente, que indicam uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em torno de 3,5%. A determinação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, no entanto, é manter o otimismo. (Págs. 1 e Economia B1)

Cumbica duplica setor de embarque internacional. (Págs. 1 e Cidades C1)

Câmara reage a exigência da Fifa e adia Lei da Copa. (Págs. 1 e Esportes E3)

Tutty Vasques

Dor caricatural

Cá pra nós, tem alguma coisa terrivelmente verdadeira no sofrimento coletivo na Coréia do Norte com a morte de Kim Jong-il. Ou não! (Págs. 1 e Cidades C6)

Notas & Informações

Retrocesso institucional

Ao privar o CNJ do poder de investigar juizes, o STF promoveu um retrocesso institucional. (Págs. 1 e A3)

Formato: MP3
Tamanho: 29,61 MB


Jornal O Globo 21/12/2011

Brincando com a morte....

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 20/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

O Ano em Atividade vulcânica

Jornal O Dia em PDF, Terça, 20 de Dezembro de 2011

Olha só quem apitava as Finais do campeonato carioca e brasileiro
Ex-comandante do 7º BPM marcado por arbitragens polêmicas no Brasil
Árbitro por mais de duas décadas, Beltrami se aposentou em janeiro
POR FERNANDA ALVES

Rio - Além de comandar o 7° BPM, Djalma Beltrami também fez carreira nos campos de futebol. O PM foi árbitro de futebol durante 22 anos e encerrou sua carreira no início do ano, quando completou 45 anos. Beltrami, que foi escolhido melhor árbitro do Rio em 2005 e 2006, também ficou famoso por partidas polêmicas. Ele apitou o jogo entre Flamengo e Botafogo na decisão do Estadual de 2007. No fim da partida, que terminou empatada em 2 a 2, o atacante Dodô, do Alvinegro, foi expulso após impedimento mal assinalado. O Flamengo ganhou na disputa de pênaltis.

Djalma Beltrami também foi o árbitro da ‘Batalha dos Aflitos’, jogo decisivo entre Grêmio e Náutico na Série B, em 2005. Ele expulsou quatro jogadores do time gaúcho e marcou dois pênaltis para a equipe pernambucana, mas o placar terminou 1 a 0 para os gremistas. Ele também recomeçou um jogo em 2009, após perceber que tinha encerrado a partida entre Santos x Atlético-MG antes do fim dos acréscimos. Aos 50 minutos, anulou um gol do Santos, que perdeu por 3 a 2.

Em 2007, no jogo entre Goiás e Internacional, que interferiu diretamente no rebaixamento do Corinthians, ele mandou repetir duas vezes a cobrança de pênalti do time goiano.

O presidente da Comissão de Arbitragem da Federação do Rio, Jorge Rabelo, destacou a atuação de Beltrami nos campos: “Sempre foi um ótimo árbitro”.

Mar de lama volta a inundar quartel de São Gonçalo

Onze policiais militares — entre eles o comandante do 7º BPM (São Gonçalo), tenente-coronel Djalma Beltrami — e sete traficantes foram presos ontem, em operação da Delegacia de Homicídios de Niterói. Segundo o delegado Alan Luxardo, escutas telefônicas autorizadas pela Justiça revelam esquema de pagamento de propina pelo tráfico do Morro da Coruja, em São Gonçalo, para que os agentes não combatessem o crime. Investigação aponta que os PMs recebiam pagamentos de R$ 160 mil mensais. Foram expedidos 24 mandados de prisão temporária (30 dias), sendo 13 para PMs, por tráfico, associação e corrupção.

Beltrami foi preso às 8h30, quando chegou à unidade que comandava há três meses. Ele negou as acusações, disse que fez operações contra o tráfico e que complementava sua renda como árbitro de futebol, tarefa que desempenha há 22 anos. A PM vai pedir esclarecimentos sobre as circunstâncias e a motivação da prisão do coronel, que foi para o Batalhão de Choque. O advogado dele vai pedir a revogação da prisão. Os outros PMs foram para a Unidade Prisional, em Benfica.

Grampos mostram que os PMs do Grupamento de Ações Táticas (GAT) do 7º BPM negociavam propinas com o chefão do pó na Coruja, Maicon dos Santos, o Gaguinho. Num trecho, em 11 de setembro, a conversa foi sobre pagamento de R$ 10 mil por semana, que supostamente seriam para o comandante. Cada patrulha do GAT receberia R$ 5 mil. Nos grampos não há conversas do coronel Beltrami. “Temos provas que o esquema funcionava depois da posse do comandante. Temos material bastante contundente sobre o esquema”, afirmou Alan Luxardo.

Depois do telefonema, os PMs se encontraram com suposto advogado de Gaguinho. Câmeras de posto de gasolina e o GPS das viaturas confirmaram a passagem pelo local. Os PMs do GAT foram transferidos para outros quartéis em 20 de setembro, a pedido de Beltrami. Gaguinho escapou.
Escutas mostram suposto policial pedindo R$ 10 mil em nome do ‘comando’ pela retirada do policiamento.

Escutas - Áudio


Policial: “Vai ter que aumentar o negócio porque tem gente mais alta chegando. Vai ser tudo com o ‘zero um’.
Traficante: “Quero perder pra vocês e pro cara que assumiu agora, tenho condições de dar 10 (mil reais) pra ele por semana.”
Policial: “Tem que ser pra cada ‘gêmea’ (patrulha), por final de semana.”
Traficante: “(...) Tem como aumentar o de vocês mil (reais) e dar dez (mil reais) por semana para o comandante, arregar ele também”.
Policial: “A ideia era a gente conseguir tirar aquela porrada de viatura, comboio, Golzinho, tudo isso”.

PM pede dinheiro para ‘devolver’ traficante baleado.

Policial: “Manda logo o negócio, senão vou finalizar (matar). Perde três caixas (mil reais) aí. Já perde pelo final de semana e pelo garoto”.
Traficante: Nós ‘trabalha’ por barca (patrulha) e são muitas barcas. Também arrego o ‘número 1’. Vou mandar lá e ninguém vai roer”.
Policial: Duvido. Manda 1 caixa e meia (R$ 1,5 mil) por esse garoto aqui, que ele tá ‘vazando óleo’ (sangrando)”.

Bando do Alemão na Região dos Lagos

As investigações da DH, com apoio do Grupo de Ação Especial de Combate ao Crime Organizado do MP, começaram há 7 meses para desvendar mortes ligados ao tráfico da Região dos Lagos, São Gonçalo e Niterói. A polícia investiga o possível envolvimento de traficantes da Coruja em esquema de lavagem de dinheiro.

Cem agentes participaram da operação Dezembro Negro, que ainda apreendeu dois menores, dois computadores, cinco quilos de maconha e um revólver. Traficantes que fugiram doComplexo do Alemão após a ocupação dos morros, ano passado, participaram de várias mortes. Com o monitoramento dos bandidos, os investigadores chegaram aos PMs. Dois estão foragidos.

A Polícia Civil apura ainda a morte do gerente do tráfico da Coruja, Rafael Rosa Guimarães, o Chacal, sexta-feira em troca de tiros com policiais do 7º BPM. Um dos mandados de prisão era contra ele. Em nota, a PM afirma que, sexta-feira, ‘cinco homens foram presos e registrou-se um auto de resistência contra indivíduo não identificado formalmente, conhecido como Mexicano'.

Formato: PDF
Tamanho: 19,07 MB


Jornal O Globo 20/12/2011

Vencedores do Concurso National Geographic 2011

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 20 de Dezembro de 2011

Liminar do STF esvazia poder do CNJ para investigar juízes

Decisão provisória submete a ação do órgão nacional às decisões de corregedorias estaduais

Uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello, às vésperas do recesso do Judiciário, esvaziou os poderes de investigação e de correição do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Pela decisão, a Corregedoria Nacional de Justiça não pode instaurar investigação contra magistrados suspeitos por conta própria e deve esperar o pronunciamento das corregedorias estaduais. Além disso, o CNJ está ameaçado por um novo processo da Associação dos Magistrados Brasileiros, que conseguiu a liminar limitando os poderes do órgão. A AMB quer impedir a devassa que está sendo feita na folha de pagamentos do Tribunal de Justiça de São Paulo. (Págs. 1 e Nacional A4)

Orçamento não prevê reajustes

Apesar das pressões por aumento de gastos em ano eleitoral, o relatório final do Orçamento 2012 não prevê reajuste para os servidores públicos. Os funcionários do Judiciário, por exemplo, reivindicam um aumento médio de 56%, o que custaria R$ 7,7 bilhões no ano que vem. (Págs. 1 e Nacional A5)

Após Corinthians, Kassab acena a outros clubes

Para compensar os benefícios concedidos ao Corinthians na construção do Itaquerão, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) quer ajudar também o São Paulo, o Palmeiras e a Portuguesa. “Entendo esse apoio como um compromisso nosso com a sociedade. É uma demanda que noto nas ruas”, disse Kassab. Em entrevista ao Estado, o prefeito disse ainda que “é praticamente impossível” cumprir todas as metas de sua gestão até o final do mandato. (Págs. 1 e Cidades C1)

Prefeito já busca nova opção eleitoral

Ainda sem acordo com o PSDB, Gilberto Kassab quer que Henrique Meirelles seja candidato do PSD à Prefeitura. O plano B é seu secretário da Educação, Alexandre Schnelder. (Págs. 1 e Nacional A6)

Aeroviários dizem que vão iniciar greve no dia 22

Trabalhadores do setor aéreo notificaram o Tribunal Superior do Trabalho que vão entrar em greve a partir das 23h do dia 22 de dezembro, mantendo apenas 20% da operação durante os feriados de final de ano. A decisão foi tomada depois do fracasso das negociações com representantes das empresas – a diferença entre as propostas foi de 0,83 ponto porcentual. (Págs. 1 e Economia B1)

Juiz condena 3 padres de Alagoas por pedofilia (Págs. 1 e Vida A16)

Luiz Zanin

Faltou Almir Pernambuquinho

Para dificultar um pouco as coisas para o Barcelona faltou talvez ao Santos um jogador desses que não aceitam a derrota de jeito nenhum. (Págs. 1 e Esportes E4)

Notas & Informações

O comércio e a lei da selva

A fase da abertura comercial está encerrada e o vírus do protecionismo tende a se espalhar. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 31,68 MB


Jornal O Globo 20/12/2011

O ano de 2011 em fotos - Parte 01

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Imagens engraçadas/curiosas - 19/12/2011

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Segunda, 19 de Dezembro de 2011

Tiago Abravanel estreia nova temporada de musical e recebe convite para novela
Sucesso absoluto nos palcos em 2011, ator diz que ouviu mensagem de Tim Maia em casa - Do Leme ao Pontal, não há fenômeno igual em palcos de todo o Rio de Janeiro. O sucesso de Tiago Abravanel no espetáculo ‘Tim Maia — Vale Tudo’ foi tão grande em 2011 que até o Síndico mandou recado. “Sonhei muito com Tim. Mas um dia aconteceu uma coisa estranha. Estava em casa e pensei alto, olhando para o céu, em forma de agradecimento: ‘Que responsa fazer você’. Foi quando ouvi, com aquela voz grossa: ‘Segura, meu querido!’. Acho que era o Tim Maia falando comigo. Quase caguei nas calças. Imediatamente liguei para minha mãe e para o diretor João Fonseca, que me disse: ‘Se foi ele falando eu não sei, mas acho que é um bom sinal’”.

Isso não acontece com qualquer um, somente com quem tem talento e anda com fé. Estampar São Jorge no peito é costume mais carioca. Mas, no caso desse paulistano de 24 anos, é devoção mesmo. “Como São Jorge matou o dragão, matamos um dragão por dia. Sou novo e Deus já me deu muita responsabilidade. Sempre gostei do santo e, de uns tempos para cá, tenho pensado bastante nele. Sem dúvida, tudo o que está acontecendo tem a ver com ele”, acredita. Em cartaz na cidade desde agosto, com direito a um fim de semana em Curitiba e outro em Recife, o musical, que teve a última apresentação do ano ontem e inicia nova temporada no João Caetano em 6 de janeiro, já foi assistido por 70 mil espectadores.

“Tive resposta de figuras consagradas como Fernanda Montenegro e de pessoas que juntaram dinheiro por dois meses para comprar um ingresso (com preços que vão de R$ 40 a R$ 120). Nunca imaginei que um espetáculo pudesse fazer um ator ser reconhecido nacionalmente. Isso mostra que o teatro é transformador e pode atingir as massas”, destaca Tiago. “O recado para mim este ano foi: ‘Se vira, nego. Ou você faz o gol agora ou vai para o banco de reservas’. Acho que fiz o gol”, comemora.

E é aquele tipo de gol que ganha título de mais bonito do campeonato. Não é à toa que o rapaz vai fazer show de Réveillon em tributo a Tim no fim do ano e, mais que isso, recebeu convite para a próxima novela de Glória Perez. “Ela me ligou e quase caí duro. Disse que tem um personagem para mim. Vamos conversar antes do Natal”, empolga-se ele, que esteve no folhetim ‘Amor e Revolução’, do SBT.

Está aí uma informação importante que sempre costumava estar no início das reportagens relacionadas a Tiago: ele é neto de Silvio Santos. Mas esse dado agora parece que virou apenas um detalhe. “Penso que as pessoas vão achar engraçado ver um neto do Silvio fazendo uma novela na Globo. Espero que não encarem isso como traição. Apesar do orgulho de carregar meu sobrenome e de tê-lo como avô, sempre aprendi a andar com minhas próprias pernas. E é legal ver que hoje os outros vêm falar comigo porque realmente admiram o meu trabalho e não porque sou neto dele”.

Formato: PDF
Tamanho: 18,77 MB


Jornal O Globo 19/12/2011

50 melhores foto do mundo natural

Amateur Photographer - 24 Dezembro 2011