sábado, 7 de janeiro de 2012

Super Interessante – Janeiro de 2012 – Edição 300

'Tototó' agora é patrimônio cultural de Sergipe

Atualmente, 23 ‘tototós’ se revezam diariamente nas travessias, garantindo trabalho para os 46 proprietários que persistem no trabalho.

JornaldaCidade.Net

Aracaju (6 jan) - Intitula-se patrimônio cultural todas as expressões e tradições de um povo, sejam elas materiais ou imateriais, que, pelo seu valor próprio, devem ser considerados de interesse relevante para a permanência, preservando sua ancestralidade para as gerações futuras. São exemplos de patrimônio: bens imóveis, tais como castelos, igrejas, casas, praças, conjuntos urbanos. Já os bens imateriais são representados pelos saberes, modos de fazer, formas de expressão, celebrações, músicas, etc.
Neste contexto, a cultura sergipana acaba de oficializar um dos mais valiosos e históricos bens do Estado como novo patrimônio cultural: os “tototós”- embarcações de madeiras, movidas a motor, cujo som característico motivou o nome pelo qual são conhecidas.

Em 20 de dezembro, o governador Marcelo Déda assinou o decreto que institui esse meio de transporte como patrimônio cultural e imemorial do Estado de Sergipe, reforçando sua importância na história da população aracajuana. O projeto de lei é de autoria da deputada Ana Lúcia.
Importância da ação

Por muito tempo, os ‘tototós’ representaram a única forma de se chegar à Ilha de Santa Luzia (Barra dos Coqueiros) partindo da capital. Dezenas de embarcações faziam essa travessia, que era a mais popular, tanto por conta do preço, como pela rapidez.

Para a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, esse é mais um importante passo para a preservação de bens imateriais da cultura popular sergipana. “Isso dialoga com uma tendência marcante da política de cultura, que busca nas diversas localidades, manifestações de patrimônio não só material, como também imaterial. O ‘tototó’ é um exemplo disso, pois há muitos anos está na vida dos sergipanos”, diz.

Segundo Eloísa, o fato torna-se ainda mais significante por ter partido de uma iniciativa poder legislativo. “A deputada Ana Lúcia foi sensível a esta necessidade e foi entendida pelos companheiros e acatada pelo governador. A partir de agora, nossa luta é buscar investimentos junto ao IPHAB ou junto a bancos que tem linhas de crédito para a cultura e assim possamos lutar ainda mais pelos históricos ‘tototós’ de Aracaju”, completa.

A deputada Ana Lúcia, idealizadora do projeto de lei, pretende com este decreto assegurar a existência, manutenção e a valorização destas embarcações que há tantos anos integram o imaginário coletivo do povo sergipano, em especial o aracajuano.

A assessoria da deputada informa, ainda, que Ana Lúcia também escreveu uma indicação solicitando a implantação de ações programadas de Educação Ambiental e apoio às Pesquisas Científicas, utilizando as embarcações ‘tototós’, em defesa da Bacia do Rio Sergipe. O documento foi entregue no ano passado ao governador Marcelo Déda e ao secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Genival Nunes.

Boa notícia para os canoeiros

A notícia de que os ‘tototós’ se tornaram patrimônio cultural imaterial foi muito bem recebida pelos canoeiros que ainda têm as embarcações como seu meio de vida. Atualmente, 23 ‘tototós’ se revezam diariamente nas travessias, garantindo trabalho para os 46 proprietários que persistem no trabalho, que ficou escasso após a construção da ponte Aracaju/Barra.

Para o canoeiro Ednaldo Francisco Santos, de 45 anos, o ‘tototós’ é sua vida. Saber que eles, a partir de agora, terão maior visibilidade, é motivo de muita alegria. “Me criei aqui, e sem isso não vivo. Sustento minha família com o dinheiro que ganho aqui, por isso, é muito bom ver que o governo está olhando para agente e que teremos boas novidades a partir de agora”, comemora.

Seu companheiro de labuta, Cícero Romão, também estava muito feliz com a aprovação da lei. A expectativa dele é que os demais projetos de apoio aos Tototós também sejam confirmados. “Isso aqui é a cultura de Aracaju viva, e que infelizmente, por falta de procura e de investimento, está se acabando. Com o ‘tototó’ sendo considerados patrimônio cultural, nossa esperança é que essa realidade mude, e que eles voltem a ter o reconhecimento que tinham no passado”, acentua.

DJ Marlboro descobre que está com um tumor no dedo: O mais famoso DJ do Brasil descobriu, há duas semanas, que está com um tumor no dedo. Marlboro conversou ontem à tarde com a coluna sobre a triste descoberta. "Ainda não sei se é benigno ou maligno. A biópsia será feita daqui a 15 dias", revelou. Nos últimos meses, Marlboro vinha sofrendo com fortes dores na mão esquerda. Recentemente, ele resolveu imobilizá-la, pois achava que havia quebrado um dedo. "Depois, meu médico me transferiu para um especialista em mãos. Lá, eu descobri que se tratava de um tumor. O jogador de futebol machuca a perna; o cantor, a voz e o DJ, o dedo", diz. Questionado sobre a pior das hipóteses (de que o tumor seja maligno), Marlboro afirmou que não existe a possibilidade de ele abandonar a carreira como DJ. "Posso estar com dois cotoquinhos no braço. Fazer baile está muito mais ligado ao espírito do que às mãos", disse.

A coluna conversou com o oncologista Frederico Nunes, do Instituto Nacional de Câncer (INCA), e o médico revelou que podem surgir no local diferentes tipos de câncer: o melanoma (na pele) e o ósseo. "Só com essa informação é que se poderá iniciar o tratamento", afirmou.

Formato: PDF
Tamanho: 19.96 MB

Jornal O Globo em PDF, Sabado, 07 de Janeiro de 2012

Águas de janeiro - Alerta de temporais só existre em 20% das cidades sob risco
Anunciado há um ano, sistema federal começou a funcionar em novembro

Numa estação marcada por enchentes, apenas um em cada cinco municípios com alto risco de desastres naturais é supervisionado pelo órgão encarregado de enviar alertas. O Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, do Ministério de Ciência e Tecnologia, foi anunciado há um ano e instalado só em novembro de 2011, ao custo de R$ 14 milhões. Até hoje, das 251 cidades sob risco, apenas 56 têm mapeamento dos problemas. Ontem, choveu forte no leste de MG: duas pessoas foram soterradas em Governador Valadares, elevando para 12 o número de mortos. No Rio, 500 moradores de Três Vendas, distrito de Campos relutam a deixar suas casas, onde a água chegou a dois metros de altura. (Págs. 1, 3 a 12, 16 a 18 e editorial "Estado perde eficiência").

Arte com direitos autorais
Lei não cumprida de repasse de percentual a artistas ou herdeiros motiva uma ação na Justiça e esquenta o debate sobre direitos autorais. (Pág. 1 e Segundo Caderno)

Inflação na meta, por muito pouco
O IPCA, que mede a inflação oficial, fechou o ano de 2011 em 6,5% no teto da meta do governo. A redução do IPI sobre eletrodomésticos, no fim do ano, foi importante para deixar a taxa controlada em dezembro, segundo o IBGE. (Págs. 1, 29 e 30 e editorial "Inflação precisa sair da zona de perigo")

Autoria de atentado divide a Síria
Governo e oposição se acusam mutuamente na Síria pelo atentado que matou ao menos 26 pessoas em Damasco. As autoridades culpam a al-Qaeda, mas opositores dizem que o regime planejou o ataque para justificar a repressão. (Págs. 1 e 36)

'Ditadura' é reinstaurada no Chile
Criticado pela oposição e por educadores, o governo chileno voltou atrás na decisão de eliminar dos textos escolares a expressão "ditadura" e substituí-la por "regime militar". Prometeu "uma nova formulação" para pôr fim à polêmica. (Págs. 1 e 37)

Acre paga para retirar haitianos de Brasileia (Págs. 1 e 13)

Formato: PDF
Tamanho: 17.95 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Sabado, 07 de Janeiro de 2012

Operação na Cracolândia foi deflagrada pelo 2º escalão
Cúpula dos governos estadual e municipal não sabia que o cerco,previsto só para fevereiro, havia sido autorizado

A operação cracolândia foi precipitada por uma decisão de integrantes do segundo escalão do governo e da PM de São Paulo. A ação deveria começar em fevereiro, segundo o acertado pelo governador Geraldo Alckmin e o prefeito Gilberto Kassab, em planejamento que visava a evitar que os usuários de drogas se espalhassem pela cidade depois que a cracolândia fosse fechada. Mas, na segunda-feira passada, o coordenador de Políticas sobre Drogas, Luiz Alberto Chaves de Oliveira, disse ao coronel Pedro Borges, comandante da região central da capital que Alckmin queria a operação. Borges disse que poderia realizá-la imediatamente e deflagrou o cerco no dia seguinte, sem que ninguém do primeiro escalão soubesse. (Págs. 1 e Cidades C1)

Comércio fecha mais cedo em Santa Cecília

Deslocamento de usuários de crack no centro faz comerciantes anteciparem o fechamento de lojas. (Págs. 1 e Cidades C3)

Foto-legenda: Marcas do crack nas mãos

Com mãos queimadas pelo fogo do cachimbo de crack, M. de 36 anos, há 13 na cracolândia, não se considera viciado e sim uma usuária de drogas. "Não posso ir me tratar porque tenho um cachorro que não posso abandonar". (Págs. 1 e Cidades C3)

Ministro da Integração manobrou para irmão chefiar estatal
O ministro Fernando Bezerra Coelho(Integração Nacional) usou brecha na legislação que proíbe o nepotismo na administração pública e fez do irmão Clementino Coelho presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba(Codevasf) durante praticamente um ano, informa o repórter Eduardo Bresciani. Após questionamentos do Estado, o governo anunciou que Guilherme Almeida será nomeado para a presidência da estatal, que terá orçamento de R$ 1,3 bilhão em 2012. Clementino, porém, continuará como diretor. Ele assumiu o comando da estatal em janeiro de 2011, 21 dias após Bezerra ter assumido o ministério. Diretor da Codevasf desde 2003, Clementino Coelho tornou-se presidente após a exoneração de Orlando Castro. O estatuto da empresa diz que na vacância da presidência, o diretor com mais tempo de casa responda interinamente,e não houve nomeação formal. (Págs. 1 e Nacional A4)

R$ 1,3 bilhão é o orçamento da Codevasf aprovado para 2012

Sabático
Todo Merquior
Obra do diplomata é relançada com ensaios inéditos (Pág. 1)

Fabricante diz ter adulterado prótese desde 1993
O fabricante de próteses mamárias PIP Jean-Claude Mas,admitiu ter adulterado seus produtos a partir de 1993, usando uma fórmula de gel em lugar de silicone médico. Divulgado ontem, o depoimento de Jean-Claude foi dado à polícia francesa em outubro. (Págs. 1, Vida A16)

Inflação de 2011 atinge teto de 6,5% e é a maior desde 2004
A inflação oficial, medida pelo IPCA, ficou no teto da meta estipulada pelo governo em 2011, de 6,5%. A taxa foi a mais alta desde 2004. A expansão da renda e a do emprego foram os principais estímulos à inflação. A redução do IPI da linha branca contribuiu para que a taxa não subisse mais. (Págs. 1 e Economia B1)

Análise

Celso Ming
O BC passou os últimos oito anos entregando a inflação na meta, sem soltar rojão. Agora foi diferente.(Págs. 1 e B2)

Atentado mata 26 na Síria e oposição culpa governo (Pág. 1 e Internacional A13)

UE pressiona Hungria a mudar Constituição (Pág. 1 e Internacional A12)

Miguel Reale Júnior: Desafios à firmeza de Dilma
Cumpre-lhe, tal como ocorreu ao ser submetida a tortura, enfrentar com coragem a chantagem contínua da base dita aliada. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações
A festa da inflação

Os brasileiros ficariam mais tranquilos se o governo fosse menos tolerante à alta de preços. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 28.64 MB

Seed

Enquanto isso, em um supermercado próximo...

Imagens da semana - 07/01/2012

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 06/01/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Veja - Edição 2250 (2012-01-04)

Jornal O Globo em PDF, Sexta, 06 de Janeiro de 2012

Águas de janeiro - Cheia avança no estado e expõe obras malfeitas
Trecho de BR reconstruído pelo Dnit é arrastado por rio pela 3ª vez desde 2007

Pela terceira vez desde 2007, o Km 120 da BR-356 (Itaperuna-Campos) não resistiu à força das correntezas do Rio Muriaé, no Noroeste Fluminense. Ontem, com o rompimento de um dos diques que cercam Campos, um pedaço da rodovia foi levado pelas águas. Quando uma rachadura de 20 metros apareceu, a Defesa Civil teve que retirar às pressas os quatro mil moradores do distrito de Três Vendas, a 15 km do Centro da cidade. Em janeiro de 2007, uma mulher morreu ao cair com o carro na cratera da BR-356, e, em dezembro de 2008, o próprio Dnit cortou parte da estrada para facilitar o escoamento da água represada. "Nestes anos, só houve a reconstrução da estrada", criticou o coordenador de Defesa Civil do Noroeste Fluminense, Douglas Paulich. O superintendente substituto do Dnit, Celso Crespo, disse que o órgão é que é vítima das inundações: "O Dnit está sendo vítima desta enchente." (Págs. 1 e 13 a 15)

No Piauí, tragédia em barragem não mereceu verba (Págs. 1 e 12)

Ministro: Congresso aumentou recursos para Pernambuco (Págs. 1 e 10)

Brasileia, a cidade que virou Haiti
Haitianos que chegam em massa à pequena cidade acreana dizem que só querem trabalhar

Com pouco mais de 21 mil habitantes, Brasileia, no Acre, pede ajuda para manter os haitianos que não param de chegar: hoje, são pelo menos 1.300, espalhados por praças, lojas e superlotados quartos de hotéis, à espera do visto que lhes permitirá buscar melhores condições de vida. "Quero trabalhar em alguma coisa", resume Pierre Merzier, de 28 anos, arranhando o espanhol, à enviada especial Cleide Carvalho. (Págs. 1 e 3)

Indústria brasileira põe o pé no freio
Números do IBGE divulgados ontem mostram que a indústria brasileira tomou um tombo e trocou um crescimento de 11,8%, no acumulado de 12 meses em novembro de 2010, por apenas 0,6% no período encerrado em novembro de 2011. (Págs. 1, 21 e editorial "Evidências do problema do Custo Brasil")

Poupança tem a menor captação em 5 anos
Em 2011, a caderneta de poupança teve o pior resultado desde 2006. Os depósitos superaram os saques em R$ 14,2 bi, a menor marca em cinco anos. Em relação a 2010, a queda foi de 63%, segundo o Banco Central. (Págs. 1 e 21)

Economia dos EUA dá sinais de recuperação
Após a alta na venda de casas e carros, ontem foi a vez de as estatísticas de emprego apontarem para recuperação forte nos EUA. Só em dezembro, foram criadas 325 mil vagas. Esperavam-se 178 mil. (Págs. 1, 22 e Miriam Leitão)

Obama: Defesa enxuta com foco na Ásia
O presidente Barack Obama anunciou cortes de US$ 450 bilhões no Orçamento da Defesa em 10 anos, redução do número de tropas e nova estratégia militar, com foco na região Ásia-Pacífico. "Nossas forças serão mais enxutas", disse. (Págs. 1 e 28)

Chile apaga a ditadura
Numa polêmica decisão, o governo de Sebastián Piñera decidiu eliminar dos textos escolares a expressão "ditadura militar" e trocá-la por "regime militar". A medida desatou uma enxurrada de críticas no Chile e ameaça agravar ainda mais a crise entre o governo e estudantes. (Págs. 1 e 29)

Promotoria pede enforcamento de ex-ditador egípcio (Págs. 1 e 29)

Anvisa recomenda menos sal no pãozinho francês (Págs. 1 e 4)

Formato: PDF
Tamanho: 16.79 MB

Auto Esporte – Edição 560 Janeiro 2012

Jornal O Dia em PDF, Sexta, 06 de Janeiro de 2012


Estado do Rio em alerta máximo para chuvas fortes
Cabral anuncia previsão de temporal em áreas já castigadas. Trecho da BR-356 volta a ser arrastado pela água em Campos

Rio - O governador Sérgio Cabral colocou nesta quinta-feira o estado em alerta máximo para chuvas fortes. Segundo ele, no fim de semana vai chover muito nas regiões Norte, Noroeste, Serrana, já castigadas, e Metropolitana. A informação foi divulgada após reunião com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. Nesta quinta-feira, trecho da BR-356 destruído nas chuvas de 2007 voltou a ser arrastado pelo Rio Muriaé, em Campos, alagando a localidade de Três Vendas: 4 mil moradores foram retirados do local. “Temos informações preocupantes a respeito da situação do estado nos próximos dias (...) Possivelmente vai chover muito na cidade, e o prefeito Eduardo Paes está informado. Quero destacar o alerta máximo que nós estamos dando”, disse Cabral.

Segundo a Defesa Civil Estadual, quase 35 mil moradores das regiões Norte e Noroeste foram obrigados a sair de casa devido às chuvas. Em Campos, habitantes de Três Vendas estão indignados com a repetição do cenário trágico.

“Em 2007, o Rio Muriaé destruiu a BR-356 e alagou a comunidade do outro lado da estrada. Famílias perderam tudo. A obra da rodovia, que funciona como dique, foi refeita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no ano seguinte, mas não segurou a força do rio”, contou o secretário municipal de Defesa Civil, Henrique Oliveira.
Secretário de Obras de Campos, Edilson Peixoto diz que as obras na BR foram precárias: o Dnit teria usado manilhas pequenas demais por baixo da estrada, que não deram vazão às águas do rio. “As comportas devem dar vazão às águas para que a estrada não seja derrubada. Eles deveriam ter aumentado a altura da estrada para usar manilhas maiores e não o fizeram”, criticou.

Cabral anunciou projetos que ainda esperam aprovação da União para obras preventivas de R$ 950 milhões. Elas, no entanto, só ficarão prontas no ano que vem. O ministro Bezerra se atrapalhou ao comentar o problema na rodovia: “A informação que a gente teve é que foi uma ação planejada. Foi aberta a estrada para evitar alagamento e prejuízos maiores para a região”.

Mais dias de mau tempo

O tempo em todo o estado do Rio não deve melhorar. A previsão para hoje, sábado e domingo é de céu parcialmente nublado a nublado com pancadas de chuva e trovoadas, informou o Instituto Nacional de Meteorologia.

Nestes próximos dias, as regiões Norte e Noroeste fluminenses devem ser mais atingidas do que as demais áreas do Rio. As chuvas ocorrem em razão do encontro do ar quente e úmido vindo da região amazônica com frentes frias vindas do oceano Atlântico. O fenômeno se chama Zona de Convergência do Atlântico Sul.

Moradores tentam salvar pertences

Em desespero, moradores de Três Vendas colocaram móveis e roupas nas lajes para evitar que sejam carregados pelas águas do Rio Muriaé, que começou a invadir a comunidade. Segundo a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho, mais de 20 caminhões foram usados para remover os bens da população.

Formato: PDF
Tamanho: 20.00 MB

Época – Ed. 711 – 02/01/2012

Jornal O Estado de SP em PDF, Sexta, 06 de Janeiro de 2012

Obama corta US$ 450 bi e reduz força militar dos EUA
Presidente garante que Exército estará preparado, mas diz que é preciso melhorar a situação fiscal

O presidente Barack Obama formalizou ontem a nova estratégia militar dos EUA, que tem como base cortes no Pentágono de ao menos US$ 450 bilhões nos próximos dez anos. Outros US$ 500 bilhões poderão ser cortados pelo Congresso. A diretriz difere da adotada nas guerras do governo Bush e dependerá mais do poderio naval e aéreo no Pacífico e no Estreito de Ormuz, para contrabalançar as ações da China e do Irã. Obama, cujas relações com os militares são difíceis, justificou as decisões: "Precisamos colocar em ordem nossa situação fiscal e recompor nosso poder econômico no longo prazo". Criticado pela oposição republicana por sua suposta fraqueza ante a ameaça iraniana, Obama disse que as Forças Armadas americanas vão encolher, mas "o mundo deve saber que os EUA manterão a superioridade militar". (Págs. 1 e Internacional A10)

Análise: Alexander Benard

O problema afegão

Obama precisa admitir que uma retirada total do Afeganistão terá consequências muito além desse país. Arrasaria os interesses dos EUA em toda a Ásia Central. (Págs. 1 e Internacional A10)

Foto-legenda: Atentados em série no Iraque
Iraquianos choram a morte de parente em um dos ataques em Bagdá; ao menos 72 xiitas morreram. (Págs. 1 e Internacional A11)

Ruptura de dique esvazia cidade no RJ
As cerca de 4 mil pessoas que vivem na localidade de Três Vendas, em Campos (RJ), tiveram de abandonar suas casas às pressas, ontem, para fugir de inundação provocada pelo transbordamento do Rio Muriaé. A água rompeu um trecho de 30 metros da Rodovia BR-356, a cerca de 600 metros das casas. A estrada funcionava como dique. A Defesa Civil de Campos, o Corpo de Bombeiros e o Exército foram mobilizados para remover os moradores. Segundo a prefeitura de Campos, até as 18h de ontem, quando o volume de água em Três Vendas chegava a cerca de 40 centímetros, aproximadamente 300 das mil famílias haviam deixado o local rumo a abrigos oferecidos pelo município. (Págs. 1 e Cidades C1)

Ministro tentou mudar verba

Fernando Bezerra Coelho (Integração Nacional) tentou levar R$ 50 milhões do Rio São Francisco para barragem em Pernambuco. (Págs. 1 e Nacional A4)

Queixas à Anvisa sobre próteses chegam a 12
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária recebeu ao menos 12 reclamações de mulheres que apresentaram problemas em próteses mamárias de silicone da marca francesa PIP desde 2010. Na semana passada, a Anvisa informara não haver queixas. Ontem, o Estado mostrou o caso de duas mulheres que procuraram a agência, mas não obtiveram resposta. "Os dados que temos não mostram haver um número elevado de reações adversas. Há menos reações com os implantes do que com o ácido acetilsalicílico", disse o presidente adjunto da Anvisa, Luis Alberto Klassman. (Págs. 1 e Vida A14)

SUS atende casos de implante com defeito
Mulheres que tenham problemas com implantes podem procurar assistência médica no SUS para o atendimento e, se necessário, substituição da prótese sem nenhum custo. (Págs. 1 e Vida A14)

PM dispersa usuários de crack no centro
A Polícia Militar dispersou ontem, com o apoio da Cavalaria e o uso de balas de borracha, cerca de 100 consumidores de crack que se aglomeravam na Praça Princesa Isabel e no canteiro central da Avenida Rio Branco, no centro de São Paulo. A região fica a 150 metros da cracolândia, que está cercada desde terça-feira. Houve confusão e correria dos usuários e dos policiais. "Foi um caso pontual. Esperamos que não seja necessário repetir", disse o tenente-coronel Wagner Rodrigues. (Págs. 1 e Cidades C3)

Consumidor terá R$ 1,4 bi a mais na conta de luz
O consumidor pagará este ano R$ 19 bilhões na conta de luz só para bancar o sistema elétrico brasileiro - R$ 1,4 bilhão mais do que em 2011. Com esse dinheiro, seria possível construir duas novas hidrelétricas. (Págs. 1 e Economia B1)

Manual orienta padarias a usar menos sal no pão (Págs. 1 e Vida A14)

Fernando Gabeira
Comida para pensar

A alta dos alimentos, tão presente em 2011, é do tipo que não festeja o réveillon. Move-se num tempo mais elástico do que a simples virada do ano. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Dora Kramer
Silêncio dos coniventes

Os governadores de partidos situacionistas e oposicionistas se calam ante privilégio com verba, pois um dia podem ser privilegiados. (Págs. 1 e Nacional A6)

Notas & Informações
A operação na Cracolândia

A operação fica muito aquém das promessas irrealistas da estratégia da "dor e do sofrimento". (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 26.26 MB

Motorcycle Sport and Leisure - Fevereiro 2012

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 05/01/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 05 de Janeiro de 2012

Time do BBB 12 é um dos mais conservadores, diz Boninho

Rio - Está tudo pronto para o começo de mais um ‘Big Brother Brasil’, que estreia no dia 10. A lista dos 12 participantes em busca do prêmio de R$ 1,5 milhão e de fama tem de tudo: desde a carioca Fernanda Girão, que se intitula lésbica barraqueira e que foi namorada da cantora Nise Palhares, até a evangélica baiana Jakeline Leal, passando pelo Mr. Mundo 2010 Jonas Sulzbach, que já fez fotos nu para revista gay. Apesar de o diretor da atração, Boninho, ter dito que esse time é um dos mais conservadores, os diferentes perfis têm tudo para colocar fogo na casa. O outro carioca do time é Rafael Oliveira, 35 anos, projetista de iluminação, que deletou tudo de seu Facebook antes de entrar na casa, escondendo todas as informações de seu passado. Confira abaixo o perfil de cada um e os depoimentos de amigos e parentes.

>> FOTOGALERIA: Conheça as gatas que prometem brilhar na casa
http://odia.ig.com.br/portal/galerias/geradas/O_DIA_ONLINE_participantes_do_bbb_12_2516_1.html

João Maurício, 34, GO
Apaixonado por futebol, João Maurício é pecuarista e mexe com leilão de gado. Solteiro, ele tem dois filhos — Maurício, de 7 anos e o bebê Davi — e gosta muito de sair. Apesar de morar em Goiânia, o rapaz torce pelo Flamengo. Apaixonado por futebol, ele também é torcedor do Vila Nova, time de Goiás.

Mayara, 23, SP
A produção do ‘BBB’ diz que Mayara é uma arte-educadora. Mas a moça tem uma atividade um tanto quanto peculiar. Ela produz filmes eróticos de ‘alt-porn’ — pornografia alternativa, que mostra modelos com tatuagens, piercings, personagens góticos, etc. — na empresa Xplastic. Segundo Clayton Nunes, dono da Brasileirinhas, “Mayara produz filmes pornôs mais artísticos, voltados para lésbicas”.

Jakeline, 22, BA
Uma das inspirações dessa baiana é Jesus Cristo. Evangélica convicta, a moça tem gosto musical bastante eclético, que vai de Paula Fernandes a Guns ‘n’ Roses. Jakeline é caloura do curso de Zootecnia do Instituto Federal Baiano e tem um namorado, que como ela mora em Feira de Santana. Antes de seguir para a casa mais vigiada do Brasil, ela postou em seu Facebook: “Feliz pra burro! Deus seja louvado!”.

Renata, 21, MG
“Ela é simples, inocente e tem muita energia. Não cozinha, mas sempre ajuda na faxina”, explica Filipe Soldati, ex-namorado da sister. Apaixonado, ele jura não ter ciúmes. “Mesmo que ela pegue geral, quero que ela ganhe o programa. Vai ser perfeito se ela fizer ‘Playboy’. O que é bonito é para se mostrar”, defende.

Kelly, 28, MG
“Ela é uma ótima pessoa, muito tranquila e especial. Ela era uma ótima dançarina e superanimada”, conta Solange, vocalista da banda Aviões do Forró, da qual Kelly fez parte.

Jonas, 25, RS
“Ele é a alegria da família, um rapaz com um coração de ouro. E é lindo, né? Que eu saiba, está solteiro”, entrega Delmi Helena, tia do rapaz, que foi eleito Mister Brasil Mundo em 2010.

Fernanda, 29, RJ
“Faz tempo que não falo com ela, mas torço para que dê tudo certo. Espero que ela tenha muita sorte e tranquilidade para se manter”, diz a ex-namorada da loura, Nise Palhares.

Rafael, 35, RJ
O carioca é projetista de iluminação e limpou seus perfis nas redes sociais antes do ‘BBB’. Deixou apenas uma dica do que deve ler na casa: ‘Amor nos Tempos de Cólera’, de Gabriel García Márquez.

Netinho, 28, MG
Na cidade onde mora, Visconde do Rio Branco, João José é conhecido como Braddock, em referência a um personagem esquentadinho de Chuck Norris na década de 80. O rapaz é casado.

Laisa, 23, RS
“Ela é obstinada e malhadora compulsiva”, diz Carlos Paiva, ex-booker da modelo. Laisa já participou do concurso ‘Preferência Nacional’ da ‘Playboy’, que elege o bumbum mais bonito, e fez comerciais com Anderson Silva e Marcelo Adnet.

João, 46, MG
Representante comercial, ele promete apimentar a casa. Em seu Facebook, ele posa com a mãe e se diz bissexual. Os amigos apostam que ele vai arrasar nas festas.

Yuri, 26, GO
Professor de muay thai em Goiânia, tem um corpão e ajuda a modelo Lucilene Caetano a manter o dela. “Ele é marrento. É uma pessoa de personalidade forte, sem preconceito algum, mas não gosta de levar desaforo pra casa. E está solteiro”, revela a gostosona.

Formato: PDF
Tamanho: 19.12 MB

Jornal O Globo em PDF, Quinta, 05 de Janeiro de 2012

Em 2012, de novo, verba contra enchente privilegia Pernambuco
Ministro diz que estado não pode ser discriminado só por ser o seu

Reduto político do ministro Fernando Bezerra, Pernambuco tem, na previsão para 2012, a maior verba da Integração Nacional contra enchentes: R$ 81,4 bilhões, 11,6% dos recursos da pasta para o Programa de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres. O Rio, estado que mais sofreu com enchentes em 2011, terá 10,4%, e Santa Catarina, 4,4%. Em 2011, Pernambuco recebeu 21,9% da verba para prevenir desastres. Após intervenção da presidente Dilma na pasta, Bezerra disse ontem que não houve direcionamento político de verba e que Pernambuco não pode ser discriminado por ser seu estado. (Págs. 1, 3, 4, Merval Pereira e editorial "Dilma e as heranças malditas")

Foto legenda: Fernando Bezerra: "Não existe política partidária, nem política miúda, pequena” (Pág. 1)

Para Nova Iguaçu, só R$ 2,5 mil

Nova Iguaçu, um dos 56 municípios prioritários para receber verba de prevenção contra enchentes, só ficou com R$ 2,5 mil em 2011. (Págs. 1 e 3)

'Em Friburgo, só rezando', diz Crea

Após a 3ª vistoria desde a tragédia de um ano atrás, técnicos do Crea-RJ concluíram que obras de prevenção não foram feitas em Friburgo antes da temporada das chuvas. "Agora é preciso rezar para não ter enchente", disse Adacto Ottoni. (Págs. 1, 16 e 17)

Em MG, temporais já mataram oito

Voltou a chover forte ontem em Minas Gerais, onde oito pessoas já morreram por causa dos temporais. O número de cidades em situação de emergência, algumas delas com áreas totalmente isoladas, chegou a 66. (Págs. 1 e 5)

Foto legenda: Águas de janeiro

Em Minas Gerais, o Rio Piranga transbordou e alagou a cidade de Ponte Nova. A chuva continua intensa no estado e 66 cidades estão em situação de emergência. (Pág. 1)

Dengue ameaça áreas turísticas
Rio é uma das 236 cidades em estado de alerta no verão

Destinos turísticos, como o Rio, estão entre as 236 cidades em estado de alerta contra a dengue, segundo o último levantamento do Ministério da Saúde. Em outros 48 municípios, o índice de infestação do mosquito já indica risco de surto neste verão, incluindo capitais como Cuiabá e Rio Branco. O ex-craque Ronaldo informou em seu Twitter que está com a doença. Ele passou as festas do fim de ano em Trancoso, no litoral baiano. (Págs. 1, 10 e 11)

Rebouças enfim terá plano de emergência
A partir do dia 20, o Túnel Rebouças terá interrupções-relâmpago para testes do protocolo das ações a serem adotadas, a partir de fevereiro, em caso de acidentes: mobilização de equipes de socorro, desvio do tráfego e uso de equipamentos apropriados como extintores de incêndio e reboques de grande capacidade. (Págs. 1 e 14)

Tabatinga é outro alvo de haitianos
Além de Brasileia, no Acre, Tabatinga, na fronteira do Amazonas com Colômbia e Peru, enfrenta a entrada em massa de haitianos: em cinco dias, 208 chegaram à cidade, que hoje abriga 1.249 em situação irregular. (Págs. 1 e 13)

Brasil já é o 4º do mundo no Facebook
O país passou da vigésima para a quarta posição no mundo em número de usuários na rede social Facebook. Entre dezembro de 2010 e o fim do ano passado, o total pulou de quase 9 milhões para 35 milhões - alta de 300%. (Págs. 1 e 27)

Republicanos vivem divisão ideológica
A vitória apertada do favorito Mitt Romney sobre o ultraconservador Rick Santorum nas primárias de Iowa evidenciaram o racha ideológico que vive o Partido Republicano nos EUA. Michele Bachman, do Tea Party, desistiu da disputa. (Págs. 1 e 29)

Presidente alemão deixa ameaça a jornalista na secretária eletrônica (Págs. 1 e 30)

Formato: PDF
Tamanho: 16.61 MB

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 05 de Janeiro de 2012

SP usa estratégia de "dor e sofrimento" na cracolândia
Com ação policial, Prefeitura e Estado querem que abstinência leve os usuários a aceitar ajuda

A Prefeitura e o governo do Estado definiram medidas para tentar esvaziar a cracolândia, que resiste no centro de São Paulo desde os anos 90. A estratégia será de “dor e sofrimento" dos usuários de drogas, como a definiu o coordenador de Políticas sobre Drogas, Luiz Alberto Chaves de Oliveira. A ocupação policial, realizada anteontem, visa a dificultar a ação dos traficantes. O consumo não será tolerado, e a intenção é fazer com que a abstinência leve os usuários a aceitar a ajuda da assistência social. A presença da PM na região fez mais que dobrar o número de crianças e adolescentes atendidos em centro de convivência em frente à Praça Júlio Prestes, principal ponto de concentração de usuários de crack no centro. (Págs. 1 e Cidades C1)

Dia tenso na região

Ao contrário do previsto pela PM, a ocupação não tem facilitado o trabalho de agentes de saúde na cracolândia. Na manhã de ontem, o clima era tenso, enquanto as equipes tentavam convencer os dependentes a aceitar ajuda. (Págs. 1 e Cidades C1)

Luiz Alberto Chaves
Coordenador de Políticas sobre Drogas

"Como é que se leva o usuário de drogas a se tratar? Não é pela razão, é pelo sofrimento. Quem busca ajuda não suporta mais a situação. Dor e sofrimento é que fazem pedir ajuda" (Pág. 1)

Intervenção do Planalto em ministério gera crise com PSB
A reação do governo ao direcionamento para Pernambuco de 90% das verbas do Ministério da Integração Nacional destinadas ao combate e prevenção de desastres naturais gerou crise com o PSB. O presidente do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, não aceitou a decisão do Planalto de intervir na pasta e cobrou apoio ao ministro Fernando Bezerra Coelho. (Págs. 1 e Nacional A4)

Fernando Bezerra Coelho
Ministro da Integração Nacional

"Não se pode discriminar Pernambuco por ser o Estado do ministro" (Pág. 1)

Anvisa ignorou queixas de brasileiras contra prótese
Ao menos duas mulheres que usaram as próteses de silicone PIP e que tiveram problemas com o rompimento registraram queixas na Agência Nacional de Vigilância Sanitária em 2010 e nunca receberam resposta sobre o assunto. Na semana passada, a Anvisa disse não ter relatos de problemas. "Essas próteses acabaram com minha vida", afirma Jany Ferraz, que fez a queixa. (Págs. 1 e Vida A14)

Estudante consegue na Justiça mudar nota do Enem
O Ministério da Educação alterou a nota do Enem de um estudante de São Paulo que teve a redação anulada. Por decisão judicial, a redação foi revisada e passou a ter 880 pontos de nota, numa escala que vai até mil. É a primeira vez que um aluno consegue na Justiça alterar o resultado do exame. O fato pôs em dúvida o sistema de correção da prova. (Págs. 1 e Vida A18)

Entrada de dólar disparou em 2011, mas deve diminuir
O Brasil registrou em 2011 uma entrada de dólares de US$ 65,3 bilhões, o maior valor desde 2007, graças sobretudo às exportações. No último trimestre, porém, mais de US$ 3 bilhões foram enviados ao exterior, número que para analistas pode ser uma tendência para o início de 2012 e contribuir para manter o dólar acima de R$ 1,80. (Págs. 1 e Economia B1)

Foto-legenda: A cirurgia de Cristina
Simpatizantes de Cristina Kirchner diante do hospital onde a presidente argentina foi operada de câncer na tireoide: volta ao trabalho dia 24. (Págs. 1 e Internacional A11)

Mitt Romney sai na frente nas primárias (Págs. 1 e Internacional A10)

Tucano pede "mordaça" durante período eleitoral (Págs. 1 e Nacional A8)

PMs encerram greve, mas Polícia Civil para no CE (Págs. 1 e Cidades C3)

Dora Kramer
Loteamento irregular

A determinação de Dilma Rousseff para que as liberações passem a ser feitas sob o crivo da Casa Civil não anula a prática da influência política. (Págs. 1 e Nacional A8)

Notas & Informações
O pessimismo da ONU

Previsão é de estagnação prolongada se os governos mantiverem a prioridade à austeridade fiscal. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 26.67 MB

Confira os alimentos que combatem a celulite

Tem opção para desintoxicar o organismo ou combater a retenção de líquidos

Publicado em 2/1/2012 por Carolina Gonçalves

Antes de xingar os furinhos que a celulite causa na sua pele, que tal entender o que está por trás desse tipo de inflamação? "O excesso de gordura trans, gordura saturada, sal, alimentos industrializados, carboidratos refinados e açúcar são os principais agentes causadores da celulite", afirma a nutricionista Alice Carvalhais, do Instituto Mineiro de Endocrinologia. Por outro lado, existem alimentos que ajudam a aliviar o problema e até aceleram os efeitos tratamentos estéticos. "Alguns nutrientes podem ajudar o organismo a combater essas inflamações e estimular a produção de substâncias capazes de eliminar esse pesadelo", diz a especialista.
Aveia
Esse cereal é rico em silício, um nutriente capaz de reorganizar as fibras de sustentação da pele, produzindo mais colágeno. "Por conta disso, a aveia auxilia prevenindo o aparecimento da celulite e ajudando tratar os furinhos já existentes", afirma o massoterapeuta Edjasto Ferreira, presidente da Associação Mundial de Desenvolvimento Saúde.
Folhas verde-escuras
O consumo de folhas como rúcula e espinafre melhora a circulação e desintoxica o organismo. Segundo Edjasto, esse tipo de verdura também tem um grande potencial antioxidante, combatendo os radicais livres. "Esses antioxidantes ajudam evitam o envelhecimento precoce e combatem a celulite."
Alimentos integrais
Os alimentos integrais são ricos em fibras que atuam na melhora do funcionamento intestinal. "O intestino inibe a absorção de toxinas e elimina as impurezas que podem agravar um quadro de celulite", afirma a nutricionista Alice Carvalhais, do Instituto Mineiro de Endocrinologia. "Além disso, o arroz integral contém vitaminas do complexo B, magnésio e cromo, que facilitam a digestão do açúcar, melhorando o aspecto da celulite", afirma Edjasto Ferreira.
Lima-da-pérsia
Essa fruta atua estimulando o nosso sistema linfático - responsável pela drenagem dos líquidos em excesso no organismo - e, portanto, auxilia no processo de desintoxicação, evitando ou diminuindo as celulites.
Shitake
Esse tipo de cogumelo é rico em oligoelementos que realizam uma limpeza no organismo, evitando a celulite. Para as pessoas que já apresentam quadros mais avançados do problema, o shitake possui uma substância chamada lentian. "Ela reforça as defesas do organismo, diminuindo o processo inflamatório da celulite e melhorando seu aspecto", afirma Edjasto Ferreira.
Oleaginosas
O selênio presente em alimentos como nozes, castanhas e amêndoas atua como um importante antioxidante, combatendo o envelhecimento precoce das células e evitando o surgimento da celulite.
Maçã
Segundo a nutricionista Aline Carvalhais, a maçã é rica em pectina que, ao ser ingerida pelo organismo, forma um gel que retarda a absorção da glicose e dificulta a absorção das gorduras. Além disso, a pectina é uma fibra que atua nos processos de limpeza e desintoxicação do corpo, "ajudando a neutralizar as toxinas do organismo que são precursoras das celulites", afirma Aline.
Invista na água com os devidos cuidados
Sempre que se fala em desintoxicar o organismo, a água aparece como elemento fundamental. Mas a bebida ideal para combater o problema, de acordo com o especialista, precisa ser dotada de ORP negativo ou pH alcalino (acima de 8), pois a celulite e a maioria dos desequilíbrios orgânicos acontecem no meio ácido. Você descobre isso lendo o rótulo da bebida. Antes de comprar sua garrafa, verifique na embalagem qual é o pH da água - se for acima de 8, o ORP já é negativo. A água dos filtros, geralmente, é ácida.

Fonte Minha Vida

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 04/01/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 04 de Janeiro de 2012

Agressor já havia tentado invadir casa de idosa em São Gonçalo
Aposentada teria sido vítima de agiota que emprestou dinheiro ao seu neto
Rio - Espancada dentro de casa, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, a aposentada Lyriasiria dos Santos, de 79 anos, compareceu nesta terça-feira à 72ª DP (Mutuá/São Gonçalo), onde o caso foi registrado, para prestar depoimento e fazer o retrato falado do agressor. Desde a surra, há uma semana, ela não está enxergando com o olho esquerdo e apresenta vários hematomas pelo corpo. A intenção do agressor seria cobrar dívida, provavelmente contraída junto a agiotas pelo neto, preso, acusado de roubo. Quando o criminoso entrou no imóvel, no bairro Galo Branco, a idosa estava sozinha: a filha tinha saído para comprar pão. Segundo o delegado Oscar de Sá Alves, a aposentada disse que, dois dias antes, o mesmo homem que a espancou tentou invadir a casa dela, mas não conseguiu devido à grande movimentação na rua no horário.
“Ela contou que no dia 26 de dezembro, o homem bateu no portão para invadir a casa e chegou a cobrar o dinheiro”, frisou o delegado.

A vítima ainda explicou na delegacia que sabia de uma dívida do neto com supostos agiotas da região. Ela não soube informar o valor. Para Sá Alves, um detalhe no depoimento vai ser importante para a investigação:
“Ela (a vítima) contou que o rapaz que bateu nela estava muito bem vestido. Isso é atípico para bandido”, revelou.

Operação nesta quarta-feira

Após a agressão, a idosa teria perdido a visão do olho esquerdo. Segundo parentes, dois meses antes do espancamento, ela havia passado por uma cirurgia no mesmo olho para corrigir uma catarata — doença que pode levar a vítima à cegueira.

“Depois de ser operada, ela já estava enxergando melhor. No dia em que ela iria tirar o último ponto aconteceu esse absurdo”, revelou uma sobrinha da aposentada.

Nesta quarta-feira, por volta das 11h, familiares vão levar a idosa para ser submetida a uma cirurgia de emergência. A intervenção seria para tentar recuperar a visão. Lyriasiria será operada em uma clínica no Centro de São Gonçalo.

A idosa, que completou 79 anos nesta terça-feira, ajudou a Polícia Civil a fazer o retrato falado do suspeito. Segundo a vítima, o rapaz tem aproximadamente 1,65 m, é moreno, tem olhos escuros e aparência de 30 anos. Agentes vão levar o desenho para o neto da idosa, que está preso em Água Santa,para ele tentar reconhecer o agressor da avó.

O rapaz está detido desde o último 11 de dezembro no Presídio Ary Franco, Zona Norte do Rio, acusado de roubo no Rocha, outro bairro de São Gonçalo. Ele aguarda o julgamento do caso.

Hipercontas - Nessa você pode confiar, eu garanto.

Formato: PDF
Tamanho: 17.60 MB

2012: Marcando o Ano Novo

Jornal O Globo em PDF, Quarta, 04 de Janeiro de 2012

Dilma intervém em pasta que faz uso político de verba contra cheia
Pernambuco, estado do ministro da Integração, foi o que mais ganhou recursos

Para evitar uso político na distribuição de verbas de prevenção contra enchentes, a presidente Dilma Rousseff fez ontem uma intervenção branca no Ministério da Integração Nacional, chefiado pelo pernambucano Fernando Bezerra. Agora, só haverá liberação de recursos com aval da Casa Civil. Em dezembro, o ministério listou 56 cidades do Sul e do Sudeste como prioritárias para receber verbas, mas Pernambuco e Bahia, estado do ex-ministro Geddel Vieira Lima, foram os que mais receberam: R$ 34 milhões e R$ 32 milhões. Só 30% do previsto no Orçamento para prevenir enchentes foram liberados em 2011. Em Minas, a chuva já matou seis pessoas e desalojou 2,1 milhões; 53 municípios decretaram situação de emergência. (Págs. 1 e 3)

Rio: chuva também preocupa no Noroeste
O drama da chuva chegou ao Noroeste Fluminense, onde rios transbordaram e duas pessoas morreram. Uma barreira interditou a Rio-Friburgo e, no Médio Paraíba, uma represa se rompeu. (Págs. 1, 14 e editorial “Catástrofe de 2011 na Serra foi em vão”)

Nos feriados têm de fim de ano, estradas federais menos acidentes e mortes (Págs. 1 e 4)

Com o mau tempo, aeroportos ainda registram atrasos de quase 20% dos voos (Págs. 1 e 4)

Obras mudam o cenário do Sambódromo
Nem só as obras de ampliação do Sambódromo transformam a paisagem da Cidade Nova. Secretaria de Segurança, ONS, Petrobras e Cedae estão erguendo prédios novos e revitalizando o epicentro do carnaval carioca. (Págs. 1 e 10)

Pacote agora é para atrair mais turistas
Prestes a sediar os principais eventos esportivos do mundo, Copa e Olimpíadas, o governo brasileiro prepara pacote para atrair mais turistas. Entre as medidas estão redução de taxas aeroportuárias e corte de impostos. (Págs. 1 e 15)

Acre recebe ajuda federal para haitianos
O governo do Acre recebeu oito toneladas da Conab para alimentar 1.250 haitianos em Brasileia, mas a ajuda federal só dará para oito dias. Na cidade, há mais haitianos do que soldados brasileiros no Haiti. (Págs. 1 e 9)

Viúva de governador argentino: 'Eu não queria matá-lo' (Págs. 1 e 21)

Formato: PDF
Tamanho: 9.67 MB

Tempo é nada - Uma viagem através do mundo

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 04 de Janeiro de 2012

Dilma reage a ministro que fez uso político de verba antienchente
Presidente manda fixar critérios técnicos para distribuir recursos depois de o ‘Estado’ revelar que Pernambuco, reduto de Fernando Bezerra, foi privilegiado

A presidente Dilma Rousseff ordenou ontem a adoção de critérios técnicos na distribuição de recursos do Ministério da Integração para o combate a enchente, no dia em que o Estado revelou que 90% dessa verba estava sendo canalizada para Pernambuco, Estado de origem do ministro Fernando Bezerra Coelho. A pedido de Dilma, a ministra Gleisi Hoffman (Casa Civil) interrompeu suas férias no Paraná para convocar a reunião com técnicos do ministério e da Defesa Civil. Dilma não procurou Bezerra, que vai suspender as férias e deve se pronunciar hoje. Até expoentes do PT pernambucano avaliam que o ministro exagerou na politização do uso das verbas antienchente. (Págs. 1 e Nacional, A4)

Chuva mata em Minas Gerais

As chuvas das últimas semanas deixaram 53 cidades em situação de emergência em MG. No total, 109 municípios foram atingidos e seis pessoas morreram. Ontem, deslizamento em Ouro Preto matou um taxista. (Págs. 1 e Cidades, C1)

Imóveis sobem 26% em 2011, mas ritmo de alta é menor
O preço dos imóveis residenciais subiram em média 26% em 2011, mas o ritmo de alta é cadente desde maio, segundo o índice FipeZap, que acompanha o valor médio do metro quarado de apartamentos prontos em seis capitais (São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Fortaleza) e no Distrito Federal. Em dezembro, a alta de 1,1%, a menor do ano, após pico de 2,7% em abril. A atividade econômica mais fraca no segundo semestre ajuda a explicar a evolução dos preços. (Págs. 1 e Economia, B1)

PM ocupa cracolândia e fará vigilância 24 horas
A Polícia Militar ocupou ontem a cracolândia, no centro de São Paulo. Pelo menos até o final de janeiro, cem policiais e 30 guardas-civis metropolitanos permanecerão nas ruas tomadas por traficantes e usuários de crack. O objetivo é combater o narcotráfico e permitir a ação de agentes comunitários. A migração para outras ruas do centro foi imediata - até áreas comerciais, como a Santa Efigênia, foram tomadas por drogados. (Págs. 1 e Cidades, C3)

A presença da polícia na região é positiva?

SIM
Antônio Carlos Malheiros, coordenador da Vara da Infância e Juventude, diz que esse tipo de operação, “desde que não seja contra o usuário de drogas, mas contra o traficante”, pode ajudar. A PM será útil, em sua opinião, para facilitar o trabalho de quem cuida dessa população.

NÃO
Guaracy Mingardi, doutor em ciência política pela USP, concorda que é preciso fazer algo em relação à cracolândia, mas diz que ações como essa só ampliam o espaço de uso dos viciados. Para ele, “a repressão ao usuário é perfumaria”, com o objetivo de “esconder as pessoas”.

Exército do Irã ameaça porta-aviões dos EUA (Págs. 1 e Internacional, A12)

Dora Kramer
Saldo devedor

Cada um dos Poderes da República ficou devendo a sua parte em 2011. E, com muitas questões em suspenso, 2012 abre a conta no vermelho. (Págs. 1 e Nacional, A8)

Rolf Kuntz
Pacote não é política

Pacotes e medidas provisórias podem ser bons para emergências. Mas objetivos permanentes e de longo prazo são alcançados por meio de políticas. (Págs. 1 e Economia, B4)

Roberto Damatta
Ano-novo, velhos hábitos

Chega o ano-novo, mas os nossos grandes problemas estão nos velhos hábitos situados naquela zona malandra centrada entre o Estado e a sociedade. (Págs. 1 e Caderno 2, D8)

Notas & Informações
Um sopro de otimismo

O ano começou com boas notícias e algum otimismo nos principais mercados. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 18.84 MB

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 03/01/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Terça, 03 de Janeiro de 2012

Teló, o dono do mundo: Michel Teló invade o planeta com ‘Ai Se Eu Te Pego’ e já prepara nova canção com lançamento mundial este mês - Rio - Michel Teló é o novo dono do mundo. Onde quer que se vá, só se escuta ‘Ai Se Eu Te Pego’. E parece que o hit não tem limites. Com ritmo fácil, virou mania em várias línguas. A música é simplesmente a mais tocada em pelo menos 18 países e já ganhou versões em italiano, inglês — essa, ele mesmo gravou —, espanhol, tcheco e hebraico. E para continuar no topo do mundo, o cantor prepara para este mês o lançamento internacional de ‘Eu Te Amo e Open Bar’, que, segundo ele, são as duas frases que todo mundo gosta de ouvir.

O encarregado em dar forma a esse novo chiclete é o produtor musical Mr. Jam. “A produção dessa música é para as pistas, remixada. Ele precisava de uma versão para as baladas, à la David Guetta”, compara Mr. Jam.

A fórmula usada para o remix será a mesma. “Ele descobriu uma porta que vai além do popular. É uma música feita para pista de dança, que tem um apelo diferente da linguagem do sertanejo convencional. A música dele tem um timbre mais parecido com as músicas internacionais”, explica Jam.

A estratégia de se manter na crista da onda e emplacar um sucesso atrás do outro também passa pela imagem com o público. Por isso, além de ser figurinha repetida nos programas de auditório, Michel capricha no visual. Para não fazer feio, ele tem uma personal stylist que garantir o figurino certo. “A gente diagrama uns 20, 25 looks e ele coordena. Mas, às vezes, faz as próprias combinações e, quando dá, me manda uma foto para aprovação”, conta Malena Russo, sua personal stylist, que garante que ele não tem preferência por marcas, mas curte Ellus e Acostamento.

Toque de midas

Parece que Michel Teló tem o dom para transformar músicas deixadas de lado em sucesso. Primeiro, com ‘Fugidinha’ — de Thiaguinho, do Exaltasamba — e, agora, ‘Ai Se Eu Te Pego’. De autoria da cantora Sharon Acioly e Antonio Dyggs, a canção está na estrada há três anos, mas nunca deu certo. “Trabalhei essa música por três anos em Porto Seguro. Fui no Gugu em 2009, tentei lançar como funk e nunca aconteceu nada. Bastou meu lourinho colocar a mão e, com a estrela dele, tudo deu certo”, revela Sharon, que também assina ‘Dança do Quadrado’.

Por ser dona dos direitos autorais, ela não vê a hora de receber seus royalties. “Estou em uma situação mais confortável. Quero comprar um peito novo, uma bunda nova, várias coisas. Vou entrar na faca. Hoje, tenho tempo de ver o que é mais importante para a minha carreira”, completa.

Mas quem engorda pra valer o cofrinho é Michel. O cantor, que saiu da cidade de Medianeira, no interior do Paraná, aos 3 anos, quando a família se mudou para Campo Grande (MS), e começou nos palcos aos 7, ao lado do irmão Teófilo, hoje não tem do que reclamar. Seu cachê para shows subiu estratosfericamente e em três meses pulou para a casa dos R$ 150 mil. Considerando que Michel já tem 140 apresentações agendadas para 2012, ele começa o ano com R$ 21 milhões no bolso. Isso sem levar em conta o que recebe da gravadora pela venda de seu novo CD e DVD, ‘Michel Teló na Balada’, que já saiu do forno no final de dezembro com 74 mil cópias vendidas, e os direitos de intérprete da música que toca nas boates do mundo inteiro. Os números são a prova que Michel já pegou.

Formato: PDF
Tamanho: 17.76 MB