sábado, 11 de fevereiro de 2012

Vale vai investir R$ 4 bilhões em Sergipe

Companhia aprovou contrato com Petrobras para Carnalita

Governador recebeu notícianesta
sexta-feira, 10 (Foto: Roberto Jayme/ASN)

Na manhã da última quinta-feira, 9, o governador Marcelo Déda recebeu a notícia de que o conselho de Administração da Vale havia aprovado o contrato com a Petrobras para arrendamento das jazidas de Carnalita (Potássio) de Sergipe. A informação veio do presidente da mineradora, Murilo Ferreira, que por meio de uma ligação fez questão de comunicar ao governador do Estado que a empresa já está pronta para dar início ao investimento de US$ 4 bilhões. Com isso, abre-se um novo ciclo virtuoso para a economia de Sergipe, comparável ao estabelecido com a chegada da Petrobras nos anos 60.

"É uma das mais importantes notícias da nossa história econômica. Sergipe é o único estado produtor de Potássio do Brasil. Com o Projeto Carnalita, nós vamos duplicar a produção brasileira desse minério, reduzindo a nossa importação de fertilizantes, economizando divisas e fortalecendo a agricultura brasileira", afirmou Déda em entrevista ao blog Rádio do Moreno, assinado pelo jornalista de 'O Globo', Jorge Bastos Moreno.

Conforme o governador, a novidade consistirá no maior investimento privado da história sergipana. "Finalmente se encerra uma novela de quatro anos de luta enfrentada por este modesto governador. A presidente Dilma foi fundamental, figura central, para resolver o impasse entre as duas gigantes. O assunto foi o tema central da minha primeira audiência com ela", acrescentou Déda, lembrando que logo em sua primeira reunião com a presidenta recém-eleita já colocou a resolução do impasse como uma das prioridades.

"Eu disse: 'presidenta, nessa briga entre o rochedo da Vale e o mar da Petrobras, Sergipe não aceita o papel de Ostra!', e ela: 'Não se preocupe, nós vamos resolver. A reivindicação de Sergipe é do interesse do Brasil’”, revelou o governador, antecipando que na próxima segunda-feira, 13, estará na cidade do Rio de Janeiro, onde participará da posse da nova presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, e logo em seguida irá se reunir com o presidente da Vale.

Aprovação

A informação noticiada em todo o país é de que o conselho de administração da Vale aprovou a assinatura de contrato de arrendamento de ativos e direitos minerários de potássio junto à Petrobras por um período de 30 anos, permitindo a continuidade da lavra de potássio em Taquari-Vassouras e o desenvolvimento do projeto Carnalita, no Estado de Sergipe.

"O contrato de arrendamento viabilizará o prosseguimento das operações de Taquari-Vassouras, única produtora de potássio do Brasil e uma das duas únicas da América do Sul. A finalização do desenvolvimento do projeto de potássio Carnalita, ainda sujeito à aprovação do Conselho de Administração da Vale, e o estudo e desenvolvimento de outras áreas contidas na concessão", informa a nota emitida pela Vale.

Empenho

Além das reuniões com a presidenta Dilma, a mais recente investida do governador para que o acordo entre Vale e Petrobrás venha a ser concretizado ocorreu no último dia 16, quando Déda se reuniu com o presidente da estatal, José Sérgio Gabrielle, na sede da empresa, no Rio de Janeiro. Na oportunidade, o governador colocou o entendimento entre as empresas como o primeiro ponto a ser discutido. Gabrielle então informou que as negociações encontravam-se em fase adiantada, sendo que diversos aspectos que precisavam ser negociados entre a Petrobras e a Vale já haviam sido superados.

Pouco antes disso, no mês de dezembro, o governador entregou oficialmente ao gerente Geral do Projeto Carnalita, Juri Abbatantuono, a Licença de Instalação para a construção da usina que fará o beneficiamento do minério. Em 19 de Maio de 2011, o governador se reuniu com o diretor executivo da Vale no país, Francisco Cisne, ocasião onde foi assegurada a continuidade dos investimentos previstos no Projeto Carnalita, mesmo com a iminente mudança na presidência da companhia.

O prazo de construção da usina é estimado em quatro anos, estando previsto o seu funcionamento para agosto de 2016. A usina vai operar no primeiro ano com uma produção de 1,2 milhão de toneladas de cloreto de potássio, passando, no segundo ano de operação, para 2,4 milhões de toneladas. O Projeto Carnalita deve gerar cinco mil empregos durante sua fase de implementação e outras 700 vagas permanentes quando entrar em operação.

Fonte: ASN

Vencedores do concurso World Press Photo 2012

Jornal O Dia em PDF, Sabado, 11 de Fevereiro de 2012

Governo do Estado fecha o cerco aos grevistas
Cabral baixa decreto que reduz prazo de conclusão de processos disciplinares: PMs e bombeiros podem ser expulsos em 15 dias

Rio - O governo do Rio minou a greve organizada por policiais civis e militares e bombeiros. 17 PMs foram presos, 10 deles através de mandados de prisão preventiva decretados pela juíza Juliana Ferraz, a pedido do comandante-geral da PM, coronel Erir Ribeiro. Todos estão no presídio de Bangu 1. Outros 129 poderão ser punidos por envolvimento na greve. No Corpo de Bombeiros, um oficial acabou exonerado do cargo, e 123 guarda-vidas foram indiciados por falta ao serviço e ficarão presos administrativamente nos quartéis.

Para fechar o cerco aos militares grevistas, o governador Sérgio Cabral baixou decreto que reduz prazos das tramitações dos processos administrativos. Com isso, PMs e bombeiros podem ser expulsos da corporação em até 15 dias. “A greve não teve êxito”, avaliou Cabral, ressaltando o aumento concedido, na quinta-feira, de 38,81% até 2013. Líder dos bombeiros, o cabo Benevenuto Daciolo segue preso em Bangu 1. A libertação dele é reivindicação. Nesta sexta-feira, a população pouco sentiu os efeitos da paralisação, e serviços foram mantidos, além da programação do Carnaval e da rodada do Cariocão. Só uma rede de cinemas cancelou sessões após 22h30 no Leblon e Tijuca. Embora nas ruas não houvesse falta de PMs, muitos fizeram espécie de greve na viatura: foram para seus postos, mas não atuaram.

A maior adesão foi no interior. Em Volta Redonda, seis PMs foram presos em flagrante e 129 responderão a inquérito por incitar à desobediência. Pena varia de 2 a 4 anos de prisão.

Sessenta homens do Bope e do Batalhão de Choque foram acionados para Campos e Itaperuna, a fim de evitarem e combaterem atos violentos. Para o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, o Rio ainda não precisa de reforço federal. Porém, 14 mil homens do Exército e da Força Nacional estão de prontidão. A Polícia Civil informou que o atendimento à população e as investigações não foram atingidos. Até o fechamento desta edição, um PM estava foragido da Justiça. Neste domingo, haverá manifestação, às 10h, em Copacabana.

Prazo para atuação do Conselho de Disciplina fica menor

Para permitir que PMs e bombeiros possam ser expulsos da corporação em até 15 dias, o governador Sérgio Cabral baixou nesta sexta-feira decreto, em edição extraordinária do Diário Oficial, apressando as punições. A nova regra modifica outro, de 1978, que regulamenta o Conselho de Disciplina dos militares, responsável pelas exclusões.

A nova diretriz reduz à metade — de 30 para 15 dias — o prazo a conclusão do trabalho do conselho. Quem faz a investigação só terá cinco dias para avaliar a conduta do militar: antes eram 20 dias. O tempo de recurso contra a decisão caiu para cinco dias. E o prazo para secretário de estado julgar esse recurso mudou de 20 para sete dias.

Outra novidade é que tanto o secretário de Defesa Civil, Sérgio Simões, quanto o comandante da PM, Erir Ribeiro, poderão pedir os procedimentos e dar solução diferente do conselho. Antes, o poder era exclusivo do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame.

Os grevistas estão sendo acusados de incitar à desobediência, à indisciplina ou prática de crime militar; publicar ou criticar indevidamente e desacatar a superior. As penas variam de dois a quatro meses de prisão. Em 2009, Superior Tribunal Federal também decidiu que servidor público armado — caso de policiais e bombeiros, por exemplo — não pode fazer greve.

As primeiras horas da greve

A procura da população por delegacias das zonas Sul, Norte e Oeste do Rio, além da da Baixada, foi menor do que o normal. De madrugada, O DIA percorreu as linhas Vermelha e Amarela, além da Avenida Brasil, e não encontrou viatura da PM em patrulhamento. As cabines de vigilância estavam vazias. De dia, unidades chegaram a fixar em portas aviso de paralisação das atividades. O trabalho dos bombeiros nos postos de salvamento da orla foi reduzido por causa do movimento grevista. 16ª DP, BARRA

Cartaz fixado na porta avisava sobre a greve. “Greve. Atendimento somente para casos de prisão em flagrante e remoção de cadáveres, segundo normas do sindicato”, informava o folheto na Barra da Tijuca.

14ª DP, LEBLON

Policiais militares tentavam verificar a ficha criminal de um grupo detido em atitude suspeita na praia. Depois de cinco horas de espera, os PMs liberaram os jovens sem fazer o levantamento.

13ª DP, COPACABANA

A ordem era a mesma: só ocorrências emergenciais seriam registradas

ZONA NORTE

O trabalho em delegacias da Zona Norte também foi afetado. Na 22º DP (Penha), por exemplo, comerciante tentou registrar ocorrência de furto mas foi surpreendido por um policial que disse para “voltar depois da greve”. Cristiano Pereira, 25, teve seu celular e documentos furtados no ônibus da linha 350.

BAIXADA FLUMINENSE

A recepção e a sala de registros de ocorrências das delegacias passaram parte do dia vazias. Na porta da 52ª DP (Nova Iguaçu), as viaturas estacionadas estavam com panfletos, informando sobre a greve, presos nos párabrisas.

SALVAMENTO NA ORLA

Segundo bombeiros de plantão na Zona Sul, apenas 30% dos salva-vidas estavam em serviço. Eles trabalharam ontem sem uniforme. Muitos postos estavam vazios.

Socorro chega rápido

Um motociclista foi baleado nas costas em assalto, às 15h desta sexta-feira, na Rua Beatriz Larragoiti Lucas, no Estácio. Em poucos minutos, policiais do 1º BPM (Estácio) chegaram para socorrer Alexandre Freitas Esquerdo, 39. Ele foi operado no Hospital Souza Aguiar, no Centro. Não há informação sobre seu estado de saúde. A dupla fugiu com o veículo, recuperado pouco depois. Ninguém foi preso.

Tamanho: 23.38 Mb
Formato: PDF

Esse é dos bons....

Jornal O Estado de SP em PDF, Sabado, 11 de Fevereiro de 2012

Rio prende 16 policiais e agiliza processos para punir grevistas
Clima era de normalidade na capital; Planalto garante que carnaval terá segurança

No primeiro dia de greve dos policiais e bombeiros no Rio, o governo estadual indiciou dezenas de militares das duas corporações e baixou decreto para agilizar a punição aos líderes do movimento. O Corpo de Bombeiros anunciou a prisão administrativa de 123 guarda-vidas e abriu processo disciplinar. Sete policiais foram detidos em diversos batalhões por desobediência, 147 foram indiciados por crimes militares e 16 foram presos. Dos 11 líderes grevistas da corporação que tiveram prisão decretada pela Justiça da Auditoria Militar, 9 foram detidos - entre eles três oficiais da reserva . Um processo disciplinar foi aberto para julgar 14 PMs, que poderão ser expulsos. Nas principais ruas da capital, o policiamento não era ostensivo, mas a impressão de normalidade predominava. O governo federal afirmou que tem planos de contingência para garantir a segurança do carnaval em qualquer Estado do País. (Págs. 1 e Cidades C1 e C3 a C5)

José Eduardo Cardozo

Ministro da Justiça

"Temos condições de mandar tropas para qualquer Estado que necessite de reforço. Não tenho a menor dúvida de que o carnaval transcorrerá em absoluta normalidade em todos os Estados."

Bahia diz que 85% estão trabalhando

Segundo o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, 85% do efetivo policial está trabalhando na Região Metropolitana de Salvador e 80% estão nas ruas no interior. Para ele, na maior parte de Estado, o policiamento é "normal". Lideranças grevistas contestam os dados apresentados por Castro e afirmam que a paralisação está mantida. (Págs. 1 e Cidades C4)

Amanhã: Meninos do Contestado
Especial mergulha na maior rebelião do País no século 20. (Pág. 1)

Após ataque de Marta, Kassab vai à festa do PT
Um dia após a senadora Marta Suplicy ter dito que teme acabar de "mãos dadas" com Gilberto Kassab numa eventual aliança antre o PT e o PSD na eleição em São Paulo, o prefeito fez questão de comparecer à festa em comemoração dos 32 anos do PT, em Brasília. "Não acredito que a Marta nos tenha como inimigos". O pré-candidato Fernando Haddad afirmou que Kassab era "bem vindo". Segundo o PT, ele compareceu na condição de "presidente de partido aliado ao governo Dilma", embora não integre a base. (Págs. 1 e Cidades A6)

Após balanço negativo, ações da Petrobrás desabam
O forte prejuízo da área de abastecimento da petrobras no último trimestre de 2011 surprendeu anilistas e instituições financeiras e fez a companhia perder R$ 28,2 bilhões em valor de mercado, segundo cálculo da Economática. Ontem, as ações ON da estatal caíram 8,28%. Os PN, 7,84. (Págs. 1 e B1/Economia)

R$ 4,4 bilhões foi o prejuízo da parea de abastecimento da petrobrás no último trimestre de 2011.

Ministra que defendeu aborto é 'mal-amada', afirma bispo
O bispo de Assis (SP), d. José Benedito Simão, presidente da Comissão pela Vida da Regional Sul, da CNBB, afirmou que Eleonora Meniccucci, nova ministra da secretaria de Política das Mulheres, "é infeliz, mal-amada e irresponsável". Ela "adotou postura contra o povo e em favor da morte" ao defender o aborto, atacou. Eleonora foi empossada ontem pela presidente Dilma Rousseff, que diz ter certeza que a ministra "atuará segundo diretrizes do governo em todos os temas". (Págs. 1 e A4/Nacional)

PosseFot-legenda:
Eleonora criticou a disseminação do "padrão sexista"

Mercadante quer bônus para alfabetização
O ministro da Educação, Aloízio Mercadante, disse em entrevista, ao Estado que discute o pagamento de bônus para as escolas que alfabetizarem todos os alunos até 8 anos de idade. "Temos de valorizar essa conquista", afirmou. (Págs. 1 e A22/Vida)

Governo sírio acusa rebeldes de terrorismo (Págs 1 e A18 / Internacional)

Reciclável vai para o lixo em SP por falta de coleta (Págs. 1 e C7 / Cidades)

Vladmir Putin
Democracia russa

Precisamos modernizar os mecanismos de nossa democracia de modo que eles correspondam ao aumento nna atividade social. (Págs. 1 e A20 / Visão Global)

Notas & Informações
A propagação do motim

A repressão a greves de servidores que portam armas é dever elementar do poder público. (Págs. 1 e A3)

Tamanho: 48.67 Mb
Formato: PDF

Veja | 08 de Fevereiro de 2012 Edição 2255 - Completa

Pense em um operador bom...

Imagens da semana - 10/02/2010

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Prorrogada a inscrição do Caju na Rua

O edital e o formulário de inscrição podem ser acessados na página principal do site da Prefeitura de Aracaju.JornaldaCidade.Net


A Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), prorrogou o período de inscrição da 2ª edição do Caju na Rua. A seleção que começou na última segunda-feira, 6, agora será ate o dia 17. Segundo a presidente, a mudança da data favorece os artistas plásticos. "Prorrogamos a data com o objetivo de garantir uma participação maior de artistas plásticos de todo o Estado", esclarece. O edital e o formulário de inscrição podem ser acessados na página principal do site da Prefeitura de Aracaju.


O projeto Caju na Rua, que também conta com o apoio da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Funcaju), atualmente tem 11 obras espalhadas pela cidade, sendo 10 patrocinadas pela prefeitura. Já na segunda edição, serão implantados mais 10 cajus, ampliando o acesso da população aracajuana à arte nos mais diversos bairros

"Essa é uma iniciativa de apoio à cultura sergipana, que visa aproximar os cidadãos do trabalho de artistas sergipanos. As obras serão dispostas em diversos pontos de Aracaju, transformando as vias públicas e praças em verdadeiras galerias de arte. É um projeto inovador e conceitual que fortalece mais ainda a cultura sergipana", destaca Lucimara.

Os artistas plásticos irão imprimir seu estilo, dando cores, imagens e vida a um dos símbolos da capital sergipana, o caju. As obras serão instaladas em diversos pontos da cidade, priorizando aqueles que têm importância histórica e lugares de grande circulação de pessoas. "Nosso objetivo nesta segunda edição é maximizar esse trabalho de intervenção urbana e divulgar o projeto, mostrando aos cidadãos o potencial dos artistas da capital e do interior", enfatiza a presidente da Emsurb.

Regulamento

Cada artista pode enviar até dois trabalhos para avaliação, sendo que apenas um poderá ser selecionado. O critério é formado pelo conjunto da qualidade e criatividade da obra em conformidade com o regulamento. A criação é de livre escolha do artista, estando este ciente que não serão permitidos trabalhos com temas religiosos, políticos, com alusão a times de futebol ou de natureza sexual. Serão vetados trabalhos que apresentem qualquer tipo de propaganda ou logotipo de empresas.

As obras serão selecionadas por uma comissão especializada constituída por representantes do Projeto Caju na Rua, Prefeitura Municipal de Aracaju, Fórum Permanente de Artes Visuais de Sergipe e um jornalista.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 09/02/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Escapou fedendo....

Jornal O Dia em PDF, Quinta, 09 de Fevereiro de 2012

Bloco planeja homenagear Wando no próximo domingo:
Minas Gerais - O bloco Fogo e Paixão, que é inspirado em Wando e só toca música brega, pretende fazer uma homenagem ao cantor no próximo domingo, quando desfilará, a partir das 11h, no Largo da Carioca, no Centro. “Não sei se faremos um minuto de silêncio, se vamos falar alguma coisa, vamos ver”, disse o presidente do bloco, Alexandre Morand. A convite do bloco, Wando gravou um vídeo para ser postado num site de financiamento, com o objetivo de arrecadar fundos para o desfile. Em menos de um mês, os organizadores conseguiram arrecadar R$ 9 mil. No vídeo, Wando diz que o bloco é o mais “bacana” e “sexy” do Rio, e pede doações.

No ano passado, o desfile contou com mais de mil pessoas fantasiadas de brega. Mulheres jogaram calcinhas para o alto em homenagem ao cantor. Para este domingo, Alexandre Morand teme que haja uma superlotação.

Leila Moraes, secretária de Wando há 3 anos, diz que a família ainda não decidiu o que fazer com seu acervo de 17 mil calcinhas. Segundo ela, o cantor pedia que tivesse muito cuidado com as peças presenteadas pelas fãs. “Ele era um homem gentil, educado e muito solícito”, disse.

Segundo Leila, Wando estava sem gravadora, mas planeja gravar novo CD. Seu último lançamento foi a coletânea ‘Romântico Brasileiro, sem Vergonha’ (Som Livre), em 2005.

'Um amor quando se vai deixa a marca da paixão'

A música brasileira perdeu o seu mais despudorado cantor romântico. Wanderley Alves dos Reis, o Wando, 66 anos, morreu ontem, por volta das 8h, vítima de uma parada cardíaca. Maior colecionador de calcinhas do País — mais de 17 mil peças — e conhecido por sucessos como ‘Fogo e Paixão’, o cantor estava internado desde o dia 27 de janeiro, no Instituto Biocor, em Nova Lima, Minas Gerais, onde passou por uma angioplastia coronária para desobstrução das artérias do coração. O corpo do ídolo será enterrado hoje, às 11h, no cemitério Bosque da Esperança, em Belo Horizonte.
De acordo com os últimos boletins médicos, o quadro clínico de Wando apresentava melhoras. No domingo, ele enviou um bilhete para os fãs por meio de parentes que o visitaram. “Eu estou na oficina de Deus arrumando a turbina. Me aguardem!”, escreveu o cantor. Mas, segundo o cardiologista Heberth Miotto, Wando teve uma queda de pressão sanguínea, às 5h40 de ontem, e sofreu a parada cardíaca uma hora depois.

Durante o velório, que começou ontem à tarde, a família permitiu a entrada de fãs no Bosque da Esperança. Uma mulher colocou uma calcinha vermelha sobre o caixão, com a autorização da mulher do cantor, Renata Costa Lana e Souza. A Duloren, que veiculou no Facebook um cartaz torcendo pela recuperação de Wando, enviou coroa de flores, mas não planeja, por enquanto, uma ação em sua homenagem.

Em 43 anos de carreira, Wando lançou 28 álbuns e vendeu mais de 10 milhões de cópias de discos e CDs. Mineiro de Cajuri, na Zona da Mata, ele passou parte da infância em Juiz de Fora, antes de mudar-se para Volta Redonda (RJ), onde trabalhou como vendedor de leite, entregador de jornal, feirante e caminhoneiro. Nessa época, já cantava e tocava violão em bailes da região.

A carreira profissional decolou em 1973, quando mudou-se para São Paulo e lançou o primeiro álbum, ‘Glória a Deus no Céu e Samba na Terra’. Nesse começo, foi gravado por Roberto Carlos (‘A Menina e o Poeta’) e Jair Rodrigues (‘O Importante É Ser Fevereiro’). Dois anos depois, conheceu o sucesso com o disco ‘Moça’, que vendeu 1,2 milhão de cópias. ‘Fogo e Paixão’, do disco ‘O Mundo Romântico de Wando’ (1988), também está entre os seus maiores hits.

Wando não se importava com o rótulo de brega e orgulhava-se de sua coleção de calcinhas, presenteadas por fãs.

Além da mulher, o cantor deixa quatro filhos: Gabrielle e Wanderley Júnior, de seu primeiro casamento; Katiuska, de um relacionamento, e Maria Sabrina, 5 anos, fruto de sua união com Renata, com quem estava há 7 anos.

O adeus ao romântico 'da melhor qualidade'

A morte de Wando também causou grande comoção no meio artístico. Ontem, muitos famosos — das mais diversas áreas — lamentaram a perda do cantor e fizeram questão de homenageá-lo de alguma forma.

Tamanho: PDF
Formato: 24.92 Mb

PESSOAS SÃO IMPRESSIONANTES | Janeiro 2012 | | Original

Jornal O Globo em PDF, Quinta, 09 de Fevereiro de 2012

Na Bahia, Exército corta luz, água e comida de grevistas
Gravação mostra PMs amotinados comandando atos de vandalismo

Depois de fracassada a tentativa de negociação e de o comandante da operação do cerco aos grevistas ter sido fotografado ganhando um bolo de aniversário de grevistas, o Exército endureceu ontem: reforçou a tropa que cerca a Assembleia, onde os PMs estão amotinados, suspendeu a entrega de comida e manteve cortadas a energia e a água. O clima ficou tenso durante todo o dia, com helicópteros dando rasantes sobre o prédio, e grevistas provocando os soldados, além de ameaçarem fechar uma das principais avenidas de Salvador. Gravações mostradas pelo "Jornal Nacional", da Rede Globo, mostram que, de dentro da Assembleia, onde está amotinado, um dos líderes do movimento, Marco Prisco, ordena atos de vandalismo, como o fechamento de uma estrada. Também revelaram um movimento articulado para espalhar o pânico e tentar forçar a aprovação da PEC-300, que cria piso nacional para policiais e bombeiros. As ruas da capital e pontos turísticos estão vazios. Mas a organização do carnaval e o governador Jaques Wagner garantiram que a festa será realizada no estado. (Págs. 1 e 3)

Ministros do STF e juristas são unânimes: PMs não tem direito de fazer greve (Págs. 1 e 4)

Planalto orienta governo da Bahia a não anistiar policiais grevistas (Págs. 1 e 3)

Blog do Noblat

O general que ganhou o bolo continua em Salvador, mas quem chefia a operação agora é o comandante militar do Nordeste. (Pág. 1)

Judiciário quer Previdência própria
Magistrados não aceitam ser incluídos no fundo previsto para todos os servidores públicos

As associações que representam os magistrados do país ameaçam recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) se a categoria for incluída no Regime de Previdência Complementar do Servidor Público, em tramitação no Congresso. Em nota, três entidades - a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação Nacional dos Juízes (Ajufe) e a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) afirmam que os juizes devem ter tratamento diferenciado. Segundo essas entidades, a previdência de magistrados tem que ser tratada em lei complementar, e não por lei ordinária, caso do projeto em tramitação. Um dos temores é que haja redução dos vencimentos dos juízes aposentados. O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, arquivou a ação em que a Ajufe pedia reajuste de 4,8% no salário dos ministros da Corte. (Págs. 1, 3 e 12)

Juízes: punição só com maioria absoluta

O STF decidiu ontem que juízes só podem receber pena disciplinar se houver maioria absoluta de votos dos julgadores. Se isso não ocorrer, o magistrado não terá punição. (Págs. 1 e 11)

TJ de SP mantém extras milionários

O Tribunal de Justiça de SP decidiu manter os pagamentos milionários a desembargadores até analisar a defesa deles. Pelo menos cinco receberam de R$ 400 mil a R$ 1,5 milhão. (Págs. 1 e 10)

Foto legenda: O criador visita a criatura
O arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, visita as obras de reforma do Sambódromo. (Págs. 1 e 23)


PF indicia 22 no caso do banco de Silvio Santos
A Polícia Federal indiciou 22 do Banco PanAmericano, que pertencia ao Grupo Silvio Santos, por envolvimento na fraude de R$ 4,3 bilhões. Entre eles, estão o ex-presidente do banco Rafael Paladino e o ex-presidente do grupo Luiz Sandoval. A PF encontrou indícios de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta e caixa dois. (Págs. 1 e 27)

Privatização: PT reage às críticas tucanas
O PT reagiu às provocações do PSDB sobre os aeroportos. Nas redes sociais e na internet, nomes como José Dirceu e Rui Falcão disseram que houve concessão e não venda. (Págs. 1, 29, Merval Pereira e Carlos A. Sardenberg)

Bombardeio mata bebês prematuros
Um episódio causou ultraje ontem na Síria: em Homs, epicentro da repressão, testemunhas relataram que um ataque provocou a queda de energia num hospital, matando 18 bebês prematuros. A informação foi desmentida pelo governo. (Págs. 1 e 35)

Ministério veta vídeo sobre Aids na internet
O Ministério da Saúde determinou ao Programa de Aids a retirada da internet de um vídeo com cenas de afeto entre dois homens. O filme seria exibido na TV e internet no carnaval. O ministro Alexandre Padilha negou a censura. (Págs. 1 e 14)

CGU: contratos irregulares com ONGs somam R$ 867 milhões (Págs. 1 e 12)

Tamanho: PDF
Formato: 32.21 Mb

A Vida é Bela

Jornal O Estado de SP em PDF, Quinta, 09 de Fevereiro de 2012

Cresce cerco do Exército a policiais em greve na Bahia
Mobilização aumenta e soldados chegam a impedir a entrada de alimentos para os PMs na Assembleia

Em um dia sem negociações entre associações de PMs grevistas e governo da Bahia, o Exército voltou a endurecer o cerco aos policiais que ocupam a Assembleia Legislativa. O efetivo foi ampliado de 1.050 para 1.200 homens e, pela manhã, os soldados impediram a entrada de mantimentos e medicamentos para os grevistas. O secretário da Casa Civil, Rui Costa, reiterou que o governo não negocia com os líderes do movimento e afirmou, pela primeira vez, que o Exército pode usar a força para “resolver a situação". “A paciência da sociedade está se esgotando, vão chegar mais tropas à Bahia e a situação será resolvida, de uma forma ou de outra." Não havia previsão da retomada das negociações - o governo baiano não abre mão de punir os grevistas. (Págs. 1 e Cidades C1, C3 e C4)

Cai o chefe da operação

O general Gonçalves Dias foi afastado do comando das operações em Salvador. Para o governo da Bahia e o Planalto, ele se comportou como um aliado dos grevistas. (Págs. 1 e Cidades C3)

Dilma cancela visita a obra parada
A presidente Dilma Rousseff cancelou em cima da hora viagem a Missão Velha, divisa do Ceará com Pernambuco, onde visitaria trecho das obras da ferrovia Transnordestina. O palco da festa fora montado num ponto em que a construção está parada, relata a enviada especial Tânia Monteiro. Sindicalistas dizem que, dos 813 funcionários contratados, restam apenas 190. Outra obra, a transposição do Rio São Francisco, também está parada. A esse respeito, Dilma disse que, a partir de agora, vai "cobrar metas e resultados concretos". (Págs. 1 e Nacional A4)

Dilma Rousseff
Presidente

“Não queremos saber se algo não deu certo no final do ano. Queremos saber antes porque isso permitirá que a gente faça a nossa parte"

Foto-legenda: Passarela do samba entusiasma Niemeyer
Sob um calor de 40 graus, o arquiteto Oscar Niemeyer, de 104 anos, esteve ontem no sambódromo do Rio, que passou por reforma de R$ 30 milhões para ficar exatamente como ele o projetou, há 28 anos. "Estou entusiasmado", disse Niemeyer. (Págs. 1 e Cidades C6)

Contratos suspeitos com ONGs somam R$ 755 milhões
As organizações não governamentais e demais entidades responsáveis por 305 convênios pegos na malha fina do governo ganharam prazo até 27 de fevereiro antes de entrarem na lista negra da Controladoria-Geral da União, que impedirá a celebração de novas parcerias com dinheiro público. Os contratos somam R$ 755 milhões. (Págs. 1 e Nacional A8)

Privatização não é questão ideológica, diz FHC
O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que a privatização dos aeroportos ajuda a "desmistificar" o "demônio privatista”. Para ele, a privatização não é "questão ideológica". O consórcio que venceu a concessão do Aeroporto de Viracopos disse que o investimento será R$ 3,5 bilhões menor que o previsto. (Págs. 1 e Nacional A10 e Economia B1)

FAO prevê década de alimentos mais caros (Págs. 1 e Economia B7)

Oposição síria acusa governo de matar bebês (Págs. 1 e Internacional A14)

Panamericano: inquérito da PF tem 22 indiciados (Págs. 1 e Economia B13)

Rio 2016 ultrapassa R$ 700 mi em patrocínios (Págs. 1 e Esportes E1)

José Serra
O oportunismo do PT

Se é o partido que faz, tudo será sempre correto - os fins justificam os meios, seja lá quais forem. Se é o adversário, tudo estará sempre errado. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Eugênio Bucci
Os direitos de Yoani Sánchez

O direito de ir e vir é um direito fundamental. Comida, cama, escola e hospital não são suficientes para que se tenha justiça social, paz e democracia. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações
Desastre na educação

O Brasil terá muita dificuldade para se manter entre as maiores e mais prósperas economias. (Págs. 1 e A3)

Tamanho: PDF
Formato: 33.35 Mb

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 08/02/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Melhores imagens de esporte da semana - 08/02/2012

Jornal O Dia em PDF, Quarta, 08 de Fevereiro de 2012

Fluminense vence, mas decepciona a torcida
Tricolor jogou mal e contou com a sorte para não sair com resultado ruim do Engenhão

Rio - Um gol de Fred logo no início iludiu o torcedor, que chegou a imaginar uma vitória tranquila do Fluminense sobre o Arsenal, nesta terça-feira, no Engenhão. Após uma partida tensa, em que o time não controlou os nervos, o Tricolor derrotou os argentinos por 1 a 0, na estreia no Grupo 4 da Libertadores, e deixou evidente que precisa melhorar se quiser repetir a boa campanha de 2008, quando chegou ao vice-campeonato. Oportunista, Fred aproveitou cruzamento de Carlinhos e abriu o placar logo aos 2 minutos. O gol trouxe sentimento de nostalgia, e os mais otimistas sonharam com a repetição da goleada por 6 a 0 sobre o próprio Arsenal, em 2008.

À frente no placar, o Fluminense passou a controlar o jogo e aproveitou os espaços deixados pelo Arsenal. Porém, a partir dos 20 minutos, o Tricolor diminuiu o ritmo, e o Arsenal teve grande chance de empatar com Zelaya, mas o árbitro equivocadamente marcou impedimento.

Quando os argentinos eram melhores, Diego Cavalieri evitou que Leguizamón empatasse, aos 35. Com sorte, o Flu foi para o vestiário com a vitória parcial, após muito sufoco.

A volta do intervalo evidenciou ainda mais a superioridade do Arsenal, que, em menos de 4 minutos, teve três oportunidades. Numa delas, Cavalieri salvou com a ponta dos dedos.

Irritada com a queda de rendimento, a torcida escolheu seus culpados e passou a vaiá-los. Carlinhos e Wagner eram os mais perseguidos. Com a entrada de Thiago Neves na vaga de Sobis, a expectativa de melhora no passe se concretizou e o Flu se tornou mais agressivo. Wellington Nem ainda substituiu Deco e deu velocidade.

Aos 28, o futebol deu lugar à violência e ao empurra-empurra, após Wagner revidar com um chute uma falta sofrida. O meia e Aguirre foram expulsos. No reinício, o jogo continuou tenso e ríspido. Thiago Neves quase marcou, mas a bola passou rente à trave, já aos 43. Antes do fim, Leandro Euzébio chutou o rosto de um rival e recebeu o vermelho. Sob pressão, os tricolores tiveram trabalho para afastar o perigo de gol e controlar os nervos, os principais adversário na vitoriosa estreia.

Festival Chinês de Lanterna 2012

Scooer a 70 MPH na neve

Jornal O Globo em PDF, Quarta, 08 de Fevereiro de 2012

País ainda tem 3,8 milhões de crianças fora da escola
Número equivale ao da população do Uruguai; no Rio, são 229 mil

O Brasil ainda tem um elevado número de crianças e jovens fora das salas de aula. Dados divulgados pelo movimento Todos Pela Educação relativos a 2010 mostram que são 3,8 milhões de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos que não têm acesso à escola - um contingente próximo ao da população do Uruguai. Em uma década, o país atingiu 91,5% de inclusão, mas nenhuma das regiões conseguiu atingir a meta intermediária de 93,4% estabelecida para 2010. No Rio, são 229 mil nessa faixa etária que não frequentam a escola. O relatório aponta para uma falha maior no segmento de 4 a 5 anos de idade. (Págs. 1 e 3)

Elio Gaspari

No programa "Um computador por aluno", só funcionou a compra de equipamentos. (Págs. 1 e 6)

Creches não saem do papel

A promessa de Dilma de construir 6 mil creches até 2014 não saiu do papel. Em 13 meses, o governo assinou 1.507 convênios com prefeituras, mas nenhuma nova unidade entrou em funcionamento, admitiu o ministro Mercadante, que prometeu acelerar o ritmo. (Págs. 1 e 3)

A trégua do bolo
Na Bahia, impasse e festa para general

Fracassaram as negociações entre o governo baiano e os representantes dos PMs em greve há oito dias. A Assembleia continua ocupada, mas as crianças começaram a deixar o prédio. Em momento de armistício, o comandante do cerco ao local, general Gonçalves Dias, ganhou um bolo de aniversário dos grevistas. Chorou e disse que seu presente era comandar a missão "e criar novos amigos". (Págs. 1, 10 a 12 e editorial “Greve agride estado de direito”)

Foto legenda: Nova tragédia
A cratera aberta no prédio de 13 andares, em São Bernardo do Campo (SP), onde o desabamento de uma laje no último piso, anteontem à noite, derrubou todos os outros, matando duas pessoas: uma criança de 3 anos e uma enfermeira. (Págs. 1 e 13)

Argentina abre na ONU nova 'guerra' por Malvinas
Em cadeia nacional, diante de correligionários e opositores, a presidente argentina, Cristina Kirchner, anunciou que denunciará na ONU "a militarização do Atlântico Sul" empreendida pelo Reino Unido. Cristina assinou um decreto que põe fim ao sigilo de quase 30 anos do chamado informe Rattenbach, inquérito das Forças Armadas argentinas para apurar responsabilidades e apontar crimes cometidos durante a Guerra das Malvinas. Ela disse que gostaria de ver o príncipe William, que participa de um treinamento nas ilhas, em roupas civis e não com uniforme militar. (Págs. 1 e 29)

Só Rússia e Síria acreditam em negociação
Enquanto embaixadores de países europeus e árabes deixavam a Síria, o chanceler russo, Sergei Lavrov, chegou a Damasco, recebido como herói. A ele, o ditador Bashar al-Assad prometeu um referendo constitucional e eleições. (Págs. 1 e 30)

Calor faz carioca sofrer nos transportes
De trem, ônibus ou metrô, o carioca sofre com o calor nos transportes públicos. Na cidade onde os termômetros oficiais registraram ontem 39 graus à sombra, apenas o metrô tem ar-condicionado em todas as composições, mas a superlotação prejudica o bom funcionamento. Nos trens, só 40 dos 160 (25%) são refrigerados, assim como 1.459 ônibus (17% da frota). (Pág. 1 e 14)


Dengue começa o ano 58% maior
Nas 5 primeiras semanas deste ano, a cidade do Rio já registrou 2.625 casos, um aumento de 58% em relação ao mesmo período de 2011. Em uma semana, foram confirmados mais 2 casos de dengue 4, elevando para 8 os registros do novo vírus. (Págs. 1 e 14)

Rio tem menos homicídios e mais saidinhas
De 2010 para 2011, o índice de homicídios dolosos no estado caiu 10%. Foram registradas 4.286 mortes no ano passado. Desde 2006, a redução chega a 32%. Roubos caíram 11,2%, mas saidinhas de banco aumentaram 15,5%. (Págs. 1 e 19)

Os próximos voos da privatização
Os aeroportos de Galeão e Confins devem ser os próximos na lista de concessão à iniciativa privada. A previsão é que o leilão saia ainda este ano. (Págs. 1, 21, 22 e editorial "Preconceito começa a ser superado")

Trailer | O incrível homem araha 3D

Jornal O Estado de SP em PDF, Quarta, 08 de Fevereiro de 2012

Negociação fracassa na BA e mortes passam de 120
Homicídios na Região Metropolitana de Salvador dobram; perdão a grevistas leva a impasse

Após 16 horas de negociação, as associações de policiais e o governo da Bahia chegaram a um impasse e não fecharam acordo para pôr fim à greve, que completou oito dias. A anistia para os sindicalistas e o prazo para pagar gratificações travaram as conversas. “Não há espaço no orçamento para que o pagamento seja realizado agora", disse o governador Jaques Wagner (PT). “Ô, ô, ô, o carnaval acabou”, gritavam os acampados na Assembleia Legislativa. Desde o início da greve, ocorreram na Região Metropolitana de Salvador pelo menos 120 homicídios - uma média de 15 por dia, mais que a dobra do registrado normalmente. Grevistas são investigados por homicídios e saques. Em meio ao temor de que o movimento se espalhe, o governo Dilma Rousseff desengavetou projeto de lei que disciplina o direito de greve de servidores. (Págs. 1 e Cidades C1 e C3)

Casas são saqueadas

Em Feira de Santana, a 109 km de Salvador, a presença do Exército não coibiu a onda de saques a residências. Moradores relatam madrugada de terror. (Págs. 1 e Cidades C3)

Foto-legenda: 13 andares de destruição
Rombo em prédio de São Bernardo: infiltração na cobertura pode ter derrubado lajes; uma criança de 3 anos morreu. (Págs. 1 e Cidades C4)

Capacidade de vencedores de leilão é posta em dúvida
O resultado do leilão de privatização dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília trouxe preocupação entre investidores que detêm papéis de empresas dos consórcios vencedores. Com medo da falta de capacidade para honrar os investimentos e compromissos com o governo federal, eles venderam o que puderam. As ações da Triunfo Participações (TPI), empresa líder do grupo que arrematou o aeroporto de Viracopos, em Campinas, caíram 10% no pregão de ontem. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Rússia tenta negociar fim de ataques na Síria
O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse em Damasco ter recebido do presidente sírio, Bashar Assad, o “compromisso de acabar com toda a violência, independentemente de suas origens", Itália, França, Espanha, Holanda e Bélgica retiraram embaixadores do país. (Págs. 1 e Internacional A12)

Doação problemática
Dois irmãos de mexicano que fugiu após ser acusado de fraude e tráfico de drogas nos EUA doaram para reeleição de Barack Obama. A campanha informou que devolverá mais de US$ 200 mil. (Págs. 1 e A14)

STJ paga quase R$ 50 milhões em 'vantagens eventuais'
As chamadas “vantagens eventuais" pagas a ministros do Superior Tribunal de Justiça consumiram, em 2011, R$ 2,7 milhões. Análise de todo o quadro de servidores da Corte mostra que a remuneração custou, em 2011, R$ 450,5 milhões, sendo R$ 47,2 milhões só com vantagens eventuais. (Págs. 1 e Nacional A4)

Rio tem 58% mais casos de dengue em janeiro (págs. 1 e Vida A17)



ONG ganha prazo para se explicar
Nove dias após o fim do prazo para regularizar convênios, o governo deu mais tempo às ONGs responsáveis por 305 contratos "avaliados com restrição". (Págs. 1 e Nacional A8)

Eliana Cardoso
Europa em queda livre?

Se os EUA preservarem sua estabilidade financeira, a crise europeia não deve levar ao colapso das transações internacionais como na década de 1930. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Dora Kramer
Falta a contrapartida ao público

Ao contrário do que dizem políticos que propõem a destinação de parte do Orçamento para campanhas, já há financiamento público aos partidos. (Págs. 1 e Nacional A8)

Notas & Informações
A primeira privatização petista

Há motivos para otimismo, principalmente se o governo continuar privatizando aeroportos. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 21.62 Mb

PINK E FLOYD DO AMAZONAS

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Imagens engraçadas/curiosas - 07/02/2012

Clique na imagem abaixo para ver todas as fotos
Via Knuttz/Ueba

Jornal O Dia em PDF, Terça, 07 de Fevereiro de 2012

'Foi melhor para os dois', diz Malvino Salvador
Rio - Malvino Salvador, o Quinzé de ‘Fina Estampa’, fez ensaio sensual para a ‘TPM’ deste mês e falou sobre o término do romance com Sophie Charlotte, com quem divide a cena na novela das nove, em que são irmãos. “Foi um rompimento sem brigas nem mágoas. Os relacionamentos são assim, às vezes, perduram, às vezes, não. E foi melhor para os dois. Trabalhar junto não é simples, mas a gente sabe ser profissional e continua se admirando e torcendo um pelo outro. Somos amigos também”, disse o ator, sem dar pistas de ter voltado ou não com a atriz.

Com sete novelas na Globo, o ator extrapola o rótulo de galã: ele é bom pai e cuida do tanque (do corpo e da casa) com a mesma vontade. “No início da carreira, talvez tenham criado uma imagem que não corresponde ao que sou. Do pegador, do cara que é um tanquinho e ponto. Não que agora esteja brigando para mudar essa ideia, mas o problema é que isso nunca existiu”. Sobre relação, comenta: “A relação pode ser muito alto-astral, mas, se o sexo não for bacana, a pessoa vai querer buscar fora. Ou, ao contrário, ser maravilhoso na cama, mas não haver respeito e confiança. Dos dois jeitos é descompensado.”

Formato: PDF
Tamanho: 102.66 Mb

Jornal O Globo em PDF, Terça, 07 de Fevereiro de 2012

PT faz em aeroportos a sua primeira grande privatização
Modelo tem forte presença do Estado; ágio leva setor a pedir reajuste de passagens

Com ágio médio de 348%, o governo passou à iniciativa privada três dos principais aeroportos do país: Guarulhos, Viracopos (ambos em São Paulo) e Brasília. O total arrecadado foi R$ 24,5 bilhões, na primeira grande privatização de um governo petista, embora a Infraero ainda detenha 49% do capital. Os novos controladores assumirão os terminais em maio. Mesmo com o sucesso, celebrado por governo e analistas, houve a mão forte do Estado, que financiara, por meio do BNDES, até 80% dos investimentos necessários. O grupo que ficou com Guarulhos teve presença maciça dos fundos de pensão de estatais. O Snea, que reúne as empresas do setor, alertou que as passagens podem subir. (Págs. 1, 21 a 25, Miriam Leitão, Flávia Oliveira (Negócios & cia) e editorial "Leilão do Galeão merece ser antecipado")

O último roubo das malas
A Polícia Civil prendeu cinco pessoas que desviavam bagagens de voos internacionais no Aeroporto Guarulhos, um dos privatizados ontem. Na casa dos presos, incluindo três funcionários de companhias aéreas, foram achadas 30 malas. (Págs. 1 e 12)

Foto-legenda: Na Bovespa, grupo que venceu o leilão para operar Aeroporto de Guarulhos bate o martelo

Justiça manda PM liberar crianças
A Justiça determinou ontem, que os policiais militares baianos, em greve há uma semana, liberem as crianças usadas como escudo humano na Assembleia Legislativa, em Salvador, onde os grevistas estão entrincheirados, cercados por cerca de 850 homens do Exército e de outras unidades federais. Ontem, houve cinco confrontos entre manifestantes que tentavam furar o bloqueio e as tropas. Ataques a ônibus nas ruas de Salvador aumentaram o clima de insegurança entre a população. Em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana, até um veículo que fazia transporte escolar foi incendiado. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o governo não vai tolerar atos de vandalismo. (Págs. 1 e 3 a 9)

Foto-legenda: Bahia em guerra
Soldados da Polícia do Exército prendem um dos grevistas que tentou furar o bloqueio das forças federais em torno da Assembleia Legislativa de Salvador: cinco confrontos durante o dia

Foto-legenda: General Gonçalves Dias, que chefiou a Segurança de Lula: no comando

EUA desaconselham turismo em Salvador

A embaixada dos Estados Unidos em Brasília alertou os cidadãos americanos a adiarem visitas à Bahia por conta da crise de segurança no estado. O cônsul do Chile, no Rio, também desaconselhou visitas a Salvador, mesmo com a presença do Exército. (Págs. 1 e 9)

Enquanto isso, no Rio...
Roubo de fios paralisa metrô por uma hora

Com o sistema de sinalização em pane, 11 estações da Linha 2 pararam das 7h às 8h, superlotando ônibus e trens. O problema foi causado por três furtos de 390 metros de cabos entre a noite de sexta-feira e a manhã de ontem. (Págs. 1 e 13)

Síria tem crise diplomática e massacres
O veto da resolução na ONU condenando a Síria abriu uma crise diplomática: os EUA fecharam sua embaixada em Damasco, e a Rússia classificou como "histeria" a reação ao veto. Testemunhas detalham os massacres em Homs. (Págs. 1 e 29)

Brasil constrói reator nuclear para uso médico (Págs. 1 e 32)

Formato: PDF
Tamanho: 19.31 Mb

Jornal O Estado de SP em PDF, Terça, 07 de Fevereiro de 2012

Com fundos de pensão, leilão de aeroportos rende R$ 24,5 bi
Previ, Funcef e Petros estão no consórcio que levou Guarulhos; ágio médio nas 3 concessões foi de 347%

O leilão de privatização dos aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília superou as expectativas. Teve ágio médio de 347% e vai render ao governo R$ 24,5 bilhões. O consórcio Invepar - formado pelos fundos de pensão Previ, Funcef e Petros e a construtora OAS, em parceria com a estatal sul-africana ACSA - levou o Aeroporto de Guarulhos por R$ 16,21 bilhões, valor R$ 3,3 bilhões acima do segundo melhor lance. Executivos que participaram do leilão sugeriram que essa proposta só foi possível porque o consórcio seria "chapa-branca". Advogados que estudaram os aeroportos acreditam que o retorno do investimento não supere 4%. O presidente da Invepar, Gustavo Rocha, disse que o lance foi feito após oito meses de estudo: “Para entrar numa disputa assim, tínhamos de estar muito seguros". (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Análise: Celso Ming

As razões do sucesso. (Págs. 1 e Economia B2)

Em Salvador, militares se enfrentam
Bombas e tiros de borracha; cordões de isolamento com blindados do Exército e brigas entre militares paralisaram ontem as atividades no centro de governo da Bahia, em Salvador. A tensão entre os policiais grevistas e as tropas federais que cercavam a Assembleia Legislativa causou vários confrontos. O cerco aos 300 PMs que acampam no Legislativo seguia sem previsão para terminar. O governo exigia a prisão dos líderes - que prometiam resistir. A Polícia Federal ainda tentava prender 11 líderes do movimento. (Págs. 1 e Cidades C1, C3 e C4)

Governo teme efeito dominó

O governo Dilma Rousseff está preocupado com a possibilidade de o movimento baiano se espalhar por outros Estados. (Págs. 1 e Cidades C4)

Análise: Dora Kramer

À mão armada. (Págs. 1 e Nacional A8)

Foto-legenda: Tensão

Em Salvador, policial militar é contido por policiais do Exército durante cerco à Assembleia Legislativa da Bahia, ocupada por PMs grevistas.

Turismo apura possível desvio de R$ 56 mi em convênios
Cinco meses depois da Operação Voucher, o Ministério do Turismo pediu a instauração de 32 processos de investigação em convênios com entidades não governamentais. O grupo de trabalho que analisou repasses para 57 ONGs estima que o prejuízo aos cofres públicos possa ter chegado a R$ 56 milhões entre 2008 e 2011. (Págs. 1 e Nacional A4)

EUA decidem fechar embaixada em Damasco (Págs. 1 e Internacional A12)

Eleonora Menicucci vai para pasta das Mulheres (Págs. 1 e Nacional A8)

Prefeitura atrasa entrega de material escolar em SP (Págs. 1 e Vida A 16)

Hamas e Fatah firmam pacto de governo único (Págs. 1 e Internacional A13)

José Paulo Kupfer
Retomada americana

A receita da saída "made in USA" da crise é clássica e se apoia em duas pernas: afrouxamento monetário e política fiscal não contracionista. (Págs. 1 e Economia B8)

Arnaldo Jabor
Os românticos de Cuba

Tudo era pequeno na presença de Fidel. Era a materialização de um herói, como se Aquiles tivesse saído da Ilíada para conversar comigo. (Págs. 1 e Caderno 2, D8)

Conexão total
Campus Party reúne loucos por internet. (Págs. 1 e Negócios B14)

Notas & Informações
Casa da Moeda ou da mãe joana?

Todos ficaram mal no bate-boca sobre nomeação do presidente. (Págs. 1 e A3)

Formato: PDF
Tamanho: 29,82 MB

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Jornal O Dia em PDF, Segunda, 06 de Fevereiro de 2012

Disputa entre bancos baixa juros do crédito consignado
Portabilidade estimula briga por servidor estadual, que pode economizar mais de R$ 1.600:
Rio - A portabilidade bancária tem estimulado a concorrência entre instituições financeiras, e quem ganha é o servidor estadual. É no empréstimo consignado que os bancos mantêm foco, de forma a tornar o produto mais atraente, com juros menores e, de quebra, conquistar o funcionário como cliente. Comparar é a dica para obter mais vantagens. Em financiamento de R$ 5 mil, com prazo de 60 meses, a economia pode chegar a R$ 1.606,47. A Caixa sai na frente e oferece as melhores condições para prazos de 24, 36 e 48 meses. Já o Banco Itaú tem a melhor taxa em contrato de crédito consignado de 60 meses. Os dados da tabela consideram o teto do Custo Efetivo Total (CET) — incluindo taxa de juros e outros encargos — cobrado, atualmente, por cada instituição financeira. Segundo o governo do estado, há 1 milhão de contratos de empréstimo consignado ativos. Os principais usuários são professores e servidores da Segurança Pública — como policiais militares e bombeiros.

Servidor estadual, David Maia, 54 anos, tem dois empréstimos consignados. Um foi contratado para pagar dívidas com o cheque especial: “Costumo usar em casos de emergência. Vou direto ao banco, por saber que poderei encontrar juros mais vantajosos e por ser mais seguro”.

Ele conta que é cliente do Banco Itaú, mas pretende migrar para o Bradesco, após pesquisar taxas e vantagens em oferta nas duas instituições financeiras. “Toda essa pesquisa no período anterior à mudança foi importante para a decisão final. Sei que qualquer operação em banco é mais segura. Mas indico que o interessado faça um levantamento antes de assinar qualquer contrato”, recomenda Maia. Alternativa para fugir do especial

A decisão de David Maia, 54 anos, de contratar crédito consignado para zerar dívida no cheque especial é, segundo Gilberto Braga, professor do Ibmec, a saída adequada para escapar do colapso financeiro: “Os juros do consignado são 25% menores do que os do especial”.

O economista destaca contrato de 60 meses: a diferença é de R$ 26,77 mensais na prestação, que, após 60 meses, somam R$ 1.606,20. Então, o servidor contrata crédito de R$ 5 mil e paga mais cerca de R$1.600, se não pesquisar. Braga desaconselha ainda o refinanciamento, que alonga dívidas.

Formato: PDF
Tamanho: 99.85 Mb

Jornal O Globo em PDF, Segunda, 06 de Fevereiro de 2012

Estacionar fica até 300% mais caro no Rio
Tarifa por meia hora em shoppings e clínicas chega a variar 600%

Os preços cobrados nos estacionamentos privados no Rio explodiram, com aumentos de até 300% na hora adicional, sem qualquer regra ou fiscalização. Uma parada de meia hora, por exemplo, varia 600%, podendo custar de R$ 2, no Shopping Leblon, a R$ 14, no prédio do Instituto Brasileiro de Oftalmologia, em Botafogo. A hora adicional no shopping RioSul, que custava R$ 1, passou para R$ 4. A consultora jurídica do Procon-RJ Maria Rachel Coelho diz que a entidade está “engessada” desde abril, quando o Órgão Especial do TJ considerou inconstitucional a lei que há um ano proibiu a cobrança por tempo mínimo de permanência. (Págs. 1 e 12)

Aumenta a tensão em Salvador
PF chega à capital baiana para prender grevistas

Salvador vive um cenário de confronto iminente entre tropas do Exército, junto com agentes da Polícia Federal, e PMS em greve há seis dias. O presidente da Assembléia Legislativa, onde os grevistas estão acampados, pediu ao Exército a desocupação imediata do local, e um comando tático da PF chegou à capital baiana para prender 11 PMs com mandados e prisão expedidos. (Págs 1 e 3)

Dificuldades após leilão de aeroportos
Presidente da Odebrecht Infraestrutura, que disputa o leilão de aeroportos, Benedicto Junior diz que o setor privado terá dificuldades com as autarquias. Mas acredita no pragmatismo do governo. (Págs. 1 e 23)

Paraty teve mais 2 barcos assaltados
Os ataques, também violentos, ocorreram na virada do ano, mas as vítimas não registraram queixa por temer represálias. Empresários da região pediram ao estado rigor nas investigações. (Págs. 1 e 19)

Educação
Atraídas pelo mercado brasileiro, universidades estrangeiras firmam parcerias com escolas de negócios do Brasil. (Págs. 1 e 4)

Formato: PDF
Tamanho: 27.07 Mb

Sergipe registra maior média de ocupação hoteleira de todos os tempos

Prova disso é a grande procura pelo destino nesse período de alta estação, onde a rede hoteleira do estado marcou uma das maiores médias de ocupação já registrada.

JornaldaCidade.Net

O estado de Sergipe vem se destacando cada vez mais no cenário de opções turísticas nacionais. Prova disso é a grande procura pelo destino nesse período de alta estação, onde a rede hoteleira do estado marcou uma das maiores médias de ocupação já registrada.

No mês de janeiro, a rede de hotéis do estado teve uma média ocupacional de 92% de bloqueios. Os dados são fornecidos pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih/SE), que garante ser a melhor média de todos os tempos. “Com esses dados, registramos um crescimento de 17% em relação ao mesmo período de 2011. Estamos extremamente satisfeitos com esses resultados, já que há muito tempo não víamos um crescimento tão grande como o deste ano”, revelou o diretor da Abih, Luciano Leal, que credita este avanço devido ao trabalho intenso de divulgação do estado realizado tanto no mercado nacional, quanto internacional.

De acordo com o secretário de Estado do Turismo, Elber Batalha, o momento é de muita expectativa para o setor em função de dois aspectos: porque esta é a época que o nordeste é um dos mais procurados pelos turistas durante o verão, como também os ótimos resultados obtidos por Sergipe nas feiras de turismo pelo país. “Estivemos em todas as feiras, exposições, festivais de turismo, encontros, convenções promovidos pelo governo do estado, através da Setur e Emsetur, com apoio da iniciativa privada e de entidades ligadas ao setor turístico de Sergipe. Estamos colhendo os frutos deste trabalho a cada dia, basta ver a quantidade de turistas que estão vindo para cá em busca dos nossos roteiros e, principalmente, das belezas, tranquilidade e diversidade que o estado possui”, contou o secretário.

Um detalhe interessante foi uma recente matéria publicada em rede nacional informando queda nos principais destinos do nordeste, a exemplo de Natal, Recife e Salvador. Na mesma publicação, estados como Sergipe aparece como um dos que estão crescendo e apresentando mais novidades na divulgação do destino. “Aqui em Sergipe temos opções variadas de diversão e lazer. Apesar de ser litoral, não são só nossas praias que encantam os turistas. Prova disso é a grande procura pelos passeios pela Foz e pelos Cânios do São Francisco, que recebe diariamente 1500 turistas”, afirmou Elber Batalha.

Já a secretária de Turismo de Canindé de São Francisco, Silvinha Oliveira, disse que o município vive tempos de bonança, resultado de um trabalho de parceria entre governos estadual e municipal, além dos parceiros do sistema ‘S'. "A movimentação turística no complexo Xingó cresceu estupidamente. Recebemos turistas todos os dias, inclusive até com fila de espera. Do ano passado para cá tivemos um crescimento de 30% no fluxo de pessoas. O legal é que estamos recebendo muitos sergipanos também. E isso é muito gratificante", disse Silvinha, creditando este aumento a qualificação profissional desenvolvida ao longo dos anos.

Aeroporto x Turismo

Segundo o superintendente da Infraero em Sergipe, Luiz Alberto Bittencourt, o aeroporto Santa Maria encontra-se acima da média nacional em relação à oferta no número de assentos. “Esses dados variam de acordo com o mês. Em 2009 tínhamos 10 voos diários em 2012 pulamos para 24 novos voos e agora mais 3 estão operando no estado. Diariamente cerca de 6 mil pessoas circulam pelo terminal e no ano aproximadamente 2 milhões”, esclareceu.

Já o secretário Elber Batalha ficou bastante entusiasmado com as novas informações das movimentações aeroportuárias do Santa Maria. “Este crescimento nos número de aeronaves pousando no estado demonstra o quanto estamos sendo procurados e vistos lá fora. Os novos voos que estão vindos dos estados de Pernambuco, Bahia e Belo Horizonte vão atender a grande demanda do Nordeste e isso só vai reforçar que estamos no caminho certo com a política do Governo do Estado em divulgar nosso destino para o mundo”, disse.

Crescimento

O superintendente da Infraero fez questão de ressaltar também o aumento do número de voos e do fluxo de turistas no aeroporto. Segundo Bittencourt, houve um crescimento de 16,24% no número de desembarque em 2011 em relação ao ano anterior, sendo Santa Maria o aeroporto que mais cresceu no Nordeste. No mesmo período, o aeroporto de Pernambuco registrou um crescimento apenas de 8%; o da Bahia, 7,6%; no Rio Grande do Norte, 6%; e 12,4% em Fortaleza. "Por conta deste aumento no fluxo no aeroporto, o Santa Maria vai passar por ampliação, que já se encontra em licitação e o as obras estão previstas para iniciarem no segundo semestre”, informou Bittencourt.

Reforma

Para se adaptar ao aumento no número de passageiros, o aeroporto Santa Maria vai passar por mudanças. De acordo com a Infraero, somente o aumento natural da chegada de turistas já era motivo para ampliar o aeroporto, mas com a realização de jogos de caráter internacional este fluxo aumentará. “O aeroporto Santa Maria vai triplicar o seu tamanho e ganhará novo local para embarque e desembarque, podendo atender voos de aeronaves de grande porte e passageiros da costa da Europa. A obra será feita em duas etapas, uma estará pronta até 2013 e a conclusão das obras ocorrerá em 2015”.

Festival Magh Mela 2012

Link

Nove maneiras para acabar com a celulite

Especialistas listam tratamentos que mostram resultados em duas semanas

por Manuela Pagan

Ela vai aparecendo aos poucos e dá um trabalho enorme para sumir - quando some. Inimiga das roupas mais curtas e pesadelo dos modelos justos, a celulite incomoda ainda mais no verão. "O problema aprece quando os vasos sanguíneos são comprimidos, dificultando a nutrição celular e a retirada das toxinas dos tecidos", explica a dermatologista Daniela Landim, da Sociedade Brasileira de Laser. Fases de mudança hormonal, como a puberdade, a gravidez e a menopausa, quando há mais retenção de líquidos, tendem a piorar a situação.

O combate ao problema conta, atualmente, com uma variedade de tratamentos estéticos que, para fazerem efeito, dependem de uma grande mudança de hábitos. "Alimentação balanceada, sem frituras e com muita água, e a prática de exercícios físicos, são fundamentais", afirma a dermatologista. A seguir, ela e outros especialistas dão receitas para combater à celulite - são soluções simples, que começam a mostrar resultados em duas semanas.
Alimente-se adequadamente
Alguns alimentos ajudam a desintoxicar o organismo - é o caso da maçã, rica em pectina, que neutraliza as toxinas presentes no organismo. Alimentos integrais, que têm muitas fibras, vitaminas do complexo B e minerais, também têm este efeito: eles aceleram a digestão do açúcar e não deixam o metabolismo entrar em marcha lenta. As folhas verde-escuras também melhoram a circulação e desintoxicam. O azeite de oliva, por sua vez, é anti-inflamatório e evita os edemas. Cuidar da alimentação é uma maneira de potencializar outros tratamentos e obter resultados mais rapidamente.
Beba água
A ingestão de líquidos ajuda a eliminar as toxinas, responsáveis pela formação da celulite. Para que haja o efeito desejado, você precisa beber dois litros de água, fracionados durante o dia. Outros líquidos, como sucos e isotônicos, também ajudam, mas é preciso ter cuidado com a quantidade de açúcar e calorias presentes nestas bebidas.
Pratique exercícios físicos
A celulite é reflexo de uma espécie de infarto dos vasos sanguíneos, causado por problemas circulatórios. Para melhorar o aspecto dos furinhos que você já tem e evitar que novos apareçam, a atividade física é primordial. Além de ajudar a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, os exercícios melhoram a circulação e, consequentemente, o aspecto da pele.
Drenagem linfática
A drenagem ajuda a retirar as toxinas dos tecidos e melhorar a circulação. "Por atuar nessas duas frentes, o tratamento é tão eficaz", afirma a médica Daniela Landim. Quando as massagens são realizadas duas vezes por semana, os resultados surgem no dia seguinte: você sente mais vontade de ir ao banheiro e a retenção de líquidos desaparece. Associada a hábitos alimentares saudáveis, a drenagem mostra resultados na pele após quatro sessões.
Massagem modeladora
Esta técnica não é destinada especificamente para a celulite, e sim para a perda de medidas. Mas, por melhorar a circulação, pois há aumento do fluxo de sangue na região massageada, ela também diminui a celulite.
Cremes anticelulite e automassagem
Os cremes para celulite têm efeito muito sutil se usados isoladamente. Mas, se associados à automassagem, eles respondem com mais eficiência - o ativo mais recomendado pelos especialistas é a cafeína, que inibe ação de uma enzima que estoca gordura.

Para fazer a automassagem, levante os braços e, com a mão oposta, faça um bracelete ao redor do punho e arraste sua mão, circulando o braço, até a axila. A pressão deve ser firme, mas sem machucar ou deixar manchas roxas na pele. Nas pernas, a massagem deve ser feita direto nas áreas onde a celulite está concentrada - sempre em direção ascendente, ou seja, comece nos joelhos ou tornozelos e suba até a virilha.

A cosmetóloga Roseli Siqueira, especialista do Minha Vida, dá a dica: massageia as plantas dos pés com uma bolinha de tênis, pisando nela. "Isso ajuda muito no bombeamento do sangue. Outro exercício gostoso é a massagem das pernas com um pau de macarrão, sempre em sentido ascendente", afirma.
Tratamentos estéticos
A endermologia é uma técnica que, além de drenar, modela o corpo. Ela é realizada com uma máquina que faz palpação, rolamento e sucção sucessivamente e ajuda a eliminar o aspecto de casca de laranja. Existe também a associação deste aparelho ao laser, estimulando a formação de colágeno e deixando a pele mais firme. Segundo Daniela Landim, esses métodos de tratamento para celulite são os mais comuns e mais eficazes, desde que associados a hábitos saudáveis.
Mude seus hábitos
O excesso de salto alto, o sedentarismo e as profissões que exigem muito tempo em posição sentada prejudicam a circulação e predispõem ao aparecimento da celulite. "Intercale o salto com sapatos baixos, levante da cadeira a cada duas horas, use as escadas, ande mais a pé, pare o carro numa vaga distante do seu trabalho. Com pouco esforço, você melhora sua circulação", afirma a dermatologista.
Quebre a tensão
A cosmetóloga Roseli Siqueira aponta a quebra das tensões musculares como um método eficaz para melhorar a circulação. "Na Europa a maior novidade no tratamento da celulite é o desbloqueio dos pontos de tensão", diz a especialista. Então, tente relaxar seu corpo, aliviar as tensões. Fazer alongamentos e exercícios respiratórios profundos, todos os dias ao acordar, é a dica da especialista.

Fonte: Minha Vida

Super Interessante – Fevereiro de 2012 – Edição 301